O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Apresentação do Curso Técnico em Informática para Internet

813 visualizações

Publicada em

Apresentação do Curso Técnico em Informática para Internet

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Apresentação do Curso Técnico em Informática para Internet

  1. 1. Você está Bem-vindo
  2. 2. Aqui!
  3. 3. Campus Eng. Paulo de Frontin
  4. 4. Já foi assim Fotografia aérea do Campus Avançado Engenheiro Paulo de Frontin (na Década de 90 – Rodolfo Fuchs)
  5. 5. No terreno da união, onde hoje funciona o campus, outrora já abrigou a Escola Rodolfo Fuchs para menores em situação de vulnerabilidade social. Criada e 1939, a Escola ficava localizada numa fazenda de 60 alqueires e tinha uma área construída de 3.261.540 metros quadrados, pertencendo à Fundação Abrigo Cristo Redentor. Um pouco de história...
  6. 6. Durante o período de abandono, o atual campus do IFRJ, recebeu em 2005 reforma de parte de sua estrutura, obra capitaneada pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, que pretendia instalar no local o Hotel da Melhor Idade, que nem chegou a ser inaugurado. Após várias mudanças de responsabilidade administrativa, a escola foi novamente abandonada e, em agosto de 2009 foi destinada à implantação do IFRJ Campus Avançado Engenheiro Paulo de Frontin. Um pouco de história...
  7. 7. Em 29 de dezembro de 2008, o CEFET Química foi transformado em Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro . Esta transformação permitiu que todas as Unidades passassem a Campi Um pouco de história...
  8. 8. Hoje é assim
  9. 9. Ou assim
  10. 10. No dia 1 de fevereiro de 2010, no município de Engenheiro Paulo de Frontin, o novo Campus Avançado passa a integrar o IFRJ. Recursos Naturais Hospitalidade e Lazer Informação e Comunicação Este campus foca suas atividades em três eixos norteadores relacionados no acordo de metas do campus:
  11. 11. A informática para Internet apresenta um amplo mercado de trabalho, que se encontra em franca expansão e necessita de profissionais especializados no desenvolvimento de projetos e na criação e produção de imagens e produtos, realizados por meio das tecnologias digitais. A informática para Internet apresenta um amplo mercado de trabalho, que se encontra em franca expansão e necessita de profissionais especializados no desenvolvimento de projetos e na criação e produção de imagens e produtos, realizados por meio das tecnologias digitais. Mercado de TrabalhoMercado de Trabalho
  12. 12. Mercado de Trabalho O campo de atuação para o profissional de Informática para Internet é bastante amplo e oferece diversas oportunidades de trabalho. Esse profissional pode atuar em diversas áreas como: Tecnico em Informática para Internet • empresas de software • empresas de alta tecnologia • pesquisa e desenvolvimento • instituições de ensino e pesquisa • grandes indústrias e consultoria. • próprio negócio de prestação de serviços • grandes corporações
  13. 13. O presente curso possibilita oportunidade em grandes bancos, empresas da área de petróleo, indústrias, empresas multinacionais, além de oportunidades de trabalho em webdesign, provedores de internet, portais, e-learning, softwares gráficos, bem como birôs de computação gráfica. Também são opções o desenvolvimento de projetos de Tecnologia da Informação nas empresas de pequeno, médio ou grande porte dos setores privados, grandes estatais, de serviços, de assessoria ou consultoria e de pesquisa, como profissionais liberais ou contratados.
  14. 14. Programação Webdesign Redes Eletronica Mainframe Banco de Dados Animação
  15. 15. O curso servirá de base avançada ao preparar profissionais para a área de mainframe, redes, manutenção e suporte, webdesign e desenvolvimento de sistemas, além de multimídia e Internet - unindo interatividade e interdisciplinaridade, embasamento cultural e histórico, desenvolvimento de pesquisas, expressão e criação.
  16. 16. Objetivo Geral O Curso Técnico Concomitante ao Ensino Médio em Informática para Internet tem como objetivo geral formar técnicos aptos à análise crítica e ao desenvolvimento de pesquisa para atender as demandas da sociedade e do mercado no campo da Tecnologia da Informação, trabalhando de forma integrada com as demais áreas envolvidas no processo de informática.
  17. 17. 5 Objetivos especificos (de 20) Permitir que o profissional formado esteja apto a contribuir no desenvolvimento das organizações e da sociedade através da aplicação da tecnologia da informação; Contribuir para o desenvolvimento social e econômico da região centro-sul Fluminense. Estimular o consciente criativo, inovador e empreendedor dos alunos; Formar os profissionais para o desenvolvimento de projetos, criação e produção em hipermídia por meio da ampliação dos conhecimentos de design e tecnologias digitais; Proporcionar aos discentes a manipulação das ferramentas específicas de produção de Informática e comunicação.
  18. 18. Perfil Profissional O Curso Técnico em Informática para Internet visa formar um profissional com cultura ampla, espírito crítico, criativo, empreendedor, ético e com domínio teórico e prático dos processos que a Informática implica. Para isso, deve ser:
  19. 19. Intérprete do contexto sócio- histórico, consciente do papel que a indústria da Informática ocupa em seu contexto; Um profissional ciente das responsabilidades decorrentes de suas práticas; Curioso e investigativo quanto às possibilidades de desenvolvimento que a Informática apresenta em relação a sua inserção cultural, linguagem e atuação em novos segmentos; Consciente do caráter internacional da indústria de Informática e atualizado quanto aos desdobramentos do segmento ao redor do mundo; Crítico sobre suas práticas e quanto às repercussões do segmento de Informática no tecido social; Atuante como empreendedor, gestor de negócios e processos e/ou como parte de equipes multidisciplinares, da esfera local à internacional; Flexível e versátil para identificar e/ou gerar oportunidades do mercado, bem como dinâmico para traduzi-las e codificá-las através das estratégias comunicativo- discursivas dos Informática; Habilitado nas práticas de criação, de produção e de distribuição que o mercado de Informática demanda.
  20. 20. Intérprete do contexto sócio-histórico, consciente do papel que a indústria da Informática ocupa em seu contexto; Um profissional ciente das responsabilid ades decorrentes de suas práticas; Curioso e investigativo quanto às possibilidade s de desenvolvime nto que a Informática apresenta em relação a sua inserção cultural, linguagem e atuação em novos segmentos; Consciente do caráter internacional da indústria de Informáticae atualizado quanto aos desdobramen tos do segmento ao redor do mundo; Crítico sobre suas práticas e quanto às repercussões do segmento de Informática no tecido social; Atuante como empreended or, gestor de negócios e processos e/ou como parte de equipes multidisciplin ares, da esfera local à internacional; Flexível e versátil para identificar e/ou gerar oportunidade s do mercado, bem como dinâmico para traduzi- las e codificá- las através das estratégias comunicativo -discursivas dos Informática; Habilitado nas práticas de criação, de produção e de distribuição que o mercado de Informática demanda.
  21. 21. Intérprete do contexto sócio- histórico, consciente do papel que a indústria da Informática ocupa em seu contexto; Um profissional ciente das responsabilidades decorrentes de suas práticas; Curioso e investigativo quanto às possibilidade s de desenvolvime nto que a Informática apresenta em relação a sua inserção cultural, linguagem e atuação em novos segmentos; Consciente do caráter internacional da indústria de Informáticae atualizado quanto aos desdobramen tos do segmento ao redor do mundo; Crítico sobre suas práticas e quanto às repercussões do segmento de Informática no tecido social; Atuante como empreended or, gestor de negócios e processos e/ou como parte de equipes multidisciplin ares, da esfera local à internacional; Flexível e versátil para identificar e/ou gerar oportunidade s do mercado, bem como dinâmico para traduzi- las e codificá- las através das estratégias comunicativo -discursivas dos Informática; Habilitado nas práticas de criação, de produção e de distribuição que o mercado de Informática demanda.
  22. 22. Intérprete do contexto sócio- histórico, consciente do papel que a indústria da Informática ocupa em seu contexto; Um profissional ciente das responsabilid ades decorrentes de suas práticas; Curioso e investigativo quanto às possibilidades de desenvolvimento que a Informática apresenta em relação a sua inserção cultural, linguagem e atuação em novos segmentos; Consciente do caráter internacional da indústria de Informáticae atualizado quanto aos desdobramen tos do segmento ao redor do mundo; Crítico sobre suas práticas e quanto às repercussões do segmento de Informática no tecido social; Atuante como empreended or, gestor de negócios e processos e/ou como parte de equipes multidisciplin ares, da esfera local à internacional; Flexível e versátil para identificar e/ou gerar oportunidade s do mercado, bem como dinâmico para traduzi- las e codificá- las através das estratégias comunicativo -discursivas dos Informática; Habilitado nas práticas de criação, de produção e de distribuição que o mercado de Informática demanda.
  23. 23. Intérprete do contexto sócio- histórico, consciente do papel que a indústria da Informática ocupa em seu contexto; Um profissional ciente das responsabilid ades decorrentes de suas práticas; Curioso e investigativo quanto às possibilidade s de desenvolvime nto que a Informática apresenta em relação a sua inserção cultural, linguagem e atuação em novos segmentos; Consciente do caráter internacional da indústria de Informática e atualizado quanto aos desdobramentos do segmento ao redor do mundo; Crítico sobre suas práticas e quanto às repercussões do segmento de Informática no tecido social; Atuante como empreended or, gestor de negócios e processos e/ou como parte de equipes multidisciplin ares, da esfera local à internacional; Flexível e versátil para identificar e/ou gerar oportunidade s do mercado, bem como dinâmico para traduzi- las e codificá- las através das estratégias comunicativo -discursivas dos Informática; Habilitado nas práticas de criação, de produção e de distribuição que o mercado de Informática demanda.
  24. 24. Intérprete do contexto sócio- histórico, consciente do papel que a indústria da Informática ocupa em seu contexto; Um profissional ciente das responsabilid ades decorrentes de suas práticas; Curioso e investigativo quanto às possibilidade s de desenvolvime nto que a Informática apresenta em relação a sua inserção cultural, linguagem e atuação em novos segmentos; Consciente do caráter internacional da indústria de Informáticae atualizado quanto aos desdobramen tos do segmento ao redor do mundo; Crítico sobre suas práticas e quanto às repercussões do segmento de Informática no tecido social; Atuante como empreended or, gestor de negócios e processos e/ou como parte de equipes multidisciplin ares, da esfera local à internacional; Flexível e versátil para identificar e/ou gerar oportunidade s do mercado, bem como dinâmico para traduzi- las e codificá- las através das estratégias comunicativo -discursivas dos Informática; Habilitado nas práticas de criação, de produção e de distribuição que o mercado de Informática demanda.
  25. 25. Intérprete do contexto sócio- histórico, consciente do papel que a indústria da Informática ocupa em seu contexto; Um profissional ciente das responsabilid ades decorrentes de suas práticas; Curioso e investigativo quanto às possibilidade s de desenvolvime nto que a Informática apresenta em relação a sua inserção cultural, linguagem e atuação em novos segmentos; Consciente do caráter internacional da indústria de Informáticae atualizado quanto aos desdobramen tos do segmento ao redor do mundo; Crítico sobre suas práticas e quanto às repercussões do segmento de Informática no tecido social; Atuante como empreendedor, gestor de negócios e processos e/ou como parte de equipes multidisciplinares, da esfera local à internacional; Flexível e versátil para identificar e/ou gerar oportunidade s do mercado, bem como dinâmico para traduzi- las e codificá- las através das estratégias comunicativo -discursivas dos Informática; Habilitado nas práticas de criação, de produção e de distribuição que o mercado de Informática demanda.
  26. 26. Intérprete do contexto sócio- histórico, consciente do papel que a indústria da Informática ocupa em seu contexto; Um profissional ciente das responsabilid ades decorrentes de suas práticas; Curioso e investigativo quanto às possibilidade s de desenvolvime nto que a Informática apresenta em relação a sua inserção cultural, linguagem e atuação em novos segmentos; Consciente do caráter internacional da indústria de Informáticae atualizado quanto aos desdobramen tos do segmento ao redor do mundo; Crítico sobre suas práticas e quanto às repercussões do segmento de Informática no tecido social; Atuante como empreended or, gestor de negócios e processos e/ou como parte de equipes multidisciplin ares, da esfera local à internacional; Flexível e versátil para identificar e/ou gerar oportunidades do mercado, bem como dinâmico para traduzi-las e codificá- las através das estratégias comunicativas e discursivas; Habilitado nas práticas de criação, de produção e de distribuição que o mercado de Informática demanda.
  27. 27. Intérprete do contexto sócio- histórico, consciente do papel que a indústria da Informática ocupa em seu contexto; Um profissional ciente das responsabilid ades decorrentes de suas práticas; Curioso e investigativo quanto às possibilidade s de desenvolvime nto que a Informática apresenta em relação a sua inserção cultural, linguagem e atuação em novos segmentos; Consciente do caráter internacional da indústria de Informáticae atualizado quanto aos desdobramen tos do segmento ao redor do mundo; Crítico sobre suas práticas e quanto às repercussões do segmento de Informática no tecido social; Atuante como empreended or, gestor de negócios e processos e/ou como parte de equipes multidisciplin ares, da esfera local à internacional; Flexível e versátil para identificar e/ou gerar oportunidade s do mercado, bem como dinâmico para traduzi- las e codificá- las através das estratégias comunicativo -discursivas dos Informática; Habilitado nas práticas de criação, de produção e de distribuição que o mercado de Informática demanda.
  28. 28. O Curso Técnico Concomitante ao Ensino Médio em Informática para Internet oferece a formação de um profissional alinhado à definição do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos para o curso de Informática, assim o egresso estará apto a compor equipes multidisciplinares, utilizar técnicas e programas de computadores especializados de tratamento de imagens, desenvolver recursos, ambientes, objetos e modelos informatizados, implementar recursos que possibilitem a interatividade dos usuários com o programas de computador e integrar os diversos recursos da Tecnologia da Informação.
  29. 29. Algoritmo e Lógica de Programação Modelagem de Banco de Dados Web Design Computação Gráfica Inglês Instrumental I Redes I – Cabeamento Estruturado Sistema de Gerenciamento de Conteúdo e E-commerce Animação I Sistemas Operacionais I - Desktop Disciplinas do 1º Período
  30. 30. Projeto de Sistemas e Orientação a Objetos com UML Animação Digital II Mainframe I - Básico Sistemas Operacionais I – Desktop Sistemas Operacionais II – Server Programação C# Computação Gráfica II Inglês Instrumental II Programação Web I - PHP Redes II – Redes sem Fio Disciplinas do 2º Período
  31. 31. Empreendedorismo em Informática Mainframe II - COBOL com CICS e DB2 Programação Web II – Java para Web Montagem e Manutenção de Computadores Redes III – Segurança Inglês Instrumental III Sistemas Operacionais III – Administrador Linux Governança em TI Disciplinas do 3º Período

×