SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 59
O mundo islâmico (árabes)
 Localização
– vasta
península
situada no
extremo
sudoeste da
Ásia, entre o
Mar Vermelho,
o Oceano
Indico e o Golfo
Pérsico.
 Região do Mar Vermelho – terras férteis e
favoráveis à agricultura.
 Centro da península – terras desérticas onde, de
quando em quando, aparece um oásis.
 Árabes do litoral – eram sedentários e se
dedicavam ao cultivo e comércio de seus
produtos – cereais, incenso, especiarias e
essências.
 Habitado por tribos beduínas, chefiadas pelos
xeques.
 Viviam em função dos Oasis;
 Eram pastores nômades e dedicavam-se ao
comércio;
 Suas caravanas cruzavam o deserto com
produtos a serem vendidos nos povoados;
 O controle dos oásis provocava freqüentes
guerras entre as tribos.
 Características da
região – quase 3
milhões de km2 de
terras desertas (povos
nômades); a área mais
povoada é o sudoeste
(Meca.); com exceção
dos Oasis e zonas
mais favoráveis com
povos sedentários.
 1. Qual região foi habitada originalmente
pelos árabes? Quais as características
geográficas dessa região?
 O povo árabe habitava a península Arábica,
situada entre o golfo Pérsico e o mar Vermelho.
Na região que margeia o mar Vermelho, as terras
são férteis, favoráveis ao desenvolvimento da
agricultura. A parte central da península, ao
contrário, é composta de terras desérticas, onde,
de quando em quando, aparece um oásis.
 2. Como viviam os árabes do litoral da
península arábica?
 Os árabes que viviam próximos ao litoral eram
sedentários e se dedicavam ao cultivo e a
comércio de seus produtos: cereais, incenso,
especiarias e essências.
 3. Quem eram os beduínos e quem os
chefiava? Como viviam?
 O deserto era habitado por tribos dos chamados
beduínos, chefiadas pelos xeques. Viviam em
função dos oásis. Eram pastores nômades e
dedicavam-se ao comércio. Suas caravanas
cruzavam o deserto, carregadas de produtos a
serem vendidos nos povoados.
 Meca – cidade
santa para os
árabes; lugar
de
peregrinação
(pelo menos
uma vez na
vida)
No inicio – povo nômade,
criadores de camelos; faziam
comércio com regiões próximas
(Síria, Palestina...); governos
descentralizados com tribos
rivais;
Eram politeístas e cada tribo
possuía suas próprias divindades.
 Os árabes possuíam um elemento religioso em
comum – a Caaba, templo de forma cúbica na
cidade de Meca.
 Lá ficavam todos os ídolos tribais, em especial a
Pedra Negra, adorada por toda a população.
 Segundo a crença geral, essa pedra havia sido
trazida pelo Anjo Gabriel e era originalmente
branca, mas tornou-se negra devido aos pecados
dos homens.
 As constantes
peregrinações dos árabes
à Caaba transformaram
Meca no principal
entreposto comercial de
toda a península.
 A tribo coraixita era
guardiã da Caaba e
controlava todas as
atividades comerciais da
cidade.
 4. Como era a religião árabe antes do
Islamismo?
 Os árabes tinham religião politeísta e cada tribo
possuía suas próprias divindades.
 5. O que era a Caaba?
 Era um templo de forma cúbica, na cidade de Meca,
onde ficavam muitos ídolos tribais, em especial a
Pedra Negra, adorada por toda a população.
 6. Qual era o principal entreposto comercial
da península arábica? Qual tribo controlava
essa cidade?
 Era Meca, controlada pelos coraixitas.
 Não havia unificação
política;
 Século VIII – a partir da
adoção do Islamismo
(submissão total a
Deus = Alá) formaram
um único Estado que
cresceu e formou um
grande império.
 Maomé – nasceu em
Meca (570); pertencia à
família dos coraixitas
(responsáveis pela
Caaba e controladores
do rico comércio em
Meca).
 Maomé – foi criado
pelo tio (Abu-Bekre),
tornou-se caravaneiro
e se casou com a
prima Cadidja, uma
rica viúva; viajou pela
Síria e Palestina onde
teve contato com as
idéias religiosas de
judeus e cristãos.
 após seu casamento,
deixou de trabalhar e
dedicou-se à
meditação (retiro nas
montanhas para
orar...); dizia que tinha
visões do Anjo Gabriel
que lhe ordenava
pregar a verdadeira
religião (Islã e a
obediência a Alá).
 Maomé,
primeiramente
convence seus
parentes (a mulher, os
filhos e o genro); depois
passa a pregar em
praça publica
provocando ira e
revoltas.
 foge de Meca para
Iatreb (mais tarde
chamada Medina =
“cidade do profeta”).
 Hégira (622) – essa
retirada para
Iatreb/Medina ficou
conhecida como
“hégira”; aí continua
suas pregações e
conquista mais
adeptos ate unir a
cidade sob sua
liderança.
 Pela importância
dessa fuga para os
muçulmanos, o ano
622 passou a ser o
primeiro ano do
calendário árabe.
 apesar de analfabeto,
Maomé ditava os
mandamentos da nova
religião – o Islã
(submissão à vontade de
Deus) – a seguidores
que anotavam tudo.
Esses mandamentos
foram reunidos no livro
Corão (= leitura, a bíblia
dos muçulmanos) e na
Suna (= tradição).
 7. A ”cidade do profeta” foi uma cidade
árabe que abrigou Maomé quando ele
fugia de seus perseguidores. Estamos
falando de:
 A. Bagdá. ( )
 B. Medina. ( )
 C. Meca. ( )
 D. Caaba. ( )
 Resposta: B
 A conquista de
Meca – 630: Maomé
volta liderando
numerosos guerreiros
e destrói os ídolos da
Caaba, respeitando
apenas a Pedra Negra.
 632 - após sua morte,
toda a Arábia estava
unida religiosa e
politicamente.
 Os princípios do Islamismo estão contidos no Corão –
livro sagrado escrito pelos discípulos de Maomé e
fundamentado nos ensinamentos do profeta:
 Crença em um único deus, Alá, senhor da criação;
 Crença nos profetas, sendo Maomé o último e mais
importante;
 Crença na predestinação – todas as coisas que
ocorrem são determinadas por Alá;
 Crença na imortalidade da alma e no juízo final.
 Orar 5X ao dia com o rosto voltado para Meca;
 Peregrinar a Meca pelo menos uma vez na vida;
 Dar esmolas e praticar a hospitalidade para com
os muçulmanos e os estrangeiros;
 Jejuar do nascer do dia até o pôr-do-sol (mês de
Ramadã, 9º mês do ano);
 Combater em nome de Alá (os infiéis) por meio da
Guerra Santa.
 Não comer carne de porco;
 Não tomar bebidas alcoólicas;
 Submissão da mulher ao homem;
 Permissão da poligamia e do divorcio;
 Não representar Deus de nenhuma forma –
esculturas, pinturas, etc.
 A Guerra Santa –
entre os mandamentos
do Islã estava a guerra
santa aos infiéis; todo
aquele que morresse
por Alá e pelo Corão
ganharia o céu
automaticamente; o
guerreiro árabe não
temia a morte; para ele
o céu era o premio.
 8. Coloque F para falso e V para verdadeiro:
 A. o Islamismo é uma religião monoteísta porque prega
a existência de um único Deus. ( )
 B. Para o Islamismo, Deus deve ser representado em
esculturas e pinturas, dentro dos templos. ( )
 C. A cidade santa do Islamismo é Meca, e todo
muçulmano deve visitá-la pelo menos uma vez na vida.
( )
 D. Para os muçulmanos, tudo o que acontece já foi
decidido por Deus (crença na predestinação dos
homens). ( )
 Resposta: V, F, V, V
 Os
sucessores
de Maomé –
seus
sucessores
eram
chamados de
califas; eles
iniciaram a
formação do
império árabe.
 Após a morte de Maomé,
a chefia do Estado árabe
ficou na mãos dos califas,
chefes políticos, religiosos
e militares que se diziam
sucessores do profeta.
 Eles conduziram os
árabes à Guerra Santa e,
com isso, formaram um
grande império.
 Conquistaram a Síria, o
Egito, a Palestina e a
Pérsia (atual Irã)
 No século VII atingiram
todo o norte da áfrica.
 Século VIII –
atravessaram o estreito
de Gibraltar e invadiram
a península Ibérica.
 Ao tentarem entrar na
França foram detidos por
Carlos Martel, que os
derrotou na Batalha de
Poitiers (732)
CARLOS MARTEL
 Árabes X
visigodos –
em 711 os
visigodos são
derrotados; os
cristãos
visigodos se
refugiam ao
norte
(Astúrias) para
impedir o total
domínio
árabe.
 Omar – grande
conquistador;
ocupou a Síria e a
Palestina (antes
pertencente ao
Império Romano
do Oriente);
depois a Pérsia
(atual Irã) e a
Mesopotâmia
(atual Iraque).
Nessa mesma
época, no lado
oriental,
alcançaram o
Turquestão, o
Irã, levando as
fronteiras até a
Índia, onde
foram detidos
pelos chineses.
 Organizou-se sob um
regime monárquico
(califado) e dividia-se em
províncias governadas
por um emir.
 Capital – estabelecida em
Damasco, importante
cidade bizantina.
 Século VIII – foi
transferida para Bagdá.
 Século XI – o império
entrou em decadência e
fragmentou-se, em
conseqüência de vários
fatores:
 Lutas internas;
 Guerras contra os cristãos
(Cruzadas);
 Multiplicidade de povos;
 Invasão turca.
 8. Quais os motivos para o Império
Muçulmano ter entrado em decadência?
 Lutas internas, guerras contra os cristãos,
multiplicidade de povos e, finalmente, invasão
dos turcos.
 Ciências – discípulos dos pensadores gregos e
matemáticos hindus;
 Introduziram na Europa Ocidental a numeração
arábica, o conhecimento do zero e utilização da
álgebra.
 Astronomia – fundaram observatórios astronômicos
para observação de eclipses solares e lunares.
 Medicina – destaque para Avicena, que elaborou um
compendio para codificar todo conhecimento antigo.
 Física – estudos dos fenômenos da ótica.
 Alquimia – deu origem à química
moderna; descobriram o álcool e as
propriedades dos ácidos e sais.
 Artes – rico e variado estilo arquitetônico:
arcos, finas colunas e cúpulas que
sustentavam as mesquitas e palácios
Mesquita de Córdoba
 Harum-Al-
Rachid – foi o
mais famoso
califa,
imortalizado
nas lendas das
“Mil e Uma
Noites”.
Discutindo
o assunto –
o que é o
islamismo?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O declínio do Imperio Romano
O declínio do Imperio RomanoO declínio do Imperio Romano
O declínio do Imperio Romano
Janayna Lira
 

Mais procurados (20)

154 ab reconquista e formação de espanha e portugal
154 ab reconquista e formação de espanha e portugal154 ab reconquista e formação de espanha e portugal
154 ab reconquista e formação de espanha e portugal
 
Gana
GanaGana
Gana
 
Europa Cristã
Europa CristãEuropa Cristã
Europa Cristã
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
 
Islamismo (resumo)
Islamismo (resumo)Islamismo (resumo)
Islamismo (resumo)
 
Mesopotamia slide
Mesopotamia slideMesopotamia slide
Mesopotamia slide
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
 
historia da mesopotamia
historia da mesopotamiahistoria da mesopotamia
historia da mesopotamia
 
Reino franco
Reino francoReino franco
Reino franco
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
 
Slides bizantinos 1º. ano
Slides bizantinos    1º. anoSlides bizantinos    1º. ano
Slides bizantinos 1º. ano
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
O nascimento do islamismo e a expansão muçulmana
O nascimento do islamismo e a expansão muçulmanaO nascimento do islamismo e a expansão muçulmana
O nascimento do islamismo e a expansão muçulmana
 
Renascimento Comercial
Renascimento ComercialRenascimento Comercial
Renascimento Comercial
 
17 sociedade feudal
17   sociedade feudal17   sociedade feudal
17 sociedade feudal
 
Aula 6 o império mali
Aula 6   o império maliAula 6   o império mali
Aula 6 o império mali
 
O declínio do Imperio Romano
O declínio do Imperio RomanoO declínio do Imperio Romano
O declínio do Imperio Romano
 
1° ano - Idade Média Ocidental
1° ano  - Idade Média Ocidental1° ano  - Idade Média Ocidental
1° ano - Idade Média Ocidental
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
 
Império árabe
Império árabeImpério árabe
Império árabe
 

Destaque

O Islamismo
O IslamismoO Islamismo
O Islamismo
Rosário
 
Tensões no Mundo Islâmico
Tensões no Mundo IslâmicoTensões no Mundo Islâmico
Tensões no Mundo Islâmico
Paulo Alexandre
 
Mundo Islamico
Mundo IslamicoMundo Islamico
Mundo Islamico
shashix
 
Conflitos no Mundo Islâmico
Conflitos no Mundo IslâmicoConflitos no Mundo Islâmico
Conflitos no Mundo Islâmico
Paulo Alexandre
 

Destaque (20)

INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
 
O REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO IO REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO I
 
Rebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blogRebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blog
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
 
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIOQUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
 
Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
 
SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889
 
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
 
O Islamismo
O IslamismoO Islamismo
O Islamismo
 
7ª ano capitulo 1 revisão temas 1, 2 e 3
7ª ano capitulo 1 revisão temas 1, 2 e 37ª ano capitulo 1 revisão temas 1, 2 e 3
7ª ano capitulo 1 revisão temas 1, 2 e 3
 
Mundo islâmico
Mundo islâmicoMundo islâmico
Mundo islâmico
 
Tensões no Mundo Islâmico
Tensões no Mundo IslâmicoTensões no Mundo Islâmico
Tensões no Mundo Islâmico
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Mundo Islamico
Mundo IslamicoMundo Islamico
Mundo Islamico
 
Conflitos no Mundo Islâmico
Conflitos no Mundo IslâmicoConflitos no Mundo Islâmico
Conflitos no Mundo Islâmico
 
Mundo.islamico
Mundo.islamicoMundo.islamico
Mundo.islamico
 

Semelhante a Mundo islãmico

Origem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismoOrigem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismo
Thiago Oliveira
 
A guerra fria na áfrica e no oriente médio
A guerra fria na áfrica e no oriente médioA guerra fria na áfrica e no oriente médio
A guerra fria na áfrica e no oriente médio
Nelia Salles Nantes
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península Ibérica
HistN
 
Idade média (características) islamismo (1)
Idade média (características)   islamismo (1)Idade média (características)   islamismo (1)
Idade média (características) islamismo (1)
Aninha Alves
 
3 osmuçulmanos na pi
3 osmuçulmanos na pi3 osmuçulmanos na pi
3 osmuçulmanos na pi
R C
 

Semelhante a Mundo islãmico (20)

Os árabes
Os árabesOs árabes
Os árabes
 
Civilização muçulmana
Civilização muçulmanaCivilização muçulmana
Civilização muçulmana
 
Origem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismoOrigem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismo
 
Civilização árabe
Civilização árabeCivilização árabe
Civilização árabe
 
Mundoislamico
MundoislamicoMundoislamico
Mundoislamico
 
A guerra fria na áfrica e no oriente médio
A guerra fria na áfrica e no oriente médioA guerra fria na áfrica e no oriente médio
A guerra fria na áfrica e no oriente médio
 
Os árabes
Os árabesOs árabes
Os árabes
 
Os árabes
Os árabesOs árabes
Os árabes
 
A arábia pré islâmica - uma breve história
A arábia pré islâmica - uma breve históriaA arábia pré islâmica - uma breve história
A arábia pré islâmica - uma breve história
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península Ibérica
 
Império islâmico
Império islâmico Império islâmico
Império islâmico
 
Império islâmico
Império islâmico Império islâmico
Império islâmico
 
A história do islamismo na península ibérica
A história do islamismo na península ibéricaA história do islamismo na península ibérica
A história do islamismo na península ibérica
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
 
Resumão islã
Resumão islãResumão islã
Resumão islã
 
Os árabes e o islamismo.pptx
Os árabes e o islamismo.pptxOs árabes e o islamismo.pptx
Os árabes e o islamismo.pptx
 
Idade média (características) islamismo (1)
Idade média (características)   islamismo (1)Idade média (características)   islamismo (1)
Idade média (características) islamismo (1)
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
 
3 osmuçulmanos na pi
3 osmuçulmanos na pi3 osmuçulmanos na pi
3 osmuçulmanos na pi
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
 

Mundo islãmico

  • 1. O mundo islâmico (árabes)
  • 2.  Localização – vasta península situada no extremo sudoeste da Ásia, entre o Mar Vermelho, o Oceano Indico e o Golfo Pérsico.
  • 3.  Região do Mar Vermelho – terras férteis e favoráveis à agricultura.  Centro da península – terras desérticas onde, de quando em quando, aparece um oásis.  Árabes do litoral – eram sedentários e se dedicavam ao cultivo e comércio de seus produtos – cereais, incenso, especiarias e essências.
  • 4.
  • 5.  Habitado por tribos beduínas, chefiadas pelos xeques.  Viviam em função dos Oasis;  Eram pastores nômades e dedicavam-se ao comércio;  Suas caravanas cruzavam o deserto com produtos a serem vendidos nos povoados;  O controle dos oásis provocava freqüentes guerras entre as tribos.
  • 6.  Características da região – quase 3 milhões de km2 de terras desertas (povos nômades); a área mais povoada é o sudoeste (Meca.); com exceção dos Oasis e zonas mais favoráveis com povos sedentários.
  • 7.  1. Qual região foi habitada originalmente pelos árabes? Quais as características geográficas dessa região?  O povo árabe habitava a península Arábica, situada entre o golfo Pérsico e o mar Vermelho. Na região que margeia o mar Vermelho, as terras são férteis, favoráveis ao desenvolvimento da agricultura. A parte central da península, ao contrário, é composta de terras desérticas, onde, de quando em quando, aparece um oásis.
  • 8.  2. Como viviam os árabes do litoral da península arábica?  Os árabes que viviam próximos ao litoral eram sedentários e se dedicavam ao cultivo e a comércio de seus produtos: cereais, incenso, especiarias e essências.
  • 9.  3. Quem eram os beduínos e quem os chefiava? Como viviam?  O deserto era habitado por tribos dos chamados beduínos, chefiadas pelos xeques. Viviam em função dos oásis. Eram pastores nômades e dedicavam-se ao comércio. Suas caravanas cruzavam o deserto, carregadas de produtos a serem vendidos nos povoados.
  • 10.  Meca – cidade santa para os árabes; lugar de peregrinação (pelo menos uma vez na vida)
  • 11.
  • 12. No inicio – povo nômade, criadores de camelos; faziam comércio com regiões próximas (Síria, Palestina...); governos descentralizados com tribos rivais; Eram politeístas e cada tribo possuía suas próprias divindades.
  • 13.  Os árabes possuíam um elemento religioso em comum – a Caaba, templo de forma cúbica na cidade de Meca.  Lá ficavam todos os ídolos tribais, em especial a Pedra Negra, adorada por toda a população.  Segundo a crença geral, essa pedra havia sido trazida pelo Anjo Gabriel e era originalmente branca, mas tornou-se negra devido aos pecados dos homens.
  • 14.
  • 15.  As constantes peregrinações dos árabes à Caaba transformaram Meca no principal entreposto comercial de toda a península.  A tribo coraixita era guardiã da Caaba e controlava todas as atividades comerciais da cidade.
  • 16.  4. Como era a religião árabe antes do Islamismo?  Os árabes tinham religião politeísta e cada tribo possuía suas próprias divindades.  5. O que era a Caaba?  Era um templo de forma cúbica, na cidade de Meca, onde ficavam muitos ídolos tribais, em especial a Pedra Negra, adorada por toda a população.  6. Qual era o principal entreposto comercial da península arábica? Qual tribo controlava essa cidade?  Era Meca, controlada pelos coraixitas.
  • 17.
  • 18.
  • 19.  Não havia unificação política;  Século VIII – a partir da adoção do Islamismo (submissão total a Deus = Alá) formaram um único Estado que cresceu e formou um grande império.
  • 20.  Maomé – nasceu em Meca (570); pertencia à família dos coraixitas (responsáveis pela Caaba e controladores do rico comércio em Meca).
  • 21.
  • 22.  Maomé – foi criado pelo tio (Abu-Bekre), tornou-se caravaneiro e se casou com a prima Cadidja, uma rica viúva; viajou pela Síria e Palestina onde teve contato com as idéias religiosas de judeus e cristãos.
  • 23.  após seu casamento, deixou de trabalhar e dedicou-se à meditação (retiro nas montanhas para orar...); dizia que tinha visões do Anjo Gabriel que lhe ordenava pregar a verdadeira religião (Islã e a obediência a Alá).
  • 24.
  • 25.  Maomé, primeiramente convence seus parentes (a mulher, os filhos e o genro); depois passa a pregar em praça publica provocando ira e revoltas.  foge de Meca para Iatreb (mais tarde chamada Medina = “cidade do profeta”).
  • 26.  Hégira (622) – essa retirada para Iatreb/Medina ficou conhecida como “hégira”; aí continua suas pregações e conquista mais adeptos ate unir a cidade sob sua liderança.  Pela importância dessa fuga para os muçulmanos, o ano 622 passou a ser o primeiro ano do calendário árabe.
  • 27.  apesar de analfabeto, Maomé ditava os mandamentos da nova religião – o Islã (submissão à vontade de Deus) – a seguidores que anotavam tudo. Esses mandamentos foram reunidos no livro Corão (= leitura, a bíblia dos muçulmanos) e na Suna (= tradição).
  • 28.  7. A ”cidade do profeta” foi uma cidade árabe que abrigou Maomé quando ele fugia de seus perseguidores. Estamos falando de:  A. Bagdá. ( )  B. Medina. ( )  C. Meca. ( )  D. Caaba. ( )  Resposta: B
  • 29.  A conquista de Meca – 630: Maomé volta liderando numerosos guerreiros e destrói os ídolos da Caaba, respeitando apenas a Pedra Negra.  632 - após sua morte, toda a Arábia estava unida religiosa e politicamente.
  • 30.
  • 31.  Os princípios do Islamismo estão contidos no Corão – livro sagrado escrito pelos discípulos de Maomé e fundamentado nos ensinamentos do profeta:  Crença em um único deus, Alá, senhor da criação;  Crença nos profetas, sendo Maomé o último e mais importante;  Crença na predestinação – todas as coisas que ocorrem são determinadas por Alá;  Crença na imortalidade da alma e no juízo final.
  • 32.  Orar 5X ao dia com o rosto voltado para Meca;  Peregrinar a Meca pelo menos uma vez na vida;  Dar esmolas e praticar a hospitalidade para com os muçulmanos e os estrangeiros;  Jejuar do nascer do dia até o pôr-do-sol (mês de Ramadã, 9º mês do ano);  Combater em nome de Alá (os infiéis) por meio da Guerra Santa.
  • 33.  Não comer carne de porco;  Não tomar bebidas alcoólicas;  Submissão da mulher ao homem;  Permissão da poligamia e do divorcio;  Não representar Deus de nenhuma forma – esculturas, pinturas, etc.
  • 34.  A Guerra Santa – entre os mandamentos do Islã estava a guerra santa aos infiéis; todo aquele que morresse por Alá e pelo Corão ganharia o céu automaticamente; o guerreiro árabe não temia a morte; para ele o céu era o premio.
  • 35.  8. Coloque F para falso e V para verdadeiro:  A. o Islamismo é uma religião monoteísta porque prega a existência de um único Deus. ( )  B. Para o Islamismo, Deus deve ser representado em esculturas e pinturas, dentro dos templos. ( )  C. A cidade santa do Islamismo é Meca, e todo muçulmano deve visitá-la pelo menos uma vez na vida. ( )  D. Para os muçulmanos, tudo o que acontece já foi decidido por Deus (crença na predestinação dos homens). ( )  Resposta: V, F, V, V
  • 36.  Os sucessores de Maomé – seus sucessores eram chamados de califas; eles iniciaram a formação do império árabe.
  • 37.  Após a morte de Maomé, a chefia do Estado árabe ficou na mãos dos califas, chefes políticos, religiosos e militares que se diziam sucessores do profeta.  Eles conduziram os árabes à Guerra Santa e, com isso, formaram um grande império.  Conquistaram a Síria, o Egito, a Palestina e a Pérsia (atual Irã)
  • 38.
  • 39.  No século VII atingiram todo o norte da áfrica.  Século VIII – atravessaram o estreito de Gibraltar e invadiram a península Ibérica.  Ao tentarem entrar na França foram detidos por Carlos Martel, que os derrotou na Batalha de Poitiers (732)
  • 41.  Árabes X visigodos – em 711 os visigodos são derrotados; os cristãos visigodos se refugiam ao norte (Astúrias) para impedir o total domínio árabe.
  • 42.  Omar – grande conquistador; ocupou a Síria e a Palestina (antes pertencente ao Império Romano do Oriente); depois a Pérsia (atual Irã) e a Mesopotâmia (atual Iraque).
  • 43. Nessa mesma época, no lado oriental, alcançaram o Turquestão, o Irã, levando as fronteiras até a Índia, onde foram detidos pelos chineses.
  • 44.
  • 45.  Organizou-se sob um regime monárquico (califado) e dividia-se em províncias governadas por um emir.  Capital – estabelecida em Damasco, importante cidade bizantina.  Século VIII – foi transferida para Bagdá.
  • 46.  Século XI – o império entrou em decadência e fragmentou-se, em conseqüência de vários fatores:  Lutas internas;  Guerras contra os cristãos (Cruzadas);  Multiplicidade de povos;  Invasão turca.
  • 47.  8. Quais os motivos para o Império Muçulmano ter entrado em decadência?  Lutas internas, guerras contra os cristãos, multiplicidade de povos e, finalmente, invasão dos turcos.
  • 48.
  • 49.
  • 50.
  • 51.
  • 52.  Ciências – discípulos dos pensadores gregos e matemáticos hindus;  Introduziram na Europa Ocidental a numeração arábica, o conhecimento do zero e utilização da álgebra.  Astronomia – fundaram observatórios astronômicos para observação de eclipses solares e lunares.  Medicina – destaque para Avicena, que elaborou um compendio para codificar todo conhecimento antigo.
  • 53.  Física – estudos dos fenômenos da ótica.  Alquimia – deu origem à química moderna; descobriram o álcool e as propriedades dos ácidos e sais.  Artes – rico e variado estilo arquitetônico: arcos, finas colunas e cúpulas que sustentavam as mesquitas e palácios
  • 55.  Harum-Al- Rachid – foi o mais famoso califa, imortalizado nas lendas das “Mil e Uma Noites”.
  • 56.
  • 57.
  • 58.
  • 59. Discutindo o assunto – o que é o islamismo?