4 Percepção e Tomada de Decisão

2.654 visualizações

Publicada em

percepção e tomada de decisão

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.654
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
326
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
91
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

4 Percepção e Tomada de Decisão

  1. 1. PERCEPÇÃO ETOMADA DEDECISÃORTOPatricia Gama
  2. 2. Percepção• Ato pelo qual tomamos conhecimento de umobjeto do meio exterior.• Um processo pelo qual os indivíduos organizam einterpretam suas impressões sensoriais com afinalidade de dar sentido ao seu ambiente.• Processo pelo qual os indivíduos organizam einterpretam suas impressões sensoriais.
  3. 3. Percepção• A maior parte de nossas percepções conscientesprovém do meio externo, pois as sensações dosórgãos internos não são conscientes na maioria dasvezes e desempenham papel limitado na elaboraçãodo conhecimento do mundo.• A percepção trata da apreensão de uma situaçãoobjetiva baseada em sensações, acompanhada derepresentações e frequentemente de juízos.
  4. 4. Sensação•O que é captado através dossentidos• VISÃO• AUDIÇÃO• OLFATO• TATO• PALADAR
  5. 5. Fatores que influenciam na Percepção• Perceptor (Observador)• características individuais,necessidades, motivações.• Alvo• características do que se está observando,novidade, intensidade.• Situação• contexto, circunstância.
  6. 6. Fatores na SituaçãoMomentoAmbienteAmbiente SocialFatores no PerceptorAtitudesPersonalidadeMotivaçõesInteressesExperiênciaExpectativasFatores no AlvoNovidadeMovimentoSonsTamanhoCenárioProximidadeSemelhançaPERCEPÇÃOPERCEPÇÃO
  7. 7. Percepção e Tomada de Decisão• Para escolher entre duas ou mais alternativasnecessitamos fazer julgamentos.• Estes julgamentos dependerão da forma comopercebemos as diversas opções que nos sãoapresentadas.• A tomada de decisão ocorre em reação a umproblema, a uma discrepância entre o estadoatual e o estado desejável.
  8. 8. Teoria da Atribuição• Tentativa de determinar se ocomportamento de um indivíduo tem causainterna ou externa.• Proposta para explicar por que julgamospessoas de modo distinto, dependendo dosignificado que atribuímos a um dadocomportamento• Quando se observa o comportamento dealguém tende-se a determinar se a causado mesmo é interna ou externa
  9. 9. Causalidade•Interna• Sob controle do indivíduo•Externa• Provocada por uma situaçãoenfrentada pelo indivíduo
  10. 10. ERROS
  11. 11. Simplificações de Julgamentos• Viés de autoconveniência• Tendência de os indivíduos atribuírem opróprio sucesso a fatores internos ecolocarem culpa dos fracassos em fatoresexternos• Erro fundamental de atribuição• Tendência de subestimar a influência defatores externos e superestimar ainfluência dos fatores internos
  12. 12. Simplificações de Julgamentos• Percepção Seletiva• Tendência que as pessoas têm deinterpretar seletivamente o que veem, combase em interesses, experiências e atitudespróprias.• Efeito de Halo• Tendência em forma uma impressão geralde alguém com base em uma únicacaracterística.
  13. 13. Simplificações de Julgamentos• Efeito de Contraste• Tendência de comparar as característicasde um indivíduo com as de outras pessoas• Estereotipagem• Julgamento de uma pessoa com base napercepção sobre o grupo ao qual elapertence
  14. 14. LEIA E COMPROVE... DE AORCDO COM A PQSIEUSA DE UMAUINRVESRIDDAE IGNLSEA,NÃO IPOMTRA EM QAUL ODREM AS LRTEAS DEUMA PLRAVAA ETÃSO,A ÚNCIA CSIOA IPROTMATNE É QUE A PIREMRIA EA ÚTMLIA LRTEAS ETEJASM NO LGAUR CRTEO. ORSETO PDOE SER UMA TATOL BÇGUANA QUE VCOÊPDOE ANIDA LER SEM POBRLMEA.ITSO É POQRUE NÃO LMEOS CDAA LRTEAISLADOA, MAS A PLRAVAA CMOO UM TDOO. CRUISOO, NÃO AHCA?

×