SlideShare uma empresa Scribd logo
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
A elaboração de propostas de intervençãoA elaboração de propostas de intervenção
Solução articuladaSolução articulada
Note a necessidade de a solução ser articulada com a discussão
desenvolvida ao longo do texto. Precisa haver, assim,
correspondência entre o que se propõe e aquilo que foi
detalhado na redação. Muitas vezes, o aluno pensa no
parágrafo de conclusão de forma isolada, não o integrando ao
projeto do texto. É necessário, uma vez entendida a proposta e
o tema, seguir as seguintes etapas:
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 Na introdução, elabore uma tese relacionada ao tema, que
reflita uma situação-problema e permita um amplo
detalhamento na argumentação.
 No desenvolvimento, detalhe a tese, identificando as
principais causas que levam à situação-problema.
 Na conclusão, elabore uma solução (ou soluções) que
aborde as causas da situação-problema expostas no
desenvolvimento do texto.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
ImportanteImportante - Para se chegar à solução de um problema, é
necessário antes entender suas causas-raízes. A solução
consiste, portanto, em uma ação voltada a inibir cada uma as
causas da situação-problema.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Solução inovadoraSolução inovadora
Muitas dúvidas pairam com respeito à exigência de a solução
ser inovadora. Obviamente seria muita pretensão exigir
ineditismo na solução. Haja vista o reduzido espaço destinado
ao desenvolvimento das ideias - no máximo 30 linhas. O que se
quer, na verdade, é uma intervenção que fuja da mesmice, que
não seja tão previsível.
Para ser ter uma solução inovadora, é necessário antes haver
argumentos também inovadores. Como? Uma estratégia
interessante é manifestar ao longo do texto preocupações
cidadãs por meio de posturas proativas. Por quê?
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 É costume da sociedade culpar terceiros pelos problemas que
a afligem. Podemos citar, como exemplo, o discurso comum
que atribui unicamente às autoridades políticas a culpa seja
pela corrupção, seja pela sujeira nas ruas, seja pela má
qualidade da educação. Falta, muitas vezes, criticidade a essa
abordagem, pois se omite a parcela de responsabilização dos
próprios cidadãos. Lembremo-nos de que a corrupção é
praticada no dia a dia não apenas pelos políticos, mas, não
raras as vezes, por pessoas que se dizem guardiãs da ética.
No caso da limpeza pública, são muitos os indivíduos que se
portam de forma pouco compromissada, ao sujar as ruas
com bolinhas de papel e latinhas.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 Também não são poucos os que exigem melhorias na educação,
mas que participam de forma pouco proativa da educação dos
filhos. Esses exemplos nos mostram que limitar as ações a um
único agente (geralmente as autoridades políticas) é cair em
uma mesmice de discurso, que evidencia ausência de
maturidade e criticidade por parte de quem escreve e que
limita de forma muito simplista a análise da situação-problema.
 É necessário, portanto, assumir posturas proativas e cidadã,
dando mais consistência aos argumentos. Entenda-se como
cidadão aquele que se preocupa com interesses mais coletivos,
e não apenas individuais.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Sumarizando, na redação da solução, adote as seguintes
táticas:
Não desrespeite os direitos humanos. Cuidado com
insinuações do cotidiano que ferem esses princípios. Suponha
que se escreva em uma redação “Justiça é para quem merece”.
Tal declaração atenta contra os direitos humanos, pois todos
têm direito a serem julgados.
Construa propostas com cidadania ativa, contribuindo com a
solução do problema. Não se restrinja a delegar o problema a
terceiros (políticos, governo etc.). Seja participativo e solidário.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 Sempre que possível, transforme o alvo da situação-
problema em um dos agentes da solução. Exemplos: O que
as próprias mulheres podem fazer para combater o
machismo? Como os próprios trabalhadores podem atuar no
sentido de terem seus direitos respeitados? Como os
próprios estudantes podem contribuir na melhoria da
educação?
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 Além disso, é importante estar a par das discussões atuais,
dialogando com propostas já existentes. O que se pode ser
feito para melhorá-las ou torna-las efetivas? Se não houver a
concordância com a solução existente, quais as propostas
alternativas?
 A inserção de um elemento inesperado na conclusão, tal
como uma citação ou uma construção original, pode
contribuir para ilustrar de maneira mais marcante o ponto de
vista defendido.
Exemplo:
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Como se viu, nenhuma experiência de centralização
econômica estatal alcançou o objetivo da igualdade de
oportunidades, tampouco os métodos de censurar se
mostraram eficazes na intenção de regular o debate público.
Apesar do discurso da igualdade, o totalitarismo estatal
concentra o poder nas mãos de uma minoria. Se quisermos
insistir nesse caminho, será melhor adotar para os humanos
a máxima citada por George Orwell na Revolução dos Bichos:
“Todos os animais são iguais, mas uns são mais iguais do que
os outros”.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Para a conclusão do seu texto, considere as seguintePara a conclusão do seu texto, considere as seguinte
sobservações:sobservações:
Uma ocorrência comum, na conclusão do texto dissertativo,
provém da preocupação de o candidato querer apresentar uma
solução que “salve o mundo”, levando-o a assumir um tom do
apelo, de doutrinação, de conduzir o leitor a uma ação
salvadora.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Exemplo:
É preciso que o jovem se conscientize de que só ele é
capaz de operar mudanças e tornar o mundo justo e humano. É
a partir dessa consciência que devemos atuar na realidade,
tentando modifica-la.
outro erro que dever ser evitado ao máximo nas conclusões é
a passagem para outro tema ou a apresentação de um aspecto
novo. Finais como: “Muito mais poderia ser dito, como, por
exemplo, ...”; “Um outro aspecto do problema, que exigiria
outra análise, é...”, deixam em seu leitor a impressão de que
você não o levou a uma conclusão definitiva.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
1 - Foi omitido do texto a seguir o parágrafo de conclusão.
Redija uma conclusão que esteja articulada com as ideias
apresentadas e desenvolvidas no texto.
Congestionamentos no trânsito têm gerado muitos
incômodos nos grandes centros urbanos. Falta de investimentos
em infraestrutura viária e ineficiência dos transportes públicos
agravam o problema.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Com a estabilidade econômica alcançada pelo Brasil nos
últimos anos, tornaram-se mais fáceis linhas de crédito para
aquisição de veículos. O grande aumento de frota de
automóveis não foi acompanhado, no entanto, por
investimentos na mesma proporção em infraestrutura. Isso
dificulta a mobilidade pelas vias urbanas, que passam a
comportar um tráfego bem maior do que o previsto, além de
trazer prejuízos financeiros decorrentes da perda de tempo
útil em congestionamentos.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Além disso, o transporte público se apresenta como uma
opção pouco atraente, pois é desconfortável, oneroso e,
muitas vezes, não cumpre horários e rotas satisfatórios.
Poucas são as cidades brasileiras que dispõem de metrôs e
sistemas de mobilidade dentro dos grandes centros. Tendo
em vista essas estrições, grande parte das pessoas opta por
se utilizar de seus veículos próprios pelas vias urbanas já
saturadas, gerando não só estresse entre motoristas, mas
também poluição sonora e atmosférica, comprometendo a
qualidade de vida nas grandes cidades.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Presume-se, assim, que se torna urgente a necessidade de
investimentos por parte dos setores governamental e privado em
estudos que desenvolvam a mobilidade do transporte público nas
vias urbanas, de forma a construir uma melhor fluidez no trânsito.
Outra carência é a melhoria significativa na qualidade ofertada
nesse tipo de locomoção, que deve acontecer através de subsídios
fiscais e injeção financeira das próprias empresas responsáveis pelo
setor.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lingua e-linguagem2
Lingua e-linguagem2Lingua e-linguagem2
Lingua e-linguagem2
Flávio Ferreira
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
Rebeca Kaus
 
Slide implicito e explicito
Slide implicito e explicitoSlide implicito e explicito
Slide implicito e explicito
Vera Moreira Matos
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Alice Silva
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
Verônica Carvalho
 
Numerais
NumeraisNumerais
Numerais
Diego Prezia
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
PaolaLins
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
7 de Setembro
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
Aliffer Murillo Laguna
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
Elza Silveira
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
Carolina Loçasso Pereira
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
EstudareLegal
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
Jorge Henrique
 
Tonicidade
TonicidadeTonicidade
Tonicidade
jaquemarcondes
 
Polissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidadePolissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidade
Lilian Hodgson
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
Leisiane Jesus
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
Rita Tramonte
 
Hifen
HifenHifen
Generos textuais
Generos textuaisGeneros textuais
Introdução - Dissertação Argumentativa
Introdução - Dissertação ArgumentativaIntrodução - Dissertação Argumentativa
Introdução - Dissertação Argumentativa
Cynthia Funchal
 

Mais procurados (20)

Lingua e-linguagem2
Lingua e-linguagem2Lingua e-linguagem2
Lingua e-linguagem2
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Slide implicito e explicito
Slide implicito e explicitoSlide implicito e explicito
Slide implicito e explicito
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
Numerais
NumeraisNumerais
Numerais
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
 
Tonicidade
TonicidadeTonicidade
Tonicidade
 
Polissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidadePolissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidade
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Hifen
HifenHifen
Hifen
 
Generos textuais
Generos textuaisGeneros textuais
Generos textuais
 
Introdução - Dissertação Argumentativa
Introdução - Dissertação ArgumentativaIntrodução - Dissertação Argumentativa
Introdução - Dissertação Argumentativa
 

Destaque

Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEMProposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Cynthia Funchal
 
Os três poderes
Os três poderesOs três poderes
Os três poderes
Luís Ferreira
 
Enem competências para a redação
Enem   competências para a redaçãoEnem   competências para a redação
Enem competências para a redação
Elaine Maia
 
Linguagem e (re)construção da Igreja Católica: Análise dos discursos do Papa ...
Linguagem e (re)construção da Igreja Católica: Análise dos discursos do Papa ...Linguagem e (re)construção da Igreja Católica: Análise dos discursos do Papa ...
Linguagem e (re)construção da Igreja Católica: Análise dos discursos do Papa ...
Maíra Masiero
 
Subordinadas adverbiais
Subordinadas adverbiaisSubordinadas adverbiais
Subordinadas adverbiais
Flávio Ferreira
 
O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
Rita Cunha
 
Analise do discurso politico
Analise do discurso politicoAnalise do discurso politico
Analise do discurso politico
Cicero Araujo
 
As competências avaliadas na redação do enem
As competências avaliadas na redação do enemAs competências avaliadas na redação do enem
As competências avaliadas na redação do enem
UFC
 
Internet e o Empoderamento do Indivíduo: Como as redes sociais afetam as pess...
Internet e o Empoderamento do Indivíduo: Como as redes sociais afetam as pess...Internet e o Empoderamento do Indivíduo: Como as redes sociais afetam as pess...
Internet e o Empoderamento do Indivíduo: Como as redes sociais afetam as pess...
Jean Michel Gallo Soldatelli
 
Os Maias(1)
Os Maias(1)Os Maias(1)
Os Maias(1)
emilia1966
 
Enem slides
Enem slidesEnem slides
Enem slides
nayalves
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
Edson Alves
 
Discurso indireto livre
Discurso indireto livreDiscurso indireto livre
Discurso indireto livre
eedrp
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Cynthia Funchal
 
Competências avaliadas na redação do ENEM
Competências avaliadas na redação do ENEMCompetências avaliadas na redação do ENEM
Competências avaliadas na redação do ENEM
ma.no.el.ne.ves
 
O desenvolvimento do texto dissertativo argumentativo
O desenvolvimento do texto dissertativo argumentativoO desenvolvimento do texto dissertativo argumentativo
O desenvolvimento do texto dissertativo argumentativo
Éric Santos
 
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
Cynthia Funchal
 
Conclusão de texto dissertativo-argumentativo
Conclusão de texto dissertativo-argumentativoConclusão de texto dissertativo-argumentativo
Conclusão de texto dissertativo-argumentativo
7 de Setembro
 
Roteiro básico Projeto de Intervenção
Roteiro básico Projeto de IntervençãoRoteiro básico Projeto de Intervenção
Roteiro básico Projeto de Intervenção
Goretti Silva
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
Marcelo Cordeiro Souza
 

Destaque (20)

Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEMProposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
 
Os três poderes
Os três poderesOs três poderes
Os três poderes
 
Enem competências para a redação
Enem   competências para a redaçãoEnem   competências para a redação
Enem competências para a redação
 
Linguagem e (re)construção da Igreja Católica: Análise dos discursos do Papa ...
Linguagem e (re)construção da Igreja Católica: Análise dos discursos do Papa ...Linguagem e (re)construção da Igreja Católica: Análise dos discursos do Papa ...
Linguagem e (re)construção da Igreja Católica: Análise dos discursos do Papa ...
 
Subordinadas adverbiais
Subordinadas adverbiaisSubordinadas adverbiais
Subordinadas adverbiais
 
O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
 
Analise do discurso politico
Analise do discurso politicoAnalise do discurso politico
Analise do discurso politico
 
As competências avaliadas na redação do enem
As competências avaliadas na redação do enemAs competências avaliadas na redação do enem
As competências avaliadas na redação do enem
 
Internet e o Empoderamento do Indivíduo: Como as redes sociais afetam as pess...
Internet e o Empoderamento do Indivíduo: Como as redes sociais afetam as pess...Internet e o Empoderamento do Indivíduo: Como as redes sociais afetam as pess...
Internet e o Empoderamento do Indivíduo: Como as redes sociais afetam as pess...
 
Os Maias(1)
Os Maias(1)Os Maias(1)
Os Maias(1)
 
Enem slides
Enem slidesEnem slides
Enem slides
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
 
Discurso indireto livre
Discurso indireto livreDiscurso indireto livre
Discurso indireto livre
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Competências avaliadas na redação do ENEM
Competências avaliadas na redação do ENEMCompetências avaliadas na redação do ENEM
Competências avaliadas na redação do ENEM
 
O desenvolvimento do texto dissertativo argumentativo
O desenvolvimento do texto dissertativo argumentativoO desenvolvimento do texto dissertativo argumentativo
O desenvolvimento do texto dissertativo argumentativo
 
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
 
Conclusão de texto dissertativo-argumentativo
Conclusão de texto dissertativo-argumentativoConclusão de texto dissertativo-argumentativo
Conclusão de texto dissertativo-argumentativo
 
Roteiro básico Projeto de Intervenção
Roteiro básico Projeto de IntervençãoRoteiro básico Projeto de Intervenção
Roteiro básico Projeto de Intervenção
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
 

Semelhante a Competência 5 do Enem: propostas de intervenção

Revisão e dicas para a Redação/Enem
Revisão e dicas para a Redação/EnemRevisão e dicas para a Redação/Enem
Revisão e dicas para a Redação/Enem
João Mendonça
 
Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6
João Mendonça
 
Temas ENEM, Dicas de redação.
Temas ENEM, Dicas de redação.Temas ENEM, Dicas de redação.
Temas ENEM, Dicas de redação.
Thiago Bro
 
Texto Dissertativo argumentativo características
Texto Dissertativo argumentativo característicasTexto Dissertativo argumentativo características
Texto Dissertativo argumentativo características
LarissaPinheiro64
 
Linguagem e estrutura da redação
Linguagem e estrutura da redaçãoLinguagem e estrutura da redação
Linguagem e estrutura da redação
João Mendonça
 
Enem 2013
Enem 2013Enem 2013
Enem 2013
Marina Luiza
 
REVISÃO PAS - AULA 02 .ppt
REVISÃO PAS - AULA 02 .pptREVISÃO PAS - AULA 02 .ppt
REVISÃO PAS - AULA 02 .ppt
Adriano Alves de Souza
 
Reconstrução de escrita
Reconstrução de escritaReconstrução de escrita
Reconstrução de escrita
João Mendonça
 
AULA 03 - EJA M2.pptx
AULA 03 - EJA M2.pptxAULA 03 - EJA M2.pptx
AULA 03 - EJA M2.pptx
Edson Cavalcante
 
Competências avaliativas
Competências avaliativasCompetências avaliativas
Competências avaliativas
João Mendonça
 
Análisando artigos de opinião.pptx
Análisando artigos de opinião.pptxAnálisando artigos de opinião.pptx
Análisando artigos de opinião.pptx
CntiaFollmann1
 
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdfO TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
EdnaSantos855118
 
2_TÉCNICA_DE_REDAÇÃO_-_CAIO[1] - Somente Leitura - Modo de Compatibilidad...
2_TÉCNICA_DE_REDAÇÃO_-_CAIO[1]  -  Somente Leitura  -  Modo de Compatibilidad...2_TÉCNICA_DE_REDAÇÃO_-_CAIO[1]  -  Somente Leitura  -  Modo de Compatibilidad...
2_TÉCNICA_DE_REDAÇÃO_-_CAIO[1] - Somente Leitura - Modo de Compatibilidad...
TainTorres4
 
Argumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enemArgumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enem
Miquéias Vitorino
 
Introdução de texto dissertativo argumentativo
Introdução de texto dissertativo  argumentativoIntrodução de texto dissertativo  argumentativo
Introdução de texto dissertativo argumentativo
Miquéias Vitorino
 
slides do projeto
slides do projetoslides do projeto
slides do projeto
beatrizvalandro
 
Texto curso
Texto cursoTexto curso
Dissertação organização e apresentação da tese
Dissertação organização e apresentação da teseDissertação organização e apresentação da tese
Dissertação organização e apresentação da tese
marlospg
 
Aula de Redação nº 16 e 17
Aula de Redação nº 16 e 17Aula de Redação nº 16 e 17
Aula de Redação nº 16 e 17
João Mendonça
 
Comunicação de massa e indústria cultural
Comunicação de massa e indústria culturalComunicação de massa e indústria cultural
Comunicação de massa e indústria cultural
Vanessa Souza Pereira
 

Semelhante a Competência 5 do Enem: propostas de intervenção (20)

Revisão e dicas para a Redação/Enem
Revisão e dicas para a Redação/EnemRevisão e dicas para a Redação/Enem
Revisão e dicas para a Redação/Enem
 
Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6
 
Temas ENEM, Dicas de redação.
Temas ENEM, Dicas de redação.Temas ENEM, Dicas de redação.
Temas ENEM, Dicas de redação.
 
Texto Dissertativo argumentativo características
Texto Dissertativo argumentativo característicasTexto Dissertativo argumentativo características
Texto Dissertativo argumentativo características
 
Linguagem e estrutura da redação
Linguagem e estrutura da redaçãoLinguagem e estrutura da redação
Linguagem e estrutura da redação
 
Enem 2013
Enem 2013Enem 2013
Enem 2013
 
REVISÃO PAS - AULA 02 .ppt
REVISÃO PAS - AULA 02 .pptREVISÃO PAS - AULA 02 .ppt
REVISÃO PAS - AULA 02 .ppt
 
Reconstrução de escrita
Reconstrução de escritaReconstrução de escrita
Reconstrução de escrita
 
AULA 03 - EJA M2.pptx
AULA 03 - EJA M2.pptxAULA 03 - EJA M2.pptx
AULA 03 - EJA M2.pptx
 
Competências avaliativas
Competências avaliativasCompetências avaliativas
Competências avaliativas
 
Análisando artigos de opinião.pptx
Análisando artigos de opinião.pptxAnálisando artigos de opinião.pptx
Análisando artigos de opinião.pptx
 
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdfO TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
 
2_TÉCNICA_DE_REDAÇÃO_-_CAIO[1] - Somente Leitura - Modo de Compatibilidad...
2_TÉCNICA_DE_REDAÇÃO_-_CAIO[1]  -  Somente Leitura  -  Modo de Compatibilidad...2_TÉCNICA_DE_REDAÇÃO_-_CAIO[1]  -  Somente Leitura  -  Modo de Compatibilidad...
2_TÉCNICA_DE_REDAÇÃO_-_CAIO[1] - Somente Leitura - Modo de Compatibilidad...
 
Argumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enemArgumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enem
 
Introdução de texto dissertativo argumentativo
Introdução de texto dissertativo  argumentativoIntrodução de texto dissertativo  argumentativo
Introdução de texto dissertativo argumentativo
 
slides do projeto
slides do projetoslides do projeto
slides do projeto
 
Texto curso
Texto cursoTexto curso
Texto curso
 
Dissertação organização e apresentação da tese
Dissertação organização e apresentação da teseDissertação organização e apresentação da tese
Dissertação organização e apresentação da tese
 
Aula de Redação nº 16 e 17
Aula de Redação nº 16 e 17Aula de Redação nº 16 e 17
Aula de Redação nº 16 e 17
 
Comunicação de massa e indústria cultural
Comunicação de massa e indústria culturalComunicação de massa e indústria cultural
Comunicação de massa e indústria cultural
 

Último

Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
marcos oliveira
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 

Último (20)

Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 

Competência 5 do Enem: propostas de intervenção

  • 1. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com A elaboração de propostas de intervençãoA elaboração de propostas de intervenção Solução articuladaSolução articulada Note a necessidade de a solução ser articulada com a discussão desenvolvida ao longo do texto. Precisa haver, assim, correspondência entre o que se propõe e aquilo que foi detalhado na redação. Muitas vezes, o aluno pensa no parágrafo de conclusão de forma isolada, não o integrando ao projeto do texto. É necessário, uma vez entendida a proposta e o tema, seguir as seguintes etapas:
  • 2. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  Na introdução, elabore uma tese relacionada ao tema, que reflita uma situação-problema e permita um amplo detalhamento na argumentação.  No desenvolvimento, detalhe a tese, identificando as principais causas que levam à situação-problema.  Na conclusão, elabore uma solução (ou soluções) que aborde as causas da situação-problema expostas no desenvolvimento do texto.
  • 3. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com ImportanteImportante - Para se chegar à solução de um problema, é necessário antes entender suas causas-raízes. A solução consiste, portanto, em uma ação voltada a inibir cada uma as causas da situação-problema.
  • 4. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com Solução inovadoraSolução inovadora Muitas dúvidas pairam com respeito à exigência de a solução ser inovadora. Obviamente seria muita pretensão exigir ineditismo na solução. Haja vista o reduzido espaço destinado ao desenvolvimento das ideias - no máximo 30 linhas. O que se quer, na verdade, é uma intervenção que fuja da mesmice, que não seja tão previsível. Para ser ter uma solução inovadora, é necessário antes haver argumentos também inovadores. Como? Uma estratégia interessante é manifestar ao longo do texto preocupações cidadãs por meio de posturas proativas. Por quê?
  • 5. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  É costume da sociedade culpar terceiros pelos problemas que a afligem. Podemos citar, como exemplo, o discurso comum que atribui unicamente às autoridades políticas a culpa seja pela corrupção, seja pela sujeira nas ruas, seja pela má qualidade da educação. Falta, muitas vezes, criticidade a essa abordagem, pois se omite a parcela de responsabilização dos próprios cidadãos. Lembremo-nos de que a corrupção é praticada no dia a dia não apenas pelos políticos, mas, não raras as vezes, por pessoas que se dizem guardiãs da ética. No caso da limpeza pública, são muitos os indivíduos que se portam de forma pouco compromissada, ao sujar as ruas com bolinhas de papel e latinhas.
  • 6. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  Também não são poucos os que exigem melhorias na educação, mas que participam de forma pouco proativa da educação dos filhos. Esses exemplos nos mostram que limitar as ações a um único agente (geralmente as autoridades políticas) é cair em uma mesmice de discurso, que evidencia ausência de maturidade e criticidade por parte de quem escreve e que limita de forma muito simplista a análise da situação-problema.  É necessário, portanto, assumir posturas proativas e cidadã, dando mais consistência aos argumentos. Entenda-se como cidadão aquele que se preocupa com interesses mais coletivos, e não apenas individuais.
  • 7. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com Sumarizando, na redação da solução, adote as seguintes táticas: Não desrespeite os direitos humanos. Cuidado com insinuações do cotidiano que ferem esses princípios. Suponha que se escreva em uma redação “Justiça é para quem merece”. Tal declaração atenta contra os direitos humanos, pois todos têm direito a serem julgados. Construa propostas com cidadania ativa, contribuindo com a solução do problema. Não se restrinja a delegar o problema a terceiros (políticos, governo etc.). Seja participativo e solidário.
  • 8. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  Sempre que possível, transforme o alvo da situação- problema em um dos agentes da solução. Exemplos: O que as próprias mulheres podem fazer para combater o machismo? Como os próprios trabalhadores podem atuar no sentido de terem seus direitos respeitados? Como os próprios estudantes podem contribuir na melhoria da educação?
  • 9. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  Além disso, é importante estar a par das discussões atuais, dialogando com propostas já existentes. O que se pode ser feito para melhorá-las ou torna-las efetivas? Se não houver a concordância com a solução existente, quais as propostas alternativas?  A inserção de um elemento inesperado na conclusão, tal como uma citação ou uma construção original, pode contribuir para ilustrar de maneira mais marcante o ponto de vista defendido. Exemplo:
  • 10. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com Como se viu, nenhuma experiência de centralização econômica estatal alcançou o objetivo da igualdade de oportunidades, tampouco os métodos de censurar se mostraram eficazes na intenção de regular o debate público. Apesar do discurso da igualdade, o totalitarismo estatal concentra o poder nas mãos de uma minoria. Se quisermos insistir nesse caminho, será melhor adotar para os humanos a máxima citada por George Orwell na Revolução dos Bichos: “Todos os animais são iguais, mas uns são mais iguais do que os outros”.
  • 11. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com Para a conclusão do seu texto, considere as seguintePara a conclusão do seu texto, considere as seguinte sobservações:sobservações: Uma ocorrência comum, na conclusão do texto dissertativo, provém da preocupação de o candidato querer apresentar uma solução que “salve o mundo”, levando-o a assumir um tom do apelo, de doutrinação, de conduzir o leitor a uma ação salvadora.
  • 12. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com Exemplo: É preciso que o jovem se conscientize de que só ele é capaz de operar mudanças e tornar o mundo justo e humano. É a partir dessa consciência que devemos atuar na realidade, tentando modifica-la. outro erro que dever ser evitado ao máximo nas conclusões é a passagem para outro tema ou a apresentação de um aspecto novo. Finais como: “Muito mais poderia ser dito, como, por exemplo, ...”; “Um outro aspecto do problema, que exigiria outra análise, é...”, deixam em seu leitor a impressão de que você não o levou a uma conclusão definitiva.
  • 13. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com 1 - Foi omitido do texto a seguir o parágrafo de conclusão. Redija uma conclusão que esteja articulada com as ideias apresentadas e desenvolvidas no texto. Congestionamentos no trânsito têm gerado muitos incômodos nos grandes centros urbanos. Falta de investimentos em infraestrutura viária e ineficiência dos transportes públicos agravam o problema.
  • 14. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com Com a estabilidade econômica alcançada pelo Brasil nos últimos anos, tornaram-se mais fáceis linhas de crédito para aquisição de veículos. O grande aumento de frota de automóveis não foi acompanhado, no entanto, por investimentos na mesma proporção em infraestrutura. Isso dificulta a mobilidade pelas vias urbanas, que passam a comportar um tráfego bem maior do que o previsto, além de trazer prejuízos financeiros decorrentes da perda de tempo útil em congestionamentos.
  • 15. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com Além disso, o transporte público se apresenta como uma opção pouco atraente, pois é desconfortável, oneroso e, muitas vezes, não cumpre horários e rotas satisfatórios. Poucas são as cidades brasileiras que dispõem de metrôs e sistemas de mobilidade dentro dos grandes centros. Tendo em vista essas estrições, grande parte das pessoas opta por se utilizar de seus veículos próprios pelas vias urbanas já saturadas, gerando não só estresse entre motoristas, mas também poluição sonora e atmosférica, comprometendo a qualidade de vida nas grandes cidades.
  • 16. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com Presume-se, assim, que se torna urgente a necessidade de investimentos por parte dos setores governamental e privado em estudos que desenvolvam a mobilidade do transporte público nas vias urbanas, de forma a construir uma melhor fluidez no trânsito. Outra carência é a melhoria significativa na qualidade ofertada nesse tipo de locomoção, que deve acontecer através de subsídios fiscais e injeção financeira das próprias empresas responsáveis pelo setor.