As linguagens midiáticas na educação infantil 16 09

5.117 visualizações

Publicada em

Curso Mídias

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.117
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
140
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As linguagens midiáticas na educação infantil 16 09

  1. 1. As linguagens midiáticas na Educação Infantil As linguagens midiáticas também ocupam espaços significativos no universo infantil.
  2. 2. <ul><li>As tecnologias promovem um diálogo permanente entre a criança e o mundo. As linguagens midiáticas no universo infantil são recursos que possibilitam a todos os envolvidos na ação pedagógica a inclusão digital e a exploração de outras formas de ler, codificar, brincar, escrever, pesquisar, descobrir, interagir, publicar e se comunicar, bem como possibilitam às crianças condições cada vez mais inovadoras e atuais de aprendizagens, respeitando-as como sujeitos sociais e de direitos, capazes de pensar e agir de modo criativo, participativo e critico. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>A criança por meio da imaginação e da fantasia, onde o lúdico se faz presente, constrói conhecimentos e refaz a história. Este processo também é desencadeado pelo uso do computador e de diferentes mídias que aparecem no cotidiano infantil para serem usados, brincados e jogados. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O uso pedagógico nesse contexto pode contribuir para a construção de identidades e produção de cultura midiática, ampliando espaços de relações,de forma de expressão, de comunicação e de experiências </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Busca-se, também, a compreensão do computador e diferentes recursos tecnológicos, enquanto meios constitutivos da exploração de sistemas de representação da escrita junto às experiências sócio-culturais dos alunos, que são evidenciadas através da oralidade. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Neste sentido a interação entre os sujeitos, permeada pela troca de suas leituras e escritas (gestos, rabiscos, desenhos, imagens, modelagens...), ampliam as possibilidades de vivências que permitem a emergência de escritas. O mouse transformado em lápis, pincel, tinta, tesoura e cola e a te!a do computador em papel, permite que as crianças brincando e experimentando letras, texturas, cores, formas, dominem o processo de criação e transformação de imagens, que evidenciam uma visão de mundo. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>A imagem digital não se apresenta enquanto absoluta, pois aberta ao diálogo permite que a criança mude, modele e visualize multiplicando as possibilidades de conversação e comunicação. E nessa dialogicidade, entre o imaginário e a forma desejada de representação, que se entrecruzam os diferentes estilos de pensar, propor, elaborar, sistematizar, apreender e aprender as coisas do mundo de cada aprendiz. Torna-se, ainda, para o professor, fonte de investigação e análise da visão de mundo de seu aluno, diante da diferentes linguagens utilizadas na forma de elaboração. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>A presença de tecnologias no ambiente escolar infantil entendida como meio, como linguagens, permite às crianças desfrutarem ‘no aqui e agora” os processos de criação, descoberta e comunicação inerentes a uma participação ativa na construção do conhecimento e na produção de cultura. </li></ul>

×