LICOCÓS<br />(bonecas)<br />ETNIA KARAJÁ<br />
Habitantes seculares das margens do rio Araguaia nos estados de Goiás, Tocantins e Mato Grosso, os Karajá têm uma longa co...
Atividade única das mulheres,as figuras de cerâmica tiveram no passado e ainda têm uma função lúdica para as crianças, mas...
Antiga e rara boneca em cerâmica cozida e colorida em representação jovem índia debulhando mandioca em bacia.<br />Apresen...
Antiga e rara boneca Carajá em cerâmica cozida e policromada, com representação de jovem índia amassando peixe,outra repre...
antigo Boneco Carajás em Madeira<br />Resolução em traços simples e policromia objetiva, este exemplar traduz com rigor a ...
Apresentação elaborada por Ana Lúcia<br />www.cnfcp.gov.br<br />www.museunacional.ufrj.br<br />www.museuparanaense.pr.gov....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Licocós - etnia Karajá

11.572 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Licocós - etnia Karajá

  1. 1. LICOCÓS<br />(bonecas)<br />ETNIA KARAJÁ<br />
  2. 2. Habitantes seculares das margens do rio Araguaia nos estados de Goiás, Tocantins e Mato Grosso, os Karajá têm uma longa convivência com a Sociedade Nacional, o que, no entanto, não os impediu de manter costumes tradicionais do grupo como: a língua nativa, as bonecas de cerâmica, as pescarias familiares, os rituais como a Festa de Aruanã e da Casa Grande (Hetohoky), os enfeites plumárias, a cestaria e artesanato em madeira e as pinturas corporais, como os característicos dois círculos na face. Ao mesmo tempo, buscam a convivência temporária nas cidades para adquirir meios de reivindicar seus direitos territoriais, o acesso à saúde, educação bilíngüe, entre outros.<br />
  3. 3. Atividade única das mulheres,as figuras de cerâmica tiveram no passado e ainda têm uma função lúdica para as crianças, mas também é instrumento de socialização da menina, conforme estudou Heloisa Fenélon Costa (1968), onde são modeladas dramatizações de acontecimentos da vida cotidiana. O contato imprimiu modificações quanto ao tamanho (se tornaram maiores) e ao material utilizado, como tinturas químicas. Entretanto, os motivos figurativos e padrões decorativos são mantidos pelas ceramistas mais novas, que inclusive ressaltam figuras dos mitos e dos ritos. É muito comum encontrar as bonecas karajá em lojas de artesanato ou nos museus das cidades.<br />www.flickr.com<br />
  4. 4. Antiga e rara boneca em cerâmica cozida e colorida em representação jovem índia debulhando mandioca em bacia.<br />Apresenta alegorias e elementos tribais em negro e vermelho,e colorido incomum nas ditas "bonecas" deste período.<br />Antiga e rara boneca Carajá em cerâmica cozida e policromada, em representação de jovem índia debulhando mandioca,principal cultura base da culinária tribal. Apresenta alegorias e elementos tribais característicos <br />em negro e vermelho. <br />
  5. 5. Antiga e rara boneca Carajá em cerâmica cozida e policromada, com representação de jovem índia amassando peixe,outra representação raríssima de cena cotidiana da culinária tribal. Apresenta alegorias e elementos tribais em negro . <br />.<br />Muito antiga boneca em cerâmica cozida e policromada, com representação de índia fazendo comida, alegorias e elementos de pinturas tribais e ritualísticos pouco conhecidos em negro e vermelho .<br />Originária doDelta do Vale Amazônico - Brasil.<br />
  6. 6. antigo Boneco Carajás em Madeira<br />Resolução em traços simples e policromia objetiva, este exemplar traduz com rigor a mítica simetria encontradas nos objetos dos "Carajás". <br />Antiga, grande e curiosa boneca ou brinquedo em madeira policromada, para uso de transmissão da cultura ancestral,sem os braços. Apresenta alegorias e elementos tribais de fertilidade em negro e vermelho.(Exemplar encontrado no ultimo quartel do século XIX)<br />precolombianartbrazil.blogspot.com<br />
  7. 7. Apresentação elaborada por Ana Lúcia<br />www.cnfcp.gov.br<br />www.museunacional.ufrj.br<br />www.museuparanaense.pr.gov.br<br />precolombianartbrazil.blogspot.com<br />www.flickr.com<br />

×