E.M.E.I.E.F. FLORESTAN FERNANDES
ASSENTAMENTO CHICO MENDES II – AGROVILA III -
PRESIDENTE MÉDICI
PROJETO DE INTERVENÇÃO
Ti...
RESGATANDO
BRINCADEIRAS ANTIGAS
JUSTIFICATIVA
HOJE EM DIA NOS TORNAMOS MUITO RÁPIDOS, NOS MODERNIZAMOS, NOS
GLOBALIZAMOS PARA TENTAR ACOMPANHAR O RITMO DO...
OBJETIVOS
GERAL:
 RESGATAR BRINCADEIRAS ANTIGAS NO CONTEXTO
ESCOLAR.
ESPECÍFICOS:
PESQUISAR JOGOS E BRINCADEIRAS ANTIGAS...
METODOLOGIA
COM A DURA CONCORRÊNCIA ENFRENTADA ANTE O MUNDO
TECNÓLOGO QUE VIVEMOS AS BRINCADEIRAS QUE USAM
BASICAMENTE REC...
RECURSOS
MATERIAIS:
TINTA, GIZ, BOLAS, LENÇOS, RETA
LHOS, PEDRINHAS, LATAS
CORDAS, APARELHO
SONORO, ANEL.
AVALIAÇÃO
A AVALIAÇÃO TERÁ UM CARÁTER FORMATIVO
E SE DARÁ DE FORMA CONTINUA DURANTE TODO
CERTAME, COM BASE NA PARTICIPAÇÃO...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Proinfo

619 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
619
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Proinfo

  1. 1. E.M.E.I.E.F. FLORESTAN FERNANDES ASSENTAMENTO CHICO MENDES II – AGROVILA III - PRESIDENTE MÉDICI PROJETO DE INTERVENÇÃO Titulo: Resgatando brincadeiras antigas Tema: As Brincadeiras e o brincar como fatores educativos. Público Alvo: Alunos do 4º ano da Escola. Coordenador: Professor Gilmar S. Gomes Colaboradores: Elizabeth Zandonadi,Manoel Leite Caldas e Roberto Mamédio Bastos.
  2. 2. RESGATANDO BRINCADEIRAS ANTIGAS
  3. 3. JUSTIFICATIVA HOJE EM DIA NOS TORNAMOS MUITO RÁPIDOS, NOS MODERNIZAMOS, NOS GLOBALIZAMOS PARA TENTAR ACOMPANHAR O RITMO DO MUNDO EM QUE VIVEMOS; NA ESCOLA ESTE PROCESSO TAMBÉM NÃO É DIFERENTE, CADA VEZ MAIS AS PESSOAS QUE OCUPAM LUGAR NESTE AMBIENTE ADAPTAM-SE AOS NOVOS MEIOS QUE ORA NOS SÃO POSSIBILITADOS. MUITOS PROFESSORES, POR EXEMPLO, USAM E ABUSAM DO COMPUTADOR PARA PROPORCIONAR MAIS AGILIDADE NOS TRABALHOS DIDÁTICOS E EDUCATIVOS DEIXANDO OBSOLETO O VELHO MIMEÓGRAFO E OUTROS ARTEFATOS QUE ANTES ERAM INDISPENSÁVEIS. CONTUDO, QUANDO SE TRATA DE EDUCAÇÃO, APRENDIZAGEM E ENSINO TEMOS DE OBSERVAR O FATOR HUMANO, AS PESSOAS E SUAS CORRELAÇÕES. ISTO É O QUE NOS CHAMA ATENÇÃO NESTE ENSAIO. LEVANDO UM POUCO MAIS ADIANTE NOSSA REFLEXÃO SOBRE ESTE VIÉS, NOS SURGE A PREOCUPAÇÃO DE QUE AINDA NÃO CONTAMOS EM NOSSA REDE DE ENSINO MUNICIPAL TODOS OS MEIOS CAPAZES DE PROPICIAR AOS NOSSOS EDUCANDOS UMA TOTAL AUTONOMIA SOBRE MEIOS TECNOLÓGICOS NOS RESTANDO TENTAR EQUILIBRAR ESSA EQUAÇÃO QUE DESFAVORECE O DISCURSO ENTRE O TER E O SER TECNOLÓGICO. COLOCANDO O PROFESSOR COMO PRINCIPAL AGENTE NESTA DUALIDADE QUE A ESCOLA SE ENCONTRA, SURGE DENTRE OUTRAS UMA INDAGAÇÃO PUJANTE: COMO FICA A PERSPECTIVA LÚDICA NESTE PROCESSO? E FOI ASSIM QUE NOTAMOS A NECESSIDADE DE INTENSIFICAR O FOCO NESTE TÃO IMPORTANTE SETOR DO PROCESSO. CONCOMITANTE A ISSO OBSERVAMOS A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM ENSAIO QUE BUSCASSE APROVEITAR O MOMENTO DESTINADO AO LÚDICO (RECREAÇÃO) JUNTAMENTE COM A PRECÁRIA ESTRUTURA QUE TEMOS EM NOSSO DIA A DIA. ASSIM SURGIU ESSE PROJETO QUE VISA RESGATAR BRINCADEIRAS ANTIGAS QUE AINDA CONTRIBUEM PARA INTERAÇÃO DOS EDUCANDOS BEM COMO O PROCESSO EDUCATIVO EM SI.
  4. 4. OBJETIVOS GERAL:  RESGATAR BRINCADEIRAS ANTIGAS NO CONTEXTO ESCOLAR. ESPECÍFICOS: PESQUISAR JOGOS E BRINCADEIRAS ANTIGAS JUNTO À COMUNIDADE ESCOLAR;  PROMOVER A LEITURA E A PRODUÇÃO ESCRITA COM OS EDUCANDOS. COMPARTILHAR A PLURALIDADE DE VIVÊNCIAS; AFIRMAR IDENTIDADES CULTURAIS; DESENVOLVER A COORDENAÇÃO MOTORA;
  5. 5. METODOLOGIA COM A DURA CONCORRÊNCIA ENFRENTADA ANTE O MUNDO TECNÓLOGO QUE VIVEMOS AS BRINCADEIRAS QUE USAM BASICAMENTE RECURSOS HUMANOS E ALGUNS POUCOS RECURSOS MATERIAIS TORNAM-SE IMPORTANTE MECANISMOS FRENTE AO DOCENTE. NESTE CONTEXTO NINGUÉM MELHOR DO QUE OS PRÓPRIOS ALUNOS PARA ELENCAREM SUAS PREFERÊNCIAS. SENDO ASSIM, PROFESSORES, ALUNOS E COLABORADORES DEBRUÇARAM NUMA PESQUISA DE MEMÓRIAS E DE CAMPO PARA RESGATAR BRINCADEIRAS EM QUE OS ENTES DOS ALUNOS BRINCAVAM; BRINCADEIRAS ESSAS QUE OS EDUCANDOS SELECIONARAM COMO AS MELHORES E AS DISPUSERAM NUMA LISTA PESSOAS NUMA ESPÉCIE DE TOP FIVE, (CINCO MELHORES) SEGUNDO SEU GOSTO. TAIS COMO: AMARELINHA, BATATA QUENTE, MESTRE, CABRA CEGA, CAIXINHA DE SURPRESA, CARNIÇA, CARRINHO DE MÃO, CHICOTE QUEIMADO, CINCO MARIAS, ELEFANTE COLORIDO, ESTÁTUA, FOGUINHO, LENÇO ATRÁS, PASSA ANEL E OUTRAS.
  6. 6. RECURSOS MATERIAIS: TINTA, GIZ, BOLAS, LENÇOS, RETA LHOS, PEDRINHAS, LATAS CORDAS, APARELHO SONORO, ANEL.
  7. 7. AVALIAÇÃO A AVALIAÇÃO TERÁ UM CARÁTER FORMATIVO E SE DARÁ DE FORMA CONTINUA DURANTE TODO CERTAME, COM BASE NA PARTICIPAÇÃO E DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL E COLETIVO. REFERÊNCIAS WWW.PSICOPEDAGOGIABRASIL.COM.BR

×