PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E POLÍTICAS EDUCACIONAIS ...
<ul><li>APRENDIZAGEM </li></ul><ul><li>AUTORIA </li></ul><ul><li>AVALIAÇÃO </li></ul>
<ul><li>Vivemos hoje na sociedade da informação, mas vale ressaltar que nem toda informação é conhecimento. </li></ul>
APRENDIZAGEM  “ Manejar informação é pouco. Fundamental é reconstruir, produzir, desconstruir e questionar informação”. De...
A  escola tem como maior desafio ensinar seus alunos a pensar e para isto precisam deixar de constatar e de reproduzir.  D...
AUTORIA  Segundo Becker, é preciso “[...] fazer agir, operar, criar, construir a partir da realidade vivida por alunos e p...
Segundo Lih, (2009, apud Demo, 2010): Na wikipedia isto se tornou ‘regra’: todo texto pode ser editado, sempre, interminav...
AVALIAÇÃO  CERTIFICAÇÃO VERIFICAÇÃO PADRONIZAÇÃO RÓTULOS CONSTATAÇÕES CASTRAÇÃO
AVALIAÇÃO ACOMPANHAMENTO DA APRENDIZAGEM
Identificar por que o aluno chegou ao erro, como ele está pensando, onde se perdeu, o que é necessário retomar, como retom...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aprendizagem autoria avaliação

738 visualizações

Publicada em

PRODUÇÃO REFLEXIVA

Publicada em: Educação, Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
738
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aprendizagem autoria avaliação

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E POLÍTICAS EDUCACIONAIS DIVISÃO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL AVA – NO CONTEXTO DA APRENDIZAGEM E DA AVALIAÇÃO Nome: Luciana Aparecida da Silva. Atividade 4 – Módulo III Mediador pedagógico: Leila Apª. Cabrera.
  2. 2. <ul><li>APRENDIZAGEM </li></ul><ul><li>AUTORIA </li></ul><ul><li>AVALIAÇÃO </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Vivemos hoje na sociedade da informação, mas vale ressaltar que nem toda informação é conhecimento. </li></ul>
  4. 4. APRENDIZAGEM “ Manejar informação é pouco. Fundamental é reconstruir, produzir, desconstruir e questionar informação”. Demo (2010). DESCONSTRUÇÃO/CONSTRUÇÃO/CONHECIMENTO. Demo, Pedro. Aprender, Conhecer. 2010 http://moodle.semed.capital.ms.gov.br/file.php/60/Modulo_2/td6_Aprender-Conhecer.pdf
  5. 5. A escola tem como maior desafio ensinar seus alunos a pensar e para isto precisam deixar de constatar e de reproduzir. DESAFIO CONTEMPORÂNEO
  6. 6. AUTORIA Segundo Becker, é preciso “[...] fazer agir, operar, criar, construir a partir da realidade vivida por alunos e professores, isto é, pela sociedade – a próxima e, aos poucos, as distantes.” Becker, Fernando: O que é Construtivismo. http://moodle.semed.capital.ms.gov.br/file.php/60/Modulo_2/construtivismo.pdf A autoria pressupõe erros e acertos, mas é na superação do erro que ocorre as descobertas para a reconstrução e, consequentemente, o avanço, a aprendizagem significativa.
  7. 7. Segundo Lih, (2009, apud Demo, 2010): Na wikipedia isto se tornou ‘regra’: todo texto pode ser editado, sempre, interminavelmente. Nenhum texto chega a formato definitivo. Com isso privilegia-se, não mais o argumento de autoridade, mas a autoridade do argumento. CONHECIMENTO: BEM COMUM Demo, Pedro. Aprender, Conhecer. 2010 http://moodle.semed.capital.ms.gov.br/file.php/60/Modulo_2/td6_Aprender-Conhecer.pdf
  8. 8. AVALIAÇÃO CERTIFICAÇÃO VERIFICAÇÃO PADRONIZAÇÃO RÓTULOS CONSTATAÇÕES CASTRAÇÃO
  9. 9. AVALIAÇÃO ACOMPANHAMENTO DA APRENDIZAGEM
  10. 10. Identificar por que o aluno chegou ao erro, como ele está pensando, onde se perdeu, o que é necessário retomar, como retomar, que mudanças o farão identificar a falha e reorientar o processo, aí sim se caracteriza uma prática construtiva e colaborativa de crescimento na aprendizagem e, consequentemente, no ensino. Assim, o erro é fundamental no processo avaliativo, pois é nessa representação que o aluno dá indícios de como está seu processo de construção de conhecimento. Indica caminhos diferentes daqueles que o professor esperava. Diante do erro, professores devem buscar converter “o não saber, estático, negativo e definitivo, em ainda não saber, provisório, relativo e potencial”. (ESTEBAN, 2001, p. 23). ESTEBAN, Maria Teresa. A avaliação no cotidiano escolar . In:______.(Org.). Avaliação: uma prática em busca de novos sentidos. 3. Ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. AVALIAÇÃO X APRENDIZAGEM

×