SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
ÍNDICE                                             1




CAPÍTULO 7º ____________________________________________________________ 2




UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA ________________________________________ 2




7.1 - Parque Tecnológico Uberaba __________________________________________ 2
CAPÍTULO 7º
                        UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA                                        2

                                     CAPÍTULO 7º
                             UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA
7.1 - Parque Tecnológico Uberaba

                                 Na Rota do Desenvolvimento

Cidade de médio porte com quase 300 mil habitantes, Uberaba pode mostrar resultados concretos
de melhorias em todas as áreas que obteve depois de 2005, quando adotou o desenvolvimento
como foco principal, unindo poder público e iniciativa privada em uma parceria de sucesso.
No centro do Brasil, no Estado de Minas Gerais e na região do Triângulo Mineiro. Uberaba
apresenta as condições privilegiadas que a habilitam para receber mais investimentos de quem
procura a associação entre qualidade de vida, economia em franco desenvolvimento e condições
diferenciadas para empresas inovadoras.
O Parque Tecnológico Uberaba é o espaço preparado para receber empresas de base
tecnológica, instituições de pesquisa e desenvolvimento, indústrias inovadoras, negócios
intensivos em conhecimento ou empreendimentos do novo paradigma da Sociedade em Rede.
Ao lado do Parque Tecnológico, o Setor Norte amplia este quadro oferecendo espaços industriais,
e para empresas de médio e grande porte, que buscam excelente localização geográfica em
relação as melhores mercados consumidores, logística de acessos e de transporte, facilidades do
Porto Seco, tudo a 15 minutos do aeroporto, dentro da área urbana, integrado com a avenida
principal da cidade e com áreas próximas disponíveis para moradia.
O Parque Tecnológico Uberaba
Empreendimento público, com parceria do setor privado, sendo o primeiro a ser implantado na
região. A proposta começa na área de 160 ha. do Município que foi desmembrada da Fazenda
Modelo e que está sendo preparada com infraestrutura e alta qualidade ambiental para instalação
de empresas e instituições inovadoras, de base tecnológica e intensivas em conhecimento.
O Parque se tornou viável depois da parceria do Município com a Embrapa e a EPAMIG em 2007,
para formação do seu Conselho Gestor. Como consequência, uma das prioridades do Parque é
apoiar as atividades de pesquisa em Biotecnologia para o Agronegócio, aplicados à agricultura e à
pecuária, e atrair empresas com foco em Biotecnologia os condomínios empresarias do projeto
Biotech. Outros setores importantes são o sucroalcooleiro, bioenergia, tecnologias da informação
e o moveleiro.
Dentre as novas estruturas do Parque, se destacam o Campus da UFTM que terá acesso pela
avenida principal e possui uma área com 50 ha. destinados, prioritariamente para instalação do
instituto e dos cursos de engenharia. Na Alameda das Barrigudas estão sendo implantados o
CITUR - Centro de Informações ao Turista e o CEA - Centro de Educação Ambiental, em parceria
com o Banco Mundial. Ao lado, serão implantados o Centro de Feiras e Convenções, uma área de
Hotel, Praça de Restaurantes, Centro Empresarial e o Centro Comercial com shopping
especializado em Tecnologia e Agronegócio.
Para apoio às atividades de promoção empresarial, de esporte e de lazer, foram implantados um
centro de eventos - o Centro Park, o Centro Olímpico com ginásio para 5 mil pessoas, áreas
esportivas com quadras de futebol, vôlei, peteca, pista de kart e pista de aeromodelismo.
No entorno do Parque Tecnológico Uberaba está o Setor Norte onde estão situadas indústrias e
empresas do Distrito Industrial de Uberaba I e II. Em fase de implantação, o Parque Empresarial e
o Distrito Industrial IV oferecem áreas para indústrias e empresas de bases tradicionais, não
poluentes, de pequeno a grande porte.
O Parque Tecnológico está no centro do processo de transformação de Uberaba em uma cidade
tecnológica, e espaço prioritário para a atração de projetos inovadores e novos investimentos. A
proposta busca a irradiação deste ambiente empresarial inovador por toda a região, associado à
ampliação do seu sistema de ciência e tecnologia e à estrutura de formação de profissionais
qualificados.
Os programas e serviços oferecidos pelo Parque Tecnológico Uberaba são destinados à
promoção empresarial, científico-tecnológica e da inovação, de modo a conferir competitividade,
acesso a mercado e reconhecimento internacional aos seus participantes. Seus objetivos estão
estruturados por uma rede de parceiros locais, estaduais e nacionais e são apoiados por políticas
públicas que lhe dão suporte, dentre elas o Fundo de Ciência, Tecnologia e Inovação.
CAPÍTULO 7º
                         UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA                                             3

Para atingir seus objetivos, o Parque Tecnológico foi planejado para ser um:
   Espaço empresarial de inovação - para instalação de empresas de base tecnológica, de pesquisa,
    intensivas em conhecimento e inovadoras;
   Espaço para ciência & tecnologia - para instalação de instituições de desenvolvimento cientifico e
    tecnológico;
   Espaço de sinergia e interação – um ambiente favorável à produção e intercâmbio do conhecimento,
    geradora de sinergia e cooperação empresarial;
   Espaço ecológico - espaço urbano exemplar na questão ambiental, com áreas verdes, de
    preservação, de esporte e de lazer integradas, programas de recuperação e de educação ambiental;
   Espaço aberto à cidade - servido de infraestrutura pública, espaços democráticos para a vivência e a
    prática da cidadania.
Os 1.600.300 m2 de áreas do Parque Tecnológico estão localizadas na avenida principal da
cidade, integradas a uma ampla área verde, a 15 minutos do aeroporto e com acesso direto à BR-
050, eixo norte sul que liga Brasília a São Paulo. As áreas do Parque Tecnológico Uberaba, para
empresas e instituições, estão localizadas ao longo da avenida principal e em condomínios.
O Parque Tecnológico Uberaba tem como âncoras de ciência e tecnologia a EMBRAPA, a
EPAMIG, a UFTM e a FAZU e como âncoras empresariais a CEMIG, a Consist e a Fundação
Triângulo de Pesquisa e Desenvolvimento, nas áreas de energia, TI e agronegócio
respectivamente.
Entre as vantagens do Parque Tecnológico, se destacam:
   Ser primeiro e único Parque Tecnológico da região;
   Infraestrutura pronta para receber investimentos;
   Abrigar o Campus da UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro;
   Alta qualidade ambiental com extensas áreas verdes que forma o Parque da Cidade, aberto a toda
    comunidade;
   Proximidade com o centro e total integração com a cidade pela sua avenida principal;
   Ser uma das entradas da cidade e dar acesso direto ao principal eixo rodoviário Norte-Sul, a BR-050;
   Oferta de áreas especiais para instalação de empresas de base tecnológica;
   Áreas exclusivas para instituições de pesquisa e desenvolvimento e novos laboratórios;
   Parcerias estratégicas com empresas de pesquisa agropecuária que são referência nacional e estadual:
    Embrapa e Epamig;
   Primeiras empresas instaladas na área de Energia e TI: Cemig e Consist.
Missão:        Integrar Tecnologia + Meio Ambiente + Cidade
Criar um ambiente inovador, de interação e de alta qualidade para a instalação e o
desenvolvimento de Empresas de Base Tecnológica – EBTs – e indústrias intensivas em
conhecimento - e de Instituições de Pesquisa e Desenvolvimento - IPDs, que proporcione
serviços, espaços e infraestrutura para o trabalho e o lazer de seus colaboradores, visando a
promoção competitiva e inserção regional, nacional e internacional de seus produtos e serviços.
Visão
Ser o centro do processo de inserção de Uberaba e da região no Paradigma da Sociedade do
Conhecimento, abrigando seus principais atores.
Objetivos
O Parque Tecnológico Uberaba tem como objetivos:
   A criação, instalação e desenvolvimento de empresas de base tecnológica e intensivas em
    conhecimento;
   O fomento à cultura empreendedora, à inovação e à sinergia entre os participantes do Parque e os
    sistemas de ciência e tecnologia;
   Promover a geração de emprego, postos de trabalho, renda e inclusão social para a população de
    Uberaba e de sua região;
   Promover a inovação em todos os domínios, visando o aumento da qualidade de vida da população, o
    desenvolvimento sustentado de Uberaba e a sua inserção competitiva na economia globalizada da
    Sociedade do Conhecimento;
   Promover a geração e aplicação de conhecimentos científicos e tecnológicos para resolver problemas
    sociais e agregar valor aos produtos de Uberaba, aos Arranjos Produtivos (APLs) e outras
    potencialidades de Uberaba e de sua região;
   Promover a capacidade de alianças das forças da sociedade organizada, com vistas a estruturar
    respostas eficazes aos desafios trazidos pela Sociedade do Conhecimento;
   Contribuir para a transformação de Uberaba em uma cidade da Sociedade do Conhecimento e para a
    interiorização do desenvolvimento;
CAPÍTULO 7º
                          UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA                                                      4

    Contribuir para a ampliação e aperfeiçoamento da capacidade de Uberaba quanto à produção de
     conhecimento científico e tecnológico e à utilização dessa capacidade para aperfeiçoar a produção de
     serviços em todos os campos de atividades.
Áreas Temáticas
Diversos tipos de empresas têm potencial para instalação no Parque Tecnológico devido à atual
economia diversificada de Uberaba e pela necessidade crescente por tecnologia e inovação para
as empresas instaladas e em fase de implantação na cidade, principalmente no Setor Norte.
Alguns setores têm destaque pela relação direta com os programas de desenvolvimento do
governo municipal e pela existência de setores organizados na forma de Pólo ou APL.
São elas:
    Agronegócio;
    Biotecnologia aplicada às áreas vegetal, animal, meio ambiente e saúde humana;
    Bioenergia, Sucroalcooleiro, Alcoolquímica;
    Energia e Energias Alternativas;
    Alimentos de proteína animal: carnes e derivados;
    Alimentos de proteína vegetal: grãos, vegetais e derivados;
    Química e fertilizantes fosfatados;
    Tecnologia da Informação e Comunicação;
    Cosméticos e farmoquímicos;
    Design para móveis, moda e web.
Gestão Focada em Parcerias e Resultados
O Parque Tecnológico Uberaba é um empreendimento que nasce da parceria entre o poder
público, a iniciativa privada e o terceiro setor, representado pelas instituições com fins não
lucrativos. Todos uniram esforços, planos e recursos para a sua implementação.
Desde abril de 2008, o Parque Tecnológico Uberaba foi regulamentado pela Lei Municipal nº
10.372 e passou a ser coordenado por um Conselho Gestor que reúne três esferas do setor
público: municipal, estadual e federal, através da Prefeitura de Uberaba, da EPAMIG – Empresa
de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais e da Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa
Agropecuária, respectivamente. A participação efetiva dos demais parceiros públicos e privados se
dá através do Comitê de Parceiros onde têm assento as empresas instaladas no Parque
Tecnológico.
Para completar seu modelo de gestão profissional, uma entidade de direito privado está sendo
habilitada para implementar os objetivos do Parque Tecnológico de forma sustentada pelo Fundo
de Ciência, Tecnologia e Inovação, criado para este fim. Para atuar com agente de
desenvolvimento, a Prefeitura de Uberaba criou e mantém um escritório para apoio à gestão, ao
planejamento e aos projetos do Parque
Tecnológico.                                                                Conceito da Tríplice Hélice que
                                                                            Conceito da Tríplice Hélice que
                                                                                apóia a geração de
                                                         Produtores de
                                                         Produtores de                  apóia a geração de
                                                  Conhecimento e de               Desenvolvimento Tecnológico no
                                                                            Desenvolvimento Tecnológico no
A Tríplice Hélice                                  Conhecimento e de
                                                       Tecnologia: :         Parque Tecnológico Uberaba
                                                                              Parque Tecnológico Uberaba
                                                        Tecnologia
A marca do Parque Tecnológico tem                Universidades, Centros
                                                  Universidades, Centros
sintonia com o conceito de tríplice hélice,           de Pesquisa e
                                                       de Pesquisa e
                                                    Desenvolvimento
                                                     Desenvolvimento
um conceito acadêmico de estudiosos
norte-americanos liderados pelo cientista
Etzkowitz, que entende que inovação
depende da hélice constituída pela                                                 Governo: Municipal,
                                                                                    Governo: Municipal,
Empresa, que promove a interação com o                                              Estadual e Federal.
                                                                                     Estadual e Federal.
                                                                                      Articuladores de
                                                                                       Articuladores de
Centro de Pesquisa, pela Universidade,              Empresas Inovadoras,
                                                     Empresas Inovadoras,           Políticas Publicas de
                                                                                     Políticas Publicas de
                                                     de base tecnológica e
                                                      de base tecnológica e        Apoio à Inovação e ao
que produz recursos humanos em sintonia                  Intensivas em
                                                          Intensivas em
                                                                                    Apoio à Inovação e ao
                                                                                    Empreendedorismo
                                                                                     Empreendedorismo
                                                        conhecimento e
com as vocações locais, e pelo Governo,                  conhecimento e
                                                   Investidores em Capital
                                                    Investidores em Capital
que deve ser participativo e ter estratégias          Semente e de Risco
                                                       Semente e de Risco
definidas.
A continuação do desenvolvimento do Parque Tecnológico de Uberaba está acontecendo pelo
trabalho integrado de três elementos fundamentais: o Governo, proponente inicial da idéia do
Parque e seu articulador, as empresas de pesquisa e desenvolvimento de Embrapa e Epamig e a
UFTM, como criadores de conhecimento de fonte de talentos humanos qualificados, e as
empresas que o Parque está buscando e ofertando seus espaços, serviços e facilidades para que
sejam parceiras e instalem suas unidades produtivas.
CAPÍTULO 7º
                         UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA                                                                            5

As facilidades, condições e infraestrutura que Uberaba oferece, os ativos de ciência-tecnologia-
inovação e a ampla rede de parceiros estratégicos, públicos e privados, que o apóiam fazem do
Parque Tecnológico Uberaba um endereço para empresas especiais e privilegiadas.

Setor Norte
O Parque Tecnológico e seu entorno formam o Setor Norte com áreas reservadas para a
implantação de empresas e empreendimentos que gerem desenvolvimento econômico para
Uberaba e região, abrangendo indústrias, atividades comerciais e de serviço.
Além do Parque Tecnológico Uberaba, o Setor Norte é formado por:
   Parque da Cidade – parceria entre Prefeitura de
    Uberaba, CODAU e Banco Mundial;
   Fazenda Experimental Getúlio Vargas – Epamig;                       Distrito Industrial IV    SETOR NORTE
                                                                                                   SETOR NORTE
                                                                         Distrito Industrial IV
   Centro Tecnológico do Triângulo e Alto Paranaíba –                                             A nova entrada da cidade pela BR
                                                                                                    A nova entrada da cidade pela BR
                                                                                                   050 dá acesso ao Setor Norte,
    Epamig;                                                                                         050 dá acesso ao Setor Norte,
                                                                                                   formado por:
                                                                                                    formado por:
   Centro de Pesquisas da ABCZ;
   Campus da UFTM;                                                                                 Parque Tecnológico
                                                                                                       Parque Tecnológico
   Campus da FAZU;                                                                                 Distrito Industrial I I
                                                                                                       Distrito Industrial
   Parque Empresarial;                                   Entrada
                                                           Entrada                                  Distrito Industrial II
                                                                                                       Distrito Industrial II
   Distrito Industrial I;                                                                          Distrito Industrial IV
                                                                                                       Distrito Industrial IV


                                                         BIOROTA 050
                                                                                                    Parque Empresarial.
    Distrito Industrial II;                               BIOROTA 050
                                                                                                       Parque Empresarial.

   Distrito Industrial IV (em projeto);
   Campus do CEFET (IFET);
   Pólo Moveleiro.

O Parque da Cidade
O aspecto ambiental da área do Parque Tecnológico e do Setor Norte foi valorizado com um
projeto especial, o Parque da Cidade. No planejamento urbano do Setor Norte, cerca de 230 ha.,
dos 766 ha. da Fazenda Modelo, foram identificados como espaços de preservação ambiental,
cobertos por maciços vegetais naturais (ou formados para pesquisas) e áreas verdes com
potencial para uso de atividades de lazer e esportivas abertas à comunidade. Estas áreas formam
parte do Parque da Cidade que está sendo iniciado por dois setores: Córrego das Lajes e
Alameda das Barrigudas.




               Setor Córregos das Lajes                    Alameda das Paineiras Barrigudas




Todas as áreas verdes formam um novo parque, o Parque da Cidade que começa no Parque
Tecnológico e se estende para as outras áreas de matas das áreas vizinhas, formando cerca de
300 ha. de mata contínua. A proposta inclui o plantio de 300 mil novas mudas de árvores nos
próximos cinco anos para que cada habitante da cidade possa ter uma árvore no Parque e
acompanhar seu desenvolvimento. Os recursos para a implantação da primeira etapa do Parque
da Cidade vêm de um projeto conjunto com o Banco Mundial e o CODAU, empresa de
CAPÍTULO 7º
                        UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA                                                           6

saneamento do município. A Área de Proteção Ambiental - APA Rio Uberaba começa dentro do
Parque Tecnológico, que também é vizinho do ponto de captação de água da cidade.

Infraestrutura de Apoio ao Desenvolvimento e Promoção Empresarial
O Parque Tecnológico Uberaba foi projetado para oferecer espaços diferenciados, serviços
inovadores e infraestrutura que facilite o desenvolvimento e sucesso das empresas e instituições
instaladas e dos seus clientes. Um amplo programa de atividades será instalado no Parque
Tecnológico com o objetivo de dinamizar as atividades empresariais na cidade, na região e até
com foco na internacionalização. Todas as infraestruturas estão projetadas de forma flexível para
atenderem as demandas e necessidades de todos os perfis de empresas, incluindo desde as
pequenas empresas incubadas até as grandes empresas nas áreas industriais do entorno do
Parque ou de qualquer ponto da região.

Expo Park
Um espaço multiuso está sendo projetado com infraestrutura para receber até 10 mil pessoas,
simultaneamente, em feiras, exposições, convenções e congressos. Amplos estacionamentos e
posição privilegiada permitem o seu uso intensivo, tanto para os habitantes da cidade, como para
os visitantes, por estar a 5 minutos de uma rodovia e a 15 minutos do aeroporto. A viabilidade se
dará pela concessão a um consórcio privado por um prazo compatível com o investimento.
   Centro de Convenções;
   Pavilhões de Feiras e Exposições;
   Hotel Executivo com Restaurante Panorâmico;
   Praça de Gastronomia.

Shopping de Tecnologia e de Agronegócio
O Parque reservou uma área para o setor comercial e de serviços que será a principal referência
para as compras de produtos tecnológicos para uso doméstico ou empresarial e para a busca de
soluções de suporte para estes. No Shopping de Tecnologia as empresas prestadoras de serviço
ou especializadas em comercialização destes produtos poderão ter sua loja e escritório de
representação nos prédios do Centro Empresarial anexo. As outras facilidades de uma área
comercial também estão previstas, recriando um pequeno centro de cidade onde se resolvem
todos os problemas de forma rápida e agradável. Assim, este setor tem espaço para agências
bancárias, farmácia, cabeleireiro, e outras atividades que precisamos no dia a dia.

Áreas para Instalações de Empresas

Centro Empresarial
O Parque Tecnológico será um ponto de encontro para as empresas e instituições. Para favorecer
esta sinergia, foi projetado o Centro Empresarial com três blocos, somando 15 mil m², planejado
para as empresas que preferem ter sua sede em prédios de alto nível e com todas as facilidades
de um programa de serviços compartilhados que incluem salas de reuniões, centro social para
eventos e serviços de informática, biblioteca, tecnológicos, financeiros e de assessoria.

Biotech




                                                                BIOTEC IIII
                                                                 BIOTEC
                                                     Condomínio de Empresas
                                                      Condomínio de Empresas
                                                            de Biotecnologia
                                                             de Biotecnologia

                                   BIOTEC 1
                                   BIOTEC 1
                                                                                 CONDOTEC
                                                                                  CONDOTEC
                                                                                 Condomínio de Empresas de
                                                                                  Condomínio de Empresas de
                                                                  BIOTEC I I
                                                                   BIOTEC        Tecnologia
                                                                                  Tecnologia
                                                      Condomínio de Empresas
                                                       Condomínio de Empresas
                                                             de Biotecnologia
                                                              de Biotecnologia
CAPÍTULO 7º
                          UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA                                             7

Nesta área de 9 ha. está localizado o centro histórico da Fazenda Experimental Getúlio Vargas,
implantado na década de 40, e que serve de base para o Centro Tecnológico da Epamig. Um
estudo para o melhor aproveitamento desta área indicou a sua transformação no projeto Biotech
com a ampliação das áreas para instalações de laboratórios públicos ou privados em parceria com
a Embrapa e a Epamig. Junto, está previsto um condomínio para 22 empresas com portaria de
controle de entrada e saída de veículos, uma área para realização de feiras e exposições
especializadas e relacionadas às atividades do agronegócio e de biotecnologia.




Uberaba, Pólo de Desenvolvimento Regional
Conhecida como cidade pioneira, berço da educação de toda a região, Uberaba associa tradição
com inovação, preservação ambiental com alta tecnologia. Agora, a cidade se abre para o mundo
da Sociedade do Conhecimento e implementa seus projetos para também ser conhecida como
pólo tecnológico, atrair investimento, empresas, indústrias e novos empreendimentos.
Uberaba está melhorando a base econômica da cidade com políticas públicas de apoio e ações
que resultam em:
 Melhoria da infraestrutura de suporte às empresas - com criação de novos espaços empresarias de
  alta qualidade ambiental - Ex: Parque Tecnológico, Parque Empresarial, Distrito Industrial IV e
  Minidistritos;
 Fortalecimento das empresas locais - micro, pequenas, médias e grandes empresas – com destaque
  para os setores organizados na forma de APLs ou Pólos;
 Atração de investimentos e de novas empresas - para setores estratégicos, dinamizando o ambiente
  empresarial;
 Melhoria do perfil dos profissionais locais - através do fortalecimento das bases da educação em
  todos os níveis;
 Ampla inclusão digital - focada em novas competências, no uso e na assimilação de novas tecnologias
  pelos profissionais;
 Incentivo à inovação e à modernização - do parque industrial e empresarial através da interação entre
  as instituições de pesquisa tecnológica e as demandas reais dos diversos setores da economia local e
  regional.

Para gerar mais riqueza ao município, o Parque Tecnológico Uberaba está priorizando a
instalação de empresas que ocupem os recursos humanos disponíveis e tirem proveito das
condições locais e regionais, tais como:
 Localização geográfica estratégica em relação aos principais mercados consumidores. Está no centro do
  país e em um raio de 500 km estão 60 milhões de consumidores;
 Setores empresariais organizados em sindicatos, associações e entidades de classe, Pólos e APLs;
 Produção de matéria-prima para o agronegócio e para a indústria;
 Uberaba está se tornando um pólo sucroalcooleiro e de produção de energias alternativas, vai receber um
  ramal do gasoduto e o alcoolduto, além de ser base de distribuição da Petrobras de combustíveis;
 Região com excelente infraestrutura: grande potencial hidroelétrico, servida por rodovias, ferrovias,
  transporte aéreo e por um porto seco alfandegário;
 Políticas públicas claras de apoio do poder municipal a diversos setores empresariais, com o apoio
  complementar dos governos estadual e federal;
 Parceria público-privada na superação de barreiras ao crescimento econômico;
 Recursos humanos cada vez mais qualificados para as áreas em crescimento no município.
CAPÍTULO 7º
                         UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA                                      8




A Gestão do Processo de Desenvolvimento
O Parque Tecnológico está em fase de fortalecimento de seus objetivos e metas para atender ao
propósito de contribuir para a aceleração do desenvolvimento tecnológico de Uberaba e da região.
Participa das estratégias do município de busca das soluções para a dinamização das cadeias
produtivas com potencial de crescimento e que também podem agregar valor e ganhar
competitividade com a adoção de inovações.
A gestão empreendedora associada a políticas públicas foi adotada como uma das estratégias do
Parque Tecnológico Uberaba, priorizando as ações de pró-atividades na identificação de
oportunidades para a cidade. Os resultados já obtidos demonstram que visão e ação estratégica
associadas podem mudar o ritmo de desenvolvimento de uma cidade de médio porte como
Uberaba. As qualidades locais também são fundamentais e formam a base onde as propostas
estão frutificando.
O Parque Tecnológico Uberaba adotou como visão que uma cidade tem que ser boa para viver e
sobreviver, com oportunidades de trabalho para sua massa produtora e empreendedora e
aumentar seus atributos como cidade do viver.

Conceito Mundial
Parques Tecnológicos — segundo definição da “International Association Of Science Parks – iasp”
— são organizações geridas por profissionais especializados, tendo como principal objetivo
aumentar a riqueza da comunidade, promovendo a cultura da inovação e competitividade das
empresas e instituições baseadas em conhecimento.
* A International Association of Science Parks – IASP conta hoje com mais de 320 associados,
envolvendo instituições dos mais variados tipos, entre as quais alguns grandes parques
tecnológicos, tanto em países desenvolvidos, quanto em desenvolvimento.
Exemplos de Parques no Mundo
      Parque de Stanford - Vale do Silício – Califórnia/EUA;
      Sophia Antipolis - Aix-en-Provence - Nice/França;
      Triangle – Dalaware/EUA;
      Taguspark – Lisboa/Portugal;
      Bangalore – Índia;
      Parques de Shangai, na China;
      Parques da Coréia do Sul.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Parque Tecnológico Uberaba

Parque Tecnológico de Marília
Parque Tecnológico de MaríliaParque Tecnológico de Marília
Parque Tecnológico de MaríliaElvis Fusco
 
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do EstadoO polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estadolossio
 
Portfólio Empresas UPTEC 2014
Portfólio Empresas UPTEC 2014Portfólio Empresas UPTEC 2014
Portfólio Empresas UPTEC 2014UPTEC
 
Apresentação Infobrasil 2014
Apresentação Infobrasil 2014Apresentação Infobrasil 2014
Apresentação Infobrasil 2014Gabriela Aires
 
comparativo parques tecnológicos
comparativo parques tecnológicoscomparativo parques tecnológicos
comparativo parques tecnológicosguest204869
 
Portfólio Empresas UPTEC 2013
Portfólio Empresas UPTEC 2013Portfólio Empresas UPTEC 2013
Portfólio Empresas UPTEC 2013UPTEC
 
Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto
Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do PortoParque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto
Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Portoencontrodenegocios
 
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...Rio Info
 
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas GeraisSecretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas GeraisFabricio Martins
 
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...Fabricio Martins
 
Projeto Estruturador - RIT
Projeto Estruturador - RITProjeto Estruturador - RIT
Projeto Estruturador - RIT6478769879685
 
Projeto Estruturador - RIT
Projeto Estruturador - RITProjeto Estruturador - RIT
Projeto Estruturador - RIT6478769879685
 
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão PretoIEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão PretoInstituto de Estudos Avançados - USP
 

Semelhante a Parque Tecnológico Uberaba (20)

Parque Tecnológico de Marília
Parque Tecnológico de MaríliaParque Tecnológico de Marília
Parque Tecnológico de Marília
 
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do EstadoO polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
O polo tecnológico de Florianópolis pelo Governo do Estado
 
Portfólio Empresas UPTEC 2014
Portfólio Empresas UPTEC 2014Portfólio Empresas UPTEC 2014
Portfólio Empresas UPTEC 2014
 
Apresentação Infobrasil 2014
Apresentação Infobrasil 2014Apresentação Infobrasil 2014
Apresentação Infobrasil 2014
 
comparativo parques tecnológicos
comparativo parques tecnológicoscomparativo parques tecnológicos
comparativo parques tecnológicos
 
Portfólio Empresas UPTEC 2013
Portfólio Empresas UPTEC 2013Portfólio Empresas UPTEC 2013
Portfólio Empresas UPTEC 2013
 
Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto
Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do PortoParque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto
Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto
 
Ambiente de inovação em minas gerais
Ambiente de inovação em minas geraisAmbiente de inovação em minas gerais
Ambiente de inovação em minas gerais
 
Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009
 
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
Perspectivas do Parque Científico e Tecnológico de Macaé-RJ - Palestrante: Ca...
 
Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09
 
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas GeraisSecretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
 
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
 
Projeto Estruturador - RIT
Projeto Estruturador - RITProjeto Estruturador - RIT
Projeto Estruturador - RIT
 
Projeto Estruturador - RIT
Projeto Estruturador - RITProjeto Estruturador - RIT
Projeto Estruturador - RIT
 
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão PretoIEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
 
Brasiltec 10 05
Brasiltec 10 05Brasiltec 10 05
Brasiltec 10 05
 
Brasiltec out/2005
Brasiltec out/2005Brasiltec out/2005
Brasiltec out/2005
 
Parque do Jiquiá - OUT2011
Parque do Jiquiá - OUT2011Parque do Jiquiá - OUT2011
Parque do Jiquiá - OUT2011
 
Ecossistema de Inovação
Ecossistema de InovaçãoEcossistema de Inovação
Ecossistema de Inovação
 

Parque Tecnológico Uberaba

  • 1. ÍNDICE 1 CAPÍTULO 7º ____________________________________________________________ 2 UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA ________________________________________ 2 7.1 - Parque Tecnológico Uberaba __________________________________________ 2
  • 2. CAPÍTULO 7º UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA 2 CAPÍTULO 7º UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA 7.1 - Parque Tecnológico Uberaba Na Rota do Desenvolvimento Cidade de médio porte com quase 300 mil habitantes, Uberaba pode mostrar resultados concretos de melhorias em todas as áreas que obteve depois de 2005, quando adotou o desenvolvimento como foco principal, unindo poder público e iniciativa privada em uma parceria de sucesso. No centro do Brasil, no Estado de Minas Gerais e na região do Triângulo Mineiro. Uberaba apresenta as condições privilegiadas que a habilitam para receber mais investimentos de quem procura a associação entre qualidade de vida, economia em franco desenvolvimento e condições diferenciadas para empresas inovadoras. O Parque Tecnológico Uberaba é o espaço preparado para receber empresas de base tecnológica, instituições de pesquisa e desenvolvimento, indústrias inovadoras, negócios intensivos em conhecimento ou empreendimentos do novo paradigma da Sociedade em Rede. Ao lado do Parque Tecnológico, o Setor Norte amplia este quadro oferecendo espaços industriais, e para empresas de médio e grande porte, que buscam excelente localização geográfica em relação as melhores mercados consumidores, logística de acessos e de transporte, facilidades do Porto Seco, tudo a 15 minutos do aeroporto, dentro da área urbana, integrado com a avenida principal da cidade e com áreas próximas disponíveis para moradia. O Parque Tecnológico Uberaba Empreendimento público, com parceria do setor privado, sendo o primeiro a ser implantado na região. A proposta começa na área de 160 ha. do Município que foi desmembrada da Fazenda Modelo e que está sendo preparada com infraestrutura e alta qualidade ambiental para instalação de empresas e instituições inovadoras, de base tecnológica e intensivas em conhecimento. O Parque se tornou viável depois da parceria do Município com a Embrapa e a EPAMIG em 2007, para formação do seu Conselho Gestor. Como consequência, uma das prioridades do Parque é apoiar as atividades de pesquisa em Biotecnologia para o Agronegócio, aplicados à agricultura e à pecuária, e atrair empresas com foco em Biotecnologia os condomínios empresarias do projeto Biotech. Outros setores importantes são o sucroalcooleiro, bioenergia, tecnologias da informação e o moveleiro. Dentre as novas estruturas do Parque, se destacam o Campus da UFTM que terá acesso pela avenida principal e possui uma área com 50 ha. destinados, prioritariamente para instalação do instituto e dos cursos de engenharia. Na Alameda das Barrigudas estão sendo implantados o CITUR - Centro de Informações ao Turista e o CEA - Centro de Educação Ambiental, em parceria com o Banco Mundial. Ao lado, serão implantados o Centro de Feiras e Convenções, uma área de Hotel, Praça de Restaurantes, Centro Empresarial e o Centro Comercial com shopping especializado em Tecnologia e Agronegócio. Para apoio às atividades de promoção empresarial, de esporte e de lazer, foram implantados um centro de eventos - o Centro Park, o Centro Olímpico com ginásio para 5 mil pessoas, áreas esportivas com quadras de futebol, vôlei, peteca, pista de kart e pista de aeromodelismo. No entorno do Parque Tecnológico Uberaba está o Setor Norte onde estão situadas indústrias e empresas do Distrito Industrial de Uberaba I e II. Em fase de implantação, o Parque Empresarial e o Distrito Industrial IV oferecem áreas para indústrias e empresas de bases tradicionais, não poluentes, de pequeno a grande porte. O Parque Tecnológico está no centro do processo de transformação de Uberaba em uma cidade tecnológica, e espaço prioritário para a atração de projetos inovadores e novos investimentos. A proposta busca a irradiação deste ambiente empresarial inovador por toda a região, associado à ampliação do seu sistema de ciência e tecnologia e à estrutura de formação de profissionais qualificados. Os programas e serviços oferecidos pelo Parque Tecnológico Uberaba são destinados à promoção empresarial, científico-tecnológica e da inovação, de modo a conferir competitividade, acesso a mercado e reconhecimento internacional aos seus participantes. Seus objetivos estão estruturados por uma rede de parceiros locais, estaduais e nacionais e são apoiados por políticas públicas que lhe dão suporte, dentre elas o Fundo de Ciência, Tecnologia e Inovação.
  • 3. CAPÍTULO 7º UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA 3 Para atingir seus objetivos, o Parque Tecnológico foi planejado para ser um:  Espaço empresarial de inovação - para instalação de empresas de base tecnológica, de pesquisa, intensivas em conhecimento e inovadoras;  Espaço para ciência & tecnologia - para instalação de instituições de desenvolvimento cientifico e tecnológico;  Espaço de sinergia e interação – um ambiente favorável à produção e intercâmbio do conhecimento, geradora de sinergia e cooperação empresarial;  Espaço ecológico - espaço urbano exemplar na questão ambiental, com áreas verdes, de preservação, de esporte e de lazer integradas, programas de recuperação e de educação ambiental;  Espaço aberto à cidade - servido de infraestrutura pública, espaços democráticos para a vivência e a prática da cidadania. Os 1.600.300 m2 de áreas do Parque Tecnológico estão localizadas na avenida principal da cidade, integradas a uma ampla área verde, a 15 minutos do aeroporto e com acesso direto à BR- 050, eixo norte sul que liga Brasília a São Paulo. As áreas do Parque Tecnológico Uberaba, para empresas e instituições, estão localizadas ao longo da avenida principal e em condomínios. O Parque Tecnológico Uberaba tem como âncoras de ciência e tecnologia a EMBRAPA, a EPAMIG, a UFTM e a FAZU e como âncoras empresariais a CEMIG, a Consist e a Fundação Triângulo de Pesquisa e Desenvolvimento, nas áreas de energia, TI e agronegócio respectivamente. Entre as vantagens do Parque Tecnológico, se destacam:  Ser primeiro e único Parque Tecnológico da região;  Infraestrutura pronta para receber investimentos;  Abrigar o Campus da UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro;  Alta qualidade ambiental com extensas áreas verdes que forma o Parque da Cidade, aberto a toda comunidade;  Proximidade com o centro e total integração com a cidade pela sua avenida principal;  Ser uma das entradas da cidade e dar acesso direto ao principal eixo rodoviário Norte-Sul, a BR-050;  Oferta de áreas especiais para instalação de empresas de base tecnológica;  Áreas exclusivas para instituições de pesquisa e desenvolvimento e novos laboratórios;  Parcerias estratégicas com empresas de pesquisa agropecuária que são referência nacional e estadual: Embrapa e Epamig;  Primeiras empresas instaladas na área de Energia e TI: Cemig e Consist. Missão: Integrar Tecnologia + Meio Ambiente + Cidade Criar um ambiente inovador, de interação e de alta qualidade para a instalação e o desenvolvimento de Empresas de Base Tecnológica – EBTs – e indústrias intensivas em conhecimento - e de Instituições de Pesquisa e Desenvolvimento - IPDs, que proporcione serviços, espaços e infraestrutura para o trabalho e o lazer de seus colaboradores, visando a promoção competitiva e inserção regional, nacional e internacional de seus produtos e serviços. Visão Ser o centro do processo de inserção de Uberaba e da região no Paradigma da Sociedade do Conhecimento, abrigando seus principais atores. Objetivos O Parque Tecnológico Uberaba tem como objetivos:  A criação, instalação e desenvolvimento de empresas de base tecnológica e intensivas em conhecimento;  O fomento à cultura empreendedora, à inovação e à sinergia entre os participantes do Parque e os sistemas de ciência e tecnologia;  Promover a geração de emprego, postos de trabalho, renda e inclusão social para a população de Uberaba e de sua região;  Promover a inovação em todos os domínios, visando o aumento da qualidade de vida da população, o desenvolvimento sustentado de Uberaba e a sua inserção competitiva na economia globalizada da Sociedade do Conhecimento;  Promover a geração e aplicação de conhecimentos científicos e tecnológicos para resolver problemas sociais e agregar valor aos produtos de Uberaba, aos Arranjos Produtivos (APLs) e outras potencialidades de Uberaba e de sua região;  Promover a capacidade de alianças das forças da sociedade organizada, com vistas a estruturar respostas eficazes aos desafios trazidos pela Sociedade do Conhecimento;  Contribuir para a transformação de Uberaba em uma cidade da Sociedade do Conhecimento e para a interiorização do desenvolvimento;
  • 4. CAPÍTULO 7º UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA 4  Contribuir para a ampliação e aperfeiçoamento da capacidade de Uberaba quanto à produção de conhecimento científico e tecnológico e à utilização dessa capacidade para aperfeiçoar a produção de serviços em todos os campos de atividades. Áreas Temáticas Diversos tipos de empresas têm potencial para instalação no Parque Tecnológico devido à atual economia diversificada de Uberaba e pela necessidade crescente por tecnologia e inovação para as empresas instaladas e em fase de implantação na cidade, principalmente no Setor Norte. Alguns setores têm destaque pela relação direta com os programas de desenvolvimento do governo municipal e pela existência de setores organizados na forma de Pólo ou APL. São elas:  Agronegócio;  Biotecnologia aplicada às áreas vegetal, animal, meio ambiente e saúde humana;  Bioenergia, Sucroalcooleiro, Alcoolquímica;  Energia e Energias Alternativas;  Alimentos de proteína animal: carnes e derivados;  Alimentos de proteína vegetal: grãos, vegetais e derivados;  Química e fertilizantes fosfatados;  Tecnologia da Informação e Comunicação;  Cosméticos e farmoquímicos;  Design para móveis, moda e web. Gestão Focada em Parcerias e Resultados O Parque Tecnológico Uberaba é um empreendimento que nasce da parceria entre o poder público, a iniciativa privada e o terceiro setor, representado pelas instituições com fins não lucrativos. Todos uniram esforços, planos e recursos para a sua implementação. Desde abril de 2008, o Parque Tecnológico Uberaba foi regulamentado pela Lei Municipal nº 10.372 e passou a ser coordenado por um Conselho Gestor que reúne três esferas do setor público: municipal, estadual e federal, através da Prefeitura de Uberaba, da EPAMIG – Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais e da Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, respectivamente. A participação efetiva dos demais parceiros públicos e privados se dá através do Comitê de Parceiros onde têm assento as empresas instaladas no Parque Tecnológico. Para completar seu modelo de gestão profissional, uma entidade de direito privado está sendo habilitada para implementar os objetivos do Parque Tecnológico de forma sustentada pelo Fundo de Ciência, Tecnologia e Inovação, criado para este fim. Para atuar com agente de desenvolvimento, a Prefeitura de Uberaba criou e mantém um escritório para apoio à gestão, ao planejamento e aos projetos do Parque Tecnológico. Conceito da Tríplice Hélice que Conceito da Tríplice Hélice que apóia a geração de Produtores de Produtores de apóia a geração de Conhecimento e de Desenvolvimento Tecnológico no Desenvolvimento Tecnológico no A Tríplice Hélice Conhecimento e de Tecnologia: : Parque Tecnológico Uberaba Parque Tecnológico Uberaba Tecnologia A marca do Parque Tecnológico tem Universidades, Centros Universidades, Centros sintonia com o conceito de tríplice hélice, de Pesquisa e de Pesquisa e Desenvolvimento Desenvolvimento um conceito acadêmico de estudiosos norte-americanos liderados pelo cientista Etzkowitz, que entende que inovação depende da hélice constituída pela Governo: Municipal, Governo: Municipal, Empresa, que promove a interação com o Estadual e Federal. Estadual e Federal. Articuladores de Articuladores de Centro de Pesquisa, pela Universidade, Empresas Inovadoras, Empresas Inovadoras, Políticas Publicas de Políticas Publicas de de base tecnológica e de base tecnológica e Apoio à Inovação e ao que produz recursos humanos em sintonia Intensivas em Intensivas em Apoio à Inovação e ao Empreendedorismo Empreendedorismo conhecimento e com as vocações locais, e pelo Governo, conhecimento e Investidores em Capital Investidores em Capital que deve ser participativo e ter estratégias Semente e de Risco Semente e de Risco definidas. A continuação do desenvolvimento do Parque Tecnológico de Uberaba está acontecendo pelo trabalho integrado de três elementos fundamentais: o Governo, proponente inicial da idéia do Parque e seu articulador, as empresas de pesquisa e desenvolvimento de Embrapa e Epamig e a UFTM, como criadores de conhecimento de fonte de talentos humanos qualificados, e as empresas que o Parque está buscando e ofertando seus espaços, serviços e facilidades para que sejam parceiras e instalem suas unidades produtivas.
  • 5. CAPÍTULO 7º UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA 5 As facilidades, condições e infraestrutura que Uberaba oferece, os ativos de ciência-tecnologia- inovação e a ampla rede de parceiros estratégicos, públicos e privados, que o apóiam fazem do Parque Tecnológico Uberaba um endereço para empresas especiais e privilegiadas. Setor Norte O Parque Tecnológico e seu entorno formam o Setor Norte com áreas reservadas para a implantação de empresas e empreendimentos que gerem desenvolvimento econômico para Uberaba e região, abrangendo indústrias, atividades comerciais e de serviço. Além do Parque Tecnológico Uberaba, o Setor Norte é formado por:  Parque da Cidade – parceria entre Prefeitura de Uberaba, CODAU e Banco Mundial;  Fazenda Experimental Getúlio Vargas – Epamig; Distrito Industrial IV SETOR NORTE SETOR NORTE Distrito Industrial IV  Centro Tecnológico do Triângulo e Alto Paranaíba – A nova entrada da cidade pela BR A nova entrada da cidade pela BR 050 dá acesso ao Setor Norte, Epamig; 050 dá acesso ao Setor Norte, formado por: formado por:  Centro de Pesquisas da ABCZ;  Campus da UFTM;  Parque Tecnológico Parque Tecnológico  Campus da FAZU;  Distrito Industrial I I Distrito Industrial  Parque Empresarial; Entrada Entrada  Distrito Industrial II Distrito Industrial II  Distrito Industrial I;  Distrito Industrial IV Distrito Industrial IV  BIOROTA 050  Parque Empresarial. Distrito Industrial II; BIOROTA 050 Parque Empresarial.  Distrito Industrial IV (em projeto);  Campus do CEFET (IFET);  Pólo Moveleiro. O Parque da Cidade O aspecto ambiental da área do Parque Tecnológico e do Setor Norte foi valorizado com um projeto especial, o Parque da Cidade. No planejamento urbano do Setor Norte, cerca de 230 ha., dos 766 ha. da Fazenda Modelo, foram identificados como espaços de preservação ambiental, cobertos por maciços vegetais naturais (ou formados para pesquisas) e áreas verdes com potencial para uso de atividades de lazer e esportivas abertas à comunidade. Estas áreas formam parte do Parque da Cidade que está sendo iniciado por dois setores: Córrego das Lajes e Alameda das Barrigudas. Setor Córregos das Lajes Alameda das Paineiras Barrigudas Todas as áreas verdes formam um novo parque, o Parque da Cidade que começa no Parque Tecnológico e se estende para as outras áreas de matas das áreas vizinhas, formando cerca de 300 ha. de mata contínua. A proposta inclui o plantio de 300 mil novas mudas de árvores nos próximos cinco anos para que cada habitante da cidade possa ter uma árvore no Parque e acompanhar seu desenvolvimento. Os recursos para a implantação da primeira etapa do Parque da Cidade vêm de um projeto conjunto com o Banco Mundial e o CODAU, empresa de
  • 6. CAPÍTULO 7º UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA 6 saneamento do município. A Área de Proteção Ambiental - APA Rio Uberaba começa dentro do Parque Tecnológico, que também é vizinho do ponto de captação de água da cidade. Infraestrutura de Apoio ao Desenvolvimento e Promoção Empresarial O Parque Tecnológico Uberaba foi projetado para oferecer espaços diferenciados, serviços inovadores e infraestrutura que facilite o desenvolvimento e sucesso das empresas e instituições instaladas e dos seus clientes. Um amplo programa de atividades será instalado no Parque Tecnológico com o objetivo de dinamizar as atividades empresariais na cidade, na região e até com foco na internacionalização. Todas as infraestruturas estão projetadas de forma flexível para atenderem as demandas e necessidades de todos os perfis de empresas, incluindo desde as pequenas empresas incubadas até as grandes empresas nas áreas industriais do entorno do Parque ou de qualquer ponto da região. Expo Park Um espaço multiuso está sendo projetado com infraestrutura para receber até 10 mil pessoas, simultaneamente, em feiras, exposições, convenções e congressos. Amplos estacionamentos e posição privilegiada permitem o seu uso intensivo, tanto para os habitantes da cidade, como para os visitantes, por estar a 5 minutos de uma rodovia e a 15 minutos do aeroporto. A viabilidade se dará pela concessão a um consórcio privado por um prazo compatível com o investimento.  Centro de Convenções;  Pavilhões de Feiras e Exposições;  Hotel Executivo com Restaurante Panorâmico;  Praça de Gastronomia. Shopping de Tecnologia e de Agronegócio O Parque reservou uma área para o setor comercial e de serviços que será a principal referência para as compras de produtos tecnológicos para uso doméstico ou empresarial e para a busca de soluções de suporte para estes. No Shopping de Tecnologia as empresas prestadoras de serviço ou especializadas em comercialização destes produtos poderão ter sua loja e escritório de representação nos prédios do Centro Empresarial anexo. As outras facilidades de uma área comercial também estão previstas, recriando um pequeno centro de cidade onde se resolvem todos os problemas de forma rápida e agradável. Assim, este setor tem espaço para agências bancárias, farmácia, cabeleireiro, e outras atividades que precisamos no dia a dia. Áreas para Instalações de Empresas Centro Empresarial O Parque Tecnológico será um ponto de encontro para as empresas e instituições. Para favorecer esta sinergia, foi projetado o Centro Empresarial com três blocos, somando 15 mil m², planejado para as empresas que preferem ter sua sede em prédios de alto nível e com todas as facilidades de um programa de serviços compartilhados que incluem salas de reuniões, centro social para eventos e serviços de informática, biblioteca, tecnológicos, financeiros e de assessoria. Biotech BIOTEC IIII BIOTEC Condomínio de Empresas Condomínio de Empresas de Biotecnologia de Biotecnologia BIOTEC 1 BIOTEC 1 CONDOTEC CONDOTEC Condomínio de Empresas de Condomínio de Empresas de BIOTEC I I BIOTEC Tecnologia Tecnologia Condomínio de Empresas Condomínio de Empresas de Biotecnologia de Biotecnologia
  • 7. CAPÍTULO 7º UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA 7 Nesta área de 9 ha. está localizado o centro histórico da Fazenda Experimental Getúlio Vargas, implantado na década de 40, e que serve de base para o Centro Tecnológico da Epamig. Um estudo para o melhor aproveitamento desta área indicou a sua transformação no projeto Biotech com a ampliação das áreas para instalações de laboratórios públicos ou privados em parceria com a Embrapa e a Epamig. Junto, está previsto um condomínio para 22 empresas com portaria de controle de entrada e saída de veículos, uma área para realização de feiras e exposições especializadas e relacionadas às atividades do agronegócio e de biotecnologia. Uberaba, Pólo de Desenvolvimento Regional Conhecida como cidade pioneira, berço da educação de toda a região, Uberaba associa tradição com inovação, preservação ambiental com alta tecnologia. Agora, a cidade se abre para o mundo da Sociedade do Conhecimento e implementa seus projetos para também ser conhecida como pólo tecnológico, atrair investimento, empresas, indústrias e novos empreendimentos. Uberaba está melhorando a base econômica da cidade com políticas públicas de apoio e ações que resultam em:  Melhoria da infraestrutura de suporte às empresas - com criação de novos espaços empresarias de alta qualidade ambiental - Ex: Parque Tecnológico, Parque Empresarial, Distrito Industrial IV e Minidistritos;  Fortalecimento das empresas locais - micro, pequenas, médias e grandes empresas – com destaque para os setores organizados na forma de APLs ou Pólos;  Atração de investimentos e de novas empresas - para setores estratégicos, dinamizando o ambiente empresarial;  Melhoria do perfil dos profissionais locais - através do fortalecimento das bases da educação em todos os níveis;  Ampla inclusão digital - focada em novas competências, no uso e na assimilação de novas tecnologias pelos profissionais;  Incentivo à inovação e à modernização - do parque industrial e empresarial através da interação entre as instituições de pesquisa tecnológica e as demandas reais dos diversos setores da economia local e regional. Para gerar mais riqueza ao município, o Parque Tecnológico Uberaba está priorizando a instalação de empresas que ocupem os recursos humanos disponíveis e tirem proveito das condições locais e regionais, tais como:  Localização geográfica estratégica em relação aos principais mercados consumidores. Está no centro do país e em um raio de 500 km estão 60 milhões de consumidores;  Setores empresariais organizados em sindicatos, associações e entidades de classe, Pólos e APLs;  Produção de matéria-prima para o agronegócio e para a indústria;  Uberaba está se tornando um pólo sucroalcooleiro e de produção de energias alternativas, vai receber um ramal do gasoduto e o alcoolduto, além de ser base de distribuição da Petrobras de combustíveis;  Região com excelente infraestrutura: grande potencial hidroelétrico, servida por rodovias, ferrovias, transporte aéreo e por um porto seco alfandegário;  Políticas públicas claras de apoio do poder municipal a diversos setores empresariais, com o apoio complementar dos governos estadual e federal;  Parceria público-privada na superação de barreiras ao crescimento econômico;  Recursos humanos cada vez mais qualificados para as áreas em crescimento no município.
  • 8. CAPÍTULO 7º UBERABA, CIDADE TECNOLÓGICA 8 A Gestão do Processo de Desenvolvimento O Parque Tecnológico está em fase de fortalecimento de seus objetivos e metas para atender ao propósito de contribuir para a aceleração do desenvolvimento tecnológico de Uberaba e da região. Participa das estratégias do município de busca das soluções para a dinamização das cadeias produtivas com potencial de crescimento e que também podem agregar valor e ganhar competitividade com a adoção de inovações. A gestão empreendedora associada a políticas públicas foi adotada como uma das estratégias do Parque Tecnológico Uberaba, priorizando as ações de pró-atividades na identificação de oportunidades para a cidade. Os resultados já obtidos demonstram que visão e ação estratégica associadas podem mudar o ritmo de desenvolvimento de uma cidade de médio porte como Uberaba. As qualidades locais também são fundamentais e formam a base onde as propostas estão frutificando. O Parque Tecnológico Uberaba adotou como visão que uma cidade tem que ser boa para viver e sobreviver, com oportunidades de trabalho para sua massa produtora e empreendedora e aumentar seus atributos como cidade do viver. Conceito Mundial Parques Tecnológicos — segundo definição da “International Association Of Science Parks – iasp” — são organizações geridas por profissionais especializados, tendo como principal objetivo aumentar a riqueza da comunidade, promovendo a cultura da inovação e competitividade das empresas e instituições baseadas em conhecimento. * A International Association of Science Parks – IASP conta hoje com mais de 320 associados, envolvendo instituições dos mais variados tipos, entre as quais alguns grandes parques tecnológicos, tanto em países desenvolvidos, quanto em desenvolvimento. Exemplos de Parques no Mundo  Parque de Stanford - Vale do Silício – Califórnia/EUA;  Sophia Antipolis - Aix-en-Provence - Nice/França;  Triangle – Dalaware/EUA;  Taguspark – Lisboa/Portugal;  Bangalore – Índia;  Parques de Shangai, na China;  Parques da Coréia do Sul.