07 aula - Protocolo de tórax e abdome (rotina)

3.089 visualizações

Publicada em

07 aula - protocolo de tórax e abdome (rotina)

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.089
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
80
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

07 aula - Protocolo de tórax e abdome (rotina)

  1. 1. Protocolo de Tórax Prof. Esp. Gustavo Pires
  2. 2. Como é Realizado? Em DD, com os pés primeiro. Deve-se monitorar os batimentos cardíacos e a respiração. As sequências são realizadas com respiração normal e apneia. Com injeção de contraste.
  3. 3. Hora do planejamento ;-) Após o posicionamento e o monitoramento é feito os localizadores e a calibração.
  4. 4. Iniciando o Estudo! Coronal Single Shot. Sequencia com ponderação em T2. Realizada com o paciente em apneia. FOV – grande abrangendo toda a área torácica. Planejar 20 imagens.
  5. 5. Iniciando o Estudo! O sentido do corte é póstero- anterior. Espessura de corte: 7 mm. Espaçamento: 0.
  6. 6. Axial T2 Realizada sem supressão da gordura.
  7. 7. Axial T2 Deve-se utilizar a imagem coronal do localizador para planejar essa série. O planejamento deve ser no sentido supero-inferior. Planejar 32 imagens (dependendo do tamanho do tórax).
  8. 8. Axial T2 FOV: deve ser ajustado de acordo com o tamanho do tórax durante o planejamento. Espessura de corte: 7 mm. Espaçamento: 2 mm. Respiração normal.
  9. 9. Axial T1 – Sem a supressão da gordura Planejamento igualmente a série anterior.
  10. 10. Difusão Realizada com respiração normal. Tempo de duração 3 min. Deve-se adquirir o mapa da difusão e enviar ao sistema integrado para avaliação médica.
  11. 11. Difusão Os cortes, FOV e área de planejamento devem ser copiados do Axial T2.
  12. 12. Axial Fiesta Série ponderada em T2 e volumétrica. Realizada em apneia. O planejamento deve ser feito através da série coronal single shot que também é realizada em apneia.
  13. 13. Axial Fiesta Por ser uma série 3D o voxel deve ser ajustado pelo plano axial. Série ideal para o estudo vascular. A aquisição deve ser feita no sentido supero-inferior, preservando a vertebra proeminente e os recessos diafragmáticos.
  14. 14. Dual Imagens adquiridas In Fase e Out Fase simultaneamente. Imagens programadas em 3D. Deve-se seguir parâmetros de cortes, FOV, e área de aquisição da séria Axial Fiesta.
  15. 15. Axial Lava Pré-Contraste Série ponderada em T1 com supressão de gordura. Os cortes, FOV e área de aquisição devem ser copiados da série Axial Fiesta.
  16. 16. Axial Lava Pré-Contraste Logo após efeito a injeção de contraste, e repete-se a ultima série.
  17. 17. Axial Lava Pré-Contraste Para complementar o estudo deve-se fazer o estudo nos planos coronal e sagital com a mesma técnica da sequencia anterior.
  18. 18. Protocolo de Abdome Prof Esp Gustavo Pires
  19. 19. Preparo do exame! Preparo: injeção de buscopan (reduz o peristaltismo). O acesso deve ser preservado para injeção de contraste posteriormente. Posicionamento: DD, Pés primeiro.
  20. 20. Preparo do exame! Utiliza-se Bobina de Superfície e Cinta de Respiração. Tempo de Duração: 40 a 60 min.
  21. 21. Planejamento do Exame ;-) São realizadas séries com respiração normal e apneia. A cinta de respiração captura a constância da respiração o que permite a aquisição da imagem em um ponto especifico.
  22. 22. Aquisição em 3 planos FOV: 48 cm Após feita a aquisição dos 3 planos é feita a calibração.
  23. 23. Planejamento Esta série deverá varrer toda a área de aquisição com uma boa sobra tanto acima como abaixo
  24. 24. Axial T2 Fat ou 1º ECO Série tipo 2D. Planejamento deve ser feito no plano coronal, um pouco acima do diafragma e abaixo do polo inferior dos rins. Aplica-se os cortes nos 3 planos da imagem localizadora.
  25. 25. Axial T2 Fat ou 1º ECO Espessura de corte: 6 mm. Espaçamento: 1 mm. FOV: ajustado de acordo com o paciente. Sequencia realizada com respiração normal. Tempo de ECO: 80 ms.
  26. 26. Axial T2 ou 2º ECO Tempo de ECO: 160 ms. As configurações de corte, espaçamento e área de imagem deveram ser copiadas do Axial 1º ECO.
  27. 27. Difusão O planejamento deverá ser o mesmo do Axial T2. Espessura dos cortes idênticas. Esta série permite avaliar alteração das moléculas de água e análise de tumores. Respiração normal.
  28. 28. Coronal Single Shot Série ponderada em T2 de aquisição rápida. Tempo de aquisição: 20 segundos.
  29. 29. Coronal Single Shot Série 2D, deve ser planejada de trás para frente pelo plano sagital. Espessura de corte: 6 mm. Espaçamento: 0 mm. FOV: deverá mostrar todo abdome superior
  30. 30. Coronal Fiesta Excelente para avaliação dos vasos sanguíneos sem a utilização de contraste. Seu planejamento e parâmetros de aquisição devem ser copiados do Coronal Single Shot.
  31. 31. Séries Volumétricas e Axial Apresentam as mesmas característica como: FOV, espessura de corte e espaçamento. Axial Fiesta Axial In Phase Axial Out Phase Axial Pré-contraste
  32. 32. Séries Volumétricas e Axial Estas séries são programadas pelo coronal single shot. Para planejar as quatros séries aplica-se o voxel 3D de imagem no plano coronal e nos demais planos.
  33. 33. Séries Volumétricas e Axial
  34. 34. Séries Arterial – Portal – Lava Arterial Após a injeção de contraste, marca-se 12 segundos e se faz a fase arterial, igual a série pré-contraste. Assim que finalizar a fase arterial executa-se: Fase Portal Equilíbrio Tardio Série Volumétrica no plano coronal
  35. 35. Obrigado!

×