E. E . F. GOVERNADOR
TASSO JEREISSATI
O MUNICÍPIO DE
SÃO GONÇALO DO AMARANTE – CEARÁ
ANO 2015
CONHEÇA
SÃO GONÇALO DO AMARANTE - CEARÁ
HISTÓRIA DO
MUNICÍPIO
Primitivamente habitado por Índios Anacés, Guanacés e
Jaguaruanas. Essas nações, ligadas por vínculo de
amizade, foram ald...
As terras entre os rios Pará (atualmente Curu) e Mundaú foram
concedidas a quantos desejassem lá se instalarem surgindo
en...
FORMAÇÃO
ADMINISTRATIVA
Distrito criado com a denominação de Paracuru, por pela lei provincial nº
1020, de 14-11-1862 e por ato provincial de 06-0...
Distrito criado com a denominação de Paracuru, por pela lei
provincial nº 1020, de 14-11-1862 e por ato provincial de 06-0...
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece
constituído de 8 distritos: Paracuru, Mundaú, desm...
Em divisão territorial datada de 1-VII-1995, o município é constituído de 5
distritos: São Gonçalo, Pecém, Serrote, Siupé ...
RELIGIÃO
As primeiras manifestações de apoio eclesial datam da
chegada do Coronel Martins de Oliveira, em 1891,
quando, então, lanç...
DADOS IMPORTANTES
População estimada 2015: 47.297
População 2010: 43.890
Área da unidade territorial (km²): 834,448
Densidade demográfica (h...
MAPA
LIMITES
LADO LIMITE
NORTE
Oceano Atlântico, Paracuru e
Paraipaba
SUL Pentecoste e São Luiz do Curu
LESTE Caucaia
OESTE Trairi
DISTRITOS
DISTRITO ANO DE CRIAÇÃO
São Gonçalo do Amarante 1935
Croatá 1963
Cágado -
Pecém 1933
Taíba 1986
Umarituba 1933
Siupé 1933
...
POPULAÇÃO
SÃO GONÇALO DO
AMARANTE
ANO POPULAÇÃO
2000 35.608
2001 36.301
2002 36.938
2003 37.556
2004 38.852
2005 39.569
2006 40.281
2007 40.312
2008 42.311
...
PREFEITOS
No ano de 1935, com o decreto nº64 de 07 de agosto do
mesmo ano, reconduzindo para São Gonçalo do
Amarante a Sed...
Com a redemocratização do país e o consequente fim de
Estado Novo foram eleitos os seguintes prefeitos:
6 • Antônio Clodoa...
15 • Raimundo Nonato da Silva Neto (31/01/1983 à
30/01/1989)
16 • Domingos Jessé de Oliveira (31/01/1989 à 31/12/1992)
17 ...
SÍMBOLOS DO MUNICÍPIO
BANDEIRA
LEI DE CRIAÇÃO DA BANDEIRA
A Lei Municipal Nº 146, de 15 de julho de 1975, criou a
“BANDEIRA DO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO DO
AMARANTE”, contendo o sim...
BANDEIRA: SIMBOLISMO
AZUL do céu;
VERDE do mar;
AMARELO do sol e
BRANCO da paz.
Os Distritos são retratados com o símbolo ...
BANDIERA: CORES
O retângulo da Bandeira é formado por dois triângulos
retângulos, nas cores:
AZUL – à esquerda, na parte s...
REPRESENTAÇÃO DAS ESTRELAS
No triangulo AZUL na parte inferior fica a estrela
representativa do distrito de SERROTE e na p...
BRASÃO
BRASÃO: ELEMENTOS SIMBÓLICOS
1 – COCAR – representa a nação dos índios Anacés que
habitavam a região e deram origem ao ant...
BRASÃO: CORES
Vermelho e Amarelo – “o entusiasmo e a alegria do povo”.
Azul – “espaço aberto, liberdade, a cor do céu e da...
HINO
Estas várzeas que um sol cearense esposaram,
E onde a brisa festiva fala coisas de amor
Nessas plagas, outrora, revéis dom...
GEOGRAFIA
ÁREA
834,448 Km2
CLIMA
Tropical Quente Semiárido e Brando
TEMPERATURA MÉDIA (ºC)
26° a 28°
RELEVO
Planície Litorânea e Gla...
ECONOMIA
São Gonçalo do Amarante até a década de noventa
tinha sua economia baseada na agricultura, comércio e
empregos públicos, m...
PONTOS TURÍSTICOS
PRAIA DO PECÉM
PRAIA DA TAÍBA
JARDIM BOTÂNICO
LAGOA DA PREJUBACA
BARRAGENS DO CATOLÉ E DO SIUPÉ
FOTOS E FATOS
Dona Dolores Alcântara e Waldemar de Alcântara (ex-governador, ex-senador, ex-
deputado), Walter Araújo (ex-prefeito), Ade...
Família Jaime Barbosa: Dona Prazer, Auricélia, Flávio,
netos e Amarildo
Ivanice, Dona Alba Araújo, Prefeito Waltinho, Dona Ivete
Alcântara, Alice e Márcia
Salão Pio XII da Congregação Vicentina, o prédio está
preservado e além dos Vicentinos abriga um grupo de
Alcóolicos Anôni...
Inauguração da Estrada São Gonçalo do Amarante/Umarituba
Prefeito Walter Ramos de Araújo, Dona Dolores Alcântara,
Governad...
Quadrilha Junina em São Gonçalo no destaque o saudoso
Raimundo Correia Filho Olha a Joana aí...
Sr. Francisco Albeni e Família, popularmente conhecido por Chico Albeni
trabalhou a vida inteira no Cartório do 1º Ofício ...
Inauguração da energia de Paulo Afonso - Anos 60 - Olha
eu aí, meu saudoso pai Manoel Vitor, Sr. João Gouveia e
outros.
Inauguração da energia de Paulo Afonso na década 60, na foto
o Senador Waldemar de Alcântara e Dona Dolores Alcântara
apar...
Praça da Bandeira mais
conhecida como Praça
da Matriz - Anos 50O velho
obelisco que não existe mais
No fundo a esquerda
ap...
Vista do antigo Mercado de Cereais, a foto é de 1940, quem nunca
tomou café com tapioca nas bancas da D. Xicuta, D. Luiza ...
1ª Turma da Escola Normal Rural de São Gonçalo do Amarante hoje Centro
Educacional Cenecista Prof. Domingos Brasileiro
A f...
OUTUBRO/2015
FICHA TÉCNICA
Produzido por: Professor Arimatéa
Farias
Fontes de pesquisa:
http://www.sganoticias.com.br/p/municipio.html
...
São Gonçalo do Amarante   Ceará - Brasil
São Gonçalo do Amarante   Ceará - Brasil
São Gonçalo do Amarante   Ceará - Brasil
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

São Gonçalo do Amarante Ceará - Brasil

158 visualizações

Publicada em

Um resumo do Município de São Gonçalo do Amarante, que servirá de pesquisa para quem necessite ou interesse.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
158
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

São Gonçalo do Amarante Ceará - Brasil

  1. 1. E. E . F. GOVERNADOR TASSO JEREISSATI O MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE – CEARÁ ANO 2015
  2. 2. CONHEÇA SÃO GONÇALO DO AMARANTE - CEARÁ
  3. 3. HISTÓRIA DO MUNICÍPIO
  4. 4. Primitivamente habitado por Índios Anacés, Guanacés e Jaguaruanas. Essas nações, ligadas por vínculo de amizade, foram aldeadas pelo Capitão-Mor Fernão Carrilho em terras compreendidas em partes do Rio Siupé, Paramirim e Uruburetama (1699). Antes dessa providência governamental, havia se instalado a colonização branca, ocupando terras que se estendiam do Paracuru ao Mundaú. Constavam dessa pioneira leva Manuel Barreto da Silva e demais companheiros, tendo cessionário doador o Capitão-Mor Bento de Macedo Faria (08/11/1682). Além desses, instalaram-se também os sesmeiros Jorge Pereira, José Tavares Cabral e Antônio da Costa Peixoto (1693/94). Entre os rios Pará e Siupé foram adquiridas terras, encravadas no Sítio Peixoto, pelo padre João Alves da Rocha, morador na povoação de Aquiraz. Essas terras mediam três léguas de fundo por uma de frente, tendo como cessionário doador o Capitão-Mor Gabriel da Silva Lago, conforme escritura datada de 8 de março de 1707. Seria, então, quase duzentos anos após, que essas moradias dispersas encontrariam o seu polo de centralização, tendo precedência os trabalhos realizados pelo Coronel Martins de Oliveira (Neco Martins),
  5. 5. As terras entre os rios Pará (atualmente Curu) e Mundaú foram concedidas a quantos desejassem lá se instalarem surgindo então o núcleo de Parazinho. Em 1862 o Parazinho foi transformado em distrito pela lei nº 1.020. de 14 de novembro. Poucos anos eram decorridos da criação do distrito e já o povoado se transformava em vila, sede de município, com a denominação de Paracuru, pela lei provincial nº 1.604, de 14 de agosto de 1874, o município de Paracuru foi suprimido, transferindo-se a Sede para Trairi com a denominação de Nossa Senhora do Livramento. Restaurado em 1º de outubro de 1890, pelo decreto estadual nº 73, foi instalado em 25 de outubro de 1890. Uma capela dedicada à São Gonçalo foi erigida em 1898, iniciando-se então nova fase da vida na localidade. Aos 17 de agosto de 1921 a povoação de São Gonçalo foi elevada à categoria de vila pela lei estadual nº 1.841 e o município recebeu essa denominação, em obediência à lei estadual nº 1.436 de 12 de novembro de do mesmo ano. A sede do município ficou numa disputa entre, ora Paracuru, ora São Gonçalo. Somente a partir de 7 de agosto de 1935 é que se fixou a Sede em São Gonçalo do Amarante. Por pouco tempo o topônimo São Gonçalo foi mudado para Anecetaba, isto é, aldeia dos Anecés, por terem habitado índios dessa tribo. Gentílico: gonçalense ou amarantino
  6. 6. FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA
  7. 7. Distrito criado com a denominação de Paracuru, por pela lei provincial nº 1020, de 14-11-1862 e por ato provincial de 06-07-1863. Elevado à categoria de vila com a denominação de Paracuru, pela lei provincial nº 1235, de 27-11-1868, desmembrado de Trairi. Sede na povoação de Alto Alegre do Parasinho. Pela lei provincial nº 1604, de 14-08-1874, a vila é extinta, sendo seu território anexado ao município de Trairi. Esta mesma lei transfere a sede para Trairi. Elevado à categoria de município com a denominação de Paracuru, pelo decreto estadual nº 73, de 01-10-1890, desmembrado de Trairi. Sede no núcleo de Paracuru. Constituído de 2 distritos: Paracuru e São Gonçalo. Instalado em 25-10-1890. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Paracuru e São Gonçalo. Pela lei estadual nº 1841, de 17-08-1921, transfere a sede do município da povoação de Paracuru para a de São Gonçalo. Pela lei estadual nº 1936, de 12-11-1921, o município de Paracuru passou a denominar-se São Gonçalo. Pela lei estadual nº 2368, de 30-07-1926, a sede do município volta a denominar-se Paracuru. Pelo decreto nº 193, de de 20-05-1931, o município de Paracuru adquiriu o extinto município de Trairi, como simples distrito.
  8. 8. Distrito criado com a denominação de Paracuru, por pela lei provincial nº 1020, de 14-11-1862 e por ato provincial de 06-07-1863. Elevado à categoria de vila com a denominação de Paracuru, pela lei provincial nº 1235, de 27-11-1868, desmembrado de Trairi. Sede na povoação de Alto Alegre do Paraisinho. Pela lei provincial nº 1604, de 14-08-1874, a vila é extinta, sendo seu território anexado ao município de Trairi. Esta mesma lei transfere a sede para Trairi. Elevado à categoria de município com a denominação de Paracuru, pelo decreto estadual nº 73, de 01-10-1890, desmembrado de Trairi. Sede no núcleo de Paracuru. Constituído de 2 distritos: Paracuru e São Gonçalo. Instalado em 25-10-1890. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Paracuru e São Gonçalo. Pela lei estadual nº 1841, de 17-08-1921, transfere a sede do município da povoação de Paracuru para a de São Gonçalo. Pela lei estadual nº 1936, de 12-11-1921, o município de Paracuru passou a denominar-se São Gonçalo. Pela lei estadual nº 2368, de 30-07-1926, a sede do município volta a denominar-se Paracuru. Pelo decreto nº 193, de de 20-05-1931, o município de Paracuru adquiriu o extinto município de Trairi, como simples distrito.
  9. 9. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 8 distritos: Paracuru, Mundaú, desmembrado de Trairi, Passagem do Tigre, Pecém, São Gonçalo, Serrote, Siupé e Trairi. Pelo decreto nº 64, de 07-08-1935, transferiu a sede novamente de Paracuru para São Gonçalo e deu ao município está denominação. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município já denominado São Gonçalo é constituído de 8 distritos: São Gonçalo, Mundaú, Passagem do Tigre, Paracuru, Pecém, Serrote, Siupé e Trairi. Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o distrito de Passagem do Tigre passou a denominar-se simplesmente Tigre. Sob o mesmo decreto o município de São Gonçalo adquiriu o distrito de Umarituba ex-Umari do município de Souré. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 9 distritos: Sã Gonçalo, Mundaú, Tigre ex-Passagem do Tigre, Paracuru, Pecém, Serrote, Suipé, Cuprituba ex-Umari e Trairi. Pelo decrerto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943, o município de São Gonçalo passou a denominar-se Anacetaba o distrito de Tigre a denominar-se Paraipaba. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município já denominado Anacetaba é constituído de 9 distritos: Anacetaba, Mundaú, Paracuru, Paraipaba ex-Tigre, Pecém, Serrote, Siupé, Trairi e Umarituba. Pela lei estadual nº 1153, de 22-11-1953, o município de Anacetaba passou a denominar-se São Gonçalo do Amarante. Sob o mesmo decreto desmembra do município de São Gonçalo os distritos de Trairi e Mundaú, para formar o novo município de Trairi e ainda desmembra os distritos de Paracuru e Paraipaba, para formar no novo município de Paracuru.
  10. 10. Em divisão territorial datada de 1-VII-1995, o município é constituído de 5 distritos: São Gonçalo, Pecém, Serrote, Siupé e Umarituba. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Pela lei estadual nº 6512, de 05-09-1963, é criado o distrito de Croatá e anexado ao município de São Gonçalo do Amarante. Pela lei estadual nº 6664, de 14-10-1963, desmembra do município de São Gonçalo os distritos de Pecém e Siupé, para formar o novo município de Recém. Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, o município de São Gonçalo do Amarante adquiriu os distritos de Pecém e Serrote, pois o município de Pecém foi criado e não instalado. Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 6 distritos: São Gonçalo do Amarante, Croatá, Pecém, Serrote, Siupé e Umarituba Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VIII-1983. Pela lei municipal nº 11207, de -1986, o município é constituído de 6 distritos: São Gonçalo do Amarante, Croatá, Pecém, Serrote, Siupé e Umarituba Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 7 distritos: São Gonçalo do Amarante, Croatá, Pecém, Serrote, Siupé, Taiba e Umarituba Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.
  11. 11. RELIGIÃO
  12. 12. As primeiras manifestações de apoio eclesial datam da chegada do Coronel Martins de Oliveira, em 1891, quando, então, lançou-se a primeira idéia de construção de uma capela. Com o sucesso da iniciativa e a colaboração de José Procópio de Alcântara (devoto de São Gonçalo), erigiu-se o objeto em cogitação, dedicando-o em honra de São Gonçalo (1898).A partir desse estágio e a ter como pioneira no campo da educação D. Filomena Martins, mulher de Neco Martins, instalam-se as primeiras escolas e núcleos de assistencialidade comunitária, abrangendo vastas localidades da região.Freguesia e Paróquia, respectivamente, têm como instrumento de apoio Ato de D. Manuel da Silva Gomes, Arcebispo Metropolitano de Fortaleza, assinado em data de 22 de julho de 1940, tendo como primeiro vigário o padre Joaquim Alves Ferreira.
  13. 13. DADOS IMPORTANTES
  14. 14. População estimada 2015: 47.297 População 2010: 43.890 Área da unidade territorial (km²): 834,448 Densidade demográfica (hab/km²): 52,60 Código do Município: 2312403 Prefeito: FRANCISCO CLAUDIO PINTO PINHO IDHM 1991: 0,325 IDHM 2000: 0,459 IDHM 2010: 0,665
  15. 15. MAPA
  16. 16. LIMITES
  17. 17. LADO LIMITE NORTE Oceano Atlântico, Paracuru e Paraipaba SUL Pentecoste e São Luiz do Curu LESTE Caucaia OESTE Trairi
  18. 18. DISTRITOS
  19. 19. DISTRITO ANO DE CRIAÇÃO São Gonçalo do Amarante 1935 Croatá 1963 Cágado - Pecém 1933 Taíba 1986 Umarituba 1933 Siupé 1933 Fonte: IBGE/IPECE
  20. 20. POPULAÇÃO SÃO GONÇALO DO AMARANTE
  21. 21. ANO POPULAÇÃO 2000 35.608 2001 36.301 2002 36.938 2003 37.556 2004 38.852 2005 39.569 2006 40.281 2007 40.312 2008 42.311 2009 42.962 2010 43.947
  22. 22. PREFEITOS No ano de 1935, com o decreto nº64 de 07 de agosto do mesmo ano, reconduzindo para São Gonçalo do Amarante a Sede do Município, a 02 de dezembro foi instalada a nova sede da prefeitura municipal e nomeados os seguintes prefeitos pelo Interventor do Estado, à época do Estado Novo, pela Ordem: 1 • Major Adelino Cunha Alcântara (02/12/1935 à 09/11/1945) 2 • Dr. Waldemar Barroso de Sousa Cordeiro (10/11/1945 à 01/12/1945) 3 • José dos Santos Néri (02/12/1945 à 21/12/1946) 4 • Tenente Geraldo de Matos Dourado (22/12/1946 à 14/03/1947) 5 • João Monteiro Mota (15/03/1947 à 08/01/1948).
  23. 23. Com a redemocratização do país e o consequente fim de Estado Novo foram eleitos os seguintes prefeitos: 6 • Antônio Clodoaldo Alcântara e Silva (09/01/1948 à 31/01/1951) 7 • José Batista de Carvalho (01/02/1951 à 24/03/1955) 8 • Maurício Brasileiro Martins (25/03/1955 à 24/03/1959) 9 • Adelino Alcântara Filho (25/03/1959 à 24/05/1963) 10 • Antônio Clodoaldo Alcântara e Silva (25/03/1963 à 24/03/1967) 11 • Francisco Araújo Lopes (Renato) (25/03/1967 à 24/03/1971) 12 • Walter Ramos de Araújo (25/03/1971 à 29/01/1973) 13 • Edson Alexandria de Castro (30/01/1973 à 29/01/1977) 14 • Walter Ramos de Araújo (30/01/1977 à 30/01/1983)
  24. 24. 15 • Raimundo Nonato da Silva Neto (31/01/1983 à 30/01/1989) 16 • Domingos Jessé de Oliveira (31/01/1989 à 31/12/1992) 17 • Maurício Brasileiro Martins (01/01/1993 à 31/12/1996) 18 • Raimundo Nonato da Silva Neto (01/01/1997 à 31/12/2000) 19 • Raimundo Nonato da Silva Neto (01/01/2001 à 31/12/2004) 20 • Walter Ramos de Araújo Júnior (01/01/2005 à 31/12/2008) 21 • Walter Ramos de Araújo Júnior (01/01/2009 à 31/12/2012) 22 • Francisco Cláudio Pinto Pinho (01/01/2013 à
  25. 25. SÍMBOLOS DO MUNICÍPIO
  26. 26. BANDEIRA
  27. 27. LEI DE CRIAÇÃO DA BANDEIRA
  28. 28. A Lei Municipal Nº 146, de 15 de julho de 1975, criou a “BANDEIRA DO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE”, contendo o simbolismo e distribuição de cores abaixo descritos, em que se evidencia equilíbrio harmonioso, favorecendo a alegria espiritual.
  29. 29. BANDEIRA: SIMBOLISMO AZUL do céu; VERDE do mar; AMARELO do sol e BRANCO da paz. Os Distritos são retratados com o símbolo de uma estrela, posicionados de acordo com a localização geográfica de cada distrito. A Sede do Município é representada pelos conjunto das sete estrelas.
  30. 30. BANDIERA: CORES O retângulo da Bandeira é formado por dois triângulos retângulos, nas cores: AZUL – à esquerda, na parte superior. VERDE – à direita, na parte inferior. BRANCO – separando os dois campos, um paralelograma. AMARELO – as sete estrelas representando os sete distritos.
  31. 31. REPRESENTAÇÃO DAS ESTRELAS No triangulo AZUL na parte inferior fica a estrela representativa do distrito de SERROTE e na parte superior a estrela representativa do distrito de CÁGADO. No paralelograma BRANCO na parte inferior fica a estrela representativa do distrito de CROATÁ, seguindo já na parte superior fica a estrela representativa do distrito de SIUPÉ e logo em seguida a estrela representativa do distrito de TAÍBA. No triangulo verde na parte inferior fica a estrela representativa do distrito de UMARITUBA e na parte superior a estrela representativa do distrito de PECÉM.
  32. 32. BRASÃO
  33. 33. BRASÃO: ELEMENTOS SIMBÓLICOS 1 – COCAR – representa a nação dos índios Anacés que habitavam a região e deram origem ao antigo nome do município “ANACETABA”. 2 – JANGADA E SOL – representando a zona do litoral, as praias, as atividades pesqueiras e a claridade do município. 3 – CARNAUBEIRA – a vegetação abundante no município e que, até pouco tempo, era considerada sua maior fonte de riqueza. 4 – DATA DA CRIAÇÃO DO MUNICÍPIO – 27-11-1868. 5 – ATUAL TOPÔNIMO – SÃO GONÇALO DO AMARANTE.
  34. 34. BRASÃO: CORES Vermelho e Amarelo – “o entusiasmo e a alegria do povo”. Azul – “espaço aberto, liberdade, a cor do céu e das praias”. Laranja – “a luminosidade da cidade”. Verde – “a esperança, a vegetação abundante na região”. Branco – “a pureza, a paz”.
  35. 35. HINO
  36. 36. Estas várzeas que um sol cearense esposaram, E onde a brisa festiva fala coisas de amor Nessas plagas, outrora, revéis dominaram Os viris Anacés, com todo o seu valor REFRÃO São Gonçalo, celeiro ditoso De filhos pujantes, em palavras e ação Recebe, ó minha terra, estes versos vibrantes Que fluem do peito, com grande emoção. II As carnaúbas altivas em noite de lua E que o luar eterno beija em doces madrigais Vêm lembrar, com razão e para a vaidade tua, Que és gentil noiva dos carnaubais. III Tuas dunas tão alvas e praias enfeitadas De coqueiros augustos e verdes cajuais, Tuas bravas jangadas que ao mar são lançadas Refletem o arrojo dos teus ideais. Letra do Prof. José Humberto de Oliveira
  37. 37. GEOGRAFIA
  38. 38. ÁREA 834,448 Km2 CLIMA Tropical Quente Semiárido e Brando TEMPERATURA MÉDIA (ºC) 26° a 28° RELEVO Planície Litorânea e Glacis Pré-Litorâneos Dissecados em Interflúvios Tabulares SOLOS Solos Aluviais, Areias Quartzosas Marinhas, Latossolo Vermelho Amarelo, Planossolo Solódico, Podzólico Vermelho-Amarelo e Solonchak VEGETAÇÃO Complexo Vegetacional da Zona Litorânea BACIA HIDROGRÁFICA Curu, Metropolitana
  39. 39. ECONOMIA
  40. 40. São Gonçalo do Amarante até a década de noventa tinha sua economia baseada na agricultura, comércio e empregos públicos, mas hoje é um dos municípios mais prósperos do Ceará, em função da instalação de várias indústrias atraídas pela proximidade da Capital e principalmente pela instalação do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.
  41. 41. PONTOS TURÍSTICOS
  42. 42. PRAIA DO PECÉM
  43. 43. PRAIA DA TAÍBA
  44. 44. JARDIM BOTÂNICO
  45. 45. LAGOA DA PREJUBACA
  46. 46. BARRAGENS DO CATOLÉ E DO SIUPÉ
  47. 47. FOTOS E FATOS
  48. 48. Dona Dolores Alcântara e Waldemar de Alcântara (ex-governador, ex-senador, ex- deputado), Walter Araújo (ex-prefeito), Adelino Alcântara (ex-prefeito, ex- eecretário de educação), Dona Izolda Alcântara e Izaac Sombra, numa inauguração em São Gonçalo do Amarante nos anos 70.
  49. 49. Família Jaime Barbosa: Dona Prazer, Auricélia, Flávio, netos e Amarildo
  50. 50. Ivanice, Dona Alba Araújo, Prefeito Waltinho, Dona Ivete Alcântara, Alice e Márcia
  51. 51. Salão Pio XII da Congregação Vicentina, o prédio está preservado e além dos Vicentinos abriga um grupo de Alcóolicos Anônimos
  52. 52. Inauguração da Estrada São Gonçalo do Amarante/Umarituba Prefeito Walter Ramos de Araújo, Dona Dolores Alcântara, Governador Waldemar de Alcântara e o Sec. de Educação Adelino Alcântara
  53. 53. Quadrilha Junina em São Gonçalo no destaque o saudoso Raimundo Correia Filho Olha a Joana aí...
  54. 54. Sr. Francisco Albeni e Família, popularmente conhecido por Chico Albeni trabalhou a vida inteira no Cartório do 1º Ofício com a Dona Odila
  55. 55. Inauguração da energia de Paulo Afonso - Anos 60 - Olha eu aí, meu saudoso pai Manoel Vitor, Sr. João Gouveia e outros.
  56. 56. Inauguração da energia de Paulo Afonso na década 60, na foto o Senador Waldemar de Alcântara e Dona Dolores Alcântara aparece ainda o deputado estadual Adelino Alcântara filhos ilustres de nosso município
  57. 57. Praça da Bandeira mais conhecida como Praça da Matriz - Anos 50O velho obelisco que não existe mais No fundo a esquerda aparece só a porta da casa da Dona Zenóbia a direita o velho Salão de Leitura Antonio Sales
  58. 58. Vista do antigo Mercado de Cereais, a foto é de 1940, quem nunca tomou café com tapioca nas bancas da D. Xicuta, D. Luiza Rocha, D. Sebastiana, do D. Chiiquinha, Zé Correia e outras. Para quem esqueceu as bodegas do Dirancho, do Manduquinha, do Olavo, do Flávio... Foto da fachada poente, ao lado esquerdo a Budega do Seu Atualpa, do lado direito a Loja do Dr. Clodoaldo.
  59. 59. 1ª Turma da Escola Normal Rural de São Gonçalo do Amarante hoje Centro Educacional Cenecista Prof. Domingos Brasileiro A foto data do ano de 1966
  60. 60. OUTUBRO/2015
  61. 61. FICHA TÉCNICA Produzido por: Professor Arimatéa Farias Fontes de pesquisa: http://www.sganoticias.com.br/p/municipio.html http://www.opovo.com.br/ceara/saogoncalodoamaran te/ http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=231 240 São Gonçalo do Amarante – Ceará

×