Resumo revoluoesinglesas

2.395 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo revoluoesinglesas

  1. 1. Crise do Antigo RegimeRevoluções Inglesas• Definição: movimento político, militar e religiosoque destruiu o absolutismo na Inglaterrainstalando naquele país a primeira monarquiaparlamentar da história;• Quando: século XVII;
  2. 2. Crise do Antigo RegimeRevoluções Inglesas• Antecedentes:– Dinastia Tudor:1. Henrique VII (1485-1509): pacifica a Inglaterra e consolida oEstado inglês.2. Henrique VIII (1509-1547): sujeita o Parlamento, funda aigreja Anglicana e impõe o Ato de Supremacia (1534).3. Eduardo VI (1547-1553): defende o anglicanismo.4. Maria I (1553-1558): persegue ferozmente os puritanos.5. Elizabeth (1558-1603): retoma a política do pai (HenriqueVIII) e consolida a igreja Anglicana, governando de acordocom o Parlamento.
  3. 3. Crise do Antigo RegimeRevoluções Inglesas• Antecedentes:– Desenvolvimento marítimo-comercial– “aburguesamento” de parte da nobreza• Contradições:– Reforma anglicana: perseguição aos puritanos– Cercamento dos campos: êxodo rural– Parlamento: resistência ao absolutismo
  4. 4. Elisabeth I• Anglicanismo como religião oficial.• Maior tolerância religiosa.• Inglaterra enriquecida com a produção e exportação de lã.• Morre deixando o trono ao seu primo Jaime I.
  5. 5. • Jaime I (1603 – 1625):– Perseguições a católicos e puritanos.– Aumento de impostos.– Estabelece o monopólio real contra os interesses daburguesia.
  6. 6. • Carlos I (1625 – 1649): Causas da Revolução.– Apesar de jurar o “Bill of Rights” (Petição dos Direitos), o reinovamente aumenta os impostos.– Tentativa de impor o anglicanismo na Escócia (revolta).– Invasão e fechamento do Parlamento.– Eclode a Revolução Puritana, uma guerra civil que durou 7anos (1642 – 1649):
  7. 7. PARLAMENTO INGLÊSO Parlamento era composto por:Câmara dos Lordes: cargo hereditário, anglicanos econservadores.Câmara dos comuns: Gentry, pessoas da pequena nobreza.Católicos e presbiterianos na ala moderada (monarquia semautoritarismo) e puritanos na ala radical (fim da propriedade ereforma agrária)
  8. 8. CÂMARA DOS LORDES(nobres)CÂMARA DOS COMUNS(proprietários)*ELEITOS por todas as classes sendo que oVOTO DEPENDIA DAS PROPRIEDAES E NÃODA NOBREZA
  9. 9. A Guerra Civil (1641-1649)Em 1641 Carlos I tenta dissolver o Parlamento novamente e eclode a guerra civil.CAVALEIROS X CABEÇAS REDONDAS(Aristocracia tradicional) (Burguesia / Povo /Nobreza aburguesada);
  10. 10. Guerra Civil Inglesa ( 1642 – 1648 )• Cavaleiros(Rei)– Partidários do absolutismo,nobreza, católicos inglesese irlandeses.– Carlos I mandou invadir oparlamento e prender osprincipais líderes. Cabeças Redondas(Parlamento) Presbiterianos (altaburguesia), nobrezaliberal, puritanos(pequena burguesia) Oliver Cromwell (Novomodelo de exército)A Guerra civil chega ao fim com a vitória do parlamento e o reiCarlos I foi preso e condenado à morte, sendo decapitado em 30de janeiro de 1649.
  11. 11. • A República de Cromwell (1649 – 1660):– Criação dos Atos de Navegação (1650) – somente naviosingleses transportariam mercadorias inglesas ou de outrospaíses para a Inglaterra. Em caso de venda para a Inglaterrasó navios do país de origem do produto estariam autorizadosa entrar na Inglaterra:- Ditadura pró-burguesia puritana (calvinista);- Confisco de terras da Igreja e nobreza. Extinguiu impostosarbitrários- Repressão a opositores internos (Levellers – niveladores eDiggers – escavadores);
  12. 12. OS ATOS DE NAVEGAÇÃO
  13. 13. – Após a morte de Oliver (1658), seu filho, Ricardo Cromwellassume o poder, porém, sem a habilidade e carisma dopai, enfrenta nova guerra civil no país, que acaba com asua derrota e recoloca os monarquistas no poder.Restauração Monárquica.
  14. 14. • A Restauração Monárquica (1660 – 1688):Carlos II (1660 – 1685).• Anglicano, pró-católicos.• Aproximação com a França.• Parlamento cria o HABEAS CORPUS e exclui católicos decargos.• Parlamento é novamente fechado pelo rei (1683).• Seu sucessor é seu irmão Jaime II.
  15. 15. Jaime II (1683 – 1688).• Católico e tentou restabelecer o catolicismo.• Tentativa de restabelecer o absolutismo.• Apoiado por Luís XIV (FRANÇA).• Manteve as perseguições aos puritanos (grupomajoritariamente burguês)• Surgimento de conflitos entre os grupos sociais queapoiavam o Parlamento e os que apoiavam a monarquia edesejavam o absolutismo.
  16. 16. • Parlamento temeroso com a restituição do catolicismo oferece acoroa a Guilherme de Orange (holandês), casado com Maria Stuart,filha mais velha de Jaime II. Em troca, pedia o parlamento livre e amanutenção do anglicanismo.– 1689: Guilherme de Orange acata ao Bill of Rights(Declaração dos Direitos).– Parlamento decidiria sobre impostos, garantia apropriedade privada, as liberdades individuais e divide opoder.– Fim do absolutismo na Inglaterra.– Burguesia assume o poder por meio do parlamento(Monarquia Parlamentar) “O rei reina, mas nãogoverna”REVOLUÇÃO GLORIOSA (1688-1689)
  17. 17. • Bill of Rights (CARTA DOS DIREITOS):Documento criado pelo Parlamento para submeter o poder doRei ao Parlamento.– Base da Monarquia Parlamentar inglesa.– Criação de um Exército Permanente.– Liberdade de Imprensa.– Direitos Individuais (propriedade privada).– Autonomia do Poder Judiciário.– Formação de um Estado Burguês.– 1ª Constituição Burguesa da história.
  18. 18. Consequências:• Criação de um exército permanente;• Liberdade de imprensa;• Igualdade jurídica para os cidadãos;• Aprova o Ato de Tolerância: liberdade religiosaa todos os protestantes;• A monarquia parlamentar inglesa consolidauma economia desenvolvimentista que faz daInglaterra a maior potência dos próximosséculos.

×