O fruto do espírito

5.327 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.327
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.987
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
177
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O fruto do espírito

  1. 1. De onde vem o fruto?
  2. 2. Jesus Cristo: 1. Demonstrou amor dando sua vida pela humanidade (João 13:1); 2. Transmitiu alegria aos pobres, oprimidos e abatidos (Lc 4.18); 3. Deixou-nos sua Paz (Jo 14.27); 4. Foi paciente com seus discípulos e com as multidões que o seguiam (Mt 5.1); 5. Demonstrou sua bondade multiplicando pães e peixes, curando, libertando oprimidos (Lc 4.18); 6. Vemos sua benignidade quando Ele perdoou e amou até mesmo os que O crucificaram (Lc 23.24); 7. Foi fiel até a morte (Fl 2:8); 8. Ele era manso e humilde de coração (Mt 11.29); 9. Demonstrou domínio próprio sempre; Em tudo foi tentado, mas nunca pecou (Hb 4.15)
  3. 3. Por que tenho de frutificar? Porque é uma ordem de Cristo: “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.” João 15:16
  4. 4. Quem vencerá? (Gl 5:16-17) Fruto do Espírito Amor, Alegria, Paz, Longanimidade, Benignidade, Bondade, Fidelidade (Fé), Mansidão, Domínio Próprio. Obras da Carne adultério fornicação impureza lascívia Idolatria feitiçaria inimizades porfias emulações iras, pelejas dissensões heresias Invejas homicídios bebedices glutonarias
  5. 5. Se não deixarmos o Espírito Santo controlar nossa vida fatalmente a carne produzirá as obras dela em nós: adultério fornicação impureza lascívia Idolatria feitiçaria inimizades porfias emulações iras, pelejas dissensões heresias Invejas homicídios bebedices glutonarias
  6. 6. Conclusão • Não basta você dizer que é cristão, você precisa dar frutos. • Jesus libertou-o do pecado para que as obras da carne não dominem sua vida. • Todos os dias temos que escolher viver em liberdade e não na escravidão do pecado.

×