Estudo da carta de Paulo a Filemom - Parte IINTRODUÇÃO - A carta de Paulo a Filemom é uma das mais íntimas de toda a Bíbli...
estas palavras em sua Bíblia e escrever do lado: como Paulo estava quando ele enviou estacarta.Meu irmão, Paulo estava pre...
e prisioneiro. Paulo era um homem capaz . Porém, mais importante que nossa capacidade é anossadisponibilidade para Deus. P...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo da carta de paulo a filemom

6.146 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.146
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo da carta de paulo a filemom

  1. 1. Estudo da carta de Paulo a Filemom - Parte IINTRODUÇÃO - A carta de Paulo a Filemom é uma das mais íntimas de toda a Bíblia. Há liçõesmaravilhosas para todos nós nesta pequenina epistola do Novo Testamento. Certamente oEspíritoSanto de Deus irá iluminar você para tirar outras lições para a sua vida pessoal enquantoestudamosestes 25 versículos.O AUTOR (vers.1) - O autor desta carta é Paulo. A primeira palavra que encontramos nestelivro é seunome. Em Atos 22: 3 nós encontramos informações preciosas sobre a nacionalidade eeducação dePaulo desde a infância. Em Atos 9 encontramos a narrativa de sua conversão. Em Atos 13vemosintegrado na igreja local em Antioquia, momento singular, quando o Espírito Santo o separajuntamentecom Barnabé para a obra missionária. Em II Coríntios 11:16-33 há notas impressionantes sobreasaflições de Paulo no ministério.Eis aí um pouco sobre o nosso autor, o apóstolo Paulo. Pelo menos 13 cartas no NovoTestamentoforam escritas por ele. Ele foi muito importante, mas, mais importante do que ele, precisamoscompreender isso, foi o Espírito Santo de Deus que o usou maravilhosamente. Paulo foi uminstrumento.Ele foi um canal. Ele podia falhar e mudar, mas o evangelho que ele pregava e ensinava nãofalhava(Gálatas 1:8).2 - AS CIRCUNSTÂNCIAS DO AUTOR - Paulo estava preso quando escreveu esta carta aFilemom. Asegunda palavra que nós encontramos no primeiro versículo é prisioneiro. Os versículos 9, 10,13 e 23confirmam as informações de que Paulo estava preso quando escreveu esta carta. Vale a penasublinhar
  2. 2. estas palavras em sua Bíblia e escrever do lado: como Paulo estava quando ele enviou estacarta.Meu irmão, Paulo estava preso, porém pregando o Evangelho. Ele não estava perdido em meioádepressão ou numa atitude de auto-piedade. Ele poderia ficar pensando negativamente: "Ah,eu sou umfracasso. Deus se esqueceu de mim. Olhe bem onde eu estou. Eu estou preso. Estou numcárcere. Oslíderes religiosos de Israel estão certos".Não obstante, Paulo agiu e reagiu completamente diferente. Ele começou a testemunhardentro daprisão. Ele cria que Deus tinha um ministério paraele ali. Ele não estava preso por acaso,porque onosso Deus não é Deus de acaso. Havia uma razão. Havia um propósito.Não importa quão estranhas sejam as nossas circunstâncias, estejamos certos de uma coisa:Deus temum propósito para nossa vida. O nosso maior problema será não cumprirmos os planos deDeus. Nãopreste atenção nas circunstâncias em que você vive. Não se desgaste pensando nisso ounaquilo.Pense em Deus e naquilo que Ele pode fazer atravésde você em meio às situações maisadversas.Na prisão Paulo escreveu uma carta. Os lírios nascem nos campos. No vale da sombra damorte, Davidisse que não temeria mal algum, porque o Senhor estaria com ele. À despeito da hora em quevocêesteja vivendo, Deus se fará presente.No próximo estudo veremos como Deus usou Paulo no cárcere. Era meia noite na vida doapóstolo emtermos de problemas, mas ele tinha a LUZ DA VIDA. E você ?Estudo da carta de Paulo a Filemom - Parte IIINTRODUÇÃO - No estudo anterior destacamos as duas primeiras palavras do primeiroversículo: Paulo
  3. 3. e prisioneiro. Paulo era um homem capaz . Porém, mais importante que nossa capacidade é anossadisponibilidade para Deus. Paulo foi grandemente usado por Deus, não apenas por causa dasuacapacidade, mas principalmente por causa da sua disponibilidade. Ele procurava servir a Deusem todasas circunstâncias. Mesmo em momento difíceis, comona prisão, ele pregava o amor de Deus.Vejamos agora as novas lições contidas na carta a Filemom.1 - PRISIONEIRO DE CRISTO (vers. 1) - Precisamos aprender a ler além da mera letra. "A letramata,mas o espírito vivifica" (II Coríntios 3:6). As palavras são apenas símbolos de uma realidademuito maisrica. Muitas vezes as palavras não são suficientes para expressar toda a realidade, todo osignificado deuma emoção, de um sentimento ou de uma verdade ou de uma experiência.

×