O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Ba04 grupo a-is-apresentacao
Ba04 grupo a-is-apresentacao
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 119 Anúncio

Saberes

Baixar para ler offline

​Essa é uma série de videos e slides onde a Doutora Lucymara Carpim, nos explica os 7 saberes necessários  à educação do futuro, segundo Edgar Morin.
Vídeos:
1° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=TkxRY7OkQqo&t=7s
2° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=_8UqZdG-gO0&t=7s
3° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=ApPIWb803XA&t=11s
4° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=ykTDk5ViTWY&t=9s
5° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=WpcfniiyVhg&t=13s
6° Saber:https://www.youtube.com/watch?v=QMGaM3AEdhc
7° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=seSViFEA6kI

​Essa é uma série de videos e slides onde a Doutora Lucymara Carpim, nos explica os 7 saberes necessários  à educação do futuro, segundo Edgar Morin.
Vídeos:
1° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=TkxRY7OkQqo&t=7s
2° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=_8UqZdG-gO0&t=7s
3° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=ApPIWb803XA&t=11s
4° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=ykTDk5ViTWY&t=9s
5° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=WpcfniiyVhg&t=13s
6° Saber:https://www.youtube.com/watch?v=QMGaM3AEdhc
7° Saber: https://www.youtube.com/watch?v=seSViFEA6kI

Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Saberes (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Saberes

  1. 1. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO EDGAR MORIN
  2. 2. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO Elaborado por: Professora Doutora: LUCYMARA CARPIM, fundamentada na obra de EDGAR MORIN – Sete Saberes Necessários a Educação do Futuro
  3. 3. A EDUCAÇÃO DO FUTURO DEVE CONSIDERAR QUE TODO CONHECIMENTO É MUTÁVEL E QUE É NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM QUE O CONHECIMENTO SEMPRE ENCONTRA-SE EM UM DETERMINADO ESTÁGIO DE COMPREENSÃO AMEAÇADO PELO ERRO E PELA ILUSÃO AS CEGUEIRAS DO CONHECIMENTO: O ERRO E A ILUSÃO Fonte: Pixabay
  4. 4. PRAPETEC PENSAR AS TEORIAS CIENTÍFICAS “O conhecimento não é um espelho das coisas ou do mundo externo. Todas as percepções são, ao mesmo tempo, traduções e reconstruções cerebrais com base em estímulos ou sinais captados e codificados pelos sentidos”. Edgar Morin (2005, p. 20) A educação do futuro demanda por educadores que compreendam que todo conhecimento está sujeito ao erro, e que este é impermanente.
  5. 5. PRAPETEC O CONHECIMENTO CONHECIMENTO: CADA INDIVÍDUO POSSUI SEU MODELO MENTAL, E CONSEQUENTEMENTE CONSTRÓI SEUS SABERES A PARTIR DE SUAS PERCEPÇÕES DA REALIDADE, DO SEU MUNDO CULTURAL E DAS INFLUÊNCIAS SOCIOLÓGICAS TODAS AS PERCEPÇÕES DA REALIDADE SÃO RECONSTRUÇÕES E TRADUÇÕES CEREBRAIS
  6. 6. PRAPETEC OS ERROS ESTÃO LIGADOS A SUBJETIVIDADE DO INDIVÍDUO QUE CARREGA SEUS DESEJOS, FANTASIAS, SUAS CONCEPÇÕES DE MUNDO, SUAS EXPECTATIVAS O CONHECIMENTO: ERROS E ILUSÕES Fonte: Pixabay
  7. 7. PRAPETEC CONHECIMENTO TODO CONHECIMENTO ESTÁ SUJEITO AO ERRO POIS CADA ESTUDANTE É CONDICIONADO PELO SEU PRÓPRIO: MUNDO EMOTIVO PERCEPÇÕES DA REALIDADE MUNDO CULTURAL INFLUÊNCIAS SOCIOLÓGICAS
  8. 8. PRAPETEC ERROS INTELECTUAIS “[...] Nossa mente, inconscientemente, tende a selecionar as lembranças que nos convêm e a recalcar, ou mesmo apagar, aquelas desfavoráveis, e cada qual pode atribuir-se um papel vantajoso [...]” Edgar Morin (2005, p. 20) MUITAS VEZES VEMOS APENAS O QUE QUEREMOS VER. Nossa memória pode estar sujeita a erros e ilusões.
  9. 9. PRAPETEC IDEIAS COMUNS PODEM NOS LEVAR A CEGUEIRA IDEIAS RACIONAIS JULGADAS COMO CORRETAS SEM QUESTIONAMENTO, DEFINEM ATITUDES QUE SÃO FUNDAMENTOS DAS CEGUEIRAS PARADIGMÁTICAS Fonte: Pixabay
  10. 10. PRAPETEC CONHECIMENTO HOJE E AMANHÃ O CONHECIMENTO NÃO ESTÁ PRONTO E ACABADO É POR MEIO DA LINGUAGEM E DO PENSAMENTO QUE INTERPRETAMOS E REINTERPRETAMOS AS MENSAGENS A PARTIR DE NOSSA VISÃO DE MUNDO, DE SOCIEDADE, DE EXPERIÊNCIAS CULTURAIS E EDUCACIONAIS
  11. 11. PRAPETEC PENSAR SEGUNDO NOVOS PARADIGMAS OS INDIVÍDUOS PENSAM E AGEM SEGUNDO SUAS EXPERIÊNCIAS CULTURAIS COMPREENDIDAS COMO CERTAS E IMUTÁVEIS É ESSENCIAL DESENVOLVER NOVAS COMPREENSÕES, ESTAR ABERTO AO NOVO A PARTIR DE PERSPECTIVAS HISTÓRICAS QUE NOS REMETAM A MUDANÇA Fonte: Pixabay
  12. 12. PRAPETEC “As realizações científicas universalmente reconhecidas que, durante algum tempo, fornecem problemas e soluções modelares para uma comunidade de praticantes de uma ciência [...]” Kuhn (2007, p.13) O QUE É PARADIGMA Se compreende o erro por meio do empirismo e também a partir do subjetivismo, na invisibilidade do paradigma
  13. 13. PRAPETEC EMPIRISMO EMPIRISMO: Empirismo é um movimento filosófico que acredita nas experiências humanas como únicas responsáveis pela formação das ideias e conceitos existentes no mundo. O empirismo é caracterizado pelo conhecimento científico, quando a sabedoria é adquirida por percepções; pela origem das ideias, por onde se percebem as coisas, independente de seus objetivos ou significados. https://www.significados.com.br/empiris mo/ Fonte: Pixabay
  14. 14. PRAPETEC NOOSFERA: EXUBERÂNCIA CRIATIVA ACREDITAMOS EM MITOS E CRENÇAS: ESFERA DAS COISAS DO ESPÍRITO - NOOSFERA OS MITOS ENRIQUECEM AS CULTURAS “Produtos de nossa alma e mente, a noosfera está em nós e nós estamos na noosfera” Morin (2005, p. 29)
  15. 15. PRAPETEC NOOSFERA NOOSFERA DO GREGO noos: significa – conhecimento, espírito, inteligência
  16. 16. PRAPETEC O CONHECIMENTO É UMA AVENTURA, O QUE REQUER QUE O PROFESSOR LEVE SEUS ESTUDANTES A COMPREENDER QUE EXISTEM APTIDÕES DO CÉREBRO/MENTE HUMANA INCERTEZA DO CONHECIMENTO QUE EXISTEM CONDIÇÕES SOCIOCULTURAIS O DIÁLOGO DEVE PERMITIR A TROCA DE IDEIAS CONDIÇÕES NOOLÓGICAS : TEORIAS ABERTAS INTERROGAÇÕES: SOBRE O MUNDO, SOBRE O HOMEM E O CONHECIMENTO
  17. 17. PRAPETEC O CONHECIMENTO DO CONHECIMENTO “[...] na busca da verdade, as atividades auto-observadoras devem ser inseparáveis das atividades observadoras, as autocríticas, inseparáveis das críticas, os processos reflexivos, inseparáveis dos processos de objetivação”. Edgar Morin (2005, p. 31) “O CONHECIMENTO DO CONHECIMENTO, QUE COMPORTA A INTEGRAÇÃO DO CONHECEDOR EM SEU CONHECIMENTO, DEVE SER, PARA A EDUCAÇÃO, UM PRINCÍPIO E UMA NECESSIDADE PERMANENTES” Morin (2005, p. 31)
  18. 18. PRAPETEC As novas teorias necessitam ser abertas, críticas, reflexivas e autocríticas, visando a busca pela verdade. Compreender as culturas e a sociedade a partir de uma visão complexa, considerando que as teorias científicas não estão imunes ao erro e a ilusão COMUNICAÇÃO DA MENTE CONSTANTE PROFESSOR E PROFESSORA, CADA INDIVÍDUO ESTÁ CONDICIONADO PELO SEU SER EMOTIVO, PELO SEU MUNDO SOCIAL E CULTURAL, PORTANTO CABE A VOCÊ LEVÁ-LO A REFLEXÃO E A COMPREENSÃO DE SEU MODELO MENTAL PARA QUE SAIBA DECODIFICAR A APRENDIZAGEM
  19. 19. PRAPETEC SUCESSO NA SUA CAMINHADA DOCENTE Fonte: Pixabay
  20. 20. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO EDGAR MORIN
  21. 21. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO Elaborado por: Professora Doutora: LUCYMARA CARPIM, fundamentada na obra de EDGAR MORIN – Sete Saberes Necessários a Educação do Futuro
  22. 22. OS PRINCÍPIOS DO CONHECIMENTO PERTINENTE Fonte: Pixabay
  23. 23. PRAPETEC A EDUCAÇÃO SEGUE HOJE UM MODELO EDUCACIONAL FORMADO POR DISCIPLINAS. ESTAS AJUDARAM NO AVANÇO DO CONHECIMENTO, PORÉM O QUE ESTÁ ENTRE AS DISCIPLINAS OU SEJA AS CONEXÕES, NECESSITAM SER PENSADAS E COMPREENDIDAS ENSINO DISCIPLINAR O QUE ESTÁ ENTRE AS DISCIPLINAS É INVISÍVEL E SUBJETIVO: É FUNDAMENTAL CONHECER O TODO, NÃO APENAS UMA PARTE DA REALIDADE
  24. 24. PRAPETEC EDUCAÇÃO DO SÉCUO XXI NA EDUCAÇÃO PARA O SÉCULO XXI: É ESSENCIAL DESENVOLVER UMA VISÃO CAPAZ DE SITUAR O TODO, O CONJUNTO DO CONHECIMENTO “[...] Para articular e organizar os conhecimentos e assim reconhecer e conhecer os problemas do mundo, é necessária a reforma do pensamento. Entretanto, esta reforma é paradigmática e, não, programática: é a questão fundamental da educação, já que se refere a nossa aptidão para organizar o conhecimento”. Morin (2005, p. 35)
  25. 25. PRAPETEC OS SABERES NOSSA COMPREEENSÃO DOS SABERES HOJE ESTÃO DESUNIDOS, COMPARTIMENTADOS É NECESSÁRIO TRANSPOR DO COMPARTIMENTO PARA O TODO E TORNAR VISÍVEL: O COMPLEXO O MULTIDIMENSIONAL O GLOBAL O CONTEXTO
  26. 26. PRAPETEC A QUALIDADE DA INFORMAÇÃO E SUA COMPREENSÃO SE CONSOLIDA QUANDO CONSEGUIMOS ENTENDER O CONTEXTO DOS CONTEÚDOS QUE ESTAMOS ESTUDANDO CONHECIMENTO PERTINENTE SITUAR O CONJUNTO Fonte: Pixabay
  27. 27. PRAPETEC PENSAR AS TEORIAS CIENTÍFICAS “[...] Quanto mais poderosa é a Inteligência geral, maior é a sua faculdade de tratar de problemas especiais. A compreensão dos dados particulares também necessita da ativação da Inteligência geral, que opera e organiza a mobilização dos conhecimentos de conjunto em cada caso particular” Morin (2005, p. 39) O CONTEXTO: “É fundamental que as informações e os dados estejam situados em seu contexto para consolidar em sentido” O GLOBAL: “O global é mais do que o contexto, é o conjunto das diversas partes ligadas a ele de modo inter-retroativo ou organizacional” O MULTIDIMENSIONAL: “A educação deve favorecer a aptidão natural da mente em formular e resolver problemas essenciais e, de forma correlata, estimular o uso total da Inteligência geral” O COMPLEXO: “[... A complexidade é a união entre a unidade e a multiplicidade” Morin (2005, p. 37-38)
  28. 28. PRAPETEC Pode-se dizer que houve muito progresso com relação ao conhecimento no século XX, porém visto e compreendido desunido, fragmentado em especializações, não contemplando o contexto do conhecimento pertinente PROGRESSO DO CONHECIMENTO Fonte: Pixabay
  29. 29. PRAPETEC AS CIÊNCIAS A EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI, NECESSITA COMPOR AS CIÊNCIAS A PARTIR DE PROBLEMAS GLOBAIS, FOCALIZANDO ASSIM NA CONTEXTUALIZAÇÃO DOS SABERES A RESPONSABILIDADE DE TODOS DEVE SER GLOBAL E NÃO DISCIPLINAR A SOLIDARIEDADE DEVE SER O CAMINHO QUE LIGA OS CIDADÃOS DA ERA PLANETÁRIA
  30. 30. PRAPETEC HIPERESPECIALIZAÇÃO “[...] a hiperespecialização impede tanto a percepção do global (que ela fragmenta em parcelas), quanto do essencial (que ele dissolve). Impede até mesmo tratar corretamente os problemas particulares, que só podem ser propostos e pensados em seu contexto”. Morin (2005, p. 41) A EDUCAÇÃO DO FUTURO NECESSITA CONTEXTUALIZAR TODO CONHECIMENTO A FRAGMENTAÇÃO DO CONHECIMENTO EM DISCIPLINAS IMPEDE-NOS DE CONTEXTUALIZAR O ENSINO DEVE PRIMAR PARA A COMPREENSÃO DE LIGAR AS PARTES AO TODO E O TODO AS PARTES
  31. 31. PRAPETEC A Inteligência quando fragmentada, mecanicista desconecta-se do olhar do todo, fracionando o entendimento dos problemas, separando o que está unido, tornando a compreensão do conhecimento a partir de uma visão apenas unidimensional INTELIGÊNCIA MÍOPE QUANDO A INTELIGÊNCIA GERAL É MULTIDIMENSIONAL OS PROBLEMAS PLANETÁRIOS SÃO ENTENDIDOS A LUZ DA VISÃO DE LONGO PRAZO, O CONTEXTO É CONSIDERADO E OS INDIVÍDUOS TORNAM-SE RESPONSÁVEIS CONSCIENTEMENTE, COM OLHAR COMPLEXO PARA OS PROBLEMAS
  32. 32. PRAPETEC EDUCAÇÃO: CAMINHAR PARA A REFORMA DO PENSAMENTO Fonte: Pixabay UNIR PENSAMENTO SEPARADO POR CONEXÕES, ELIMINAR A DISJUNÇÃO, A FRAGMENTAÇÃO ELIMINAR O OLHAR UNILATERAL E SUBSTITUIR PELA DIMENSIONALIDADE DO CONHECIMENTO
  33. 33. PRAPETEC EDUCAÇÃO: TECER JUNTO O CONHECIMENTO PROFESSOR: EDUCAR PARA O SÉCULO XXI REQUER QUE OS CONTEÚDOS SEJAM TRABALHADOS A PARTIR DA REALIDADE LOCAL, PORÉM CONTEXTUALIZADOS COM O QUE OCORRE NO MUNDO FRAGMENTAR O CONHECIMENTO DIFICULTA O ENTENDIMENTO DO TODO
  34. 34. PRAPETEC PROFESSOR: NO PROCESSO DE ENINO E APRENDIZAGEM CONSTRUIR SABERES QUE LEVEM O ALUNO A: CRITICIDADE AUTONOMIACRIATIVIDADE PARA: VIVER AS INCERTEZAS, ENFRENTAR NOVOS DESAFIOS, CONVIVER COM AS TRANSFORMAÇÕES
  35. 35. PRAPETEC Que seus alunos enfrentem as incertezas, dialogando com os novos saberes, raciocinando e considerando suas percepções e emoções, a fim de oferecer respostas diversas a todos os problemas e desafios considerando a diversidade. PROFESSOR - ENSINAR PARA: BEIJOS VIRTUAIS E UMA CAMINHADA DOCENTE DE SOLIDARIEDADE E COMPREENSÃO
  36. 36. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO EDGAR MORIN
  37. 37. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO Elaborado por: Professora Doutora: LUCYMARA CARPIM, fundamentada na obra de EDGAR MORIN – Sete Saberes Necessários a Educação do Futuro
  38. 38. ENSINAR A CONDIÇÃO HUMANA Fonte: Pixabay
  39. 39. PRAPETEC A COMPREENSÃO DA CONDIÇÃO HUMANA DEVE SER UM DOS PRIMEIROS PILARES DA EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI ESSENCIAL ENSINAR A IMPORTÂNCIA DA DIVERSIDADE CULTURAL E SITUAR O INDIVÍDUO NO UNIVERSO ENSINO UNIVERSAL “ [...] todo conhecimento deve contextualizar seu objeto, para ser pertinente. “Quem somos?” é inseparável de “Onde estamos?”, “De onde viemos?”, “Para onde vamos?”. Morin (2005,p. 47)
  40. 40. PRAPETEC PROGRAMAS EDUCACIONAIS QUE CONJUGUEM NO CURRÍCULO ESCOLAR A COMPREENSÃO DO SER HUMANO EM SUA INTEGRALIDADE MUNDO HUMANO E INTERCULTURAL
  41. 41. PRAPETEC CONDIÇÃO CÓSMICA “[...] para a educação do futuro, é necessário promover grande remembramento dos conhecimentos oriundos das ciências naturais, a fim de situar a condição humana no mundo, dos conhecimentos derivados das ciências humanas colocar em evidência a multidimensionalidade e a complexidade humanas [...]”. Morin (2005, p. 48) SOMOS PARTE DE UMA DIMENSÃO TERRESTRE E CÓSMICA COMPARTILHAMOS DE UM DESTINO E DE UMA ORIGEM COMUM SOMOS MULTIDIMENSIONAIS SOMOS CONSTITUÍDOS DE HUMANIDADE E ANIMALIDADE
  42. 42. PRAPETEC SOMOS A CONDIÇÃO CÓSMICA TERRESTREFÍSICA HUMANA AUTO-ORGANIZAÇÃO VIVA IDENTIDADE TERRENA ELEMENTO DA DIÁSPORA CÓSMICA SOMOS O COSMO
  43. 43. PRAPETEC A CONDIÇÃO HUMANA Fonte: Pixabay “Somos originários do cosmos, da natureza, a via, mas, devido à própria humanidade, à nossa cultura, à nossa mente, à nossa consciência tornamo-nos estranhos a este cosmos, que nos parece secretamente íntimo [...]”. Morin (2005, p. 51)
  44. 44. PRAPETEC SOMOS AO MESMO TEMPO FÍSICO, BIOLÓGICO, PSÍQUICO, MÍSTICO, HISTÓRICO E SOCIAL EDUCADOR É ESSENCIAL ENSINAR A COMPREENSÃO DA TOTALIDADE DO SER HUMANO O HUMANO DO HUMANO AMBIENTE EDUCATIVO DISCORRER SOBRE A IDENTIDADE HUMANA, EXPLORANDO A DIVERSIDADE E A IMPORTÂNCIA DA CONVIVÊNCIA HARMÔNICA EM SOCIEDADE
  45. 45. PRAPETEC A SOCIEDADE “O homem somente se realiza plenamente como ser humano pela cultura e na cultura. Não há cultura sem cérebro humano (aparelho biológico dotado de competência para agir, perceber, saber e aprender) [...]”. Morin (2005, p. 52) SOMOS PLENAMENTE CULTURAL “[...] A CULTURA ACUMULA EM SI O QUE É CONSERVADO, TRANSMITIDO, APRENDIDO, E COMPORTA NORMAS E PRINCÍPIOS E AQUISISÇÃO”. Morin (2005, p. 52)
  46. 46. PRAPETEC SER HUMANO, SER COMPLEXO O SER HUMANO DEVE SER COMPREENDIDO EM TODA A SUA DIMENSIONALIDADE, POIS NOVAS INFORMAÇÕES SURGEM DE MANEIRA FRAGMENTADA. E NECESSÁRIO QUE A EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI REMEMBRE AS CIÊNCIAS NATURAIS E HUMANAS EM TODA A SUA COMPLEXIDADE SOMOS SERES BIOFÍSICO-PSICO- SÓCIO-CULTURAL SOMOS A CONTINUAÇÃO DA HISTÓRIA DE NOSSA CULTURA
  47. 47. PRAPETEC TRÍADE BIOANTROPOLÓGICA CÉREBRO/MENTE/CULTURA ESTA TRÍADE É COMPLEMENTAR E ANTAGÔNICA COMPORTANDO CONFLITOS: PULSÃO, CORAÇÃO E RAZÃO
  48. 48. PRAPETEC TRÍADE BIOANTROPOLÓGICA “No nível antropológico, a sociedade vive para o indivíduo, o qual vive para a sociedade; a sociedade e o indivíduo vivem para a espécie, que vive para o indivíduo e para a sociedade. Cada um desses termos é ao mesmo tempo meio e fim: é a cultura e a sociedade que garantem a realização dos indivíduos, e são as interações entre indivíduos que permitem a perpetuação da cultura e a auto-organização da sociedade”. Morin (2005, p.54) FAZEMOS PARTE DA SOCIEDADE E ELA DE NÓS: REALIDADE HUMANA TRINÁRIA INDIVÍDUO- SOCIEDADE-ESPÉCIE
  49. 49. PRAPETEC ENSINAR A CONDIÇÃO HUMANA EDUCAR PARA CONCEBER O HOMO COMPLEXUS = HOMEM COMPLEXO EDUCADOR É IMPORTANTE ABANDONAR VISÕES UNILATERIAS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA SUA PRÁTICA DOCENTE COLHER VISÕES MULTILATERIAIS QUE CONSTITUEM O SER MULTIDIMENSIONAL
  50. 50. PRAPETEC RESGATE DA CONDIÇÃO HUMANA EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI, TRANSPOR O PENSAMENTO DISJUNTIVO E REDUCIONISTA DO PARADIGMA CONSERVADOR COMPREENDER O INDIVÍDUO NA SUA MULTIDIMENSIONALIDADE NA DOCÊNCIA: ABANDONAR VISÕES UNILATERIAIS SOMOS SERES SOCIAIS, PRODUZIMOS E SOMOS PRODUTORES DA SOCIEDADE
  51. 51. PRAPETEC VIVEMOS EM UMA ESFERA SOCIAL E INDIVIDUAL, ESTAMOS INSERIDOS EM ORGANIZAÇÕES SOCIAIS DE ONDE CONSTRUÍMOS NOSSA IDENTIDADE CULTURAL. SINGULARIDADE DO SER HUMANO PROFESSOR E PROFESSORA: SUA AÇÃO EDUCATIVA DEVE PERMEAR A IMPORTÂNCIA DAS DIFERENTES CULTURAS, CONSIDERANDO A DIVERSIDADE E A MULTIPLICIDADE COMO FATORES ESSENCIAIS DA NOSSA SOBREVIVÊNCIA TERRENA SUCESSO
  52. 52. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO EDGAR MORIN
  53. 53. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO Elaborado por: Professora Doutora: LUCYMARA CARPIM, fundamentada na obra de EDGAR MORIN – Sete Saberes Necessários a Educação do Futuro
  54. 54. ENSINAR A IDENTIDADE TERRENA Fonte: Pixabay
  55. 55. PRAPETEC Educação de Qualidade Exploração dos recursos naturais tem se intensificado, dificultando a recomposição da natureza. Consciência Ambiental: Transformação do meio ambiente CONSTRUÇÃO DE UMA CONSCIÊNCIA PLANETÁRIA Fonte: Pixabay
  56. 56. PRAPETEC DESPERTAR PARA A CONSCIÊNCIA COM RELAÇÃO A TOMADA DE DECISÃO. ATITUDES LOCAIS PODEM ATINGIR TODA A HUMANIDADE PARTILHAMOS O MESMO DESTINO COMUM ➢ CUIDADOS COM AS AMEAÇAS ECOLÓGICAS ➢ JOVENS ENVOLVIDOS COM AS COMUNIDADES ➢ TUDO ESTÁ CONECTADO, INTERLIGADO ➢ VIVER CONSIDERANDO AS CONEXÕES COM TODO O PLANETA
  57. 57. PRAPETEC VIVEMOS A ERA PLANETÁRIA “É PRECISO QUE COMPREENDAM TANTO A CONDIÇÃO HUMANA NO MUNDO COMO A CONDIÇÃO DO MUNDO HUMANO, QUE, AO LONGO DA HISTÓRIA MODERNA, SE TORNOU CONDIÇÃO DA ERA PLANETÁRIA”. Morin (2005, p. 63) FUNDAMENTAL: DIÁLOGO ENTRE O HOMEM E O MUNDO DIFERENCIAR: UM GRUPO DE OUTROS GRUPOS A IDENTIDADE: COMPREENDIDA NO DIÁLOGO DA UNIDADE E DA DIVERSIDADE
  58. 58. PRAPETEC IDENTIDADE PLANETÁRIA REQUER: UMA EDUCAÇÃO QUE ENSINE O RESPEITO PELA DIVERSIDADE E PELA PLURALIDADE CULTURAL DAS SOCIEDADES IDENTIDADE HUMANA: PERMITE IDENTIFICAR AS CARACTERÍSTICAS DE CADA INDIVÍDUO, SUAS PECULIARIDADES. CADA UM DE NÓS POSSUI INIDVIDUALIDADES PERTINENTES AO NOSSO CONTEXTO CULTURAL “O PLANETA NÃO É UM SISTEMA GLOBAL, MAS UM TURBILHÃO EM MOVIMENTO, DESPROVIDO DE CENTRO ORGANIZADOR” Morin (2005, p. 64)
  59. 59. PRAPETEC HOMEM: CONSTITUI SUA IDENTIDADE A PARTIR DO CONTATO COM O MUNDO, TRANSFORMA A NATUREZA E PRODUZ DIFERENTES CULTURAS CULTURA: HERANÇA SOCIAL CULTURA: ALIMENTA A SOCIEDADE ACONTECIMENTO LOCAL: INTERFERE NA TOTALIDADE TUDO ESTÁ INTERLIGADO: ATITUDES LOCAIS REFLETEM EM TODA A HUMANIDADE
  60. 60. PRAPETEC VIVEMOS EM UMA IMENSA COMUNIDADE NOSSOS DESTINOS SÃO COMUNS AS CULTURAS PODEM MOSTRAR-SE INCOMPREENSIVEIS PARA OUTRAS CULTURAS O PAPEL DA EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI ESTÁ NO ENSINAR O RESPEITO PELAS IDENTIDADES MÚLTIPLAS E DIFERENCIADAS
  61. 61. PRAPETEC IDENTIDADE HUMANA IDENTIDADE HUMANA: É CONSTITUÍDA CONSIDERANDO A TRÍADE – INDIVÍDUO/ESPÉCIE/SOCIEDADE Fonte: Pixabay
  62. 62. PRAPETEC MUNDIALIZAÇÃO: É UNIFICADORA “O mundo torna-se cada vez mais um todo. Cada parte do mundo faz, mais e mais, parte do mundo e o mundo, como um todo, está cada vez mais presente em cada uma de suas partes. Isso se verifica não apenas para as nações e povos, mas para os indivíduos [...]”. Morin (2005, p. 67) MESMO NA MULTIPLICIDADE O INDIVÍDUO DEVE SER VISTO COMO UM TODO – SUJEITO ÚNICO “OS OUTROS MORAM EM NÓS; NÓS MORAMOS NOS OUTROS [...]”. Morin (2005)
  63. 63. PRAPETEC SOMOS SERES ÚNICOS CONSEGUIMOS INSERIR EM NÓS O DIFERENTE, POIS AGREGAMOS VÁRIAS CARACTERÍSTICAS QUE SE TORNAM INDIVIDUAIS NOSSA PERSONALIDADE – IDENTIDADE MULTIFORME Fonte: Pixabay
  64. 64. PRAPETEC DEVEMOS INSCREVER EM NÓS CONSCIÊNCIA ESCOLÓGICA CONSCIÊNCIA CÍVICA TERRENA CONSCIÊNCIA ANTROPOLÓGICA CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL RECONHECE A UNIDADE NA DIVERSIDADE COMPREENDER-NOS MUTUAMENTE HABITAR COM TODOS OS SERES MORTAIS SOLIDARIEDADE COM OS FILHOS DA TERRA
  65. 65. PRAPETEC NATUREZA HUMANA CADA INDIVÍDUO É SINGULAR: MAS TAMBÉM DUPLO, DIVERSO E PLURAL NOSSA NATUREZA É BIOLÓGICA, SOCIAL E INDIVIDUAL
  66. 66. PRAPETEC VALORIZAR A DIVERSIDADE CULTURAL “TODAS AS CULTURAS TÊM VIRTUDES, EXPERIÊNCIAS, SABEDORIAS, AO MESMO TEMPO QUE CARÊNCIAS E IGNORÂNCIAS. É NO ENCONTRO COM SEU PASSADO QUE UM GRUPO HUMANO ENCONTRA ENERGIA PARA ENFRENTAR SEU PRESENTE E PREPARAR SEU FUTURO [...]”. Morin (2005, p. 77) Fonte: Pixabay
  67. 67. PRAPETEC ➢ NOSSA ETNIA ➢ NOSSA PRÁTIA ➢ NOSSA COMUNIDADE OPORTUNIDADE DA EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI ORIENTAR PARA RESPEITAR A DIVERSIDADE HUMANA E AJUDAR A COMPOR A UNIDADE CULTURAL = A DIVERSIDADE DE COMPLEMENTA IDENTIDADES CONCÊNTRICAS E PLURAIS:
  68. 68. PRAPETEC PÁTRIA COMUM Fonte: Pixabay NOSSA PRÁTIA COMUM É A TERRA O MUNDO INTERLIGOU-SE E OS PROBLEMAS SÃO PLANETÁRIOS
  69. 69. PRAPETEC CIVILIZAR E SOLIDARIZAR A TERRA HUMANIDADE: GLOBAL COM PROPÓSITOS TERRENOS DESAFIO EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI ENSINAR A ÉTICA DA COMPREENSÃO PLANETÁRIA PROFESSOR/PROFESSORA: ENSINAR O RESPEITO PELAS CULTURAS E PELAS DIFERENÇAS SOCIAIS BEIJOS VIRTUAIS E MUITO SUICESSO
  70. 70. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO EDGAR MORIN
  71. 71. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO Elaborado por: Professora Doutora: LUCYMARA CARPIM, fundamentada na obra de EDGAR MORIN – Sete Saberes Necessários a Educação do Futuro
  72. 72. ENFRENTAR AS INCERTEZAS Fonte: Pixabay
  73. 73. PRAPETEC ENSINAR AOS ALUNOS A PENSAR O IMPREVISTO, A INCERTEZA NAVEGAR EM UM OCEANO DE TRANSFORMAÇÕES EDUCAÇÃO DO FUTURO Fonte: Pixabay FUTURO É ABERTO E INCERTO
  74. 74. PRAPETEC PAPEL DA EDUCAÇÃO EDUCAÇÃO: MINORAR AS DIFICULDADES E PREPARAR OS ESTUDANTES PARA A IMPREVISIBILIDADE ORIENTAR PARA: COMPREENDER AS LIMITAÇÕES LIDAR COM OS IMPREVISTOS ENFRENTAR DESAFIOS INESPERADOS
  75. 75. PRAPETEC PROFESSOR: DESENVOLVER NOS ALUNOS HABILIDADES PARA: RESOLVER PROBLEMAS DE MODO CONSTRUTIVO VALORIZAR AS EXPERIÊNCIAS ANTERIORES - APRENDIZAGEM FORTALECER SUAS ESTRUTURAS MENTAIS: NOVOS OLHARES PARA O MUNDO “TODA EVOLUÇÃO É FRUTO DO DESVIO BEM-SUCEDIDO CUJO DESENVOLVIMENTO TRANSFORMA O SISTEMA ONDE NASCEU: DESORGANIZA O SISTEMA, REORGANIZANDO-O. AS GRANDES TRANSFORMAÇÕES SÃO MORFOGÊNESES, CRIADORAS DE FORMAS NOVAS QUE PODEM CONSTITUIR VERDADEIRAS METAMORFOSES [...]”. Morin (2005, p. 82)
  76. 76. PRAPETEC TRANSFORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO É FUNDAMENTAL QUE A ESCOLA ENSINE OS ESTUDANTES A INTERVIR NO FUTURO POR MEIO DE SUAS AÇÕES DO PRESENTE Fonte: Pixabay Estudantes utilizando: as informações no tempo e a tempo
  77. 77. PRAPETEC EVOLUÇÃO E MUDANÇA OS ESTUDANTES PRECISAM COMPREENDER QUE A EVOLUÇÃO DA VIDA SE CONSOLIDA A PARTIR DE VARIAÇÕES CIENTÍFICAS, QUE PROMOVEM DESORDEM E CAOS, CONTRIBUINDO PARA A REORGANIZAÇÃO SISTÊMCIA DO UNIVERSO DO QUAL FAZEMOS PARTE FAZEMOS PARTE DE UM PROCESSO EVOLUTIVO QUE MORIN DENOMINA ECOLOGIA DA AÇÃO AÇÕES DESENCADEADAS PELOS SERES HUMANOS COM UM PROPÓSITO QUE PODEM MUITAS VEZES SEREM DESVIADAS DEVIDO AS INFLUÊNCIAS MÚLTIPLAS
  78. 78. PRAPETEC O FUTURO DA HUMANIDADE NÃO TEMOS CERTEZA DO NOSSO FUTURO NÃO EXISTE DETERMINISMO: O DESENVOLVIMENTO HUMANO NÃO É PREVISÍVEL – TUDO É INCERTEZA “A aventura incerta da humanidade não faz mais do que dar prosseguimento, em sua esfera, à aventura incerta do cosmo, nascida de um acidente impensável para nós, e que continua no devenir de criações e destruições “. Morin (2005, p. 83)
  79. 79. PRAPETEC VIVEMOS UMA ÉPOCA DE TRANSFORMAÇÕES Fonte: Pixabay TRANSFORMAÇÕES OCORREM DEVIDO A VELOCIDADE E A ACELERAÇÃO DOS PROCESSOS ALEATÓRIOS QUE SÃO COMPLEXOS E MUTÁVEIS
  80. 80. PRAPETEC MUNDO INCERTO A história não é linear, portanto a educação deve reforçar nos processos educativos que a realidade não é facilmente compreendida de forma legível devido as mutações que ocorrem no contexto social e cultural dos indivíduos “Nova consciência começa a surgir: o homem, confrontado de todos os lados às incertezas, é levado em nossa aventura. É preciso aprender a enfrentar a incerteza, já que vivemos em uma época de mudanças em que os valores são ambivalentes, em que tudo é ligado. É por isso que a educação do futuro deve se voltar para as incertezas ligadas ao conhecimento” Morin (2005, p. 84)
  81. 81. PRAPETEC É NA INSTABILIDADE DA INCERTEZA QUE SE CONSTROI OS SABERES ESTAMOS CERCADOS DE INCERTEZAS DESAFIO PARA O PROFESSOR: ENSINAR OS ESTUDANTES A LIDAR COM O IMPREVISTO, A FIM DE EVITAR FRUSTRAÇÕES, POIS SÃO NAS SITUAÇÕES INSTÁVEIS QUE DESENVOLVEMOS NOSSAS CAPACIDADES INTELECTUAIS E EMOCIONAIS “[...] A HUMANIDADE É CONDUZIDA PARA UMA AVENTURA DESCONHECIDA”. Morin (2005, p. 85)
  82. 82. PRAPETEC ECOLOGIA DA AÇÃO E O INESPERADO A ECOLOGIA DA AÇÃO É LEVAR O ESTUDANTE A COMPREENSÃO DO ALEATÓRIO, DO ACASO E DO INESPERADO Fonte: Pixabay
  83. 83. PRAPETEC TRÊS PRINCÍPIOS DA ECOLOGIA DA AÇÃO CIRCUITO RISCO/PRECAUÇÃO: “[...] Para toda ação empreendida em meio incerto, existe contradição entre o princípio do risco e o princípio da precaução, sendo um e outro necessários; trata-se de poder uni-los a despeito de sua oposição [...]” CIRCUITO FINS/MEIOS: “[...] Como os meios e os fins inter-retro-agem uns sobre os outros, é quase inevitável que meios sórdidos a serviço de fins nobres pervertam estes e terminem por substituí-los [...]” CIRCUITO AÇÃO/CONTEXTO: “Toda ação escapa à vontade de seu autor quanto entra no jogo das inter- retor-ações do meio em que intervém. Este é o princípio próprio à ecologia da ação. A ação não ocorre apenas o risco de fracasso, mas de desvio ou de perversão de seu sentido inicial e pode até mesmo voltar-se contra seus iniciadores [...]” Morin (2005, p. 88-89)
  84. 84. PRAPETEC A ESTRATRÉGIA DEVE SER UTILIZADA A FIM DE ATUAR EM SITUAÇÕES INSTÁVEIS, ASSIM, SE OCORREREM MODIFICAÇÕES NAS AÇÕES A ESTRATRÉGIA CONTRIBUI PARA REORGANIZAR, ESTABELECER NOVOS COMPROMISSOS A INSTABILIDADE EXIGE ESTRATÉGIAS “[...] Para tudo que se efetua em ambiente instável e incerto, impõe- se a estratégia. Deve, em um momento, privilegiar a prudência, em outro, a audácia e, se possível, as duas ao mesmo tempo. [...]” Morin (2005)
  85. 85. PRAPETEC A ESTRATÉGIA Para Morin (2005), uma estratégia deve favorecer a fraternidade, o respeito pela igualdade, a ética e a liberdade. Fonte: Pixabay
  86. 86. PRAPETEC REFLEXÃO NA AÇÃO AS FINALIDADES DE UMA AÇÃO DEVEM SER REFLETIDAS, COM CONSCIÊNCIA SOBRE A DIREÇÃO QUE PODE TOMAR, DEVIDO AS INCERTEZAS INERENTES AO CONTEXTO DE SUA APLICAÇÃO A AÇÃO EDUCATIVA DEVE TRABALHAR COM O IMPREVISTO E COM O INESPERADO E NESSE CENÁRIO CONTRIBUIR PARA QUE O ALUNO COMPONHA NOVOS OLHARES E CONSTRUA SABERES QUE O LEVEM A REFLETIR SOBRE SUA AÇÃO E AS POSSÍVEIS REAÇÕES
  87. 87. PRAPETEC PAPEL DO PROFESSOR “[...] vimos com frequência que o improvável se realiza mais do que o provável; saibamos, então, esperar o inesperado e trabalhar pelo improvável. Morin (2005, p. 92) Professor e professora: atue considerando as diversas possibilidades de ensinar e acredite que o impossível pode tornar-se possível Abraços fraternos
  88. 88. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO EDGAR MORIN
  89. 89. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO Elaborado por: Professora Doutora: LUCYMARA CARPIM, fundamentada na obra de EDGAR MORIN – Sete Saberes Necessários a Educação do Futuro
  90. 90. ENSINAR A COMPREENSÃO Fonte: Pixabay
  91. 91. PRAPETEC A COMPREENSÃO HUMANA Fonte: Pixabay A COMPREENSÃO HUMANA COMPORTA SER EMPÁTICO E ENTENDER A DOR DO OUTRO, TER COMPAIXÃO, SOFRER JUNTO, SER SOLIDÁRIO, A FIM DE SE PERMITIR VIVER A VERDADEIRA COMUNICAÇÃO HUMANA SER SOLIDÁRIO
  92. 92. PRAPETEC A ESCOLA E A COMPREENSÃO ENSINAR O SIGNIFICADO DA COMPREENSÃO HUMANA É FUNDAMENTAL PARA FORMAR CIDADÃOS FRATERNOS E ENGAJADOS COM OS PROBLEMAS DA HUMANIDADE PROFESSORES E PROFESSORAS: Precisamos ensinar nossos estudantes a deixar de lado o individualismo, apenas o sentido de responsabilidade individual e egocêntrica e alimentar o senso de coletivo, de humanidade amorosa e solidária
  93. 93. PRAPETEC PAPEL ESPIRITUAL DA EDUCAÇÃO “O PROBLEMA DA COMPREENSÃO TORNOU- SE CRUCIAL PARA OS HUMANOS. E, POR ESTE MOTIVO, DEVE SER UMA DAS FINALIDADES DA EDUCAÇÃO DO FUTURO” Morin (2005, p. 93) Fonte: Pixabay
  94. 94. PRAPETEC EVITAR A VISÃO UNILATERAL SER INDIFERENTE AUMENTA A DISTÂNCIA ENTRE OS INDIVÍDUOS É IMPORTANTE SE AUTO-ANALISAR, COMPREENDER A SI MESMO ESCOLA: ENSINAR A SUPERAR A INDIFERENÇA E A REJEIÇÃO AO PRÓXIMO
  95. 95. PRAPETEC ENSINAR A COMPREENSÃO EDUCAR PARA: “[...] ENSINAR A COMPREENSÃO ENTRE AS PESSOAS COMO CONDIÇÃO E GARANTIA DA SOLIDARIEDADE INTELECTUAL E MORAL DA HUMANIDADE”. Morin (2005, p. 93) Fonte: Pixabay
  96. 96. PRAPETEC É FUNDAMENTAL ROMPER COM O SOCIOCENTRISMO E DAR MAIS SIGINIFICADO PARA TODAS AS CULTURAS DE MANEIRA ÉTICA, ENTENDENDO E RESPEITANDO TODAS AS IDEIAS E PRÁTICAS SOCIAIS DE TODAS AS CULTURAS COMPREENDER AS PRÁTICAS CULTURAIS EVITAR A XENOFOBIA COMPREENDER CARÊNCIAS E FRAQUEZAS DOS OUTROS LUTAR CONTRA O RACISMO
  97. 97. PRAPETEC A ÉTICA DA COMPREENSÃO “A INCOMPREENSÃO PRODUZ TANTO O EMBRUTECIMENTO QUANTO ESTE PRODUZ A INCOMPREENSÃO”. Morin (2005, p. 98) Um dos caminhos para ensinar a compreensão é a intelectual e ética, que pode conduzir os estudantes a desenvolver a compreensão tanto intelectual quanto humana COMPREENDER DE MODO DESINTERESSADO
  98. 98. PRAPETEC RESPEITO PELO OUTRO “[...] A ÉTICA DA COMPREENSÃO PEDE QUE SE COMPREENDA A INCOMPREENSÃO”. Morin (2005, p. 99) A ÉTICA DA COMPREENSÃO ORIENTA PARA SEGUIR O CAMINHO DA ARGUMENTAÇÃO, QUE SE RECONHEÇA AS IDEOLOGIAS, OS ERROS E OS DESVIOS RESPEITO PELAS INDIVIDUALIDADES IDEOLÓGICAS
  99. 99. PRAPETEC BEM PENSAR Fonte: Pixabay “SE SOUBERMOS COMPREENDER ANTES DE CONDENAR, ESTAREMOS NO CAMINHO DA HUMANIZAÇÃO DAS RELAÇÕES HUMANAS”. Morin (2005, p. 100) Modo de pensar a compreensão, a partir do conjunto de um contexto. Visão de local e global, o ser e conviver e o multidimensional nos leva a ver a vida com igualdade de condições
  100. 100. PRAPETEC A FRAGILIDADE HUMANA SOMOS TODOS SERES FALÍVEIS, CARENTES E FRÁGEIS “A COMPREENSÃO DO OUTRO REQUER A CONSCIÊNCIA DA COMPLEXIDADE HUMANA”. Morin (2005, p. 101) TODOS NECESSITAMOS DE MÚTUA COMPREENSÃO
  101. 101. PRAPETEC ESTAR RECEPTIVOS A TODOS OS INDIVÍDUOS PRECISAMOS COMPREENDER O DIFERENTE E FICAR ABERTOS A TODOS OS PERFIS HUMANOS: RAÇAS, CREDOS, OPÇÕES SEXUAIS “A verdadeira tolerância não é indiferente às ideias ou ao ceticismo generalizados. Supõe convicção, fé, escolha ética e ao mesmo tempo aceitação da expressão de ideias, convicções, escolhas contrárias às nossas [...]”. Morin (2005, p. 101-102) SIGNIFICA DIZER QUE É IMPRESCINDÍVEL QUE A EDUCAÇÃO ENSINE A COMPRENSÃO ÉTICA PLANETÁRIA
  102. 102. PRAPETEC ETICA PLANETÁRIA: MUNDIALIZAÇÃO DA COMPREENSÃO SOLIDARIEDADE INTELECTUAL E MORAL DA HUMANIDADE Fonte: Pixabay EDUCAR PARA QUE AS CULTURAS APRENDAM UMAS COM AS OUTRAS
  103. 103. PRAPETEC ENSINAR PARA A CONSTRUÇÃO DE SOCIEDADES DEMOCRÁTICAS O planeta necessita de indivíduos compreensivos e amorosos uns com os outros IDEAL PARA A HUMANIDADE DO SÉCULO XXI SÃO SOCIEDADES ABERTAS O MUNDO NECESSITA DE MENTALIDADE PLANETÁRIA DA COMPREENSÃO
  104. 104. PRAPETEC VOCÊ PODE FAZER A DIFERENÇA PROFESSOR E PROFESSORA A SUA PRÁTICA DOCENTE PODE FAZER A DIFERENÇA PARA COMPOR UM PLANETA MAIS SOLIDÁRIO E COMPREENSIVO ENSINE SEUS ESTUDANTES A ÉTICA DA COMPREENSÃO HUMANA E CONSTRUA UM MUNDO MAIS HUMANIZADO E ÉTICO MUITA SAÚDE E FELICIDADES PARA VOCÊ
  105. 105. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO EDGAR MORIN
  106. 106. TECNOLOGIA EDUCACIONAL ABERTA PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PRAPETEC SETE SABERES NECESSÁRIOS A EDUCAÇÃO DO FUTURO Elaborado por: Professora Doutora: LUCYMARA CARPIM, fundamentada na obra de EDGAR MORIN – Sete Saberes Necessários a Educação do Futuro
  107. 107. ENSINAR A ÉTICA DO GÊNERO HUMANO Fonte: Pixabay
  108. 108. PRAPETEC FRAGMENTAÇÃO DISSOCIA A REALIDADE MUDANÇA DE OLHAR E PENSAMENTO: ROMPER COM A CONCEPÇÃO DE FRAGMENTAÇÃO PARA CONSTRUIR UMA VISÃO TOTAL DA REALIDADE A EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI DEVE DESENVOLVER UMA ÉTICA DO GÊNERO HUMANO
  109. 109. PRAPETEC SER HUMANA X PARTICIPAÇÃO SOCIAL EXISTEM 3 ASPECTOS DO GÊNERO HUMANO: INDIVIDUAL, SOCIAL E GENÉTICO TRINDADE: SÃO TERMINAÇÕES DE LIGAÇÕES – CABE AO SER HUMANO DESENVOLVER A ÉTICA E A AUTONOMIA PESSOAL RESPONSABILIDADES PESSOAIS
  110. 110. PRAPETEC TUDO DEVE SER INTEGRADO - INTERLIGADO PARA QUE A MUDANÇA DE PENSAMENTO OCORRA TUDO DEVER ESTAR INTERLIGADO, CONECTADO: O CONHECIMENTIO MULTIDISCIPLINAR OLHAR ANTROPO-ÉTICO “[...] As interações entre indivíduos produzem a sociedade e esta retroage sobre os indivíduos. A cultura, no sentido genérico, emerge destas interações, reúne-as e confere-lhes valor [...]”. Morin (2005, p. 105)
  111. 111. PRAPETEC A ANTROPO-ÉTICA NOS LEVA A: ASSUMIR A CONDIÇÃO HUMANA INDIVÍDUO/SOCIEDADE/ESPÉCIE NA COMPLEXIDADE DO NOSSO SER ALCANÇAR A HUMANIDADE EM NÓS MESMOS EM NOSSA CONSCIÊNCIA PESSOAL ASSUMIR O DESTINO HUMANO EM SUAS ANTINOMIAS E PLENITUDE Morin (2005, p. 106)
  112. 112. PRAPETEC A ESCOLA ASSUMIR A MISSÃO ANTROPOLÓGICA DO MILÊNIO TRABALHAR PARA A HUMANIZAÇÃO DA HUMANIDADE EFETUAR A DUPLA PILOTAGEM DO PLANETA: OBEDECER À VIDA, GUIAR A VIDA ALCANÇAR A UNIDADE PLANETÁRIA NA DIVERSIDADE RESPEITAR O OUTRO, AO MESMO TEMPO, A DIFERENÇA E A IDENTIDADE QUANTO A SI MESMO DESENVOLVER A ÉTICA DA SOLIDARIEDADE DESENVOLVER A ÉTICA DA COMPREENSÃO ENSINAR A ÉTICA DO GÊNERO HUMANO Morin (2005, p. 106)
  113. 113. PRAPETEC PENSAR UM MUNDO DEMOCRÁTICO E CIDADÃO EDUCAÇÃO ENSINAR E CONTRIBUIR NA REDUÇÃO DA SERVIDÃO E O AUMENTO DA RESPONSABILIDADE ÉTICA E SOCIAL RESPONSABILIDADE DO CIDADÃO PELA SUA COMUNIDADE, POR SUA CIDADE E PELA LIBERDADE INDIVIDUAL GARANTIA DOS DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS EM PROL DE UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA, SOLIDÁRIA E ÉTICA
  114. 114. PRAPETEC “A democracia supõe e nutre a diversidade dos interesses, assim como a diversidade de ideias. O respeito à diversidade significa que a democracia não pode ser identificada com a ditadura da maioria sobre as minorias; deve comportar o direito das minorias e dos contestadores à existência e à expressão, e deve permitir a expressão das ideias heréticas e desviantes”. Morin (2005, p. 108) DEMOCRACIA: ELO VITAL COM A DIVERSIDADE PARA A EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI É IMPORTANTE DESENVOLVER JUNTO COM OS ESTUDANTES PRINCIPIOS DA DIVERSIDADE DE IDÉIAS E COMO ESTA CONTRIBUI PARA A CONSOLIDAÇÃO DA DEMOCRACIA A DEMOCRACIA SÓ É POSSÍVEL A PARTIR DA DIALÓGICA DA DIVERSIDADE DE IDEIAS UNINDO O CONSENSO/CONFLITO; LIBERDADE/IGUALDADE; FRATERNIDADE E COMUNIDADE NACIONAL.
  115. 115. PRAPETEC OS AMBIENTES DEMOCRÁTICOS VIVEM CONFLITOS, PONTOS DE VISTAS DIFERENTES, IDEOLOGIAS E DITADURAS IMPOSTAS EM TODAS AS SOCIEDADES DO PLANETA. CABE A EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI ORIENTAR OS ESTUDANTES PARA O VALOR CÍVICO, O RESPEITO PELOS INDIVÍDUOS, SUAS IDEIAS E PENSAMENTOS VALOR CÍVICO DA DEMOCRACIA Fonte: Pixabay
  116. 116. PRAPETEC PROCESSOS POLÍTICOS E DEMOCRACIA É IMPORTANTE ENSINAR QUE A POLÍTICA DEVE SER TRATADA E CONDUZIDA CONSIDERANDO UM OLHAR DE TODO, E QUE A SOCIEDADE É COMPOSTA POR NECESSIDADES, DESAMPAROS E SOFRIMENTO DESENVOLVIMENTO DAS SOCIEDADES PROVOCA AUMENTO DOS PROBLEMAS ESSE DESENVOLVIMENTO PRODUZ CONHECIMENTO E TAMBÉM CEGUEIRA E IGNORÂNCIA DESENVOLVIMENTO DO CONHECIMENTO PROVOCOU A ESPECIALIZAÇÃO QUE FICA NAS MÃOS DE ESPECIALISTAS
  117. 117. PRAPETEC “[...] o desenvolvimento da tecnoburocracia instaura o reinado dos peritos em áreas que, Até então, dependiam de discussões e decisões políticas; ele suplanta os cidadãos nos domínios abertos às manipulações biológicas da paternidade, da maternidade, do nascimento, da morte. Estes problemas, com raras exceções, não entraram na consciência política nem no debate democrático do século XX”. Morin (2005, p. 111) INCLUSÃO DO INDIVÍDUO NOS PROCESSOS POLÍTICOS O CONTEXTO POLÍTICO FICA RELEGADO AOS EXPERTOS, QUE EXCLUEM OS INDIVÍDUOS DO CONTEXTO DEMOCRÁTICO QUAL O PAPEL DA EDUCAÇÃO NESSE CONTEXTO?
  118. 118. PRAPETEC “Nessas condições, impõe-se às sociedades reputadas como democráticas a necessidade de regenerar a democracia, enquanto, em grande parte do mundo, se apresenta o problema de gerar democracia, ao mesmo tempo em que as necessidades planetárias nos reclamam gerar nova possibilidade democrática nesta escala”.  Morin (2005, p. 112) REGENERAR O CIVISMO REGENERAR O CIVISMO REQUER REGENERAR A SOLIDARIEDADE, A ÉTICA (ANTROPO- ÉTICA)
  119. 119. PRAPETEC RELAÇÃO ÉTICA ENTRE TODOS A EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI CABE COMPOR UM ENSINO HUMANIZADO, ÉTICO, A PARTIR DE UMA POLÍTICA DE CIVILIZAÇÃO, ONDE TODOS TENHAM OPORTUNIDADES. “[...] A BUSCA DA HOMINIZAÇÃO NA HUMANIZAÇÃO, PELO ACESSO À CIDADANIA TERRENA [...]”. Morin (2005, p. 115) Professor e Professora: amar a educação acima de tudo, beijos fraternos

×