SlideShare uma empresa Scribd logo

Aula 01 - Introdução ao Sistema de Informação

Daniel Brandão
Daniel Brandão
Daniel BrandãoProfessor em IFPB - UNIPÊ

Nesta primeira aula será apresentado os conceitos iniciais de Sistemas de Informação, assim como forma de avaliação e Ementa da disciplina.

Aula 01 - Introdução ao Sistema de Informação

1 de 44
Baixar para ler offline
Sistemas de Informação
Prof. Daniel dos Santos Brandão
www.DanielBrandao.com.br
Prof. Daniel Brandão
• Graduado em Sistemas para Internet
• Especialista em Tecnologias Para Aplicações Web
• Na Informática (desde 2003)
• Programador Web (desde 2006)
• Professor em Informática (desde 2011)
• Professor Universitário (desde 2013)
• Contatos:
2
/DanielBrandao.com.br
@Daniel85br
professordanielbrandao@gmail.com
Apresentação
• Áreas de atuação:
• Desenvolvimento Web
• Banco de dados
• Sistemas
• Educação
• EAD
• Atualmente Professor IFPB e UNIPÊ
Sumário
• Introdução a disciplina
• Forma de avaliação
• Sistemas de Computação;
• Software;
Ementa
• Fundamentos de Sistemas de Informação e Tecnologia da
Informação.
• Dado, informação e conhecimento. Necessidade da
informação.
• Teoria de sistemas.
• Visão Gerencial dos Sistemas da Informação: Tecnologia da Informação,
Processos e Pessoas.
• Arquitetura Empresarial.
• Os Diversos tipos de sistemas nas camadas organizacionais.
• Sistemas de informações gerenciais.
• Aplicações Empresariais.
• Tomada de decisão.
• Sistemas de Informação na Internet. Modelos de Negócios na era Digital.
• Análise e Métodos de desenvolvimento de sistemas de informações.
• Segurança da Informação. Impacto do Computador na Sociedade. 5
Bibliografia:
• Básica:
– LAUDON, K. C.; LAUDON, J. P. Sistemas de Informações Gerenciais. 7.
ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.
– OLIVEIRA, D. P. R. Sistemas de informações gerenciais: estratégias,
táticas operacionais. 6. ed. ed. rev. e atual. São Paulo: Atlas, 1999.
– AUDY, Jorge Luis Nicolas; CIDRAL, Alexandre, ANDRADE, Gilberto
Keller. Fundamentos de Sistemas de Informação. Porto Alegre:
Bookman, 2005.
• Complementar:
– COLANGELO FILHO, L. Implantação de sistemas ERP (Enterprise
Resources Planning): um enfoque de longo prazo. São Paulo: Atlas,
2001.
– BIO, S. R. Sistemas de informação: um enfoque gerencial. São Paulo:
Atlas, 2008.
– REZENDE, D. A. Sistema de Informações Organizacionais: guia prático
para projetos. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2013. 6

Recomendados

Aula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SI
Aula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SIAula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SI
Aula 3 Sistemas de Informação - Tipos de SIDaniel Brandão
 
Conceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de InformaçãoConceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de Informaçãoluanrjesus
 
Sistema de Informação Gerencial
Sistema de Informação GerencialSistema de Informação Gerencial
Sistema de Informação GerencialLoham Silva
 
Sistema de informação gerencial
Sistema de informação gerencialSistema de informação gerencial
Sistema de informação gerencialDenilson Sousa
 
Introdução à Sistemas de Informação
Introdução à Sistemas de InformaçãoIntrodução à Sistemas de Informação
Introdução à Sistemas de InformaçãoÁlvaro Farias Pinheiro
 
Fundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informaçãoFundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informaçãoLeonardo Melo Santos
 
Aula - Sistemas de Informação
Aula - Sistemas de InformaçãoAula - Sistemas de Informação
Aula - Sistemas de InformaçãoDaniela Brauner
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação GerencialAula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação GerencialAnderson Simão
 
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGSistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGJoão Filho
 
Gestão Da Informação
Gestão Da InformaçãoGestão Da Informação
Gestão Da InformaçãoFelipe Goulart
 
Enterprise resource planning (ERP)
Enterprise resource planning (ERP)Enterprise resource planning (ERP)
Enterprise resource planning (ERP)Alexsandro Prado
 
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RHSIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RHAntonio Pinto Pereira
 
1.Introdução Banco de Dados
1.Introdução Banco de Dados1.Introdução Banco de Dados
1.Introdução Banco de Dadosvini_campos
 
Sistemas de apoio à decisão - SAD
Sistemas de apoio à decisão - SADSistemas de apoio à decisão - SAD
Sistemas de apoio à decisão - SADJosé Luiz Wollinger
 
Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1Andrey Martins
 
Apresentação do ERP
Apresentação do ERPApresentação do ERP
Apresentação do ERPMurilojose10
 
Administração de Sistemas de Informação
Administração de Sistemas de InformaçãoAdministração de Sistemas de Informação
Administração de Sistemas de InformaçãoDenise Maria Cotoman
 
Sistema de processamento de transações
Sistema de processamento de transações  Sistema de processamento de transações
Sistema de processamento de transações Denilson Sousa
 
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de SistemasAula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de SistemasGustavo Gonzalez
 
Sistema de automação de escritório
Sistema de automação de escritórioSistema de automação de escritório
Sistema de automação de escritórioDenilson Sousa
 
O que é Business Intelligence (BI)
O que é Business Intelligence (BI)O que é Business Intelligence (BI)
O que é Business Intelligence (BI)Marco Garcia
 
Sistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na EmpresaSistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na EmpresaAdeildo Telles
 
Tipos de sistemas de informação nas organizações
Tipos de sistemas de informação nas organizaçõesTipos de sistemas de informação nas organizações
Tipos de sistemas de informação nas organizaçõesPricila Yessayan
 
Sistemas Computacionais - Aula 02 - Definição de SI - Composição
Sistemas Computacionais - Aula 02 - Definição de SI - ComposiçãoSistemas Computacionais - Aula 02 - Definição de SI - Composição
Sistemas Computacionais - Aula 02 - Definição de SI - ComposiçãoLeinylson Fontinele
 

Mais procurados (20)

Aula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação GerencialAula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação Gerencial
 
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAISSISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS
 
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGSistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
 
Tecnologia Da Informaçao
Tecnologia Da InformaçaoTecnologia Da Informaçao
Tecnologia Da Informaçao
 
Gestão Da Informação
Gestão Da InformaçãoGestão Da Informação
Gestão Da Informação
 
Enterprise resource planning (ERP)
Enterprise resource planning (ERP)Enterprise resource planning (ERP)
Enterprise resource planning (ERP)
 
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RHSIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
 
1.Introdução Banco de Dados
1.Introdução Banco de Dados1.Introdução Banco de Dados
1.Introdução Banco de Dados
 
Sistemas de apoio à decisão - SAD
Sistemas de apoio à decisão - SADSistemas de apoio à decisão - SAD
Sistemas de apoio à decisão - SAD
 
Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1
 
Tecnologia da informação aula 1
Tecnologia da informação    aula 1Tecnologia da informação    aula 1
Tecnologia da informação aula 1
 
Apresentação do ERP
Apresentação do ERPApresentação do ERP
Apresentação do ERP
 
Administração de Sistemas de Informação
Administração de Sistemas de InformaçãoAdministração de Sistemas de Informação
Administração de Sistemas de Informação
 
Sistema de processamento de transações
Sistema de processamento de transações  Sistema de processamento de transações
Sistema de processamento de transações
 
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de SistemasAula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
Aula1 e aula2 - Analise e Projeto de Sistemas
 
Sistema de automação de escritório
Sistema de automação de escritórioSistema de automação de escritório
Sistema de automação de escritório
 
O que é Business Intelligence (BI)
O que é Business Intelligence (BI)O que é Business Intelligence (BI)
O que é Business Intelligence (BI)
 
Sistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na EmpresaSistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na Empresa
 
Tipos de sistemas de informação nas organizações
Tipos de sistemas de informação nas organizaçõesTipos de sistemas de informação nas organizações
Tipos de sistemas de informação nas organizações
 
Sistemas Computacionais - Aula 02 - Definição de SI - Composição
Sistemas Computacionais - Aula 02 - Definição de SI - ComposiçãoSistemas Computacionais - Aula 02 - Definição de SI - Composição
Sistemas Computacionais - Aula 02 - Definição de SI - Composição
 

Destaque

Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de SistemasAula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de SistemasDaniel Brandão
 
Aula 1 - Programação Dinâmica para Web
Aula 1 - Programação Dinâmica para WebAula 1 - Programação Dinâmica para Web
Aula 1 - Programação Dinâmica para WebDaniel Brandão
 
Aula 02 - Sistemas, Dados, Informação
Aula 02 - Sistemas, Dados, InformaçãoAula 02 - Sistemas, Dados, Informação
Aula 02 - Sistemas, Dados, InformaçãoDaniel Brandão
 
Aula03 PHP - Estruturas Condicionais
Aula03 PHP - Estruturas CondicionaisAula03 PHP - Estruturas Condicionais
Aula03 PHP - Estruturas CondicionaisDaniel Brandão
 
Aula 02 - Introdução ao PHP
Aula 02 - Introdução ao PHPAula 02 - Introdução ao PHP
Aula 02 - Introdução ao PHPDaniel Brandão
 
Aula 04 PHP - Utilizando Funções e Manipulando Arquivos
Aula 04 PHP - Utilizando Funções e Manipulando ArquivosAula 04 PHP - Utilizando Funções e Manipulando Arquivos
Aula 04 PHP - Utilizando Funções e Manipulando ArquivosDaniel Brandão
 
PHP Aula 06 - Include, Require e Querystring
PHP Aula 06 - Include, Require e QuerystringPHP Aula 06 - Include, Require e Querystring
PHP Aula 06 - Include, Require e QuerystringDaniel Brandão
 
PHP Aula07 - conexão Com Banco de Dados
PHP Aula07 - conexão Com Banco de DadosPHP Aula07 - conexão Com Banco de Dados
PHP Aula07 - conexão Com Banco de DadosDaniel Brandão
 
PHP Aula 05 - E-mails, Cookies e Sessoes
PHP Aula 05 - E-mails, Cookies e SessoesPHP Aula 05 - E-mails, Cookies e Sessoes
PHP Aula 05 - E-mails, Cookies e SessoesDaniel Brandão
 
Fórmulas Condicionais em Excel
Fórmulas Condicionais em ExcelFórmulas Condicionais em Excel
Fórmulas Condicionais em ExcelDaniel Brandão
 
Excel - Fórmulas Básicas
Excel -  Fórmulas BásicasExcel -  Fórmulas Básicas
Excel - Fórmulas BásicasDaniel Brandão
 
Encapsulamento em Orientação a Objetos
Encapsulamento em Orientação a ObjetosEncapsulamento em Orientação a Objetos
Encapsulamento em Orientação a ObjetosDaniel Brandão
 
Arrays (vetores) em Java
Arrays (vetores) em JavaArrays (vetores) em Java
Arrays (vetores) em JavaDaniel Brandão
 
Aula 02 - Principios da Orientação a Objetos (POO)
Aula 02 - Principios da Orientação a Objetos (POO)Aula 02 - Principios da Orientação a Objetos (POO)
Aula 02 - Principios da Orientação a Objetos (POO)Daniel Brandão
 
Heurística, Principios e Usabilidade na web
Heurística, Principios e Usabilidade na webHeurística, Principios e Usabilidade na web
Heurística, Principios e Usabilidade na webDaniel Brandão
 
Aula 03 - Definições da linguagem Java
Aula 03 - Definições da linguagem JavaAula 03 - Definições da linguagem Java
Aula 03 - Definições da linguagem JavaDaniel Brandão
 
Programação Orientação a Objetos - Herança
Programação Orientação a Objetos - HerançaProgramação Orientação a Objetos - Herança
Programação Orientação a Objetos - HerançaDaniel Brandão
 
Apostila xp programação ágil
Apostila xp   programação ágilApostila xp   programação ágil
Apostila xp programação ágilDaniel Brandão
 
Introdução à informática
Introdução à informáticaIntrodução à informática
Introdução à informáticaDaniel Brandão
 
Palestra - Profissão: Desenvolvedor
Palestra - Profissão: DesenvolvedorPalestra - Profissão: Desenvolvedor
Palestra - Profissão: DesenvolvedorDaniel Brandão
 

Destaque (20)

Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de SistemasAula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
 
Aula 1 - Programação Dinâmica para Web
Aula 1 - Programação Dinâmica para WebAula 1 - Programação Dinâmica para Web
Aula 1 - Programação Dinâmica para Web
 
Aula 02 - Sistemas, Dados, Informação
Aula 02 - Sistemas, Dados, InformaçãoAula 02 - Sistemas, Dados, Informação
Aula 02 - Sistemas, Dados, Informação
 
Aula03 PHP - Estruturas Condicionais
Aula03 PHP - Estruturas CondicionaisAula03 PHP - Estruturas Condicionais
Aula03 PHP - Estruturas Condicionais
 
Aula 02 - Introdução ao PHP
Aula 02 - Introdução ao PHPAula 02 - Introdução ao PHP
Aula 02 - Introdução ao PHP
 
Aula 04 PHP - Utilizando Funções e Manipulando Arquivos
Aula 04 PHP - Utilizando Funções e Manipulando ArquivosAula 04 PHP - Utilizando Funções e Manipulando Arquivos
Aula 04 PHP - Utilizando Funções e Manipulando Arquivos
 
PHP Aula 06 - Include, Require e Querystring
PHP Aula 06 - Include, Require e QuerystringPHP Aula 06 - Include, Require e Querystring
PHP Aula 06 - Include, Require e Querystring
 
PHP Aula07 - conexão Com Banco de Dados
PHP Aula07 - conexão Com Banco de DadosPHP Aula07 - conexão Com Banco de Dados
PHP Aula07 - conexão Com Banco de Dados
 
PHP Aula 05 - E-mails, Cookies e Sessoes
PHP Aula 05 - E-mails, Cookies e SessoesPHP Aula 05 - E-mails, Cookies e Sessoes
PHP Aula 05 - E-mails, Cookies e Sessoes
 
Fórmulas Condicionais em Excel
Fórmulas Condicionais em ExcelFórmulas Condicionais em Excel
Fórmulas Condicionais em Excel
 
Excel - Fórmulas Básicas
Excel -  Fórmulas BásicasExcel -  Fórmulas Básicas
Excel - Fórmulas Básicas
 
Encapsulamento em Orientação a Objetos
Encapsulamento em Orientação a ObjetosEncapsulamento em Orientação a Objetos
Encapsulamento em Orientação a Objetos
 
Arrays (vetores) em Java
Arrays (vetores) em JavaArrays (vetores) em Java
Arrays (vetores) em Java
 
Aula 02 - Principios da Orientação a Objetos (POO)
Aula 02 - Principios da Orientação a Objetos (POO)Aula 02 - Principios da Orientação a Objetos (POO)
Aula 02 - Principios da Orientação a Objetos (POO)
 
Heurística, Principios e Usabilidade na web
Heurística, Principios e Usabilidade na webHeurística, Principios e Usabilidade na web
Heurística, Principios e Usabilidade na web
 
Aula 03 - Definições da linguagem Java
Aula 03 - Definições da linguagem JavaAula 03 - Definições da linguagem Java
Aula 03 - Definições da linguagem Java
 
Programação Orientação a Objetos - Herança
Programação Orientação a Objetos - HerançaProgramação Orientação a Objetos - Herança
Programação Orientação a Objetos - Herança
 
Apostila xp programação ágil
Apostila xp   programação ágilApostila xp   programação ágil
Apostila xp programação ágil
 
Introdução à informática
Introdução à informáticaIntrodução à informática
Introdução à informática
 
Palestra - Profissão: Desenvolvedor
Palestra - Profissão: DesenvolvedorPalestra - Profissão: Desenvolvedor
Palestra - Profissão: Desenvolvedor
 

Semelhante a Aula 01 - Introdução ao Sistema de Informação

2. FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - 22.06.22.pdf
2. FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - 22.06.22.pdf2. FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - 22.06.22.pdf
2. FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - 22.06.22.pdfPedro Alcantara
 
Capítulo 11 - Como desenvolver sistemas de informação e gerenciar projetos
Capítulo 11 - Como desenvolver sistemas de informação e gerenciar projetosCapítulo 11 - Como desenvolver sistemas de informação e gerenciar projetos
Capítulo 11 - Como desenvolver sistemas de informação e gerenciar projetosEverton Souza
 
Análise, projeto e implementação de sistemas
Análise, projeto e implementação de sistemasAnálise, projeto e implementação de sistemas
Análise, projeto e implementação de sistemasDiego Marek
 
Sistema da informacao
Sistema da informacaoSistema da informacao
Sistema da informacaopaulocsm
 
Engenharia informática
Engenharia informáticaEngenharia informática
Engenharia informáticaLeYa
 
Plano de ensino - Princípios de Sistemas da Informação
Plano de ensino - Princípios de Sistemas da InformaçãoPlano de ensino - Princípios de Sistemas da Informação
Plano de ensino - Princípios de Sistemas da Informaçãoefjunior
 
PRINC DE SIST DE INFORMACAO
PRINC DE SIST DE INFORMACAOPRINC DE SIST DE INFORMACAO
PRINC DE SIST DE INFORMACAOpaulocsm
 
Princípios de Sistemas de Informação Unidade IV Unip
Princípios de Sistemas de Informação Unidade IV UnipPrincípios de Sistemas de Informação Unidade IV Unip
Princípios de Sistemas de Informação Unidade IV UnipHeber Gutenberg
 
Gerenciamento Estratégico de Sistemas
Gerenciamento Estratégico de SistemasGerenciamento Estratégico de Sistemas
Gerenciamento Estratégico de SistemasJosé Passos
 
analise-de-sistemas-aula-01-bcc-noturno-ema908915a.pptx
analise-de-sistemas-aula-01-bcc-noturno-ema908915a.pptxanalise-de-sistemas-aula-01-bcc-noturno-ema908915a.pptx
analise-de-sistemas-aula-01-bcc-noturno-ema908915a.pptxMoysesOliveira3
 
Seminário Sistemas de Informação
Seminário Sistemas de InformaçãoSeminário Sistemas de Informação
Seminário Sistemas de Informaçãolucascolette
 
Aula 1 si e as áreas funcionais da adm
Aula 1    si e as áreas funcionais da admAula 1    si e as áreas funcionais da adm
Aula 1 si e as áreas funcionais da admWilson Pereira
 
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO IISeminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO IIDheimyson Carlos Sousa Silva
 
LIVRO PROPRIETÁRIO - CENÁRIOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
LIVRO PROPRIETÁRIO - CENÁRIOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃOLIVRO PROPRIETÁRIO - CENÁRIOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
LIVRO PROPRIETÁRIO - CENÁRIOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃOOs Fantasmas !
 

Semelhante a Aula 01 - Introdução ao Sistema de Informação (20)

2. FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - 22.06.22.pdf
2. FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - 22.06.22.pdf2. FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - 22.06.22.pdf
2. FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - 22.06.22.pdf
 
Capítulo 11 - Como desenvolver sistemas de informação e gerenciar projetos
Capítulo 11 - Como desenvolver sistemas de informação e gerenciar projetosCapítulo 11 - Como desenvolver sistemas de informação e gerenciar projetos
Capítulo 11 - Como desenvolver sistemas de informação e gerenciar projetos
 
Análise, projeto e implementação de sistemas
Análise, projeto e implementação de sistemasAnálise, projeto e implementação de sistemas
Análise, projeto e implementação de sistemas
 
Sistema da informacao
Sistema da informacaoSistema da informacao
Sistema da informacao
 
Engenharia informática
Engenharia informáticaEngenharia informática
Engenharia informática
 
Plano de ensino - Princípios de Sistemas da Informação
Plano de ensino - Princípios de Sistemas da InformaçãoPlano de ensino - Princípios de Sistemas da Informação
Plano de ensino - Princípios de Sistemas da Informação
 
PRINC DE SIST DE INFORMACAO
PRINC DE SIST DE INFORMACAOPRINC DE SIST DE INFORMACAO
PRINC DE SIST DE INFORMACAO
 
Planejamento de Informática
Planejamento de InformáticaPlanejamento de Informática
Planejamento de Informática
 
Modelagem de Sistemas de Informação 01
Modelagem de Sistemas de Informação 01Modelagem de Sistemas de Informação 01
Modelagem de Sistemas de Informação 01
 
Princípios de Sistemas de Informação Unidade IV Unip
Princípios de Sistemas de Informação Unidade IV UnipPrincípios de Sistemas de Informação Unidade IV Unip
Princípios de Sistemas de Informação Unidade IV Unip
 
Gerenciamento Estratégico de Sistemas
Gerenciamento Estratégico de SistemasGerenciamento Estratégico de Sistemas
Gerenciamento Estratégico de Sistemas
 
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 01
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 01Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 01
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 01
 
analise-de-sistemas-aula-01-bcc-noturno-ema908915a.pptx
analise-de-sistemas-aula-01-bcc-noturno-ema908915a.pptxanalise-de-sistemas-aula-01-bcc-noturno-ema908915a.pptx
analise-de-sistemas-aula-01-bcc-noturno-ema908915a.pptx
 
Seminário Sistemas de Informação
Seminário Sistemas de InformaçãoSeminário Sistemas de Informação
Seminário Sistemas de Informação
 
Aula 1 si e as áreas funcionais da adm
Aula 1    si e as áreas funcionais da admAula 1    si e as áreas funcionais da adm
Aula 1 si e as áreas funcionais da adm
 
Sistemas de Informação II - Aula01- Apresentação da disciplina
Sistemas de Informação II - Aula01- Apresentação da disciplinaSistemas de Informação II - Aula01- Apresentação da disciplina
Sistemas de Informação II - Aula01- Apresentação da disciplina
 
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO IISeminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
 
Aula 1 final
Aula 1 finalAula 1 final
Aula 1 final
 
Sld 1
Sld 1Sld 1
Sld 1
 
LIVRO PROPRIETÁRIO - CENÁRIOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
LIVRO PROPRIETÁRIO - CENÁRIOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃOLIVRO PROPRIETÁRIO - CENÁRIOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
LIVRO PROPRIETÁRIO - CENÁRIOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
 

Mais de Daniel Brandão

Aula 2 - POO: Fundamentos da linguagem Java
Aula 2 - POO: Fundamentos da linguagem JavaAula 2 - POO: Fundamentos da linguagem Java
Aula 2 - POO: Fundamentos da linguagem JavaDaniel Brandão
 
Aula 1 - Introdução a POO
Aula 1 -  Introdução a POOAula 1 -  Introdução a POO
Aula 1 - Introdução a POODaniel Brandão
 
Sapiens - Feedback de Prática Docente com Google Forms
Sapiens - Feedback de Prática Docente com Google FormsSapiens - Feedback de Prática Docente com Google Forms
Sapiens - Feedback de Prática Docente com Google FormsDaniel Brandão
 
{Palestra} Criação Web com Frameworks Front-end
{Palestra} Criação Web com Frameworks Front-end{Palestra} Criação Web com Frameworks Front-end
{Palestra} Criação Web com Frameworks Front-endDaniel Brandão
 
Incluir para evoluir - Palestra
Incluir para evoluir - PalestraIncluir para evoluir - Palestra
Incluir para evoluir - PalestraDaniel Brandão
 
Criação Web com Bootstrap e Material Design
Criação Web com Bootstrap e Material DesignCriação Web com Bootstrap e Material Design
Criação Web com Bootstrap e Material DesignDaniel Brandão
 
Banco de dados - Aula 1 SQL
Banco de dados - Aula 1 SQLBanco de dados - Aula 1 SQL
Banco de dados - Aula 1 SQLDaniel Brandão
 
Banco de dados - Mapeamento MER - Relacional
Banco de dados - Mapeamento MER - RelacionalBanco de dados - Mapeamento MER - Relacional
Banco de dados - Mapeamento MER - RelacionalDaniel Brandão
 
Introdução a Informática
Introdução a InformáticaIntrodução a Informática
Introdução a InformáticaDaniel Brandão
 
Funções e Fórmulas em Excel 2010
Funções e Fórmulas em Excel 2010Funções e Fórmulas em Excel 2010
Funções e Fórmulas em Excel 2010Daniel Brandão
 

Mais de Daniel Brandão (11)

Aula 2 - POO: Fundamentos da linguagem Java
Aula 2 - POO: Fundamentos da linguagem JavaAula 2 - POO: Fundamentos da linguagem Java
Aula 2 - POO: Fundamentos da linguagem Java
 
Aula 1 - Introdução a POO
Aula 1 -  Introdução a POOAula 1 -  Introdução a POO
Aula 1 - Introdução a POO
 
Sapiens - Feedback de Prática Docente com Google Forms
Sapiens - Feedback de Prática Docente com Google FormsSapiens - Feedback de Prática Docente com Google Forms
Sapiens - Feedback de Prática Docente com Google Forms
 
{Palestra} Criação Web com Frameworks Front-end
{Palestra} Criação Web com Frameworks Front-end{Palestra} Criação Web com Frameworks Front-end
{Palestra} Criação Web com Frameworks Front-end
 
Incluir para evoluir - Palestra
Incluir para evoluir - PalestraIncluir para evoluir - Palestra
Incluir para evoluir - Palestra
 
Criação Web com Bootstrap e Material Design
Criação Web com Bootstrap e Material DesignCriação Web com Bootstrap e Material Design
Criação Web com Bootstrap e Material Design
 
Banco de dados - Aula 1 SQL
Banco de dados - Aula 1 SQLBanco de dados - Aula 1 SQL
Banco de dados - Aula 1 SQL
 
Banco de dados - Mapeamento MER - Relacional
Banco de dados - Mapeamento MER - RelacionalBanco de dados - Mapeamento MER - Relacional
Banco de dados - Mapeamento MER - Relacional
 
Servlets e JSP
Servlets e JSPServlets e JSP
Servlets e JSP
 
Introdução a Informática
Introdução a InformáticaIntrodução a Informática
Introdução a Informática
 
Funções e Fórmulas em Excel 2010
Funções e Fórmulas em Excel 2010Funções e Fórmulas em Excel 2010
Funções e Fórmulas em Excel 2010
 

Último

ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.Unicesumar
 
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...Unicesumar
 
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...Unicesumar
 
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...AcademicaDlaUnicesum
 
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024Unicesumar
 
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...Unicesumar
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...Unicesumar
 
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...Unicesumar
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...Unicesumar
 

Último (9)

ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
 
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
 
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
 
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
 
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
 
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
 

Aula 01 - Introdução ao Sistema de Informação

  • 1. Sistemas de Informação Prof. Daniel dos Santos Brandão www.DanielBrandao.com.br
  • 2. Prof. Daniel Brandão • Graduado em Sistemas para Internet • Especialista em Tecnologias Para Aplicações Web • Na Informática (desde 2003) • Programador Web (desde 2006) • Professor em Informática (desde 2011) • Professor Universitário (desde 2013) • Contatos: 2 /DanielBrandao.com.br @Daniel85br professordanielbrandao@gmail.com
  • 3. Apresentação • Áreas de atuação: • Desenvolvimento Web • Banco de dados • Sistemas • Educação • EAD • Atualmente Professor IFPB e UNIPÊ
  • 4. Sumário • Introdução a disciplina • Forma de avaliação • Sistemas de Computação; • Software;
  • 5. Ementa • Fundamentos de Sistemas de Informação e Tecnologia da Informação. • Dado, informação e conhecimento. Necessidade da informação. • Teoria de sistemas. • Visão Gerencial dos Sistemas da Informação: Tecnologia da Informação, Processos e Pessoas. • Arquitetura Empresarial. • Os Diversos tipos de sistemas nas camadas organizacionais. • Sistemas de informações gerenciais. • Aplicações Empresariais. • Tomada de decisão. • Sistemas de Informação na Internet. Modelos de Negócios na era Digital. • Análise e Métodos de desenvolvimento de sistemas de informações. • Segurança da Informação. Impacto do Computador na Sociedade. 5
  • 6. Bibliografia: • Básica: – LAUDON, K. C.; LAUDON, J. P. Sistemas de Informações Gerenciais. 7. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007. – OLIVEIRA, D. P. R. Sistemas de informações gerenciais: estratégias, táticas operacionais. 6. ed. ed. rev. e atual. São Paulo: Atlas, 1999. – AUDY, Jorge Luis Nicolas; CIDRAL, Alexandre, ANDRADE, Gilberto Keller. Fundamentos de Sistemas de Informação. Porto Alegre: Bookman, 2005. • Complementar: – COLANGELO FILHO, L. Implantação de sistemas ERP (Enterprise Resources Planning): um enfoque de longo prazo. São Paulo: Atlas, 2001. – BIO, S. R. Sistemas de informação: um enfoque gerencial. São Paulo: Atlas, 2008. – REZENDE, D. A. Sistema de Informações Organizacionais: guia prático para projetos. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2013. 6
  • 7. Objetivos • Geral: Compreender a base teórica necessária sobre as tecnologias da informação disponíveis e o valor empresarial para as organizações, conferindo-lhes vantagens competitivas sustentáveis em um cenário de competição global. 7
  • 8. Objetivos • Específicos: Conhecer a aplicação dos Sistemas de Informação por meio da análise de estudos de casos. • Desenvolver projetos de Sistemas de Informação, especificando sua aplicação, modelo conceitual, características técnicas, funcionalidades e custo total de propriedade. • Estudar os diversos modelos de negócios surgidos com a Internet, dando ênfase ao desenvolvimento de soluções envolvendo e-commerce e e-business. • Desenvolver uma visão humanística do impacto do uso dos sistemas de informação na sociedade. 8
  • 9. Metodologia e Avaliação 1. Aulas expositivas dialogadas empregando: quadro e equipamento de multimídias; 2. Estudos dirigidos em sala de aula e em laboratório; 3. Uso de situações problema; 4. Atividade utilizando sala virtual de aprendizagem; 5. Seminários; 6. Avaliação contínua; 7. Avaliações escritas. 9
  • 10. Avaliação: Prova 4,0 + Prova 8,0 + Ativida des 2,0 Seminário 4,0 𝐸𝑠𝑡á𝑔𝑖𝑜𝑠 1 𝑒 2 𝐸𝑠𝑡á𝑔𝑖𝑜 3 ≥ 7,0 aprovado < 7,0 final Integrador 2,0 10
  • 11. Objetivo prático • Introduzir os futuros gestores no ambiente informatizado da tecnologia da informação. • Inicia-los e Capacita-los nos sistemas de informação e na utilização de computadores, sejam eles modelos desktop ou mobile. • Entender e Praticar a análise de dados através do uso de computadores e ambiente virtual conectado (web).
  • 12. 1. Introdução aos Sistemas de Informação
  • 13. Definição • A área de conhecimento de sistemas de informação (SI) abrange o estudo da disponibilização da informação dentro das organizações. • Essa disponibilização consiste na articulação da tecnologia da informação (TI) com as necessidades de informação das diferentes áreas de negócio da organização, valendo-se dos prin- cípios da Teoria Geral dos Sistemas (TGS).
  • 14. Definição • A abordagem mais adequada para estudar e desenvolver sistemas de informação é a abordagem sociotécnica, que propicia uma visão integrada das dimensões tecnológicas, humana e organizacional. • Partiremos do principio de que as tecnologias devem se ajustar às demandas organizacionais, sendo projetadas e atualizadas continuamente para se manterem ajustadas ao longo do tempo. Por outro lado, as pessoas e as organizações devem aprender continuamente, com o intuito de se preparar para o uso eficaz das tecnologias disponíveis e as mudanças organizacionais decorrentes.
  • 15. Definição • Portanto, um SI tem por objetivo: – Solucionar problemas pré-existentes; – Facilitar o controle e análise de dados; – Unir várias ciências em um único propósito; – Reunir itens em um sistema em comum;
  • 16. Definição • Para isso, é necessário alguns passos.
  • 17. Definição • Atualmente, a transformação organizacional tem sido amplamente discutida e praticada, pois a transição entre negócios e tecnologias de informação, bem como a integração das funcionalidades de um Sistema de Informação (SI) com os requisitos organizacionais tem sido o grande problema das organizações e da engenharia de sistemas.
  • 18. Definição • Podemos concluir que o desenvolvimento de um SI deve abranger a definição de uma metodologia que contemple métodos, técnicas de modelagem, arquitetura e tecnologias a serem adotados no desenvolvimento do sistema, visando um software com qualidade que atenda plenamente os requisitos dos usuários e assim, agregue inteligência ao negócio.
  • 19. 2. Sistema De Computação
  • 21. Software • Sequência de instruções a serem seguidas e/ou executadas na manipulação, redirecionamento ou modificação de um dado/informação ou acontecimento; • Fazem com que o computador tenha uma variedade ilimitada de utilizações (propósito geral);
  • 22. Software • Software X Hardware • Software – Ordena e controla todas as atitudes do hardware; – Maleável – Modificações fáceis, feitas por programadores; • Hardware – Depende do software para funcionar; – Rígido – Modificações difíceis, feitas pelos fabricantes;
  • 23. Software • Instruções eletrônicas que em geral residem em um meio de armazenamento; • Um conjunto específico destas instruções é chamado programa;
  • 24. Software • Categorias de Software: – Software básico • Sistema operacional • Software utilitário – Software aplicativo – Software de linguagem SOFTWARE DO SISTEMA SOFTWARE APLICATIVO
  • 25. Sistemas Operacionais • O sistema operacional é software: um conjunto de rotinas executadas pelo processador para facilitar o acesso aos componentes de hardware, gerenciando também o uso do sistema de computação (hardware+software);
  • 26. Sistemas Operacionais • Compostos por um conjunto de programas e rotinas; • Controla a execução de qualquer software utilizado em um computador; • Gerencia os recursos do computador (hardware e software) de modo a: – Possibilitar sua utilização; – Aumentar sua eficiência; – Permitir a comunicação com outros equipamentos;
  • 27. Sistemas Operacionais • Funções: – Gestão de programas; – Gestão de memória; – Programação de tarefas; – Configuração de dispositivos; – Acesso à Web; – Segurança do sistema; – Controle da rede; – Monitoração do desempenho; – Interfaceamento com o usuário;
  • 28. Sistemas Operacionais • Iniciação de um sistema computacional • Passo 1: A fonte de alimentação fornece energia elétrica para as diferentes partes do sistema; processador BIOS
  • 29. Sistemas Operacionais • Iniciação de um sistema computacional • Passo 2: O processador procura a BIOS (Basic Input/Output System), que contém as instruções de inicialização do computador; processador BIOS
  • 30. Sistemas Operacionais • Iniciação de um sistema computacional • Passo 3: O processador realiza um teste onde verifica componentes como mouse, teclado e placas de expansão; processador BIO S placas de expansão conectores teclado drive de CD-ROM
  • 31. Sistemas Operacionais • Iniciação de um sistema computacional • Passo 4: Os resultados do passo 3 são comparados com as informações de configuração do computador; processador BIOS placas de expansão conectores drive de CD- ROM chip CMO S
  • 32. Sistemas Operacionais • Iniciação de um sistema computacional • Passo 5: O BIOS procura os arquivos de sistema no drive A e, em seguida, no drive C; processador BIOS placas de expansão conectores drive de CD-ROM chip CMOS disco rígido
  • 33. Sistemas Operacionais • Iniciação de um sistema computacional • Passo 6: O programa de boot carrega o núcleo do SO, que assume o controle do PC; processador BIOS placas de expansão conectores drive de CD-ROM chip CMOS disco rígido módulos de memória RAM
  • 34. Sistemas Operacionais • Iniciação de um sistema computacional • Passo 7: O SO carrega informações de configuração, exibe o desktop (área de trabalho) e executa programas;
  • 36. SOs - Exemplos • Windows – Revolução dos computadores pessoais (PCs); – Permite utilizar o microcomputador com maior facilidade, através de uma interface gráfica; – Metáfora básica: a do desktop – ambiente que lembra uma mesa de trabalho – ferramentas necessárias e outros recursos são sempre visíveis e facilmente acessíveis;
  • 37. SOs - Exemplos • Windows – Janelas • Regiões retangulares que se alternam e se sobrepõem; • Apresentam na tela todas as operações ou programas executados no computador; – Algumas versões: • Windows 3.1 e 3.11, Windows 95/98, Windows NT, 2000, XP, Vista, Windows 7
  • 38. SOs - Exemplos • Linux – Disponível na forma de código objeto, bem como em código fonte; – Possui várias distribuições (Ubuntu, Red Hat...); – Boa parte das distribuições Linux são livres e gratuitas; – Boa parte dos programas são freeware; – Tem se tornado uma alternativa efetiva de custo;
  • 39. SOs - Exemplos • Sugestão de filme que aborda o tema: – Piratas do Vale do Silício (Pirates of Silicon Valley, 1999) – Versão dramatizada do nascimento da era da informática doméstica, desde o primeiro PC até o surgimento do Microsoft Windows. Também aborda a rivalidade entre a Microsoft (Bill Gates) e Apple (Steve Jobs); – Jobs; – A Rede Social (história da criação do Facebook).
  • 40. Software Utilitário • São programas que preenchem a lacuna entre a funcionalidade de um sistema operacional e as necessidades de um usuário; • Para muitos usuários, um computador com um sistema operacional e aplicações básicas é inconveniente; • Introduzem ao sistema operacional funcionalidades que o mesmo não possui;
  • 41. Software Utilitário • Tipos comuns: – Programas de desfragmentação de arquivos; • Ex.: Speed Disk, Compress, Defrag; – Antivírus; • Ex.: Norton, McAfee, Avast, AVG; – Compactadores de arquivos ou discos; • Ex.: WinZIP, WinRAR, PKZIP; – Programas para gerenciamento de memória; • Ex.: PC Booster;
  • 42. Software Aplicativo • Aplicação: conjunto de procedimentos humanos que, baseados no computador, têm por objetivo realizar determinada tarefa; • Software aplicativo: conjunto de programas de computador desenvolvidos para realizar, em combinação com a atividade humana, tarefas ou processos específicos, relacionados com o processamento de informações;
  • 43. Software Aplicativo • Exemplos: – Processador de textos (Word); – Planilha eletrônica (Excel); – Editor de apresentações (PowerPoint); – Editor de imagem (Adobe Photoshop); – Navegador(Firefox, Chrome); – Engenharia e Arquitetura (AutoCAD, 3D Studio);
  • 44. Hardware 1 – Motherboard 2 – Placa de Vídeo 3 – Processador (CPU) 4 – Memórias (RAM) 5 – Disco Rígido 6 – Drives de CD/DVD 7 – Placa de Som 8 – Fonte de Alimentação 9 – Monitor 10 – Teclado e Mouse