POR QUE DESENVOLVER
PROJETOS SUSTENTÁVEIS?
Ana Rocha Melhado
www.proactiveconsultoria.com.br
CENÁRIO DE OPORTUNIDADES
Os desafios à sustentabilidade não devem
ser entendidos como problemas de difícil resolução,
mas ...
Gestão da ENERGIA
Perda de energia entre geração e distribuição ultrapassa 15% no Brasil
Centro de Gestão e Estudos Estrat...
Gestão da ÁGUA
Em São Paulo, o desperdício de água tratada chega a quase 40%
Folha de São Paulo (2015)
www.folha.uol.com.br
SANEAMENTO básico
Atividade que visa garantir a saúde da população a partir do
abastecimento de água potável, manejo de ág...
Gestão de RESÍDUOS
O Brasil ainda não conseguiu acabar com os lixões
Folha de São Paulo (2015)
www.folha.uol.com.br
MOBILIDADE urbana
Os paulistanos gastam, em média, quase 2 horas por dia em deslocamentos
Fecomercio (2015)
www.folha.uol....
DESIGUALDADE social
De acordo com o IBGE (2013), aproximadamente 6% da população brasileira vive em favelas;
acima, o bair...
Por que desenvolver PROJETOS SUSTENTÁVEIS?
Ilustração a partir de www.joyousabundanceinstitute.com
SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS PARA CIDADES =
busca por uma maior QUALIDADE DE VIDA
PROJETARECONSTRUIRBAIRROSSUSTENTÁVEIS
(PINI,2013)
Proposta: AÇÕES TRANSDISCIPLINARES em 10 TEMAS
1. Patrimônio, Paisagem e Identidade
Puerto Madero, Buenos Aires, 1989-2011
Projeto de requalificação urbana
Ver-o-Peso, Belém, 1980-1990
Requalificação urbana: reconhecimento e
valorização do patrimônio material e imaterial
2. Ecossistemas e Biodiversidade
High Line, Nova York, 2013
Conversão de linha férrea desativada em
parque linear público
Elevado Costa e Silva, São Paulo, 2013-atual
Instalação de jardins verticais em empenas cegas no Minhocão
3. Mobilidade Urbana
Sistema de transporte público, Berlim
Modalidades diversas e integradas: metrô, ônibus, bonde, trem, ...
Ciclovia avenida Paulista, São Paulo
Inaugurada em junho de 2015
4. Energia e Emissões
Geração de energia solar e eólica, Europa e Brasil
Energia solar, Espanha, 2008
Energia solar, Alema...
Iluminação pública energeticamente eficiente, Caribe e Brasil
Iluminação pública com painel fotovoltaico, Caribe, 2013
Ilu...
Transporte público menos poluente, Brasil
Frota de ônibus menos poluente, São Paulo, 2011 Frota de ônibus menos poluente, ...
5. Gestão da Água
Projeto Águas do Cerrado,
Distrito Federal (acima)
Recuperação do Rio das Almas,
Pirenópolis, 2015 (ao l...
Tratamento sustentável de efluentes, Europa e Brasil
Geração de energia renovável a partir de dejetos sólidos,
Reino Unido...
Tratamento sustentável de efluentes, Brasil
Tratamento de efluentes com sistema
wetland, Araruama, 2011
6. Gestão dos Resíduos
Sistema de conteinerização
soterrado, Santos, 2014
Sistema de conteinerização
soterrado, Paulínia, ...
Locais adequados à gestão de resíduos - coleta, Europa
Sistema subterrânea
e a vácuo, Espanha,
2012
Incentivo à compostagem
The green loop – Ilhas de compostagem (projeto), Nova York, 2012
Incentivo à compostagem
NYC Compost Project, Nova York
7. Materiais Sustentáveis
Tijolo ecológico
Especificação de materiais locais, reutilizáveis ou recicláveis
Bloco de concre...
Especificação de materiais de baixo impacto ambiental e sanitário
Tintas, vernizes e
adesivos com baixa
emissão de COVs
(a...
Madeiras certificadas
FSC – Eucalipto e
Pinus
Especificação de madeiras de reflorestamento ou certificadas
Madeira de
refl...
8. Qualidade de Vida
Criação de espaços públicos de qualidade e usos diversos, Brasil
Parque Nacional
de Brasília, DF
Parq...
Criação de espaços públicos de qualidade e usos diversos, Europa e Brasil
Parque Madureira, Rio de Janeiro
Parque (acervo ...
Criação de espaços públicos com desenho universal -
acessibilidade para todos
Garantia da qualidade dos espaços de circulação
r. Gonçalo de Carvalho, Porto Alegre (abaixo)
av. Júlio de Castilhos,
São ...
Segurança dos espaços públicos a partir da iluminação
Praça São Salvador, Rio de JaneiroParque Ibirapuera, São Paulo
Minho...
9. Coesão Social e Diversidade Econômica
Hackesche
Hoefe,
Berlim
Paris Rive
Gauche,
Paris
Criação de áreas de uso misto, E...
Edifício Copan, São Paulo
Paris Rive
Gauche,
Paris
Edifício habitacional e comercial, São Paulo
Criação de áreas de uso mi...
Habitação social, Madri Habitação social, Recife
Inserção de habitação social no tecido urbano, Europa e Brasil
10. Edificações Sustentáveis
Edifícios Residenciais
Edifícios Residenciais
Edifícios Corporativos
• Edifícios em Operação e Uso:
GRUPO JCPM: RIOMAR FORTALEZA
CE - ATC: 307.119,03 m2
GRUPO JCPM: RIOMAR RECIFE
PE - ATC: 29...
• REDUÇÃO DO CONSUMO ENERGÉTICO
• REDUÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA
• REDUÇÃO DA GERAÇÃO DE RESÍDUOS
• PRÁTICA DA COLETA SELETIVA...
A arquitetura e a Engenharia devem trabalhar para
melhorar a convivência entre as pessoas e
o meio ambiente, em prol de um...
NÃO É NECESSÁRIO FORNECER
TODAS AS RESPOSTAS DE IMEDIATO
MAS É PRECISO CRIAR CONDIÇÕES
PARA QUE TODAS AS QUESTÕES SEJAM RE...
AQUA LEED
PROCEL DGNB NBR 15575
DESEMPENHO
SUSTENTÁVEL
SERVIÇOS:
GESTÃO DE
PROJETOS
A proActive é uma empresa de consultor...
MUITO OBRIGADA!
Ana Rocha Melhado
Diretora, proActive Engenharia Consultiva
ana.rocha@proactiveconsultoria.com.br
Por que Desenvolver Projetos Sustentáveis?  Ana Rocha Melhado
Por que Desenvolver Projetos Sustentáveis?  Ana Rocha Melhado
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Por que Desenvolver Projetos Sustentáveis? Ana Rocha Melhado

388 visualizações

Publicada em

Por que Desenvolver Projetos Sustentáveis?

Publicada em: Imóveis
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
388
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
91
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Por que Desenvolver Projetos Sustentáveis? Ana Rocha Melhado

  1. 1. POR QUE DESENVOLVER PROJETOS SUSTENTÁVEIS? Ana Rocha Melhado www.proactiveconsultoria.com.br
  2. 2. CENÁRIO DE OPORTUNIDADES Os desafios à sustentabilidade não devem ser entendidos como problemas de difícil resolução, mas como GRANDES OPORTUNIDADES para mudanças de atitude definitivas http://cidadesparapessoas.com
  3. 3. Gestão da ENERGIA Perda de energia entre geração e distribuição ultrapassa 15% no Brasil Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE, 2015) www.cgee.org.br
  4. 4. Gestão da ÁGUA Em São Paulo, o desperdício de água tratada chega a quase 40% Folha de São Paulo (2015) www.folha.uol.com.br
  5. 5. SANEAMENTO básico Atividade que visa garantir a saúde da população a partir do abastecimento de água potável, manejo de águas pluviais, coleta e tratamento de esgoto, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos e controle de pragas www.envolverde.com.br
  6. 6. Gestão de RESÍDUOS O Brasil ainda não conseguiu acabar com os lixões Folha de São Paulo (2015) www.folha.uol.com.br
  7. 7. MOBILIDADE urbana Os paulistanos gastam, em média, quase 2 horas por dia em deslocamentos Fecomercio (2015) www.folha.uol.com.brwww.radarnacional.com.br
  8. 8. DESIGUALDADE social De acordo com o IBGE (2013), aproximadamente 6% da população brasileira vive em favelas; acima, o bairro Morumbi (SP) e a imagem ícone da desigualdade www.infoabril.com.br
  9. 9. Por que desenvolver PROJETOS SUSTENTÁVEIS? Ilustração a partir de www.joyousabundanceinstitute.com
  10. 10. SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS PARA CIDADES = busca por uma maior QUALIDADE DE VIDA
  11. 11. PROJETARECONSTRUIRBAIRROSSUSTENTÁVEIS (PINI,2013) Proposta: AÇÕES TRANSDISCIPLINARES em 10 TEMAS
  12. 12. 1. Patrimônio, Paisagem e Identidade Puerto Madero, Buenos Aires, 1989-2011 Projeto de requalificação urbana
  13. 13. Ver-o-Peso, Belém, 1980-1990 Requalificação urbana: reconhecimento e valorização do patrimônio material e imaterial
  14. 14. 2. Ecossistemas e Biodiversidade High Line, Nova York, 2013 Conversão de linha férrea desativada em parque linear público
  15. 15. Elevado Costa e Silva, São Paulo, 2013-atual Instalação de jardins verticais em empenas cegas no Minhocão
  16. 16. 3. Mobilidade Urbana Sistema de transporte público, Berlim Modalidades diversas e integradas: metrô, ônibus, bonde, trem, bicicletas
  17. 17. Ciclovia avenida Paulista, São Paulo Inaugurada em junho de 2015
  18. 18. 4. Energia e Emissões Geração de energia solar e eólica, Europa e Brasil Energia solar, Espanha, 2008 Energia solar, Alemanha, 2009 Energia solar e eólica, Juazeiro / BA, 2015
  19. 19. Iluminação pública energeticamente eficiente, Caribe e Brasil Iluminação pública com painel fotovoltaico, Caribe, 2013 Iluminação pública com painel fotovoltaico, Curitiba, 2010
  20. 20. Transporte público menos poluente, Brasil Frota de ônibus menos poluente, São Paulo, 2011 Frota de ônibus menos poluente, Goiânia, 2015
  21. 21. 5. Gestão da Água Projeto Águas do Cerrado, Distrito Federal (acima) Recuperação do Rio das Almas, Pirenópolis, 2015 (ao lado) Recuperação e proteção de áreas degradadas, Brasil
  22. 22. Tratamento sustentável de efluentes, Europa e Brasil Geração de energia renovável a partir de dejetos sólidos, Reino Unido, 2010 Tratamento de efluentes com plantas macrófitas, Novo Hamburgo, 2014
  23. 23. Tratamento sustentável de efluentes, Brasil Tratamento de efluentes com sistema wetland, Araruama, 2011
  24. 24. 6. Gestão dos Resíduos Sistema de conteinerização soterrado, Santos, 2014 Sistema de conteinerização soterrado, Paulínia, 2014 Locais adequados à gestão de resíduos - coleta, Brasil
  25. 25. Locais adequados à gestão de resíduos - coleta, Europa Sistema subterrânea e a vácuo, Espanha, 2012
  26. 26. Incentivo à compostagem The green loop – Ilhas de compostagem (projeto), Nova York, 2012
  27. 27. Incentivo à compostagem NYC Compost Project, Nova York
  28. 28. 7. Materiais Sustentáveis Tijolo ecológico Especificação de materiais locais, reutilizáveis ou recicláveis Bloco de concreto reciclado Elementos construtivos em bambu Paineis de palha
  29. 29. Especificação de materiais de baixo impacto ambiental e sanitário Tintas, vernizes e adesivos com baixa emissão de COVs (acima) Tintas com pigmentos naturais (ao lado)
  30. 30. Madeiras certificadas FSC – Eucalipto e Pinus Especificação de madeiras de reflorestamento ou certificadas Madeira de reflorestamento - Teca
  31. 31. 8. Qualidade de Vida Criação de espaços públicos de qualidade e usos diversos, Brasil Parque Nacional de Brasília, DF Parque do Povo, São Paulo Parque Tanguá, Curitiba Parque Senador Jefferson Pires, Manaus
  32. 32. Criação de espaços públicos de qualidade e usos diversos, Europa e Brasil Parque Madureira, Rio de Janeiro Parque (acervo pessoal)
  33. 33. Criação de espaços públicos com desenho universal - acessibilidade para todos
  34. 34. Garantia da qualidade dos espaços de circulação r. Gonçalo de Carvalho, Porto Alegre (abaixo) av. Júlio de Castilhos, São Francisco de Paula, RS (abaixo) Alameda Santos, São Paulo (abaixo)
  35. 35. Segurança dos espaços públicos a partir da iluminação Praça São Salvador, Rio de JaneiroParque Ibirapuera, São Paulo Minhocão, São Paulo Praça Roosevelt, São Paulo
  36. 36. 9. Coesão Social e Diversidade Econômica Hackesche Hoefe, Berlim Paris Rive Gauche, Paris Criação de áreas de uso misto, Europa
  37. 37. Edifício Copan, São Paulo Paris Rive Gauche, Paris Edifício habitacional e comercial, São Paulo Criação de áreas de uso misto, Brasil
  38. 38. Habitação social, Madri Habitação social, Recife Inserção de habitação social no tecido urbano, Europa e Brasil
  39. 39. 10. Edificações Sustentáveis
  40. 40. Edifícios Residenciais
  41. 41. Edifícios Residenciais
  42. 42. Edifícios Corporativos
  43. 43. • Edifícios em Operação e Uso: GRUPO JCPM: RIOMAR FORTALEZA CE - ATC: 307.119,03 m2 GRUPO JCPM: RIOMAR RECIFE PE - ATC: 295.000,00 m2 Edifícios em Operação e Uso
  44. 44. • REDUÇÃO DO CONSUMO ENERGÉTICO • REDUÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA • REDUÇÃO DA GERAÇÃO DE RESÍDUOS • PRÁTICA DA COLETA SELETIVA • REVALORIZAÇÃO DOS RESÍDUOS • CONFORTO E SAÚDE DA POPULAÇÃO Benefícios
  45. 45. A arquitetura e a Engenharia devem trabalhar para melhorar a convivência entre as pessoas e o meio ambiente, em prol de um crescimento sustentável. Nosso grande desafio! Nossa grande oportunidade! Ana Rocha Melhado Considerações Finais
  46. 46. NÃO É NECESSÁRIO FORNECER TODAS AS RESPOSTAS DE IMEDIATO MAS É PRECISO CRIAR CONDIÇÕES PARA QUE TODAS AS QUESTÕES SEJAM RESPONDIDAS
  47. 47. AQUA LEED PROCEL DGNB NBR 15575 DESEMPENHO SUSTENTÁVEL SERVIÇOS: GESTÃO DE PROJETOS A proActive é uma empresa de consultoria voltada para a definição de soluções técnicas em gestão de projetos e certificações ambientais, com foco no setor da construção civil.
  48. 48. MUITO OBRIGADA! Ana Rocha Melhado Diretora, proActive Engenharia Consultiva ana.rocha@proactiveconsultoria.com.br

×