Educomunicação e Saúde Ambiental

1.247 visualizações

Publicada em

Apresentação para o IV Seminário de Saúde Ambiental - Meio Ambiente por inteiro, promovido pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto USP/ Laboratório de Saúde Ambiental / GIERSS - Grupo Interinstitucional de Estudos da problemática de resíduos de serviços de saúde - Ribeirão Preto 2007

Publicada em: Tecnologia, Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educomunicação e Saúde Ambiental

  1. 1. EDUCOMUNICAÇÃO E SAÚDE AMBIENTAL Grácia Lopes Lima
  2. 2. Saúde Direito de todos e dever do Estado , garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação . Art. 196 – Constituição da República Federativa do Brasil
  3. 3. <ul><li>Educação Ambiental </li></ul><ul><li>compreensão integrada do meio ambiente em suas múltiplas e complexas relações , envolvendo aspectos ecológicos, psicológicos, legais, políticos, sociais, econômicos, científicos, culturais e éticos; </li></ul><ul><li>•  garantia de democratização das informações ambientais; </li></ul><ul><li>estímulo e o fortalecimento de uma consciência crítica sobre a problemática ambiental e social; </li></ul><ul><li>Lei 9.795/99 </li></ul>
  4. 4. Educomunicação Uma forma de intervenção social que se utiliza dos recursos da comunicação social para promover uma Educação comprometida com a formação de sujeitos.
  5. 5. <ul><li>Somos muito do que aprendemos </li></ul><ul><ul><ul><li>em espaços de educação não- formal </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>em espaços de educação formal </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>em espaço de educação informal </li></ul></ul></ul>
  6. 6. Os meios de comunicação – um tipo de “ escola paralela” , diuturnamente, ensinam a todos, indistintamente a: - voltar os olhos para longe de si e de onde moram - admirar e valorizar apenas algumas pessoas eleitas como especiais - desvalorizar pessoas parecidas com as que conhecem - consumir todo tipo de bens materiais e bens simbólicos
  7. 7. “ de tanto ouvirem de si mesmos que são incapazes, que não sabem nada, que não podem saber, que são enfermos, indolentes, que não produzem em virtude de tudo isto, terminam por se convencer de sua ‘incapacidade’. Falam de si como os que não sabem e do ‘douto’ como o que sabe e a quem devem escutar” Paulo Freire Conseqüências - “ Aderência ao opressor ”
  8. 8. Porém, considerando que: “ Todo homem tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferências, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios, independentemente de fronteiras.” Artigo XIX - Declaração Universal dos Direitos do Homem
  9. 9. “ A criança terá direito à liberdade de expressão. Esse direito incluirá a liberdade de procurar, receber e divulgar informações e idéias de todo tipo, independentemente de fronteiras, de forma oral, escrita ou impressa, por meio das artes ou por qualquer outro meio escolhido pela criança.” Artigo 13 - Convenção dos Direitos da Criança “ É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença “ Artigo 5º, IX, Constituição Brasileira
  10. 10. <ul><li>Educomunicação </li></ul><ul><li>produção de comunicação: direito humano </li></ul><ul><li>possibilita desenvolver processos de Autoria </li></ul><ul><ul><ul><li>reconhecimento da capacidade de pensar por si mesmo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>capacidade de, coletivamente, intervir na realidade </li></ul></ul></ul>
  11. 11. (...) Somente o diálogo, que implica um pensar crítico, é capaz, também de gerá-lo. Sem ele não há comunicação e sem esta não há verdadeira educação Paulo Freire
  12. 12. Podemos aprender , ou seja, a não nos deixarmos prender
  13. 13. ou ainda nos des-prender dos tantos nós que dificultam que sejamos criativos
  14. 14. Gerar uma sociedade sustentável global baseada no respeito pela natureza, nos direitos humanos universais, na justiça econômica e numa cultura da paz Carta da terra
  15. 15. Indicações CARTA DA TERRA: http://www.mma.gov.br/estruturas/agenda21/_arquivos/carta_terra.doc FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. TRATADO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA SOCIEDADES SUSTENTÁVEIS E RESPONSABILIDADE GLOBAL : http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/educacaoambiental/tratado.pdf Site temático em Educomunicação: www.portalgens.com.br
  16. 16. Grácia Lopes Lima GENS – Serviços Educacionais / Projeto Cala-boca já morreu [email_address]

×