SlideShare uma empresa Scribd logo

Artigo raquel sam2010

Artigo raquel sam2010

1 de 2
Baixar para ler offline
REDE SOCIAL AMAMENTA RIO CLARO 
A Rede Social é uma das formas de representação dos relacionamentos 
afetivos , ideológicos ou profissionais dos indivíduos entre sí ou entre seus 
agrupamentos de interesses mútuos. 
Temos como exemplo a Rede Internacional em Defesa do Direito de 
Amamentar (IBFAN Brasil), que é uma rede formada por mais de 160 
grupos de ativistas espalhados por cerca de 90 países e que atua há mais de 
25 anos para a melhoria da nutrição e saúde infantis. 
A IBFAN tem como objetivo coordenar os esforços de proteção ao 
aleitamento materno, compartilhar informações e aumentar a consciência 
mundial sobre a importância da amamentação e os perigos potenciais da 
alimentação artificial na infância. Ela atua também para sensibilizar as 
autoridades internacionais (especialmente OMS e UNICEF) e nacionais 
quanto à implementação do Código Internacional de Comercialização de 
Substitutos do Leite Materno e das Resoluções e ele relacionadas. 
No Brasil, a REDE IBFAN foi fundada em 1981 e está presente em 
diversas cidades espalhadas por vários Estados. Conta com membros 
voluntários, profissionais das mais diversas áreas como saúde, psicologia, 
assistência social, direito, promotoria pública, agronomia, medicina 
veterinária, pedagogia, fonoaudiologia, antropologia, sociologia 
jornalismo, fiscalização sanitária, mães e pais da comunidade, profissionais 
ligados a organizações não governamentais de defesa da cidadania, a 
grupos de incentivo da amamentação ou cidadãos interessados no tema de 
atuação da IBFAN. 
Missão: 
Promover e defender o aleitamento materno e eliminar as práticas não 
éticas de mercadização de produtos que interferem negativamente na 
amamentação. 
Em Rio Claro, analisando todos os esforços da imprensa, do poder público 
municipal, do Fundo Social de Solidariedade, da Santa Casa de 
Misericórdia, da UNESP Rio Claro, dos profissionais liberais da área da 
saúde, dos hospitais da rede privada, das entidades e Conselhos em defesa 
da criança, podemos destacar avanços que vêm colaborando para promoção 
e a defesa do aleitamento materno em nossa cidade. 
Rio Claro nos últimos doze anos conquistou, a UTI neonatal , o Banco de 
Leite Humano e o inicio da implantação do IHAC(Hospital Amigo da
Criança) através da Santa Casa de Misericórdia, a criação do Projeto 
Proama do Departamento de Educação da UNESP, a ampliação da Pastoral 
da Criança, o fortalecimento da Casa da Gestante, dos grupos de Gestantes 
em diversas entidades e igrejas de Rio Claro, e ações nas Unidades Básicas 
de Saúde , Programa da Saúde da Família , Centro de Habilitação Infantil,e 
Hospitais da rede privada, Cartilha do Senac,ações pedagógicas na rede de 
ensino municipal, as obras do Centro Literário de Rio Claro, a Lei 
Municipal nº 3135/2000 que Institui a Semana do Aleitamento Materno e 
o Decreto Legislativo 349/2010 que cria a Carta das Mulheres de Rio 
Claro,ambos de autoria da vereadora Raquel Picelli e aprovados por 
unanimidade. 
Todo este cenário de esforços realizados em prol da promoção do 
aleitamento materno qualifica Rio Claro para a criação e oficialização de 
sua Rede Social de Amamentação, que neste ano ,será discutido durante a 
Semana de Aleitamento Materno. Rio Claro esteve presente, no mês de 
maio de 2010, no XI Encontro Nacional de Aleitamento Materno, em 
Santos, representada por profissionais de saúde da Santa Casa de 
Misericórdia , Fundação Municipal de Saúde UNESP e o Legislativo 
Municipal. A avaliação mostrou que Rio Claro possui condições para 
implantar sua Rede Social de Amamentação. Esta rede poderá otimizar 
,interar e integrar ações, recursos físicos, financeiros e humanos, como 
também elevar o nível de consciência e a responsabilidade social de cada 
ator social seja publico e /ou privado em relação à promoção do 
aleitamento materno , por uma Rio Claro Feliz e Crianças mais 
saudáveis. 
Raquel Picelli 
Assistente Social e Vereadora 
Membro Fundadora do PROAMA – Projeto Amamentar de Rio Claro 
Autora da Lei Municipal nº3135 de 01/11/2000 
Institui a Semana do Aleitamento Materno em Rio Claro

Recomendados

Dia do PEDIATRA: 27 de julho - radiografia da especialidade e nossa homenagem
Dia do PEDIATRA: 27 de julho - radiografia da especialidade e nossa homenagemDia do PEDIATRA: 27 de julho - radiografia da especialidade e nossa homenagem
Dia do PEDIATRA: 27 de julho - radiografia da especialidade e nossa homenagemProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Políticas de Proteção Social no Governo Lula
Políticas de Proteção Social no Governo LulaPolíticas de Proteção Social no Governo Lula
Políticas de Proteção Social no Governo LulaGleisi Hoffmann
 
DESENVOLVIMENTO INFANTIL - promoção na primeira infância: Síntese de evidênci...
DESENVOLVIMENTO INFANTIL - promoção na primeira infância: Síntese de evidênci...DESENVOLVIMENTO INFANTIL - promoção na primeira infância: Síntese de evidênci...
DESENVOLVIMENTO INFANTIL - promoção na primeira infância: Síntese de evidênci...Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância! Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância! Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Segurança alimentar, dever de todos os governantes
Segurança alimentar, dever de todos os governantes Segurança alimentar, dever de todos os governantes
Segurança alimentar, dever de todos os governantes Enio Verri
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantãoCurso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantãoMarcelo Bancalero
 
19. o suas e o trabalho infantil
19. o suas e o trabalho infantil19. o suas e o trabalho infantil
19. o suas e o trabalho infantilOnésimo Remígio
 
Apresentacao sicon porto alegre 08 12 10
Apresentacao sicon   porto alegre 08 12 10Apresentacao sicon   porto alegre 08 12 10
Apresentacao sicon porto alegre 08 12 10NandaTome
 
Manual de preenchimento do formulário suplementar 1
Manual de  preenchimento  do  formulário suplementar 1Manual de  preenchimento  do  formulário suplementar 1
Manual de preenchimento do formulário suplementar 1Italo Mota
 
Decreto- lei 281/2009
Decreto- lei 281/2009Decreto- lei 281/2009
Decreto- lei 281/2009scrum1977
 
Cartilha das crianças da Proteste
Cartilha das crianças da ProtesteCartilha das crianças da Proteste
Cartilha das crianças da ProtesteJornal do Commercio
 
PAA - Programa de Aquisição de Alimentos
PAA - Programa de Aquisição de AlimentosPAA - Programa de Aquisição de Alimentos
PAA - Programa de Aquisição de AlimentosLucash Martins
 
Folder Dia Mundial da Alimentacao - FETAEP/EMATER
Folder Dia Mundial da Alimentacao - FETAEP/EMATERFolder Dia Mundial da Alimentacao - FETAEP/EMATER
Folder Dia Mundial da Alimentacao - FETAEP/EMATERFETAEP
 
PATERNIDADE: Relatório da situação do Brasil / ProMundo
PATERNIDADE: Relatório da situação do Brasil / ProMundo PATERNIDADE: Relatório da situação do Brasil / ProMundo
PATERNIDADE: Relatório da situação do Brasil / ProMundo Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
V encontro-caisans-050214-manha-atribuicoes-dos-entes-federados-no-suas
V encontro-caisans-050214-manha-atribuicoes-dos-entes-federados-no-suasV encontro-caisans-050214-manha-atribuicoes-dos-entes-federados-no-suas
V encontro-caisans-050214-manha-atribuicoes-dos-entes-federados-no-suasAdriana Lima
 
1610-L - Situação da infância brasileira.pdf
1610-L - Situação da infância brasileira.pdf1610-L - Situação da infância brasileira.pdf
1610-L - Situação da infância brasileira.pdfbibliotecasaude
 
Boletim Informativo do Conselho Tutelar de Florianópolis
Boletim Informativo do Conselho Tutelar de FlorianópolisBoletim Informativo do Conselho Tutelar de Florianópolis
Boletim Informativo do Conselho Tutelar de FlorianópolisAghata Gonsalves
 

Mais procurados (20)

Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantãoCurso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
 
19. o suas e o trabalho infantil
19. o suas e o trabalho infantil19. o suas e o trabalho infantil
19. o suas e o trabalho infantil
 
Apresentacao sicon porto alegre 08 12 10
Apresentacao sicon   porto alegre 08 12 10Apresentacao sicon   porto alegre 08 12 10
Apresentacao sicon porto alegre 08 12 10
 
Fatos notas2
Fatos notas2Fatos notas2
Fatos notas2
 
Manual de preenchimento do formulário suplementar 1
Manual de  preenchimento  do  formulário suplementar 1Manual de  preenchimento  do  formulário suplementar 1
Manual de preenchimento do formulário suplementar 1
 
Convite san
Convite sanConvite san
Convite san
 
Decreto 281 2009
Decreto 281 2009Decreto 281 2009
Decreto 281 2009
 
Decreto- lei 281/2009
Decreto- lei 281/2009Decreto- lei 281/2009
Decreto- lei 281/2009
 
Cartilha das crianças da Proteste
Cartilha das crianças da ProtesteCartilha das crianças da Proteste
Cartilha das crianças da Proteste
 
PAA - Programa de Aquisição de Alimentos
PAA - Programa de Aquisição de AlimentosPAA - Programa de Aquisição de Alimentos
PAA - Programa de Aquisição de Alimentos
 
A familia
A familiaA familia
A familia
 
Luzia laffite
Luzia laffiteLuzia laffite
Luzia laffite
 
Folder Dia Mundial da Alimentacao - FETAEP/EMATER
Folder Dia Mundial da Alimentacao - FETAEP/EMATERFolder Dia Mundial da Alimentacao - FETAEP/EMATER
Folder Dia Mundial da Alimentacao - FETAEP/EMATER
 
Guia Gestante Bebê
Guia Gestante BebêGuia Gestante Bebê
Guia Gestante Bebê
 
PATERNIDADE: Relatório da situação do Brasil / ProMundo
PATERNIDADE: Relatório da situação do Brasil / ProMundo PATERNIDADE: Relatório da situação do Brasil / ProMundo
PATERNIDADE: Relatório da situação do Brasil / ProMundo
 
V encontro-caisans-050214-manha-atribuicoes-dos-entes-federados-no-suas
V encontro-caisans-050214-manha-atribuicoes-dos-entes-federados-no-suasV encontro-caisans-050214-manha-atribuicoes-dos-entes-federados-no-suas
V encontro-caisans-050214-manha-atribuicoes-dos-entes-federados-no-suas
 
Condições Crônicas Complexas de Saúde na Infância e Garantia de Direitos
Condições Crônicas Complexas de Saúde na Infância e Garantia de DireitosCondições Crônicas Complexas de Saúde na Infância e Garantia de Direitos
Condições Crônicas Complexas de Saúde na Infância e Garantia de Direitos
 
1610-L - Situação da infância brasileira.pdf
1610-L - Situação da infância brasileira.pdf1610-L - Situação da infância brasileira.pdf
1610-L - Situação da infância brasileira.pdf
 
Seminário Mais Infância: Jimmy Oliveira
Seminário Mais Infância: Jimmy OliveiraSeminário Mais Infância: Jimmy Oliveira
Seminário Mais Infância: Jimmy Oliveira
 
Boletim Informativo do Conselho Tutelar de Florianópolis
Boletim Informativo do Conselho Tutelar de FlorianópolisBoletim Informativo do Conselho Tutelar de Florianópolis
Boletim Informativo do Conselho Tutelar de Florianópolis
 

Semelhante a Artigo raquel sam2010

Apresentacao Associação Aliança de Saúde e Cidadania
Apresentacao Associação Aliança de Saúde e CidadaniaApresentacao Associação Aliança de Saúde e Cidadania
Apresentacao Associação Aliança de Saúde e CidadaniaJosé Luiz Montañola
 
Objetivos para erradicar a fome
Objetivos para erradicar a fomeObjetivos para erradicar a fome
Objetivos para erradicar a fomeGerson Valle
 
Revista Segurança Alimentar e Combate à Fome
Revista Segurança Alimentar e Combate à FomeRevista Segurança Alimentar e Combate à Fome
Revista Segurança Alimentar e Combate à FomeDialogoComunicacao
 
NBCAL - conhecer a Lei de Comercialização de Alimentos para Lactentes / IBFAN...
NBCAL - conhecer a Lei de Comercialização de Alimentos para Lactentes / IBFAN...NBCAL - conhecer a Lei de Comercialização de Alimentos para Lactentes / IBFAN...
NBCAL - conhecer a Lei de Comercialização de Alimentos para Lactentes / IBFAN...Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Boletim DESENVOLVIMENTO da PRIMEIRA INFÂNCIA - Ministério da Saúde
Boletim DESENVOLVIMENTO da PRIMEIRA INFÂNCIA - Ministério da Saúde Boletim DESENVOLVIMENTO da PRIMEIRA INFÂNCIA - Ministério da Saúde
Boletim DESENVOLVIMENTO da PRIMEIRA INFÂNCIA - Ministério da Saúde Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
O trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúdeO trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúdeCamila Rodrigues
 
00327 conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
00327   conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil00327   conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
00327 conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantilmfvasconcelos
 
O ibrappiano ed1.17 ONLINE
O ibrappiano ed1.17 ONLINEO ibrappiano ed1.17 ONLINE
O ibrappiano ed1.17 ONLINEIBRAPP Share
 
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebe
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebeArq 818 guia_direitos_gestante-bebe
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebedeborawilbert
 
Linha de Cuidado em Aleitamento Materno - Caçapava / RS
Linha de Cuidado em Aleitamento Materno - Caçapava / RS Linha de Cuidado em Aleitamento Materno - Caçapava / RS
Linha de Cuidado em Aleitamento Materno - Caçapava / RS Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Curso sobre aleitamento materno
Curso sobre aleitamento maternoCurso sobre aleitamento materno
Curso sobre aleitamento maternoJuninho Spina
 
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação Prof. Marcus Renato de Carvalho
 

Semelhante a Artigo raquel sam2010 (20)

Apresentacao Associação Aliança de Saúde e Cidadania
Apresentacao Associação Aliança de Saúde e CidadaniaApresentacao Associação Aliança de Saúde e Cidadania
Apresentacao Associação Aliança de Saúde e Cidadania
 
Objetivos para erradicar a fome
Objetivos para erradicar a fomeObjetivos para erradicar a fome
Objetivos para erradicar a fome
 
Revista Segurança Alimentar e Combate à Fome
Revista Segurança Alimentar e Combate à FomeRevista Segurança Alimentar e Combate à Fome
Revista Segurança Alimentar e Combate à Fome
 
Solidariedade
Solidariedade Solidariedade
Solidariedade
 
Semana do bebê como fazer
Semana do bebê   como fazerSemana do bebê   como fazer
Semana do bebê como fazer
 
Br guiagestantebebe
Br guiagestantebebeBr guiagestantebebe
Br guiagestantebebe
 
NBCAL - conhecer a Lei de Comercialização de Alimentos para Lactentes / IBFAN...
NBCAL - conhecer a Lei de Comercialização de Alimentos para Lactentes / IBFAN...NBCAL - conhecer a Lei de Comercialização de Alimentos para Lactentes / IBFAN...
NBCAL - conhecer a Lei de Comercialização de Alimentos para Lactentes / IBFAN...
 
Rede Iberoamericana
Rede IberoamericanaRede Iberoamericana
Rede Iberoamericana
 
Boletim DESENVOLVIMENTO da PRIMEIRA INFÂNCIA - Ministério da Saúde
Boletim DESENVOLVIMENTO da PRIMEIRA INFÂNCIA - Ministério da Saúde Boletim DESENVOLVIMENTO da PRIMEIRA INFÂNCIA - Ministério da Saúde
Boletim DESENVOLVIMENTO da PRIMEIRA INFÂNCIA - Ministério da Saúde
 
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
 
O trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúdeO trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúde
 
XV ENAM - V ENAC - 3rd WBC - 1st WCFC - Anais / 2019
XV ENAM - V ENAC - 3rd WBC - 1st WCFC - Anais / 2019XV ENAM - V ENAC - 3rd WBC - 1st WCFC - Anais / 2019
XV ENAM - V ENAC - 3rd WBC - 1st WCFC - Anais / 2019
 
00327 conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
00327   conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil00327   conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
00327 conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
 
O ibrappiano ed1.17 ONLINE
O ibrappiano ed1.17 ONLINEO ibrappiano ed1.17 ONLINE
O ibrappiano ed1.17 ONLINE
 
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebe
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebeArq 818 guia_direitos_gestante-bebe
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebe
 
Linha de Cuidado em Aleitamento Materno - Caçapava / RS
Linha de Cuidado em Aleitamento Materno - Caçapava / RS Linha de Cuidado em Aleitamento Materno - Caçapava / RS
Linha de Cuidado em Aleitamento Materno - Caçapava / RS
 
História e primeiros_passos
História e primeiros_passosHistória e primeiros_passos
História e primeiros_passos
 
Curso sobre aleitamento materno
Curso sobre aleitamento maternoCurso sobre aleitamento materno
Curso sobre aleitamento materno
 
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
 
Nbcal
NbcalNbcal
Nbcal
 

Mais de Proama Projeto Amamentar

Pesquisa Nacional de Prevalência do Aleitamento Materno nas Capitais Brasilei...
Pesquisa Nacional de Prevalência do Aleitamento Materno nas Capitais Brasilei...Pesquisa Nacional de Prevalência do Aleitamento Materno nas Capitais Brasilei...
Pesquisa Nacional de Prevalência do Aleitamento Materno nas Capitais Brasilei...Proama Projeto Amamentar
 
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rcEstrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rcProama Projeto Amamentar
 
Projeto Amamentar - 19 anos defendendo o aleitamento materno
Projeto Amamentar - 19 anos defendendo o aleitamento materno Projeto Amamentar - 19 anos defendendo o aleitamento materno
Projeto Amamentar - 19 anos defendendo o aleitamento materno Proama Projeto Amamentar
 
Bater como forma de educar - causas e consequências
Bater como forma de educar - causas e consequências Bater como forma de educar - causas e consequências
Bater como forma de educar - causas e consequências Proama Projeto Amamentar
 
Aleitamento materno e segurança alimentar
Aleitamento materno  e segurança alimentarAleitamento materno  e segurança alimentar
Aleitamento materno e segurança alimentarProama Projeto Amamentar
 
METODOLOGIAS ATIVAS PARA O ENSINO DAS CONCEPÇÕES DE DESENVOLVIMENTO NAS LICEN...
METODOLOGIAS ATIVAS PARA O ENSINO DAS CONCEPÇÕES DE DESENVOLVIMENTO NAS LICEN...METODOLOGIAS ATIVAS PARA O ENSINO DAS CONCEPÇÕES DE DESENVOLVIMENTO NAS LICEN...
METODOLOGIAS ATIVAS PARA O ENSINO DAS CONCEPÇÕES DE DESENVOLVIMENTO NAS LICEN...Proama Projeto Amamentar
 
Segundo poster material pedagógico enam 2016
Segundo poster material pedagógico enam 2016Segundo poster material pedagógico enam 2016
Segundo poster material pedagógico enam 2016Proama Projeto Amamentar
 
A construção do conceito de adolescência no Ocidente
A construção do conceito de adolescência no OcidenteA construção do conceito de adolescência no Ocidente
A construção do conceito de adolescência no OcidenteProama Projeto Amamentar
 
O desenvolvimento auditivo na fase pré natal
O desenvolvimento auditivo na  fase pré natalO desenvolvimento auditivo na  fase pré natal
O desenvolvimento auditivo na fase pré natalProama Projeto Amamentar
 

Mais de Proama Projeto Amamentar (20)

Pesquisa Nacional de Prevalência do Aleitamento Materno nas Capitais Brasilei...
Pesquisa Nacional de Prevalência do Aleitamento Materno nas Capitais Brasilei...Pesquisa Nacional de Prevalência do Aleitamento Materno nas Capitais Brasilei...
Pesquisa Nacional de Prevalência do Aleitamento Materno nas Capitais Brasilei...
 
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rcEstrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
 
Teoria comportamentalista ou behaviorista
Teoria comportamentalista ou behavioristaTeoria comportamentalista ou behaviorista
Teoria comportamentalista ou behaviorista
 
Sobre métodos coercitivos de educar
Sobre métodos coercitivos de educarSobre métodos coercitivos de educar
Sobre métodos coercitivos de educar
 
Projeto Amamentar - 19 anos defendendo o aleitamento materno
Projeto Amamentar - 19 anos defendendo o aleitamento materno Projeto Amamentar - 19 anos defendendo o aleitamento materno
Projeto Amamentar - 19 anos defendendo o aleitamento materno
 
Bater como forma de educar - causas e consequências
Bater como forma de educar - causas e consequências Bater como forma de educar - causas e consequências
Bater como forma de educar - causas e consequências
 
Aleitamento materno e segurança alimentar
Aleitamento materno  e segurança alimentarAleitamento materno  e segurança alimentar
Aleitamento materno e segurança alimentar
 
METODOLOGIAS ATIVAS PARA O ENSINO DAS CONCEPÇÕES DE DESENVOLVIMENTO NAS LICEN...
METODOLOGIAS ATIVAS PARA O ENSINO DAS CONCEPÇÕES DE DESENVOLVIMENTO NAS LICEN...METODOLOGIAS ATIVAS PARA O ENSINO DAS CONCEPÇÕES DE DESENVOLVIMENTO NAS LICEN...
METODOLOGIAS ATIVAS PARA O ENSINO DAS CONCEPÇÕES DE DESENVOLVIMENTO NAS LICEN...
 
Segundo poster material pedagógico enam 2016
Segundo poster material pedagógico enam 2016Segundo poster material pedagógico enam 2016
Segundo poster material pedagógico enam 2016
 
Poster revista claudia enam 2016.ppt2
Poster revista claudia enam 2016.ppt2Poster revista claudia enam 2016.ppt2
Poster revista claudia enam 2016.ppt2
 
A construção do conceito de adolescência no Ocidente
A construção do conceito de adolescência no OcidenteA construção do conceito de adolescência no Ocidente
A construção do conceito de adolescência no Ocidente
 
Método canguru ou
Método canguru ouMétodo canguru ou
Método canguru ou
 
Adolescência
AdolescênciaAdolescência
Adolescência
 
O desenvolvimento auditivo na fase pré natal
O desenvolvimento auditivo na  fase pré natalO desenvolvimento auditivo na  fase pré natal
O desenvolvimento auditivo na fase pré natal
 
Folheto SMAM RC - 2008
Folheto SMAM RC - 2008Folheto SMAM RC - 2008
Folheto SMAM RC - 2008
 
Folheto SMAM RC - 2007
Folheto SMAM RC - 2007Folheto SMAM RC - 2007
Folheto SMAM RC - 2007
 
Folheto SMAM RC - 2014
Folheto SMAM RC - 2014Folheto SMAM RC - 2014
Folheto SMAM RC - 2014
 
Folheto SMAM RC - 2013
Folheto SMAM RC - 2013Folheto SMAM RC - 2013
Folheto SMAM RC - 2013
 
Folheto SMAM RC - 2012
Folheto SMAM RC - 2012Folheto SMAM RC - 2012
Folheto SMAM RC - 2012
 
Folheto SMAM RC - 2011
Folheto SMAM RC - 2011Folheto SMAM RC - 2011
Folheto SMAM RC - 2011
 

Último

B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024excellenceeducaciona
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 

Último (20)

B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 

Artigo raquel sam2010

  • 1. REDE SOCIAL AMAMENTA RIO CLARO A Rede Social é uma das formas de representação dos relacionamentos afetivos , ideológicos ou profissionais dos indivíduos entre sí ou entre seus agrupamentos de interesses mútuos. Temos como exemplo a Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar (IBFAN Brasil), que é uma rede formada por mais de 160 grupos de ativistas espalhados por cerca de 90 países e que atua há mais de 25 anos para a melhoria da nutrição e saúde infantis. A IBFAN tem como objetivo coordenar os esforços de proteção ao aleitamento materno, compartilhar informações e aumentar a consciência mundial sobre a importância da amamentação e os perigos potenciais da alimentação artificial na infância. Ela atua também para sensibilizar as autoridades internacionais (especialmente OMS e UNICEF) e nacionais quanto à implementação do Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno e das Resoluções e ele relacionadas. No Brasil, a REDE IBFAN foi fundada em 1981 e está presente em diversas cidades espalhadas por vários Estados. Conta com membros voluntários, profissionais das mais diversas áreas como saúde, psicologia, assistência social, direito, promotoria pública, agronomia, medicina veterinária, pedagogia, fonoaudiologia, antropologia, sociologia jornalismo, fiscalização sanitária, mães e pais da comunidade, profissionais ligados a organizações não governamentais de defesa da cidadania, a grupos de incentivo da amamentação ou cidadãos interessados no tema de atuação da IBFAN. Missão: Promover e defender o aleitamento materno e eliminar as práticas não éticas de mercadização de produtos que interferem negativamente na amamentação. Em Rio Claro, analisando todos os esforços da imprensa, do poder público municipal, do Fundo Social de Solidariedade, da Santa Casa de Misericórdia, da UNESP Rio Claro, dos profissionais liberais da área da saúde, dos hospitais da rede privada, das entidades e Conselhos em defesa da criança, podemos destacar avanços que vêm colaborando para promoção e a defesa do aleitamento materno em nossa cidade. Rio Claro nos últimos doze anos conquistou, a UTI neonatal , o Banco de Leite Humano e o inicio da implantação do IHAC(Hospital Amigo da
  • 2. Criança) através da Santa Casa de Misericórdia, a criação do Projeto Proama do Departamento de Educação da UNESP, a ampliação da Pastoral da Criança, o fortalecimento da Casa da Gestante, dos grupos de Gestantes em diversas entidades e igrejas de Rio Claro, e ações nas Unidades Básicas de Saúde , Programa da Saúde da Família , Centro de Habilitação Infantil,e Hospitais da rede privada, Cartilha do Senac,ações pedagógicas na rede de ensino municipal, as obras do Centro Literário de Rio Claro, a Lei Municipal nº 3135/2000 que Institui a Semana do Aleitamento Materno e o Decreto Legislativo 349/2010 que cria a Carta das Mulheres de Rio Claro,ambos de autoria da vereadora Raquel Picelli e aprovados por unanimidade. Todo este cenário de esforços realizados em prol da promoção do aleitamento materno qualifica Rio Claro para a criação e oficialização de sua Rede Social de Amamentação, que neste ano ,será discutido durante a Semana de Aleitamento Materno. Rio Claro esteve presente, no mês de maio de 2010, no XI Encontro Nacional de Aleitamento Materno, em Santos, representada por profissionais de saúde da Santa Casa de Misericórdia , Fundação Municipal de Saúde UNESP e o Legislativo Municipal. A avaliação mostrou que Rio Claro possui condições para implantar sua Rede Social de Amamentação. Esta rede poderá otimizar ,interar e integrar ações, recursos físicos, financeiros e humanos, como também elevar o nível de consciência e a responsabilidade social de cada ator social seja publico e /ou privado em relação à promoção do aleitamento materno , por uma Rio Claro Feliz e Crianças mais saudáveis. Raquel Picelli Assistente Social e Vereadora Membro Fundadora do PROAMA – Projeto Amamentar de Rio Claro Autora da Lei Municipal nº3135 de 01/11/2000 Institui a Semana do Aleitamento Materno em Rio Claro