Roi Por Onde Anda V97

698 visualizações

Publicada em

Na grande maioria dos casos, ROI refere-se ao impacto trazido aos negócios. Embora se busque a padronização de métricas, varia conforme o objetivo traçado. Mais imporante é lembrar que o ROI deve ser garantido em cada etapa de desenvolvimento de um projeto.

Publicada em: Negócios
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
698
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Roi Por Onde Anda V97

  1. 1. ROI Por onde anda, em tempos de web 2.0.
  2. 3. ADVERTÊNCIA: Esta apresentação não contém jabás.
  3. 4. O que é Retorno no Investimento?
  4. 5. ROI é o resultado de um processo que gera impacto nos negócios . ROI Dinheiro Investido Dinheiro Gasto Dinheiro investido
  5. 6. Monitoramento Mensuração Observação; acompanhamento; “Quantificação”; números análise R.O.I Resultados ($$$) para os negócios. Passo 1 Passo 3 Passo 2
  6. 7. OBS: Embora se busque a padronização de métricas, a mostragem de ROI varia conforme o objetivo de cada ação.
  7. 8. Problema Análise/Planejamento Ação Reposicionamento Mensuração ROI ROI é resultado de um processo. Ainda não é Retorno no Investimento. Baseado no artigo Basics of Social Media ROI – Oliver Blanchard.
  8. 9. Sobre o processo: 1 – A Negociação Não espere luz em ambientes sombrios. Projeto que começa errado tem grandes chances de dar errado (para agência e para cliente).
  9. 10. Sobre o processo: 2 – O Problema (a demanda) Vá a campo. Vivencie o negócio. Entenda como você pode ajudar o cliente.
  10. 11. Tenha um plano. Específico para curto, médio e longo prazos. Sobre o processo: 3 – Análise e Planejamento
  11. 12. Sobre o processo: 3 – Análise e Planejamento <ul><li>Atenção para ferramentas e processos que podem servir de embasamento: </li></ul><ul><li>Web Analytics </li></ul><ul><li>(Visualizações de páginas; visitas; tempo de permanência; “taxa de rejeição; visitantes únicos - e absolutos; localização etc) </li></ul><ul><li>Estude o projeto anterior; determine as metas de conversões. </li></ul>
  12. 13. Sobre o processo: 3 – Análise e Planejamento <ul><li>Atenção para ferramentas e processos que podem servir de embasamento: </li></ul><ul><li>Entrevistas/Grupos Focais; </li></ul><ul><li>Card Sorting; </li></ul><ul><li>Testes A/B (G. Optimizer); </li></ul><ul><li>Testes de Usabilidade; </li></ul><ul><li>Segmente o conteúdo (seja relevante); </li></ul>A valorização do usuário (enfoque na experiência) favorece as conversões e evita o “retrabalho” (dinheiro economizado é dinheiro ganho).
  13. 14. SEM 80% dos usuários no Brasil usam o Google; Marcas ausentes tem 16% menos chances de serem lembradas pelos consumidores; Há um aumento de 7% da intenção de compra quando são trabalhadas a busca orgânica e os links patrocinados simultaneamente. Direcione audiência relevante. Produza para buscadores desde o início do projeto. Sobre o processo: 3 – Análise e Planejamento `v Links Patrocinados Busca Orgânica (SEO)
  14. 15. Sobre o processo: 3 – Análise e Planejamento <ul><li>Redes Sociais </li></ul><ul><li>Observação do cenário; </li></ul><ul><li>Perfil de público alvo; </li></ul><ul><li>Análise de conteúdo; </li></ul><ul><li>Mensure o cenário atual para criar parâmetros </li></ul><ul><li>(SNA – Social Network Analysis; softwares; aplicativos etc) </li></ul><ul><li>Planeje a ação (Mais serviço, menos hype) </li></ul>
  15. 16. Sobre o processo: 4 – A Ação Profissional motivado trabalha mais e melhor. A equipe deve buscar o melhor, dentro do possível. Tenha segurança para agir. Atenção às metas de conversão.
  16. 17. Sobre o processo: 5 – Reposicionamento Nada é tão ruim que não possa piorar ou tão bom que não possa melhorar. O reposicionamento deve ser constante. Atenção para as landing pages.
  17. 18. Sobre o processo: 6 – Mensure <ul><li>Para sites: </li></ul><ul><li>Web Analytics; </li></ul><ul><li>Volume de Buscas (G. Insights ou Trends); </li></ul><ul><li>Favoritos; </li></ul><ul><li>RSS; </li></ul>
  18. 19. Sobre o processo: 6 – Mensure <ul><li>Para Redes Sociais: : </li></ul><ul><li>Volume de buzz criado pelo público em torno de uma marca com base no número de posts </li></ul><ul><li>Volume de buzz gerado com base no número de impressões; </li></ul><ul><li>Mudança no buzz ao longo do tempo; </li></ul><ul><li>Buzz por hora do dia / parte do dia; </li></ul><ul><li>Sazonalidade do buzz; </li></ul><ul><li>Competição com outros assuntos em alta; </li></ul><ul><li>Buzz por categoria / tema / tópico; </li></ul><ul><li>Buzz por rede social (fóruns, redes sociais, blogs, Twitter, etc); </li></ul><ul><li>Buzz por etapa de compra (por exemplo, pesquisando vs. concluir transação vs. pós-compra); </li></ul><ul><li>Populariadade ativa (por exemplo, se vários vídeos estão disponíveis para incorporar, qual é usado mais?); </li></ul><ul><li>Impacto na mídia tradicional; </li></ul><ul><li>Fãs; </li></ul><ul><li>Followers; </li></ul><ul><li>Amigos; </li></ul><ul><li>Taxa de crescimento dos fãs, seguidores e amigos; </li></ul><ul><li>Taxa de vitalidade; </li></ul><ul><li>Alteração nas taxas de vitalidade ao longo do tempo; </li></ul><ul><li>Abrangência ou alcance de segundo grau (conexões para os fãs, seguidores e amigos expostos – por pessoas ou impressões); </li></ul><ul><li>Incorporações e replicações do conteúdo; </li></ul><ul><li>Downloads; </li></ul><ul><li>Uploads; </li></ul><ul><li>Visualização iniciada pelos usuários (ex.: para vídeos); </li></ul><ul><li>Taxa de players ou favoriting; </li></ul><ul><li>Likes / Favoritos; </li></ul><ul><li>Comentários; </li></ul><ul><li>Avaliações; </li></ul><ul><li>Social bookmarks; </li></ul>100 Ways to Measure Social Media – David Berkowitz
  19. 20. Sobre o processo: 6 – Mensure <ul><li>Para Redes Sociais : : </li></ul><ul><li>Freqüência de interações sociais por consumidor; </li></ul><ul><li>Porcentagem de vídeos visualizados; </li></ul><ul><li>Pesquisas realizadas / votos recebidos; </li></ul><ul><li>Associação de Marca; </li></ul><ul><li>Número de usuários geradas a partir das contribuições recebidas; </li></ul><ul><li>Exposições de gifs; Número de gifs compartilhados; </li></ul><ul><li>Popularidade relativa de conteúdo; </li></ul><ul><li>Tags agregadas; </li></ul><ul><li>Atributos de tags (por exemplo, qual a percepção que tem da própria marca); </li></ul><ul><li>Inscrições de usuários em aplicativos de redes sociais (por exemplo, o Facebook Connect, Twitter OAuth); </li></ul><ul><li>  Inscrições pelo canal (por exemplo, Web, aplicativo para desktop, aplicações móveis, SMS, etc); </li></ul><ul><li>  Debater ou contestar o assunto; </li></ul><ul><li>  Número de participantes da sala de bate-papo;   </li></ul><ul><li>Contribuintes Wiki;  Impacto do Marketing ou Eventos ofline nos programas de Marketing Social ou no Buzz gerado; </li></ul><ul><li>  Conteúdo gerado pelo usuário que pode ser usado pelo comerciante em outros canais;   </li></ul><ul><li>Clientes atendidos; </li></ul><ul><li>  Proteção ou Preservação por cliente assistido através da s interações diretas na mídia social comparado com outros canais;   </li></ul><ul><li>  Impacto na resolução do primeiro contato; </li></ul><ul><li>  A satisfação do cliente; </li></ul><ul><li>  Volume de feedback gerado pelos clientes; </li></ul><ul><li>  Pesquisar e desenvolver tempo baseado no feedback advindo das mídias sociais;   </li></ul>100 Ways to Measure Social Media – David Berkowitz
  20. 21. Sobre o processo: 6 – Mensure <ul><li>Para Redes Sociais : : </li></ul><ul><li>Sugestões implementadas a partir do feedback social;   </li></ul><ul><li>Taxa de desconto de resgate; </li></ul><ul><li>  Impacto sobre o comportamento offline;   </li></ul><ul><li>Lideranças geradas;   </li></ul><ul><li>Produtos analisados;   </li></ul><ul><li>Visits to store locator pages; </li></ul><ul><li>  Conversão de mudanças devido à classificação do usuário, opiniões;   </li></ul><ul><li>Taxa de retenção do clientes/visitante; </li></ul><ul><li>  Impacto sobre o valor da vida do cliente; </li></ul><ul><li>  Aquisição do cliente / retenção de custos através da mídia social;   </li></ul><ul><li>Variação na quota de mercado;   </li></ul><ul><li>Ganhos do impacto da mídia social sobre os resultados da mídia paga; </li></ul><ul><li>  Respostas para os eventos socialmente postados; </li></ul><ul><li>  Presença em eventos gerados pelas pessoas;   </li></ul><ul><li>Alcance dos funcionários ( para programas internos); </li></ul><ul><li>  Aplicações de trabalhos recebidos. </li></ul>100 Ways to Measure Social Media – David Berkowitz
  21. 22. Sobre o processo: 6 – Mensure Monetização de uma Rede Social - O Desafio <ul><li>A Tentativa: </li></ul><ul><li>R$ 321 milhões – gerados na internet; </li></ul><ul><li>R$ 50 milhões – gerado por usuário; </li></ul><ul><li>Cada um valeria – R$ 13 por ano, aproximadamente. </li></ul><ul><li>Comunidades – 20% do navegado (considerando somente o uso domiciliar) 20% de R$ 13 – R$ 2.60 por cada usuário de comunidade, desconsiderando que os formadores de opinião teriam peso diferente . </li></ul><ul><li>Multiplicando R$ 2.60 pelos membros, teria-se o valor de uma comunicade . </li></ul><ul><li>Problema 1: </li></ul><ul><li>O valor de uma comunidade é dado pelo capital social gerado = interação; percepção dos outros sobre a marca; confiança etc. </li></ul><ul><li>Solução: R$ 2.60 (valor da comunidade) x capital social </li></ul><ul><li>Problema 2 : Mas, como se mede o capital social? </li></ul><ul><li>Capital Social não se compra; não se troca; se constrói. </li></ul>Marcelo Coutinho - IBOPE
  22. 23. Sobre o processo: 6 – Mensure Nem tudo o que pode ser medido é importante e nem tudo que é importante pode ser medido. (Ainda.) A. Einstein 100 Ways to Measure Social Media – David Berkowitz
  23. 24. Sobre o processo: 7 – ROI Ganhos Reais (conversões) Dinheiro Gasto (investimento) Investimento (+ Dinheiro Economizado)
  24. 25. Obrigada! E vida longa à comunidade Webminas! Priscila Cunha [email_address] Twitter: priscilaccunha

×