Unidade 1. Slide 1- Primeiro Ano

7.674 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.674
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
220
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Unidade 1. Slide 1- Primeiro Ano

  1. 1. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />Primeiro Ano do Ensino Médio<br />Geografia<br /> Sociedade e Cotidiano.<br /> Fundamentos<br />Dadá Martins<br />Francisco Bigotto<br />Márcio Vitiello<br />Material produzido pela professora Laisa<br />
  2. 2. Atenção aluno !!!<br /> Nesta unidade são apresentado os principais conceitos relativos a ciências geográficas. Ressaltarei a importância destes conceitos para uma melhor compreensão da matéria a ser estudada nas próximas unidades. O aprofundamento da matéria ficará a cargo dos alunos em trabalhos de pesquisas, exercícios e diálogos em sala de aula. Porém, é de extrema importância o acompanhamento do livro didático para maiores detalhes da disciplina, visto que esta apresentação é apenas um resumo da unidade de estudo preparado pela professora.<br />
  3. 3. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />O espaço geográfico se constrói a partir da relação histórica entre a sociedade e a natureza e que, por isso mesmo, é dinâmico e está em constante transformação.<br />Podemos dividir o espaço em duas naturezas.<br />
  4. 4. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br /> - A primeira natureza- consiste no espaço intocado pelo ser humano, espaço no qual não sofreu transformações.  <br />Cataratas do Iguaçu - RS<br />
  5. 5. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />- A segunda natureza- consiste no espaço que sofreu alterações humanas, o que chamamos então de espaço artificial. <br /> <br />Dubai em 1991<br />Dubai em 2005<br />
  6. 6. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />O que é função social do espaço?<br /> <br />É a função na qual é exercida no ambiente de análise. <br />Exemplo1: Uma grande propriedade de terra onde se cultiva cana-de-açúcar para exportação. Função: plantação/agricultura.<br />Exemplo 2: Centro da cidade do Rio de Janeiro. <br />Função: centro comercial/empresarial/lazer...<br /> <br />Para entender as transformações espaciais, analisa-se: <br />Forma – Processo – Estrutura - Função<br />
  7. 7. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br /><ul><li>Paisagem</li></ul>É tudo aquilo que vemos, o que nossa visão alcança é paisagem.<br />A paisagem está em constante transformação, adquirindo novas formas e funções no espaço geográfico.<br />
  8. 8. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />PaisagemNatural - predomínio dos aspectos naturais (relevo, vegetação, hidrografia, clima).<br />
  9. 9. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />- Artificial ou humanizada-onde há predomínio das ações humanas (ações antrópicas). Espaço onde ocorreu pouca ou grande intervenção humana que acarretou a transformação da paisagem (escolas, cidades, indústrias...)<br />
  10. 10. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />- Lugar<br />É a expressão da história cotidiana das pessoas, a maneira na qual elas ocupam o espaço, dos usos que fazem dele e a maneira de vivenciá-lo. É a base de reprodução da vida.<br />É no lugar que se encontra a identidade do grupo de pessoas que ali vivem. Seja um bairro, uma rua, uma vila. Não importa o tamanho ou dimensão do lugar. Ele é o caracteriza a existência humana no espaço.<br />Com o passar dos tempos, os lugares vão sofrendo alterações em suas paisagens, funções e tomando assim, novas configurações espaciais. Este processo de transformação é ainda mais intensificado à medida que o desenvolvimento econômico é expresso nas paisagens.<br />
  11. 11. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />Cidade Pripiat devastada pela explosão da usina nuclear de Chernobyl <br />Centro da Cidade de Nova York<br />Para refletir..... O que diferencia uma imagem da outra?<br />
  12. 12. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />- Região<br /> <br />O termo região é usado para expressar uma característica marcante que a distingue das áreas de seu entorno. É comum a determinação de região mais desenvolvida, região violenta, região da seca, região política e outras.<br />À esquerda: divisão dos países do Mercosul<br />À direita: Mapa das regiões geoecômicas<br /> do Brasil<br />
  13. 13. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />- Território<br /> <br />Devido a diversidade de conceitos relativos a território, adotaremos aqui um visão mais olística (geral/amplo) deste conceito para o entendimento da ciência geográfica.<br />Desta forma, o território poderá ser entendido como múltipla relação de poder: do poder material das relações econômico-políticas ao poder simbólico das relações culturais. <br />
  14. 14. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />- Estado-Nação<br /> <br />O Estado-Nação constitui uma das formas de organização do território mais representada em mapas políticos. Foi consolidado no século XIX, onde esta diretamente relacionado a expansão do capitalismo industrial. Este modo de organização do espaço teve início na Europa Ocidental e expandindo-se posteriormente pelo globo.<br />As fronteiras políticas definem a extensão geográfica da soberania do Estado-Nação. No interior do espaço que elas delimitam, ou seja, no território nacional, o poder do Estado é soberano. É ele quem estabelece as decisões internas, realiza os censos, organiza as informações sobre a população e as atividades econômicas e formula estratégias de desenvolvimento e proteção desse território. <br />
  15. 15. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />
  16. 16. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br /><ul><li>Cartografia</li></ul>Pode ser definida como um conjunto de estudos e operações científicas, artísticas e técnicas, baseadas em informações coletadas diretamente ou análise de documentos, com o objetivo de elaborar e preparar cartas, planos e outras formas de representação.<br /> <br />
  17. 17. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />Mapas: são representações geométricas planas e simplificadas da superfície terrestre, ou parte dela, numa relação de proporcionalidade dada por uma escala.<br />Os mapas podem apresentar temas específicos, como por exemplo: clima, vegetação, população e outros. Esses mapas são denominados Mapas Temáticos.<br />
  18. 18. Unidade 1- O Espaço Geográfico<br />Carta: são representações cartográficas convencionais e planas, elaboradas com grande precisão, e revelam os fenômenos da superfície terrestre utilizando dados obtidos por meio de fotografias aéreas, imagens de satélites e trabalho de campo.<br />
  19. 19. Projeções Cartográficas<br />Os sistemas de projeções cartográficas foram desenvolvidos para dar uma solução ao problema da transferência de uma imagem da superfície curva da esfera terrestre para um plano da carta, o que sempre vai acarretar deformações.<br />Os sistemas de projeções constituem-se de uma fórmula matemática que transforma as coordenadas geográficas, a partir de uma superfície esférica (elipsoidal), em coordenadas planas, mantendo correspondência entre elas. O uso deste artifício geométrico das projeções consegue reduzir as deformações, mas nunca eliminá-las.<br />Os tipos de propriedades geométricas que caracterizam as projeções cartográficas, em suas relações entre a esfera (Terra) e um plano, que é o mapa, são:<br />a) Conformes – os ângulos são mantidos idênticos (na esfera e no plano) e as áreas são deformadas.<br />b) Equivalentes – quando as áreas apresentam-se idênticas e os ângulos deformados.<br />c) Afiláticas – quando as áreas e os ângulos apresentam-se deformados.<br />
  20. 20. Esta projeção deu origem ao planisfério que revela, para muitos estudiosos, uma visão eurocêntrica do mundo.<br />Os países localizados nas latitudes mais elevadas apresentam áreas proporcionalmente maiores do que aqueles situados próximo aos trópicos. Note que a Europa aparece no centro do mapa com a sua área aumentada.<br />Visão eurocêntrica<br />Distorção de áreas em altas latitudes<br />Maiordistorção<br />Europa<br />- Menordistorção -<br />0º<br />MERCATOR<br />Maiordistorção<br />
  21. 21. As retas perpendiculares aos paralelos e as linhas meridianas têm intervalos menores, resultando na representação das massas continentais, um significativo achatamento no sentido Leste-Oeste e a deformação no sentido Norte-Sul, na faixa compreendida entre os paralelos 60o Norte e Sul, e acima destes até os pólos, a impressão de alongamento da Terra<br />Distorce a forma<br />Áreas Equivalentes<br />PETERS<br />
  22. 22. Continua...<br />Livro página 79<br />

×