Tarefa04 avmc

357 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Tarefa04 avmc

  1. 1. Ambientes Virtuais de Aprendizagem e Web 2.0 na EaD Pigead – Lante – UFF - UAB AVMC2.2011 Pedro Miléo
  2. 2. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>Objetivos: </li></ul><ul><ul><li>Definir os Ambientes Virtuais de Aprendizagem do ponto de vista da tutoria. </li></ul></ul><ul><ul><li>Identificar os principais recursos da Web 2.0 que possam ser utilizados na educação, especificamente, no ensino a distância. </li></ul></ul>
  3. 3. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>Os Ambientes Virtuais de Aprendizagem </li></ul><ul><ul><li>Os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) são ferramentas computacionais destinadas à criação e exibição interativa de cursos através da Internet. </li></ul></ul><ul><ul><li>Independem da proposta pedagógica do curso, porém, a maioria favorece a aprendizagem sócio-construtivistas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Os ambientes sócio-construtivistas possibilitam ao grupo de participantes do curso “criar seu próprio significado para o que eles experimentam, em vez de pedir que apenas reproduzam a interpretação do professor para aquela experiência ou conteúdo […]” (Rebelo, 2008). </li></ul></ul>
  4. 4. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>Os Ambientes Virtuais de Aprendizagem </li></ul><ul><ul><li>Portanto, cabe ao professor/tutor definir a proposta pedagógica que deseja abordar e a escolha do AVA mais adequado. </li></ul></ul><ul><ul><li>Uma proposta pedagógica sócio-construtivista fundamenta-se principalmente nas teorias e pesquisas sócio-interacionistas de Vigotsky. </li></ul></ul><ul><ul><li>Muitos pesquisadores e educadores têm se dado conta de que aprender é um ato coletivo, social, colaborativo. Primeiro aprendemos socialmente, depois, ao refletir sobre o aprendizado, trazemos individualmente para nosso repertório os conceitos formados em colaboração com o grupo social com o qual interagimos. </li></ul></ul>
  5. 5. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>Os Ambientes Virtuais de Aprendizagem </li></ul><ul><ul><li>Os AVA favorecem as interatividades principais do processo de ensino-aprendizagem: interação com experiências ou conteúdos novos – cognitiva; interação com a tecnologia de informação e comunicação – o próprio AVA; e a interação com o grupo – a social. </li></ul></ul><ul><ul><li>Através dos AVA tomamos os primeiros contatos com experiências ou conceitos novos que nos fazem refletir sobre a forma que pensamos. É o momento de interação através da contrastação entre os conceitos novos e os que já havíamos formado ao longo da história. Trazem, portanto, problemas aos quais, sozinhos, muitas vezes não conseguimos solucionar. </li></ul></ul><ul><ul><li>Precisamos, então, de ajuda de colegas, professores, mídias de conteúdo, com os quais interagimos na busca de soluções. </li></ul></ul><ul><ul><li>Estas interações são proporcionadas através de ferramentas dos AVA e muitas disponíveis na Web 2.0. </li></ul></ul>
  6. 6. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>Os Ambientes Virtuais de Aprendizagem </li></ul><ul><ul><li>Os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) são ferramentas computacionais destinadas à criação e exibição interativa de cursos através da Internet. </li></ul></ul><ul><ul><li>Independem da proposta pedagógica do curso, porém, a maioria favorece a aprendizagem sócio-construtivistas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Os ambientes sócio-construtivistas possibilitam ao grupo de participantes do curso “criar seu próprio significado para o que eles experimentam, em vez de pedir que apenas reproduzam a interpretação do professor para aquela experiência ou conteúdo […]” (Rebelo, 2008). </li></ul></ul>
  7. 7. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>O que é a Web 2.0? </li></ul><ul><ul><li>Segundo Marins e Costa(Aula4b, 2011), “a Web 2.0 pode ser vista como uma nova forma de utilizaçào da Internet… os programas rodam no navegador do usuário, sendo disponibilizados gratuitamente a partir de servidores das empresas que desenvolvem”. </li></ul></ul><ul><ul><li>Apresenta uma série de características muito úteis ao ensino tanto presencial quando a distância. </li></ul></ul><ul><ul><li>Marins e Costa(Aula4b, 2011) apresentam uma síntese sugerida por Póvoa (2007) dos principais padrões desta segunda geração Web. </li></ul></ul>
  8. 8. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>Principais Padrões da Web 2.0 (Póvoa, 2007) </li></ul><ul><ul><li>A web como plataforma: os sites deixam de exibir conteúdos estáticos e se apresentam como aplitativos no próprio computador do usuário distante do servidor. </li></ul></ul><ul><ul><li>Simplicidade: os sites apresentam interfaces mais intuitivas, fáceis de utilizar. </li></ul></ul><ul><ul><li>Redes sociais: possibilitam a interação social através de redes sociais como o Orkut, o Facebook e outros. </li></ul></ul><ul><ul><li>Flexibilidade no conteúdo: o usuário passa a gerar conteúdo de forma autônoma; é autor e crítico de conteúdos disponíveis em sites como Youtube, Slideshare e outros. </li></ul></ul>
  9. 9. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>A Web 2.0 disponibiliza enorme quantidade de serviços ao usuário-autor/crítico </li></ul><ul><ul><li>Edição colaborativa de conteúdo: Blogs, Wikis e outros; </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunicação: Skype, Messenger, Gmail, e outros; </li></ul></ul><ul><ul><li>Grupos de discussão: Yahoogroups e outros; </li></ul></ul><ul><ul><li>Redes sociais: Orkut, Facebook, MySpace; </li></ul></ul><ul><ul><li>Compartilhamento de arquivos: textos, planilhas, apresentações, fotos, vídeos e arquivos diversos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Compartilhamento e edição online de imagens: permitem editar e compartilhar imagens na Internet; </li></ul></ul><ul><ul><li>Categorização de assuntos com endereços de páginas: Del.icio.us, por exemplo. </li></ul></ul>
  10. 10. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>Conclusões: </li></ul><ul><li>AVA e Web 2.0 </li></ul><ul><ul><li>Além de apresentarem extrema semelhança com as ferramentas disponíveis e necessárias aos ambientes virtuais de aprendizagem, a Web 2.0 ainda torna-se a principal aliada da educação. </li></ul></ul><ul><ul><li>Blogs, wikis e comunicadores são essenciais ao ensino a distância. </li></ul></ul><ul><ul><li>Professores, tutores e estudantes de cursos a distância, e mesmo presenciais, utilizam esses serviços da Web 2.0 cada vez com mais frequência. </li></ul></ul><ul><ul><li>Na EaD, além de alguns desses serviços já estarem presentes nos AVA, são comumente utilizados para a postagem de conteúdos produzidos em cada disciplina, avaliações, pesquisas de outros conteúdos e interações entre todos os envolvidos no curso. </li></ul></ul>
  11. 11. AVA e Web 2.0 na EaD <ul><li>Referências Bibliográficas: </li></ul><ul><ul><li>MARINS, Vânia e COSTA, Rosa Maria E. M. Aula 4b – Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Lante UFF, 2011. </li></ul></ul><ul><ul><li>MARINS, Vânia e COSTA, Rosa Maria E. M. Aula 4a – Ferramentas da Web 2.0 e as Comunidades de Prática. Lante UFF, 2011. . </li></ul></ul>

×