CARNE DE CAVALO
SUSPEITAS DE CONTAMINAÇÃO COM
MEDICAMENTOS
Anti-inflamatório no tratamento de carne de cavalo
DROGA FENILBUTAZONA
 No Reino Unido fizeram-se análises para detetar a
existência de produtos de contaminação da carne de...
INSPEÇÃO E CONTROLO ALIMENTAR
 A agência britânica (Foods Standards
Agency)ordenou que fossem realizadas análises
para de...
FINDUS FORA DAS PRATELEIRAS
 Em França foram detetados casos com
características diferentes, pelo que já não é só a
event...
CONTAMINAÇÃO FECAL
A carne picada vendida em talhos e analisada no
estudo da revista ‘Proteste’, da Associação de
Defesa d...
CONTAMINAÇÃO NO ABATE
No momento do abate do animal, no
matadouro, pode ocorrer a contaminação
microbiológica. Quando o an...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lasanhas de cavalo suspeitas de contaminação com medicamento

226 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
226
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lasanhas de cavalo suspeitas de contaminação com medicamento

  1. 1. CARNE DE CAVALO SUSPEITAS DE CONTAMINAÇÃO COM MEDICAMENTOS Anti-inflamatório no tratamento de carne de cavalo
  2. 2. DROGA FENILBUTAZONA  No Reino Unido fizeram-se análises para detetar a existência de produtos de contaminação da carne de cavalo. Após a conclusão das análises foi detetado que continha a droga fenilbutazona mas que a mesma não representa grave prejuízo para a saúde pública.  A fenilbutazona é conhecida em alguns países por ser um anti- inflamatório, antipirético e analgésico mais propriamente butacifona. Esta droga é administrada a doentes com espondilite, anquilosante e também terá sido tomado por milhares de cavalos, de acordo com a informação de Dame Sally Davies.
  3. 3. INSPEÇÃO E CONTROLO ALIMENTAR  A agência britânica (Foods Standards Agency)ordenou que fossem realizadas análises para detetar a eventual presença desta droga nos cavalos, pois segundo as normas internacionais, não deve estar presente na cadeia alimentar.  Após serem efetuadas as análises à carne de cavalo em conjunto com a de vaca, foi detetada a presença desta droga, em lasanhas á venda em vários supermercados da cadeia alimentar de diversas marcas.
  4. 4. FINDUS FORA DAS PRATELEIRAS  Em França foram detetados casos com características diferentes, pelo que já não é só a eventual contaminação mas também a fraude económica. Foram detetados em vários produtos como exemplo” lasanha de vaca, almôndegas de bovino” a presença de carne de cavalo, que continha uma percentagem de fenilbutazona (entre 60 a 100 por cento). A marca sueca Findus, produzida pelos franceses da Cogimel, são os responsáveis pela introdução destes produtos na cadeia alimentar em diversos países como no Reino Unido e também na Suécia.
  5. 5. CONTAMINAÇÃO FECAL A carne picada vendida em talhos e analisada no estudo da revista ‘Proteste’, da Associação de Defesa do Consumidor – DECO – continha bactérias que revelam contaminação fecal e microrganismos que podem ser fatais, como E. Cóli, a salmonela e a listeria. O autor do estudo, afirmou que a contaminação fecal da carne pode ser reveladora de falta de higiene de quem manuseou a carne. Mas não só. A contaminação microbiológica pode ter ocorrido ao longo do processo de tratamento do alimento.
  6. 6. CONTAMINAÇÃO NO ABATE No momento do abate do animal, no matadouro, pode ocorrer a contaminação microbiológica. Quando o animal é morto terá havido escoamento do conteúdo do intestino para a carne, contaminando-a . A contaminação de carne picada vendida a granel leva as autoridades a desaconselhar o consumo. FIM Trabalho realizado por José João Lucília Santos Turma Efa J

×