O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

PHP Aula 06 - Include, Require e Querystring

913 visualizações

Publicada em

Aula sobre o uso das funções Include e Require, importantes na importação e ligação de scripts em arquivos distintos, além do uso da Query_string para acesso a dados em PHP.

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

PHP Aula 06 - Include, Require e Querystring

  1. 1. Programação Dinâmica para Web Include, Require e Query Strings www.DanielBrandao.com.br
  2. 2. A importação de arquivos
  3. 3. A importação O PHP disponibiliza 4 funções para importação e cada uma desempenha uma tarefa especifica, logo, devemos conhecer todas as maneiras disponíveis de importação. Podemos importar um arquivo PHP através da função include() ou então, require(). Cada uma dessas 2 funções, possui uma função auxiliar que evita a importação de um arquivo que já tenha sido importado anteriormente.
  4. 4. A importação • O problema em importar um arquivo que já está importado, é que as variáveis contidas no escopo desse arquivo serão resetadas, logo, todos os valores que tivermos em variáveis que estão definidas em outro arquivo serão perdidos. Isso é somente um dos problemas, podemos encontrar outros também. • Então, uma boa prática é a utilização das funções "_once()", pois dessa maneira evitamos a importação de algo que já está carregado.
  5. 5. A função include()
  6. 6. A função include() • Podemos inserir o conteúdo de um arquivo PHP em outro arquivo PHP antes que o servidor os execute; • Através desta função, podemos criar arquivos PHP que podem ser reusados por outros arquivos, evitando repetição de codificação; • Desta forma, podemos criar arquivos PHP que contém funções ou trechos de código que se repetem com frequência;
  7. 7. A função include() • A função include() obtém todo o conteúdo de um arquivo específico e o inclui no arquivo que invocou a função; • Se um erro ocorrer (ex.: o arquivo indicado na função não existir), tal função irá gerar uma mensagem de advertência, mas o script continuará sua execução;
  8. 8. A função include() • Ex. - Script PHP que calcula a soma de dois números (funcoes.php): <?php function soma($num1, $num2) { $resultado = $num1 + $num2; return $resultado; } ?>
  9. 9. A função include() • Ex. - Arquivo PHP que invoca o arquivo funcoes.php e calcula a soma de dois números (calcula.php): <?php include(“funcoes.php”); soma(4,7); ?>
  10. 10. A função include() • Já na função “include_once()” temos o funcionamento igual ao da função include(), porém, o arquivo só será importado caso o mesmo ainda não tenha sido, evitando redundâncias de variáveis e funções, por exemplo.
  11. 11. A função require()
  12. 12. A função require() • A função require importa arquivos, porém, caso o mesmo não seja encontrado, será levantado uma exceção e a execução é finalizada. Essa é uma maneira de interrompermos a execução dos scripts caso alguma anomalia ocorra.
  13. 13. A função require() • Na função require_once o funcionamento é igual ao da função require, porém, um arquivo só será importado caso o mesmo ainda não tenha sido.
  14. 14. Query_String
  15. 15. Query_String • Para criarmos páginas em PHP de maneira que possamos aproveitar o mesmo layout HTML e seguindo a mesma estrutura em todas as páginas, podemos criar acesso a elas através de variáveis passadas pelo método _GET.
  16. 16. A função require() • Por exemplo, você não precisa criar vários arquivos de um site, todos contendo o topo e o menu. Afinal, e se você quiser alterar uma opção no menu ou no topo/rodapé, terá que entrar em todos os sites para fazê-lo?
  17. 17. A função require() • Por isso, podemos criar um script que receba um parâmetro que identifique para onde deve ir caso clique em um determinado link.
  18. 18. Exemplo 1: • Vamos criar um mini-projeto chamado MeuSite.com. • Crie uma pasta chamada MeuSite dentro da pasta htdocs do Xampp. • Depois, crie 5 arquivos: – index.php – quemsomos.php – clientes.php – faleconosco.php – principal.php
  19. 19. Exercício: • Vamos criar a index.php para receber a estrutura de cada página dentro de si. Ela terá o menu, topo e rodapé do site. • As demais páginas terão apenas o seu conteúdo. • Em fale conosco, vamos criar um formulário que envie por e- mail a mensagem do visitante. • Adicional: a página Index.php pode conter apenas Includes, ou seja, crie arquivos como topo.php, menu.php, rodape.php e apenas inclua através do include_once() dentro do arquivo index.

×