SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Caro(a) aluno (a),
 FAÇA a lápis as questões objetivas e ao final, MARQUE a caneta sua resposta. Rasuras não serão
aceitas.
 RESPONDA aos itens de acordo com o padrão da norma culta da língua portuguesa e da linguagem
científica.
 NÃO use corretivo.
 O critério de correção leva em consideração o que você escreveu e não o que você pensou em escrever.
 ESCREVA a resposta nos espaços correspondentes. Só será corrigido o que estiver dentro desses
espaços. Não há, porém, obrigatoriedade de preenchimento total desses espaços.
Boa prova!
1
Nome: No
:
Ano: 8º - Manhã Turma: Ensino Fundamental II Data: 08/04/2014
2ª AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS - 1ª Etapa Valor Nota
Professora: Luciana Cardinali 8,0
LEIA com atenção o texto.
O dióxido de carbono (CO2) em estado sólido, conhecido como gelo-seco, quando colocado em temperatura
ambiente, passa diretamente ao estado gasoso. O gelo-seco é muito utilizado para efeitos especiais em shows,
festas e bebidas. A temperatura muito gelada faz do gelo-seco uma excelente opção para refrigeração.
Com base no texto e em outros conhecimentos, faça as QUESTÕES 1, 2 E 3.
QUESTÃO 1 (0,8)
Um aluno ao ler o texto fez o seguinte comentário: “A mistura citada no texto vaporiza em temperatura ambiente.”
ANALISE o comentário do aluno, fazendo, se necessário, correções.
QUESTÃO 2 (0,8)
QUAL o nome do material obtido após a transformação citada no texto? EXPLIQUE sua resposta considerando
os tipos de transformações (físicas ou químicas).
QUESTÃO 3 (0,8)
REPRESENTE, por meio de desenho, o modelo em nível microscópico, para o material citado no texto.
REPRESENTE no seu desenho 4 moléculas. FAÇA uma legenda.
2
O gelo seco não é uma mistura e sim uma substância, pois apresenta os elementos químicos
carbono e oxigênio combinados e é representada pela fórmula química CO2. Em relação à
mudança de estado físico, o termo correto é sublimação que representa a passagem do estado
sólido direto para o estado gasoso.
Nome do material: Material: gás carbônico
Explicação: Na sublimação do gelo seco, material constituído de dióxido de carbono no estado
sólido, ocorre a transformação em dióxido de carbono no estado gasoso, sem que haja alteração
da substância constituinte. Ou seja, houve apenas a mudança de estado sólido para gasoso.
Trata-se, portanto, de uma transformação física.
Legenda
oxigênio
carbono
QUESTÃO 4 (0,8)
ANALISE o experimento em que o carbonato de cálcio (figura 1) é adicionado em um béquer contendo uma
solução de ácido clorídrico, incolor (figura 2).
FIGURA 1. FIGURA 2.
Fonte: http://educador.brasilescola.com/estrategias-ensino/experimento-com-bicarbonato-calcio.htm
Com base nas figuras e em outros conhecimentos, faça o que se pede:
EXPLIQUE se ocorreu um fenômeno químico. Considere, em sua explicação, a(s) evidência(s) de um fenômeno
químico e o conceito de reação química. (0,8)
QUESTÃO 5 (0,8)
Maria precisava tomar um comprimido efervescente e pensou em algumas ações que poderiam aumentar a
velocidade da reação química do comprimido com a água. Ela pensou nas seguintes ações:
I. Usar água gelada.
3
Ao adicionar o carbonato de cálcio no ácido clorídrico novas substâncias são formadas, o que pode ser percebido
pela liberação de gases (bolhas). Essa observação no processo evidencia a ocorrência de uma reação química.
II. Usar água à temperatura ambiente.
III. Colocar o comprimido inteiro no copo.
IV. Dividir o comprimido em 4 partes e colocá-lo no copo.
Com base no texto e em outros conhecimentos, faça o que se pede.
a) INDIQUE os números que correspondem às ações que Maria deve realizar para aumentar a velocidade da
reação química do comprimido com a água.
b) EXPLIQUE como as ações indicadas, corretamente, aumentariam a velocidade da reação química do
comprimido com a água.
QUESTÃO 6 (0,8)
LEIA, com atenção, os fenômenos abaixo.
I. Produção do suco de limão
II. Digestão dos alimentos
III. Solidificação da água
IV. Queima de um fio de cabelo
V. Fabricação de doce de leite a partir do leite
Com base nos fenômenos e em outros conhecimentos, faça o que se pede:
a) INDIQUE o(s) número(s) que corresponde(m) ao(s) fenômeno(s) que representa(m) uma transformação
física. (0,2)
b) Dentre os fenômenos citados, INDIQUE um fenômeno que representa uma transformação química e CITE
2 (duas) evidências que podem caracterizá-lo. (0,6)
QUESTÃO 7 (0,8)
(Adaptado: Fuvest-SP) Na obra O poço do Visconde, de Monteiro Lobato, há o seguinte diálogo entre o Visconde
de Sabugosa e a boneca Emília:
— Senhora Emília, explique-me o que é hidrocarboneto. A atrapalhadeira não se atrapalhou e respondeu:
— São misturinhas de uma coisa chamada hidrogênio com outra coisa chamada carbono. Os carocinhos de um se
ligam aos carocinhos de outro.
Nesse trecho, a personagem Emília usa o vocabulário informal que a caracteriza. Buscando-se uma terminologia
mais adequada ao vocabulário utilizado em Química (linguagem científica), devem-se substituir as expressões
“misturinhas”, “coisa” e “carocinhos”, respectivamente, por:
4
II e IV
Os fatores que aumentariam a velocidade da reação seriam a temperatura e a superfície de contato entre
os reagentes. A água à temperatura ambiente é mais elevada que a da água gelada portanto a velocidade
da reação seria maior porque, quanto maior a temperatura, mais rápida é a reação. O comprimido dividido
em 4 partes aumentaria a superfície de contato com a água e, quanto maior é o contato entre os
reagentes, mais rápida é a reação.
I e III
Queima de um fio de cabelo: mudança de cor, aparecimento de cheiro desagradável.
Fabricação de doce de leite: Mudança de sabor, de cor e de textura.
A) misturas, elemento químico, moléculas.
B) substâncias, elemento químico, átomos.
C) substâncias, molécula, elementos químicos.
D) misturas, substância, elementos químicos.
QUESTÃO 8 (0,8)
Três experimentos foram realizados para investigar a velocidade da reação entre uma solução de HCℓ diluído e ferro metálico.
Para isso, foram contadas, durante 30 segundos, as bolhas de gás formadas imediatamente após os reagentes serem misturados.
Em cada experimento, usou-se o mesmo volume de uma mesma solução de HCℓ e a mesma massa de ferro, variando-se a
forma de apresentação da amostra de ferro e a temperatura. O quadro indica as condições em que cada experimento foi
realizado.
A alternativa que apresenta os experimentos na ordem crescente do número de bolhas produzidas nos 30 segundos do
início da reação é:
A) II, I, III.
B) III, II, I.
C) I, II, III.
D) II, III, I.
QUESTÃO 9 (0,8)
ANALISE a equação química a seguir.
2 H2O2(aq) → O2(g) + 2H2O(ℓ)
A transformação observada pela equação é
A) química porque os elementos químicos são os mesmos antes e depois da transformação.
B) química porque as substâncias do estado final são diferentes daquela do estado inicial.
C) física porque as substâncias modificaram seu estado físico, como por exemplo, o O2.
D) física porque houve alteração da constituição da substância do estado inicial.
QUESTÃO 10 (0,8)
ANALISE as informações presentes no gráfico. Considere a variação da quantidade de reagentes e produtos em
função do tempo.
5
O gráfico representa uma reação química no qual
A) a curva A representa a quantidade das substâncias iniciais da reação.
B) no tempo 0 do fenômeno a quantidade de A é maior que a quantidade de B.
C) a quantidade de reagentes e produtos é constante com o passar do tempo.
D) o ponto de encontro das curvas representa a igualdade da quantidade de A e B.
6
A
B
O gráfico representa uma reação química no qual
A) a curva A representa a quantidade das substâncias iniciais da reação.
B) no tempo 0 do fenômeno a quantidade de A é maior que a quantidade de B.
C) a quantidade de reagentes e produtos é constante com o passar do tempo.
D) o ponto de encontro das curvas representa a igualdade da quantidade de A e B.
6
A
B

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lista de exercícios classificação, propriedades e transformações da matéria
Lista de exercícios   classificação, propriedades e transformações da matériaLista de exercícios   classificação, propriedades e transformações da matéria
Lista de exercícios classificação, propriedades e transformações da matériaProfª Alda Ernestina
 
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3Maiquel Vieira
 
Expressoes de concentração
Expressoes de concentraçãoExpressoes de concentração
Expressoes de concentraçãoRodrigo Sampaio
 
Ficha1 materiais
Ficha1  materiaisFicha1  materiais
Ficha1 materiaisanajaneca
 
Exercícios físico- química II-equilíbrio químico
Exercícios  físico- química II-equilíbrio químicoExercícios  físico- química II-equilíbrio químico
Exercícios físico- química II-equilíbrio químicoRenata Martins
 
Cad c1 1ano_1opcao_gab_tarefa_quimica
Cad c1 1ano_1opcao_gab_tarefa_quimicaCad c1 1ano_1opcao_gab_tarefa_quimica
Cad c1 1ano_1opcao_gab_tarefa_quimicaLilian Serra
 
Prova recuperação 2013 1serie_v4
Prova recuperação 2013 1serie_v4Prova recuperação 2013 1serie_v4
Prova recuperação 2013 1serie_v4Claudia Cinara Braga
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Maiquel Vieira
 
Lista de exercícios cinética química
Lista de exercícios   cinética químicaLista de exercícios   cinética química
Lista de exercícios cinética químicaDaiane Gris
 
Cinetica exerci
Cinetica exerciCinetica exerci
Cinetica exerciaguiarte10
 
Lista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidadeLista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidadeRodrigo Sampaio
 

Mais procurados (18)

Lista de exercícios classificação, propriedades e transformações da matéria
Lista de exercícios   classificação, propriedades e transformações da matériaLista de exercícios   classificação, propriedades e transformações da matéria
Lista de exercícios classificação, propriedades e transformações da matéria
 
Exercíciosfundamentais propriedades xconstituição
Exercíciosfundamentais propriedades xconstituiçãoExercíciosfundamentais propriedades xconstituição
Exercíciosfundamentais propriedades xconstituição
 
Revisão 1ano
Revisão 1anoRevisão 1ano
Revisão 1ano
 
Exercícios - aula 01 (1º ano Poliedro)
Exercícios -  aula 01 (1º ano Poliedro)Exercícios -  aula 01 (1º ano Poliedro)
Exercícios - aula 01 (1º ano Poliedro)
 
1osimulado propriedades
1osimulado propriedades1osimulado propriedades
1osimulado propriedades
 
Material do 1º plantão de quimica resolução
Material do 1º plantão de quimica resoluçãoMaterial do 1º plantão de quimica resolução
Material do 1º plantão de quimica resolução
 
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
 
Apoio 1ªsuplementar resolução
Apoio 1ªsuplementar resoluçãoApoio 1ªsuplementar resolução
Apoio 1ªsuplementar resolução
 
Expressoes de concentração
Expressoes de concentraçãoExpressoes de concentração
Expressoes de concentração
 
Ficha1 materiais
Ficha1  materiaisFicha1  materiais
Ficha1 materiais
 
Exercícios físico- química II-equilíbrio químico
Exercícios  físico- química II-equilíbrio químicoExercícios  físico- química II-equilíbrio químico
Exercícios físico- química II-equilíbrio químico
 
Clapeyron
ClapeyronClapeyron
Clapeyron
 
Cad c1 1ano_1opcao_gab_tarefa_quimica
Cad c1 1ano_1opcao_gab_tarefa_quimicaCad c1 1ano_1opcao_gab_tarefa_quimica
Cad c1 1ano_1opcao_gab_tarefa_quimica
 
Prova recuperação 2013 1serie_v4
Prova recuperação 2013 1serie_v4Prova recuperação 2013 1serie_v4
Prova recuperação 2013 1serie_v4
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
 
Lista de exercícios cinética química
Lista de exercícios   cinética químicaLista de exercícios   cinética química
Lista de exercícios cinética química
 
Cinetica exerci
Cinetica exerciCinetica exerci
Cinetica exerci
 
Lista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidadeLista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidade
 

Destaque (10)

Calculos quimicos
Calculos quimicosCalculos quimicos
Calculos quimicos
 
Sistemática e biodiversidade
Sistemática e biodiversidadeSistemática e biodiversidade
Sistemática e biodiversidade
 
E s t e q u i o m e t r i a relação de massa em solução
E s t e q u i o m e t r i a relação de massa em soluçãoE s t e q u i o m e t r i a relação de massa em solução
E s t e q u i o m e t r i a relação de massa em solução
 
ExercÍcios Vestibular
ExercÍcios   VestibularExercÍcios   Vestibular
ExercÍcios Vestibular
 
Quimica em quadrinhos
Quimica em quadrinhosQuimica em quadrinhos
Quimica em quadrinhos
 
Reacoes quimicas e estequiometria
Reacoes quimicas e estequiometriaReacoes quimicas e estequiometria
Reacoes quimicas e estequiometria
 
Exerccios resolvidos 2
Exerccios resolvidos 2Exerccios resolvidos 2
Exerccios resolvidos 2
 
Massa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, molMassa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, mol
 
Sugestões de temas 2ºano
Sugestões de temas 2ºanoSugestões de temas 2ºano
Sugestões de temas 2ºano
 
Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
 

Semelhante a Gabarito luciana - segunda avaliação

Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014professoraludmila
 
Aula 9 lei de lavoisier e lei de proust
Aula 9   lei de lavoisier e lei de proustAula 9   lei de lavoisier e lei de proust
Aula 9 lei de lavoisier e lei de proustprofNICODEMOS
 
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafasesGabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafasesHebertty Dantas
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-anoRicardo Araujo
 
Ita2008 4dia
Ita2008 4diaIta2008 4dia
Ita2008 4diacavip
 
Simulado c iii
Simulado c iiiSimulado c iii
Simulado c iiiquipibid
 
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasConceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasRodrigo Sampaio
 
1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf
1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf
1_ano_transformação_quimica_fisica.pdfRaiana Lima
 
Prova fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1faseProva fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1faseBruna Karen
 
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdfAula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdfandressasantos89931
 

Semelhante a Gabarito luciana - segunda avaliação (20)

Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
 
Aula 9 lei de lavoisier e lei de proust
Aula 9   lei de lavoisier e lei de proustAula 9   lei de lavoisier e lei de proust
Aula 9 lei de lavoisier e lei de proust
 
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
 
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
 
Rc – 2º ano
Rc – 2º anoRc – 2º ano
Rc – 2º ano
 
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafasesGabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
 
Ita2008 4dia
Ita2008 4diaIta2008 4dia
Ita2008 4dia
 
Simulado c iii
Simulado c iiiSimulado c iii
Simulado c iii
 
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasConceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
 
Lista 1 - 2015
Lista 1 - 2015Lista 1 - 2015
Lista 1 - 2015
 
Relatório3
Relatório3Relatório3
Relatório3
 
1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf
1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf
1_ano_transformação_quimica_fisica.pdf
 
Material do 1º plantão de química v2
Material do 1º plantão de química v2Material do 1º plantão de química v2
Material do 1º plantão de química v2
 
Apostila de quimica
Apostila de quimicaApostila de quimica
Apostila de quimica
 
Aspectos macroscópicos da matéria
Aspectos macroscópicos da matériaAspectos macroscópicos da matéria
Aspectos macroscópicos da matéria
 
Material do 1º plantão de quimica resolução
Material do 1º plantão de quimica resoluçãoMaterial do 1º plantão de quimica resolução
Material do 1º plantão de quimica resolução
 
Prova fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1faseProva fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1fase
 
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdfAula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
Aula de Química_introdução ao estudo de Química -1º ano.pdf
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
 

Mais de professoraludmila (20)

A sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantasA sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantas
 
A sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantasA sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantas
 
Desafio 7
Desafio 7Desafio 7
Desafio 7
 
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodosLudmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
 
Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6
 
Correção dos exercícios de luz e visão
Correção dos exercícios de luz e visãoCorreção dos exercícios de luz e visão
Correção dos exercícios de luz e visão
 
Desafio 7
Desafio 7Desafio 7
Desafio 7
 
Visão
VisãoVisão
Visão
 
Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6
 
Avaliação 07.10 gabarito
Avaliação 07.10 gabaritoAvaliação 07.10 gabarito
Avaliação 07.10 gabarito
 
Desafio 4
Desafio 4Desafio 4
Desafio 4
 
Desafio 2 gabarito
Desafio 2   gabaritoDesafio 2   gabarito
Desafio 2 gabarito
 
Desafio 3
Desafio 3Desafio 3
Desafio 3
 
A sexualidade humana
A sexualidade humanaA sexualidade humana
A sexualidade humana
 
O controle da temperatura corpórea
O controle da temperatura corpóreaO controle da temperatura corpórea
O controle da temperatura corpórea
 
Desafio 2
Desafio 2Desafio 2
Desafio 2
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
 
Gabaritos das avaliações 2 e 3
Gabaritos das avaliações 2 e 3Gabaritos das avaliações 2 e 3
Gabaritos das avaliações 2 e 3
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
 

Último

APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docxSílvia Carneiro
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 

Último (20)

APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 

Gabarito luciana - segunda avaliação

  • 1. Caro(a) aluno (a),  FAÇA a lápis as questões objetivas e ao final, MARQUE a caneta sua resposta. Rasuras não serão aceitas.  RESPONDA aos itens de acordo com o padrão da norma culta da língua portuguesa e da linguagem científica.  NÃO use corretivo.  O critério de correção leva em consideração o que você escreveu e não o que você pensou em escrever.  ESCREVA a resposta nos espaços correspondentes. Só será corrigido o que estiver dentro desses espaços. Não há, porém, obrigatoriedade de preenchimento total desses espaços. Boa prova! 1 Nome: No : Ano: 8º - Manhã Turma: Ensino Fundamental II Data: 08/04/2014 2ª AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS - 1ª Etapa Valor Nota Professora: Luciana Cardinali 8,0
  • 2. LEIA com atenção o texto. O dióxido de carbono (CO2) em estado sólido, conhecido como gelo-seco, quando colocado em temperatura ambiente, passa diretamente ao estado gasoso. O gelo-seco é muito utilizado para efeitos especiais em shows, festas e bebidas. A temperatura muito gelada faz do gelo-seco uma excelente opção para refrigeração. Com base no texto e em outros conhecimentos, faça as QUESTÕES 1, 2 E 3. QUESTÃO 1 (0,8) Um aluno ao ler o texto fez o seguinte comentário: “A mistura citada no texto vaporiza em temperatura ambiente.” ANALISE o comentário do aluno, fazendo, se necessário, correções. QUESTÃO 2 (0,8) QUAL o nome do material obtido após a transformação citada no texto? EXPLIQUE sua resposta considerando os tipos de transformações (físicas ou químicas). QUESTÃO 3 (0,8) REPRESENTE, por meio de desenho, o modelo em nível microscópico, para o material citado no texto. REPRESENTE no seu desenho 4 moléculas. FAÇA uma legenda. 2 O gelo seco não é uma mistura e sim uma substância, pois apresenta os elementos químicos carbono e oxigênio combinados e é representada pela fórmula química CO2. Em relação à mudança de estado físico, o termo correto é sublimação que representa a passagem do estado sólido direto para o estado gasoso. Nome do material: Material: gás carbônico Explicação: Na sublimação do gelo seco, material constituído de dióxido de carbono no estado sólido, ocorre a transformação em dióxido de carbono no estado gasoso, sem que haja alteração da substância constituinte. Ou seja, houve apenas a mudança de estado sólido para gasoso. Trata-se, portanto, de uma transformação física. Legenda oxigênio carbono
  • 3. QUESTÃO 4 (0,8) ANALISE o experimento em que o carbonato de cálcio (figura 1) é adicionado em um béquer contendo uma solução de ácido clorídrico, incolor (figura 2). FIGURA 1. FIGURA 2. Fonte: http://educador.brasilescola.com/estrategias-ensino/experimento-com-bicarbonato-calcio.htm Com base nas figuras e em outros conhecimentos, faça o que se pede: EXPLIQUE se ocorreu um fenômeno químico. Considere, em sua explicação, a(s) evidência(s) de um fenômeno químico e o conceito de reação química. (0,8) QUESTÃO 5 (0,8) Maria precisava tomar um comprimido efervescente e pensou em algumas ações que poderiam aumentar a velocidade da reação química do comprimido com a água. Ela pensou nas seguintes ações: I. Usar água gelada. 3 Ao adicionar o carbonato de cálcio no ácido clorídrico novas substâncias são formadas, o que pode ser percebido pela liberação de gases (bolhas). Essa observação no processo evidencia a ocorrência de uma reação química.
  • 4. II. Usar água à temperatura ambiente. III. Colocar o comprimido inteiro no copo. IV. Dividir o comprimido em 4 partes e colocá-lo no copo. Com base no texto e em outros conhecimentos, faça o que se pede. a) INDIQUE os números que correspondem às ações que Maria deve realizar para aumentar a velocidade da reação química do comprimido com a água. b) EXPLIQUE como as ações indicadas, corretamente, aumentariam a velocidade da reação química do comprimido com a água. QUESTÃO 6 (0,8) LEIA, com atenção, os fenômenos abaixo. I. Produção do suco de limão II. Digestão dos alimentos III. Solidificação da água IV. Queima de um fio de cabelo V. Fabricação de doce de leite a partir do leite Com base nos fenômenos e em outros conhecimentos, faça o que se pede: a) INDIQUE o(s) número(s) que corresponde(m) ao(s) fenômeno(s) que representa(m) uma transformação física. (0,2) b) Dentre os fenômenos citados, INDIQUE um fenômeno que representa uma transformação química e CITE 2 (duas) evidências que podem caracterizá-lo. (0,6) QUESTÃO 7 (0,8) (Adaptado: Fuvest-SP) Na obra O poço do Visconde, de Monteiro Lobato, há o seguinte diálogo entre o Visconde de Sabugosa e a boneca Emília: — Senhora Emília, explique-me o que é hidrocarboneto. A atrapalhadeira não se atrapalhou e respondeu: — São misturinhas de uma coisa chamada hidrogênio com outra coisa chamada carbono. Os carocinhos de um se ligam aos carocinhos de outro. Nesse trecho, a personagem Emília usa o vocabulário informal que a caracteriza. Buscando-se uma terminologia mais adequada ao vocabulário utilizado em Química (linguagem científica), devem-se substituir as expressões “misturinhas”, “coisa” e “carocinhos”, respectivamente, por: 4 II e IV Os fatores que aumentariam a velocidade da reação seriam a temperatura e a superfície de contato entre os reagentes. A água à temperatura ambiente é mais elevada que a da água gelada portanto a velocidade da reação seria maior porque, quanto maior a temperatura, mais rápida é a reação. O comprimido dividido em 4 partes aumentaria a superfície de contato com a água e, quanto maior é o contato entre os reagentes, mais rápida é a reação. I e III Queima de um fio de cabelo: mudança de cor, aparecimento de cheiro desagradável. Fabricação de doce de leite: Mudança de sabor, de cor e de textura.
  • 5. A) misturas, elemento químico, moléculas. B) substâncias, elemento químico, átomos. C) substâncias, molécula, elementos químicos. D) misturas, substância, elementos químicos. QUESTÃO 8 (0,8) Três experimentos foram realizados para investigar a velocidade da reação entre uma solução de HCℓ diluído e ferro metálico. Para isso, foram contadas, durante 30 segundos, as bolhas de gás formadas imediatamente após os reagentes serem misturados. Em cada experimento, usou-se o mesmo volume de uma mesma solução de HCℓ e a mesma massa de ferro, variando-se a forma de apresentação da amostra de ferro e a temperatura. O quadro indica as condições em que cada experimento foi realizado. A alternativa que apresenta os experimentos na ordem crescente do número de bolhas produzidas nos 30 segundos do início da reação é: A) II, I, III. B) III, II, I. C) I, II, III. D) II, III, I. QUESTÃO 9 (0,8) ANALISE a equação química a seguir. 2 H2O2(aq) → O2(g) + 2H2O(ℓ) A transformação observada pela equação é A) química porque os elementos químicos são os mesmos antes e depois da transformação. B) química porque as substâncias do estado final são diferentes daquela do estado inicial. C) física porque as substâncias modificaram seu estado físico, como por exemplo, o O2. D) física porque houve alteração da constituição da substância do estado inicial. QUESTÃO 10 (0,8) ANALISE as informações presentes no gráfico. Considere a variação da quantidade de reagentes e produtos em função do tempo. 5
  • 6. O gráfico representa uma reação química no qual A) a curva A representa a quantidade das substâncias iniciais da reação. B) no tempo 0 do fenômeno a quantidade de A é maior que a quantidade de B. C) a quantidade de reagentes e produtos é constante com o passar do tempo. D) o ponto de encontro das curvas representa a igualdade da quantidade de A e B. 6 A B
  • 7. O gráfico representa uma reação química no qual A) a curva A representa a quantidade das substâncias iniciais da reação. B) no tempo 0 do fenômeno a quantidade de A é maior que a quantidade de B. C) a quantidade de reagentes e produtos é constante com o passar do tempo. D) o ponto de encontro das curvas representa a igualdade da quantidade de A e B. 6 A B