Acordo ortográfico2

1.394 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.394
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acordo ortográfico2

  1. 1. ACORDO ORTOGRÁFICO - HÍFEN KAROL SUETO MOREIRA
  2. 2. O QUE CONTINUA IGUAL• Usa-se hífen – Em palavras compostas por espécies botânicas e zoológicas: couve-flor, bem-te-vi, bem-me-quer, erva-do-chá, abóbora-menina, erva-doce, feijão- verde.
  3. 3. O QUE CONTINUA IGUAL• Usa-se hífen – Em palavras compostas por justaposição que formam uma unidade semântica, ou seja, nos termos que se unem para formam um novo significado: tio-avô, porto-alegrense, luso- brasileiro, segunda-feira, conta-gotas, guarda- chuva, arco-íris.
  4. 4. O QUE CONTINUA IGUAL• Usa-se hífen – Nos compostos com os advérbios mal e bem se o segundo elemento começar por H ou vogal: bem- aventurado, bem-criado, bem-humorado, bem- educado, mal-afortunado, mal-educado, mal- estar, mal-humorado, mal-limpo.
  5. 5. O QUE CONTINUA IGUAL• Usa-se hífen – Nos encadeamentos de vocábulos, como: ponte Rio-Niterói, percurso Lisboa-Coimbra-Porto e nas combinações históricas ou ocasionais: Áustria- Hungria, Angola-Brasil, Alsácia-Lorena, etc.
  6. 6. O QUE CONTINUA IGUAL• Usa-se hífen – Nos compostos com elementos além, aquém, recém e sem: além-mar, recém-nascido, sem- número, recém-casado, aquém-fiar, etc.
  7. 7. O QUE CONTINUA IGUAL• Usa-se hífen – Nas formações com os prefixos hiper-, inter- e super- quando associados com outro termo que é iniciado por r: hiper-resistente, inter-racial, super- racional, etc.
  8. 8. O QUE CONTINUA IGUAL• Usa-se hífen – Nas formações com os prefixos ex-, vice-: ex- diretor, ex-presidente, vice-governador, vice- prefeito.
  9. 9. O QUE CONTINUA IGUAL• Usa-se hífen – Nas formações com os prefixos pós-, pré- e pró-: pré-natal, pré-escolar, pró-europeu, pós- graduação, etc.
  10. 10. O QUE CONTINUA IGUAL• Usa-se hífen – Na ênclise e mesóclise: amá-lo, deixá-lo, dá-se, abraça-o, lança-o e amá-lo-ei, falar-lhe-ei, etc.
  11. 11. O QUE MUDOU• Não se emprega o hífen: – Nas formações em que o prefixo ou falso prefixo termina em vogal e o segundo termo inicia-se em r ou s. Nesse caso, passa-se a duplicar estas consoantes: antirreligioso, contrarregra, infrassom, microssistema, minissaia, microrradiografia, etc.
  12. 12. O QUE MUDOU• Não se emprega o hífen – Quando o prefixo terminar com letra diferente da letra inicial da palavra seguinte: autoescola, supersônico.
  13. 13. O QUE MUDOU• Emprega-se o hífen: – Nas formações em que o prefixo tem como segundo termo uma palavra iniciada por h: sub- hepático, eletro-hidrômetro, geo-história, neo- helênico, extra-humano, semi-hospitalar, super- homem.
  14. 14. O QUE MUDOU• Emprega-se o hífen: – Nas formações em que o prefixo ou pseudoprefixo termina na mesma vogal do segundo elemento: micro-ondas, eletro-ótica, semi-interno, auto- observação, etc.
  15. 15. VEJA TAMBÉM:• http://g1.globo.com/Noticias/Vestibular/0,,M UL936903-5604,00- IMPRIMA+GUIA+DA+REFORMA+ORTOGRAFIC A.html• http://www.brasilescola.com/acordo- ortografico/hifen.htm• http://www.recantodasletras.com.br/gramati ca/1609367

×