2015 1-log-aula5

299 visualizações

Publicada em

Aula de Marketing aplicado a Logística
1º semestre/2015

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2015 1-log-aula5

  1. 1. MARKETING APLICADO A LOGÍSTICA AULA 5 PROFESSORA ANDREA FIUZA
  2. 2. RECAPITULANDO • PESQUISA DE MARKETING • COMO FAZER PESQUISA UTILIZANDO O GOOGLE DOCS
  3. 3. TIPOS DE MARKETING • MARKETING DE PRODUTO: MARKETING DESTINADO A CRIAR INTERCÂMBIOS PARA PRODUTOS TANGÍVEIS COMO CARROS, LÁPIS E CDS.
  4. 4. TIPOS DE MARKETING • MARKETING DE SERVIÇOS: MARKETING DESTINADO A CRIAR INTERCÂMBIOS PARA PRODUTOS INTANGÍVEIS COMO CORTES DE CABELO, VIAGENS AÉREAS E DIAGNÓSTICOS
  5. 5. TIPOS DE MARKETING • MARKETING PESSOAL: MARKETING DESTINADO A CRIAR IMAGENS E COMPORTAMENTOS FAVORÁVEIS EM RELAÇÃO A PESSOAS COMO CANDIDATOS POLÍTICOS, ASTROS DO ROCK, ADVOGADOS E ATLETAS.
  6. 6. TIPOS DE MARKETING • MARKETING DE LUGARES: MARKETING DESTINADO A ATRAIR PESSOAS PARA LUGARES COMO ESTADOS, PAÍSES, PARQUES DE DIVERSÕES E PARQUES NACIONAIS.
  7. 7. TIPOS DE MARKETING • MARKETING DE CAUSAS - MARKETING DESTINADO A CRIAR APOIO PARA CAUSAS OU COMPORTAMENTOS SOCIALMENTE DESEJÁVEIS COMO DOAR DINHEIRO PARA AS CRIANÇAS NECESSITADAS NA ÁFRICA, DOAR SANGUE PARA A CRUZ VERMELHA E DOAR TEMPO PARA LIMPAR ESTRADAS E RIOS.
  8. 8. TIPOS DE MARKETING • MARKETING DE ORGANIZAÇÕES: MARKETING DESTINADO A ATRAIR DOADORES, MEMBROS, PARTICIPANTES E VOLUNTÁRIOS PARA ORGANIZAÇÕES COMO ASSOCIAÇÕES DE ALUNOS DE ESCOLAS, CLUBES E CÂMARA DO COMÉRCIO.
  9. 9. ABORDAGENS DE MARKETING • B2B – BUSINESS TO BUSINESS CARACTERIZA-SE PELO COMERCIO ENTRE EMPRESA FORNECEDORA E EMPRESA CLIENTE. EXEMPLO: FORNECEDORES DA CADEIA PRODUTIVA, PRESTADORES DE SERVIÇOS DE INSTALAÇÃO E/OU MANUTENÇÃO INDUSTRIAL.
  10. 10. ABORDAGENS DE MARKETING • B2C – BUSINESS TO CONSUMER CARACTERIZA-SE PELO COMERCIO VAREJISTA ENTRE UMA EMPRESA FORNECEDORA E O CONSUMIDOR FINAL. EXEMPLO: LOJAS DE PRODUTOS PARA USO PESSOAL, GRANDES MAGAZINES, LOJAS DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, MATERIAIS ESPORTIVOS, POSTOS DE GASOLINA, PRESTADORES DE SERVIÇOS PESSOAIS.
  11. 11. COMPARANDO: B2B (CADEIA PRODUTIVA) B2C (CONSUMIDOR FINAL)
  12. 12. O GURU EXPLICA... • AS ABORDAGENS B2B E B2C FORAM CUNHADAS APÓS O SURGIMENTO DO COMERCIO ELETRÔNICO E VEM SUBSTITUIR AS ABORDAGENS DO MARKETING 1.0 CONHECIDAS COMO ATACADO E VAREJO. • PARA SETH GODIN, OS NEGÓCIOS B2B SÃO MAIS RACIONAIS ENQUANTO OS NEGÓCIOS B2C SÃO MAIS EMOCIONAIS. MAS A REAL DIFERENÇA ESTÁ, APENAS, EM QUEM ASSINA O CHEQUE.Seth Godin
  13. 13. VERSÕES DE MARKETING • DESDE QUE O MARKETING PASSOU A SER UMA CORRENTE AMPLAMENTE UTILIZADA NA GESTÃO ADMINISTRATIVA, POR VOLTA DA DÉCADA DE 60, SUAS DEFINIÇÕES CONCEITUAIS VÊM MUDANDO E EVOLUINDO JUNTO COM A DINÂMICA DO PRÓPRIO MERCADO E O COMPORTAMENTO DOS CONSUMIDORES. • AO LONGO DOS ÚLTIMOS 60 ANOS, O MARKETING DEIXOU DE SER APENAS CENTRADO NO PRODUTO, EVIDENCIANDO SOMENTE OS ASPECTOS TANGÍVEIS – O QUE É DENOMINADO MARKETING 1.0 - E PASSOU A SER CENTRADO NO CONSUMIDOR E EM SUAS SATISFAÇÕES TAMBÉM EMOCIONAIS – O CHAMADO MARKETING 2.0.
  14. 14. VERSÕES DE MARKETING • HOJE, VEMOS O MARKETING TRANSFORMANDO-SE MAIS UMA VEZ, EM RESPOSTA À NOVA DINÂMICA DO MEIO. VEMOS AS EMPRESAS EXPANDINDO SEU FOCO DOS PRODUTOS PARA OS CONSUMIDORES, E PARA AS QUESTÕES HUMANAS. MARKETING 3.0 É A FASE NA QUAL AS EMPRESAS MUDAM DA ABORDAGEM CENTRADA NO CONSUMIDOR PARA A ABORDAGEM CENTRADA NO SER HUMANO, E NA QUAL A LUCRATIVIDADE TEM COMO CONTRAPESO A RESPONSABILIDADE CORPORATIVA. (KOTLER, 2010, INTRODUÇÃO)
  15. 15. DE ESCALA PARA ESCOPO • DURANTE A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL, O GRANDE OBJETIVO ERA PADRONIZAR E GANHAR EM ESCALA SOBRE TODOS OS PRODUTOS, QUE ERAM PRATICAMENTE SEM DISTINÇÃO E NÃO HAVIA NECESSIDADE DE ESCOLHA PARA O CONSUMIDOR. O MARKETING DOS ANOS 70 ERA BASICAMENTE “PUSH”, ONDE QUALQUER COISA QUE FOSSE EMPURRADA PARA O CONSUMIDOR
  16. 16. VELHO MARKETING • ESSA ERA A ÉPOCA DO MARKETING 1.0, QUANDO O MARKETING ERA VOLTADO SOMENTE PARA O PRODUTO, PARA A PRODUÇÃO EM ESCALA, MERCADORIAS COM PREÇO BAIXO E GRANDE NÚMERO DE COMPRADORES. CRM
  17. 17. NOVO MARKETING • JÁ NO INÍCIO DA DÉCADA DE 90, DURANTE A ERA DA INFORMAÇÃO, AS ESTRATÉGIAS DE TROCA E DE VENDA NÃO SÃO MAIS TÃO SIMPLES. OS CONSUMIDORES JÁ ESTÃO BEM MAIS INFORMADOS, MAIS CULTOS E PODEM COMPARAR UM PRODUTO A OUTRO.
  18. 18. NOVO MARKETING • SUAS PREFERÊNCIAS SÃO VARIADAS, HÁ MAIS DIVERSIDADE DE PRODUTOS NO MERCADO E O PROFISSIONAL DO MARKETING PRECISA SE DESTACAR DE ALGUMA FORMA PARA GANHAR O CORAÇÃO E A MENTE DO CONSUMIDOR, POIS OS CONSUMIDORES ESTÃO EM MELHOR SITUAÇÃO E TEM DESEJOS E NECESSIDADES PARA
  19. 19. NOVO MARKETING • NESSA ÉPOCA, A FRASE “O CLIENTE É O REI” FUNCIONA BEM E É AÍ QUE O MARKETING 2.0 OPERA. O MARKETING 2.0 AINDA É “PUSH”, OS CLIENTES ESCOLHEM O QUE QUEREM, MAS, DE CERTA FORMA, ELES SÃO ALVOS PASSIVOS DAS CAMPANHAS DE MARKETING E PUBLICIDADE.
  20. 20. EVOLUÇÃO DO MARKETING NA PRIMEIRA FASE, O MARKETING ERA ORIENTADO PELA TRANSAÇÃO, CONCENTRAVA-SE EM COMO EFETUAR A VENDA. NA SEGUNDA FASE, O MARKETING TORNOU-SE ORIENTADO PELO RELACIONAMENTO – COMO FAZER O CONSUMIDOR VOLTAR E COMPRAR MAIS. NA TERCEIRA FASE, CONVIDA OS CONSUMIDORES A PARTICIPAR DO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS DA EMPRESA E DE SUAS COMUNICAÇÕES. O MARKETING COLABORATIVO É O PRIMEIRO ELEMENTO BÁSICO DO MARKETING 3.0. AS EMPRESAS QUE PRATICAM O MARKETING 3.0 QUEREM MUDAR O MUNDO. NÃO CONSEGUIRÃO FAZÊ-LO SOZINHAS. O MARKETING 3.0 REPRESENTA A COLABORAÇÃO DE ENTIDADES DE NEGÓCIOS QUE COMPARTILHAM CONJUNTOS SEMELHANTES DE VALORES E DESEJOS. (KOTLER, 2010, P. 12)
  21. 21. Características Marketing 1.0 Marketing 2.0 Marketing 3.0 Foco Centrado no produto Voltado para o consumidor Voltado para os valores Objetivo Vender produtos Satisfazer e reter os consumidores Fazer do mundo um lugar melhor Forças Propulsoras Revolução Industrial Tecnologia da Informação Nova onda de tecnologias Como as empresas veem o mercado Compradores de massa com necessidades físicas Consumidor inteligente dotado de coração e mente Ser humano pleno, com coração, mente e espirito Conceito de Marketing Desenvolvimento do produto Diferenciação Valores Diretrizes de Marketing da Empresa Especificação do produto Posicionamento do produto e da empresa Missão, visão e valores da empresa Proposição de valor Funcional Funcional e emocional Funcional, emocional e espiritual Interação com consumidores Transação do tipo um- para-um Relacionamento um- para-um Colaboração tipo um- para-muitos
  22. 22. POR UM MUNDO MELHOR SABER QUE A EMPRESA APOIA UMA CAUSA SOCIAL NÃO BASTA PARA QUE ELA SEJA PERCEBIDA DE MANEIRA POSITIVA, POIS HOJE TODOS OS ASPECTOS QUE ENVOLVEM O PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE UM PRODUTO SÃO ACOMPANHADOS E AVALIADOS PELO CONSUMIDOR, DESDE SUA ORIGEM E CONDIÇÕES DE FABRICAÇÃO ATÉ O IMPACTO DO PRODUTO NO MEIO AMBIENTE, POR EXEMPLO. (ZENONE, 2006, P. 73)

×