Sociedade

366 visualizações

Publicada em

Sociedade e Direito

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
366
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sociedade

  1. 1. Curso de Processo Eletrônico SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA CULTURAS PROBLEMAS NECESSIDADE DE PACIFICAÇÃO
  2. 2. A Cibercultura <ul><li>Uma nova forma de pensamento da sociedade contemporânea </li></ul><ul><li>Novos pensamentos e a idéia de um pensamento coletivo, ou inteligência coletiva </li></ul><ul><li>A afetação deste novo pensar no campo jurídico </li></ul>
  3. 3. Análise Sociológica <ul><li>O Direito enquanto autopoiético , pode encontrar dentro do próprio sistema meios de eliminarem-se os conflitos </li></ul><ul><li>Na esfera do Direito Processual a norma se encontra no art. 126 do CPC </li></ul><ul><li>Será preciso, contudo, identificar uma nova forma de pensamento </li></ul>
  4. 4. Sociologia e Direito <ul><li>Identificamos a grande resistência da sociedade jurídica em aceitar as novas tecnologias </li></ul><ul><li>Os atores do processo não se encontram preparados para o denominado Direito Eletrônico </li></ul>
  5. 5. Propostas <ul><li>Devemos ampliar a pesquisa na área do Direito Eletrônico </li></ul><ul><li>A partir do momento em que a pesquisa for ampliada, passaremos a ter elementos concretos para a definição de novas políticas sociais </li></ul>
  6. 6. Propostas <ul><li>A idéia do Curso à Distância em Processo Eletrônico tem por objetivo fazer pensar uma nova sociedade e como os conflitos podem ser solucionados. </li></ul><ul><li>A jurisdição deve ter um alcance maior que o atual </li></ul>
  7. 7. Os Atores <ul><li>Neste contexto de virtualização das relações interpessoais, com a quebra das barreiras geofísicas, passamos a vivenciar um novo modelo de sociedade. E os atores deste novo modelo somos todos nós </li></ul><ul><li>Enquanto juristas, nosso dever é ampliar o pensamento e procurar soluções </li></ul>
  8. 8. Culturas <ul><li>Na Cibercultura, o que temos, de verdade, são várias culturas </li></ul><ul><li>As várias culturas unem-se a uma, e, desta vez, cria-se a Cibercultura </li></ul><ul><li>Verdadeira Autopoiese </li></ul>
  9. 9. Problemas <ul><li>Com a criação de várias culturas, cingida em uma, temos diversos problemas a serem solucionados </li></ul><ul><li>Antes de pensar o processo, é preciso pensar a sociedade. </li></ul><ul><li>E o processo será o meio de pacificação destes problemas </li></ul>
  10. 10. IBDE <ul><li>O Instituto Brasileiro de Direito Eletrônico é pioneiro na pesquisa científica. E nossa proposta é ampliar esta pesquisa, com cursos que possibilitam o pensar de diversos locais do país. </li></ul>
  11. 11. Agradecimento <ul><li>Agradeço a participação de todos vocês neste processo que se inicia. Que as aulas sejam proveitosas e que possamos debater sobre os temas que tanto nos perturbam. </li></ul><ul><li>José Carlos de Araújo Almeida Filho </li></ul>

×