SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Replicação do DNA

“O que não dá prazer não dá proveito. Em resumo, senhor, estude apenas o que lhe agradar.”
William Shakespeare

1
Replicação: ação ou processo de duplicação ou reprodução. Uma entidade original dá origem a
cópias com propriedades semelhantes.
Ocorre na fase S da interfase

Replicação semiconservativa
Como os dois filamentos de nucleotídeos em uma molécula de DNA são complementares (adenina
com timina; guanina com citosina), durante a replicação, cada filamento pode servir como molde para
a síntese de um novo filamento. Cada um dos filamentos originais permanece intacto (conservados),
apesar de não estarem mais combinado na mesma molécula.
Assim, durante um evento de duplicação são produzidas duas moléculas novas de DNA, cada uma
delas consistindo de uma fita “velha” (do duplex original) e uma “nova” (recém-sintetizada) .

Replicação em eucariotos
Etapas: iniciação, alongamento e término
Iniciação:
1- Proteínas iniciadoras se ligam à única origem de replicação (oriC) e fazem com que um curto
trecho de DNA se deselicoidize.
2
2- A deselicoidização do curto trecho de DNA permite que Helicases( quebram pontes de
hidrogênio entre as bases das duas fitas de DNA deselicoidização) e SSBs(estabiliza os
filamentos separados de DNA, evitando sua reelicoidização) se liguem aos filamentos separdos
do DNA. A DNA girase diminui a força torcional(resultado da deselicoidização), fazendo e
fechando cortes na dupla-hélice do DNA.

Alongamento
-Síntese do DNA a partir da DNA polimerase III.
As DNA polimerases (enzimas que sintetizam DNA) precisam de um nucleotídeo com um grupo 3’OH ao qual um novo nucleotídeo possa ser adicionado. Ou seja, as DNA polimerases adicionam
apenas nucleoítideos à ponta 3’-OH do filamento em crescimento.
3
Por isso, há a necessidade de iniciadores (primers) para começar a síntese da nova fita de DNA a
partir da fita molde:
-uma enzima chamada primase sintetiza um trecho de nucleotídeos de RNA (primers) que fornece
um grupo 3’-OH ao qual a DNA polimerase III possa adicionar nucleotídeos.
Assim, a DNA polimerase III inicia a síntese de DNA adicionando nucleotídeos à ponta 3’-OH do
pimer e do filamento em crescimento na direção 5’3’.
À medida que o DNA se desenrola, uma fita molde é exposta no sentido 5’3’ e a outra fita é exposta
no sentido 3’5’, devido à polaridade inversa das fitas (lembra-se?). Então...
... se a DNA polimerase possui somente uma atividade no sentido 5’ -> 3’ da fita de DNA como é
possível haver replicação nas duas fitas do DNA em um mesmo sentido?
Resposta: Um filamento é sintetizado continuamente(replicação contínua) e outro
descontinuamente(replicação descontínua).
Na replicação contínua, o novo filamento é chamado de filamento leading.
Na replicação descontínua são produzidos curtos fragmentos curtos de DNA chamados
fragmentos de Okazaki. Cada fragmento de Okazaki terá um primer e o filamento formado pela
união dos fragmentos de Okazaki é chamado de filamento "lagging”

Quando a DNA pol III encontra o primer seguinte ela pára e a DNA polimerase I remove os primers
dos filamentos sintetizados e os substitui por nucleotídeos de DNA. Possui função de
polimerase5’3’(síntese de DNA) e de exonuclease 3’5’( remoção de nucleotídeos para
correção de erros).
O grupo 3’-OH do último nucleotídeo adicionado pela DNA pol I não é ligado ao grupo 5’-fosfato
do primeiro nucleotídeo adicionado pela DNA pol III. A DNA ligase une esses nucleotídeos por
catalisar uma ligação fosfodiéster entre eles.

4
Término
Em algumas moléculas de DNA , a replicação é terminada sempre em que se encontram 2 forquilhas de
replicação. Em outras, proteínas de término TUS ligam-se às sequências específicas de término, bloqueando
o movimento da Helicase, parando a forquilha de replicação.
OBS: Cada forquilha de replicação ativa requer cinco componentes básicos:
-Helicases, para desenrolar o DNA
-proteínas SSBs, para manter os filamentos nucleotídicos separados para permitir a replicação
-A topoisomerase girase, para remover a força frente à forquilha de replicação
-primase, para sintetizar primers
-DNA polimerase para sintetizar os filamentos leading e legging

Replicação em eucariotos
O DNA de eucariotos possui várias origens de replicação.
Essas origens de replicação são reconhecidas por um complexo multiproteína chamado ORC (
complexo de reconhecimento de origem). A presença de ORC na origem serve para recrutar outras
duas proteínas, Cdc6 e Cdt1. Ambas a as proteínas mais o ORC recrutam a helicase replicativa,
chamada de complexo MCM e juntos formam um complexo pré-replicação( pré-RC).
5
Fatores de permissão de replicação (RLFs) se ligam ao pré-RC, para permitir a replicação do DNA.
Daí, duas proteínas quinases(aquelas que fosforilam!) atuam sobre pre-RC, sendo uma delas a cyclin
B-CDK.
Fosforilação pela cyclin B-CDK causa:
•

Desligamento de Cdc6p do complexo

•

Dissociação de algumas proteínas MCM (RFLs)

•

Ativação de Cdc7p-Dbf4p que fosforila o complexo MCM.

A fosforilação do complexo MCM coloca a célula em estágio S.
Ocorre então a deselicoidização de um trecho curto de DNA e recrutamento de proteínas necessárias
paras síntese de DNA, como por exemplo, a DNA v polimerase.
A replicação eucariótica também possui helicases,proteínas de ligação unifilamentar e
topoisomerases. Essas enzimas funcionam na deselicoidização do DNA eucariótico mais ou menos do
mesmo modo que nos procariotos.
Ocorre replicação contínua e descontínua com produção de primers no iníco de cada filamento.

As células eucarióticas possuem vários tipos de DNA polimerases que participam na replicação,
combinação e reparo do DNA.
DNA pol

Função
Sintetiza primer seguido de um trecho curto de DNA
Reparo do DNA

6
Replicação do DNA mitocondrial
Replicação do DNA nuclear (fita contínua)
Desconhecido. Provavelmente reparo e replicação do DNA

Uma vez que um primer, na ponta do cromossomo, tenha sido removido, ele não pode ser substituído
porque não há um trecho adjacente de DNA replicado para fornecer um grupo 3’-OH para a adição de
nucleotídeos de DNA pela polimerase. Isso produz um espaço na ponta do cromossomo, sugerindo
que o cromossomo deva se tornar progressivamente mais curto a cada rodada de replicação. A
enzima telomerase é a responsável pela replicação das pontas dos cromossomos (telômeros).
Os telômeros possuem muitas cópias de uma sequência rica em G repetida. A telomerase(composta
por RNA e ptns) párea com a sequência curta e repetida do telômero e fornece um molde para a
síntese de cópias dessas repetições do telômero. A telomerase move-se no DNA e mais repetições
são sintetizados no telõmero. Após isso, pode ocorrer replicação convencional com a produção de
primer de RNA na ponta 5’ do molde ampliado ou a ponta do molde ampliado pode dobrar-se sobre si
mesma, formando uma alçaterminal por pareamento não convencional de bases.Essa alça pode
fornecer um grupo 3’-OH para a ligação de nucleotídeos de DNA.

7
.

Resumindo e Comparando:
A replicação do DNA, tanto em procariontes como em eucariontes, usa um
mecanismo semiconservativo e emprega a síntese de filamentos de
replicação contínua e descontínua. As diferenças mais óbvias são que os
eucariontes têm: 1) múltiplas origens de replicação,; 2) mais tipos de DNA
plomerases, com funções diferentes; e 3) montagem de nucleossomos
logo após a replicação do DNA.

8

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Ciclo Celular
Ciclo CelularCiclo Celular
Ciclo Celular
 
Divisão celular mitose e meiose
Divisão celular  mitose e meioseDivisão celular  mitose e meiose
Divisão celular mitose e meiose
 
Transmissão do impulso nervoso
Transmissão do impulso nervosoTransmissão do impulso nervoso
Transmissão do impulso nervoso
 
Ciclo celular e mitose
Ciclo celular e mitoseCiclo celular e mitose
Ciclo celular e mitose
 
Tecido muscular
Tecido muscularTecido muscular
Tecido muscular
 
Aula 2 replicação, transcrição e tradução
Aula 2   replicação, transcrição e traduçãoAula 2   replicação, transcrição e tradução
Aula 2 replicação, transcrição e tradução
 
Núcleo e divisão celular
Núcleo e divisão celularNúcleo e divisão celular
Núcleo e divisão celular
 
Meiose
MeioseMeiose
Meiose
 
Ppt 6 O CóDigo GenéTico
Ppt 6   O CóDigo GenéTicoPpt 6   O CóDigo GenéTico
Ppt 6 O CóDigo GenéTico
 
II. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicosII. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicos
 
áCidos nucléicos dna e rna
áCidos nucléicos   dna e rnaáCidos nucléicos   dna e rna
áCidos nucléicos dna e rna
 
Glicólise
GlicóliseGlicólise
Glicólise
 
Mitose e Meiose
Mitose e MeioseMitose e Meiose
Mitose e Meiose
 
Abertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomasAbertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomas
 
Mutações do material genético
Mutações do material genéticoMutações do material genético
Mutações do material genético
 
duplicação do dna e rna
duplicação do dna  e rnaduplicação do dna  e rna
duplicação do dna e rna
 
Ácidos nucleicos DNA RNA
Ácidos nucleicos DNA RNAÁcidos nucleicos DNA RNA
Ácidos nucleicos DNA RNA
 
Ovogênese
Ovogênese Ovogênese
Ovogênese
 
Mutações
MutaçõesMutações
Mutações
 
Código genético
Código genéticoCódigo genético
Código genético
 

Destaque

Replicação dna marília
Replicação dna   maríliaReplicação dna   marília
Replicação dna maríliaIaraChaves12345
 
Aula3 Replicacao
Aula3  ReplicacaoAula3  Replicacao
Aula3 Replicacaosarabr
 
DNA -estrutura e função
DNA -estrutura e funçãoDNA -estrutura e função
DNA -estrutura e funçãoIsabel Lopes
 
Aula estrutura e_replicacao_do_dna_christian
Aula estrutura e_replicacao_do_dna_christianAula estrutura e_replicacao_do_dna_christian
Aula estrutura e_replicacao_do_dna_christianAndressa Souza
 
Biologia 11 replicação do dna
Biologia 11   replicação do dnaBiologia 11   replicação do dna
Biologia 11 replicação do dnaNuno Correia
 
Aula dna
Aula dnaAula dna
Aula dnaletyap
 
Aula 11 - Ácidos nucleicos - DNA e RNA
Aula 11 - Ácidos nucleicos - DNA e RNAAula 11 - Ácidos nucleicos - DNA e RNA
Aula 11 - Ácidos nucleicos - DNA e RNAFernando Mori Miyazawa
 
Symmetry Elements and Operations ppt
Symmetry Elements and Operations  pptSymmetry Elements and Operations  ppt
Symmetry Elements and Operations pptsourabh muktibodh
 
Academic writing task 1
Academic writing task 1Academic writing task 1
Academic writing task 1Suman Poudel
 
CrossFit - Guia de Treinamento
CrossFit - Guia de TreinamentoCrossFit - Guia de Treinamento
CrossFit - Guia de TreinamentoFernando Farias
 
Promissory Note & Bill of Exchange
Promissory Note & Bill of ExchangePromissory Note & Bill of Exchange
Promissory Note & Bill of ExchangeSyed Shah
 
Thyroid nodule ATA guideline 2016
Thyroid nodule ATA guideline 2016Thyroid nodule ATA guideline 2016
Thyroid nodule ATA guideline 2016Syed Mogni
 

Destaque (20)

Replicação do dna
Replicação do dnaReplicação do dna
Replicação do dna
 
ReplicaçãO Do Dna
ReplicaçãO Do DnaReplicaçãO Do Dna
ReplicaçãO Do Dna
 
Replicação dna marília
Replicação dna   maríliaReplicação dna   marília
Replicação dna marília
 
Estrutura do dna
Estrutura do dnaEstrutura do dna
Estrutura do dna
 
Aula3 Replicacao
Aula3  ReplicacaoAula3  Replicacao
Aula3 Replicacao
 
DNA
DNADNA
DNA
 
DNA -estrutura e função
DNA -estrutura e funçãoDNA -estrutura e função
DNA -estrutura e função
 
Aula estrutura e_replicacao_do_dna_christian
Aula estrutura e_replicacao_do_dna_christianAula estrutura e_replicacao_do_dna_christian
Aula estrutura e_replicacao_do_dna_christian
 
Biologia 11 replicação do dna
Biologia 11   replicação do dnaBiologia 11   replicação do dna
Biologia 11 replicação do dna
 
Dna
DnaDna
Dna
 
Aula dna
Aula dnaAula dna
Aula dna
 
Aula 11 - Ácidos nucleicos - DNA e RNA
Aula 11 - Ácidos nucleicos - DNA e RNAAula 11 - Ácidos nucleicos - DNA e RNA
Aula 11 - Ácidos nucleicos - DNA e RNA
 
Writers group poetry
Writers group poetryWriters group poetry
Writers group poetry
 
Symmetry Elements and Operations ppt
Symmetry Elements and Operations  pptSymmetry Elements and Operations  ppt
Symmetry Elements and Operations ppt
 
Academic writing task 1
Academic writing task 1Academic writing task 1
Academic writing task 1
 
Porter's Diamond theory
Porter's Diamond theoryPorter's Diamond theory
Porter's Diamond theory
 
Balfour v balfour
Balfour v balfourBalfour v balfour
Balfour v balfour
 
CrossFit - Guia de Treinamento
CrossFit - Guia de TreinamentoCrossFit - Guia de Treinamento
CrossFit - Guia de Treinamento
 
Promissory Note & Bill of Exchange
Promissory Note & Bill of ExchangePromissory Note & Bill of Exchange
Promissory Note & Bill of Exchange
 
Thyroid nodule ATA guideline 2016
Thyroid nodule ATA guideline 2016Thyroid nodule ATA guideline 2016
Thyroid nodule ATA guideline 2016
 

Semelhante a DNA Replicação Processo

Replicação do dna
Replicação do dnaReplicação do dna
Replicação do dnaraynnaria
 
Biologia Molecular e Celular - Aula 10
Biologia Molecular e Celular - Aula 10Biologia Molecular e Celular - Aula 10
Biologia Molecular e Celular - Aula 10Gustavo Maia
 
Replicação, transcrição e tradução da informação genética.pdf
Replicação, transcrição e tradução da informação genética.pdfReplicação, transcrição e tradução da informação genética.pdf
Replicação, transcrição e tradução da informação genética.pdfEveraldo29
 
AULA 3 _2018-2_Replicação do DNA apresentação.pdf
AULA 3 _2018-2_Replicação do DNA apresentação.pdfAULA 3 _2018-2_Replicação do DNA apresentação.pdf
AULA 3 _2018-2_Replicação do DNA apresentação.pdfNataliaVelasquez34
 
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º anoCrescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º anoAna Mestre
 
O material genético e a sua duplicação
O material genético e a sua duplicaçãoO material genético e a sua duplicação
O material genético e a sua duplicaçãohilzeth
 
áCidos nucleicos
áCidos nucleicosáCidos nucleicos
áCidos nucleicosbioxana7
 
Resumo da materia_de_biologia_do_11oano
Resumo da materia_de_biologia_do_11oanoResumo da materia_de_biologia_do_11oano
Resumo da materia_de_biologia_do_11oanosilvia_lfr
 
Crescimento e renovação_celular
Crescimento e renovação_celularCrescimento e renovação_celular
Crescimento e renovação_celularsilvia_lfr
 
ácidos nucléicos
ácidos nucléicosácidos nucléicos
ácidos nucléicosYuri Almeida
 
Biologia Molecular e Celular - Aula 3
Biologia Molecular e Celular - Aula 3Biologia Molecular e Celular - Aula 3
Biologia Molecular e Celular - Aula 3Gustavo Maia
 
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRADESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRADMARCIAMP
 
Aula5 dna duplicação
Aula5  dna duplicaçãoAula5  dna duplicação
Aula5 dna duplicaçãoAdila Trubat
 
Biologia Celular: Dogma Central de Biologia
Biologia Celular: Dogma Central de BiologiaBiologia Celular: Dogma Central de Biologia
Biologia Celular: Dogma Central de Biologianatboy51
 

Semelhante a DNA Replicação Processo (20)

Replicação do dna
Replicação do dnaReplicação do dna
Replicação do dna
 
Biologia Molecular e Celular - Aula 10
Biologia Molecular e Celular - Aula 10Biologia Molecular e Celular - Aula 10
Biologia Molecular e Celular - Aula 10
 
ácidos nucleicos
ácidos nucleicosácidos nucleicos
ácidos nucleicos
 
Biologia aula 04 ácidos nucleicos
Biologia aula 04   ácidos nucleicosBiologia aula 04   ácidos nucleicos
Biologia aula 04 ácidos nucleicos
 
Replicação, transcrição e tradução da informação genética.pdf
Replicação, transcrição e tradução da informação genética.pdfReplicação, transcrição e tradução da informação genética.pdf
Replicação, transcrição e tradução da informação genética.pdf
 
AULA 3 _2018-2_Replicação do DNA apresentação.pdf
AULA 3 _2018-2_Replicação do DNA apresentação.pdfAULA 3 _2018-2_Replicação do DNA apresentação.pdf
AULA 3 _2018-2_Replicação do DNA apresentação.pdf
 
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º anoCrescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
 
O material genético e a sua duplicação
O material genético e a sua duplicaçãoO material genético e a sua duplicação
O material genético e a sua duplicação
 
áCidos nucleicos
áCidos nucleicosáCidos nucleicos
áCidos nucleicos
 
Resumo da materia_de_biologia_do_11oano
Resumo da materia_de_biologia_do_11oanoResumo da materia_de_biologia_do_11oano
Resumo da materia_de_biologia_do_11oano
 
Crescimento e renovação_celular
Crescimento e renovação_celularCrescimento e renovação_celular
Crescimento e renovação_celular
 
ácidos nucléicos
ácidos nucléicosácidos nucléicos
ácidos nucléicos
 
Jjj
JjjJjj
Jjj
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
Biologia Molecular e Celular - Aula 3
Biologia Molecular e Celular - Aula 3Biologia Molecular e Celular - Aula 3
Biologia Molecular e Celular - Aula 3
 
Dna e rna (1)
Dna e rna (1)Dna e rna (1)
Dna e rna (1)
 
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRADESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
 
Transcrição gênica
Transcrição gênicaTranscrição gênica
Transcrição gênica
 
Aula5 dna duplicação
Aula5  dna duplicaçãoAula5  dna duplicação
Aula5 dna duplicação
 
Biologia Celular: Dogma Central de Biologia
Biologia Celular: Dogma Central de BiologiaBiologia Celular: Dogma Central de Biologia
Biologia Celular: Dogma Central de Biologia
 

Mais de Priscila Rodrigues

Mutações e sistema de reparo do DNA
Mutações e sistema de reparo do DNAMutações e sistema de reparo do DNA
Mutações e sistema de reparo do DNAPriscila Rodrigues
 
Divisão celular e alterações dos cromossomos
Divisão celular e alterações dos cromossomosDivisão celular e alterações dos cromossomos
Divisão celular e alterações dos cromossomosPriscila Rodrigues
 
Regulação da expressão gênica em procariotos e eucariotos
Regulação da expressão gênica em procariotos e  eucariotosRegulação da expressão gênica em procariotos e  eucariotos
Regulação da expressão gênica em procariotos e eucariotosPriscila Rodrigues
 
Transcrição e processamento do pré-mRNA
Transcrição e processamento do  pré-mRNATranscrição e processamento do  pré-mRNA
Transcrição e processamento do pré-mRNAPriscila Rodrigues
 

Mais de Priscila Rodrigues (8)

Hereditariedade
HereditariedadeHereditariedade
Hereditariedade
 
Mutações e sistema de reparo do DNA
Mutações e sistema de reparo do DNAMutações e sistema de reparo do DNA
Mutações e sistema de reparo do DNA
 
Processamento do pré-mRNA
Processamento do pré-mRNA Processamento do pré-mRNA
Processamento do pré-mRNA
 
Divisão celular e alterações dos cromossomos
Divisão celular e alterações dos cromossomosDivisão celular e alterações dos cromossomos
Divisão celular e alterações dos cromossomos
 
Grupos sanguíneos
Grupos sanguíneosGrupos sanguíneos
Grupos sanguíneos
 
Regulação da expressão gênica em procariotos e eucariotos
Regulação da expressão gênica em procariotos e  eucariotosRegulação da expressão gênica em procariotos e  eucariotos
Regulação da expressão gênica em procariotos e eucariotos
 
Transcrição e processamento do pré-mRNA
Transcrição e processamento do  pré-mRNATranscrição e processamento do  pré-mRNA
Transcrição e processamento do pré-mRNA
 
Epigenética e câncer
Epigenética e câncerEpigenética e câncer
Epigenética e câncer
 

DNA Replicação Processo

  • 1. Replicação do DNA “O que não dá prazer não dá proveito. Em resumo, senhor, estude apenas o que lhe agradar.” William Shakespeare 1
  • 2. Replicação: ação ou processo de duplicação ou reprodução. Uma entidade original dá origem a cópias com propriedades semelhantes. Ocorre na fase S da interfase Replicação semiconservativa Como os dois filamentos de nucleotídeos em uma molécula de DNA são complementares (adenina com timina; guanina com citosina), durante a replicação, cada filamento pode servir como molde para a síntese de um novo filamento. Cada um dos filamentos originais permanece intacto (conservados), apesar de não estarem mais combinado na mesma molécula. Assim, durante um evento de duplicação são produzidas duas moléculas novas de DNA, cada uma delas consistindo de uma fita “velha” (do duplex original) e uma “nova” (recém-sintetizada) . Replicação em eucariotos Etapas: iniciação, alongamento e término Iniciação: 1- Proteínas iniciadoras se ligam à única origem de replicação (oriC) e fazem com que um curto trecho de DNA se deselicoidize. 2
  • 3. 2- A deselicoidização do curto trecho de DNA permite que Helicases( quebram pontes de hidrogênio entre as bases das duas fitas de DNA deselicoidização) e SSBs(estabiliza os filamentos separados de DNA, evitando sua reelicoidização) se liguem aos filamentos separdos do DNA. A DNA girase diminui a força torcional(resultado da deselicoidização), fazendo e fechando cortes na dupla-hélice do DNA. Alongamento -Síntese do DNA a partir da DNA polimerase III. As DNA polimerases (enzimas que sintetizam DNA) precisam de um nucleotídeo com um grupo 3’OH ao qual um novo nucleotídeo possa ser adicionado. Ou seja, as DNA polimerases adicionam apenas nucleoítideos à ponta 3’-OH do filamento em crescimento. 3
  • 4. Por isso, há a necessidade de iniciadores (primers) para começar a síntese da nova fita de DNA a partir da fita molde: -uma enzima chamada primase sintetiza um trecho de nucleotídeos de RNA (primers) que fornece um grupo 3’-OH ao qual a DNA polimerase III possa adicionar nucleotídeos. Assim, a DNA polimerase III inicia a síntese de DNA adicionando nucleotídeos à ponta 3’-OH do pimer e do filamento em crescimento na direção 5’3’. À medida que o DNA se desenrola, uma fita molde é exposta no sentido 5’3’ e a outra fita é exposta no sentido 3’5’, devido à polaridade inversa das fitas (lembra-se?). Então... ... se a DNA polimerase possui somente uma atividade no sentido 5’ -> 3’ da fita de DNA como é possível haver replicação nas duas fitas do DNA em um mesmo sentido? Resposta: Um filamento é sintetizado continuamente(replicação contínua) e outro descontinuamente(replicação descontínua). Na replicação contínua, o novo filamento é chamado de filamento leading. Na replicação descontínua são produzidos curtos fragmentos curtos de DNA chamados fragmentos de Okazaki. Cada fragmento de Okazaki terá um primer e o filamento formado pela união dos fragmentos de Okazaki é chamado de filamento "lagging” Quando a DNA pol III encontra o primer seguinte ela pára e a DNA polimerase I remove os primers dos filamentos sintetizados e os substitui por nucleotídeos de DNA. Possui função de polimerase5’3’(síntese de DNA) e de exonuclease 3’5’( remoção de nucleotídeos para correção de erros). O grupo 3’-OH do último nucleotídeo adicionado pela DNA pol I não é ligado ao grupo 5’-fosfato do primeiro nucleotídeo adicionado pela DNA pol III. A DNA ligase une esses nucleotídeos por catalisar uma ligação fosfodiéster entre eles. 4
  • 5. Término Em algumas moléculas de DNA , a replicação é terminada sempre em que se encontram 2 forquilhas de replicação. Em outras, proteínas de término TUS ligam-se às sequências específicas de término, bloqueando o movimento da Helicase, parando a forquilha de replicação. OBS: Cada forquilha de replicação ativa requer cinco componentes básicos: -Helicases, para desenrolar o DNA -proteínas SSBs, para manter os filamentos nucleotídicos separados para permitir a replicação -A topoisomerase girase, para remover a força frente à forquilha de replicação -primase, para sintetizar primers -DNA polimerase para sintetizar os filamentos leading e legging Replicação em eucariotos O DNA de eucariotos possui várias origens de replicação. Essas origens de replicação são reconhecidas por um complexo multiproteína chamado ORC ( complexo de reconhecimento de origem). A presença de ORC na origem serve para recrutar outras duas proteínas, Cdc6 e Cdt1. Ambas a as proteínas mais o ORC recrutam a helicase replicativa, chamada de complexo MCM e juntos formam um complexo pré-replicação( pré-RC). 5
  • 6. Fatores de permissão de replicação (RLFs) se ligam ao pré-RC, para permitir a replicação do DNA. Daí, duas proteínas quinases(aquelas que fosforilam!) atuam sobre pre-RC, sendo uma delas a cyclin B-CDK. Fosforilação pela cyclin B-CDK causa: • Desligamento de Cdc6p do complexo • Dissociação de algumas proteínas MCM (RFLs) • Ativação de Cdc7p-Dbf4p que fosforila o complexo MCM. A fosforilação do complexo MCM coloca a célula em estágio S. Ocorre então a deselicoidização de um trecho curto de DNA e recrutamento de proteínas necessárias paras síntese de DNA, como por exemplo, a DNA v polimerase. A replicação eucariótica também possui helicases,proteínas de ligação unifilamentar e topoisomerases. Essas enzimas funcionam na deselicoidização do DNA eucariótico mais ou menos do mesmo modo que nos procariotos. Ocorre replicação contínua e descontínua com produção de primers no iníco de cada filamento. As células eucarióticas possuem vários tipos de DNA polimerases que participam na replicação, combinação e reparo do DNA. DNA pol Função Sintetiza primer seguido de um trecho curto de DNA Reparo do DNA 6
  • 7. Replicação do DNA mitocondrial Replicação do DNA nuclear (fita contínua) Desconhecido. Provavelmente reparo e replicação do DNA Uma vez que um primer, na ponta do cromossomo, tenha sido removido, ele não pode ser substituído porque não há um trecho adjacente de DNA replicado para fornecer um grupo 3’-OH para a adição de nucleotídeos de DNA pela polimerase. Isso produz um espaço na ponta do cromossomo, sugerindo que o cromossomo deva se tornar progressivamente mais curto a cada rodada de replicação. A enzima telomerase é a responsável pela replicação das pontas dos cromossomos (telômeros). Os telômeros possuem muitas cópias de uma sequência rica em G repetida. A telomerase(composta por RNA e ptns) párea com a sequência curta e repetida do telômero e fornece um molde para a síntese de cópias dessas repetições do telômero. A telomerase move-se no DNA e mais repetições são sintetizados no telõmero. Após isso, pode ocorrer replicação convencional com a produção de primer de RNA na ponta 5’ do molde ampliado ou a ponta do molde ampliado pode dobrar-se sobre si mesma, formando uma alçaterminal por pareamento não convencional de bases.Essa alça pode fornecer um grupo 3’-OH para a ligação de nucleotídeos de DNA. 7
  • 8. . Resumindo e Comparando: A replicação do DNA, tanto em procariontes como em eucariontes, usa um mecanismo semiconservativo e emprega a síntese de filamentos de replicação contínua e descontínua. As diferenças mais óbvias são que os eucariontes têm: 1) múltiplas origens de replicação,; 2) mais tipos de DNA plomerases, com funções diferentes; e 3) montagem de nucleossomos logo após a replicação do DNA. 8