Violência pela negligência - Quebrando o Silêncio

3.239 visualizações

Publicada em

Quebrando o Silêncio é uma campanha da Igreja Adventista contra a violência. http://quebrandoosilencio.org

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Violência pela negligência - Quebrando o Silêncio

  1. 1. VIOLÊNCIA PELA NEGLIGÊNCIA Omissão no relacionamento entre pais e filhosBaseado no artigo de Vasconcelos e Souza, Revista QS 2012
  2. 2. NEGLIGÊNCIA É CRIMENegligência é o desleixo paracom a pessoa sobre quem se temresponsabilidade de educação,proteção, afeto, tanto norelacionamento entre pais e filhos,filhos e pais, como em outrosrelacionamentos.
  3. 3. O QUE CAUSA NEGLIGÊNCIA NORELACIONAMENTO ENTRE PAIS EFILHOS E O QUE PODE SER FEITO PARAPREVENIR E INTERROMPER ESSEPROBLEMA?
  4. 4. ONDE ESTÁ O ERRO?As crianças têm sentimentos, sofrememocionalmente e manifestam conflitos pormeio do comportamento. Por desconhecercomo os filhos se expressamemocionalmente, alguns pais julgam edisciplinam os filhos baseados nocomportamento, quando seria melhoravaliar o que ocorre por trás das atitudes.
  5. 5. CAUSASSofrimentos emocionais têmorigem em três aspectos gerais:• Herança Genética• Qualidade de Vida Afetiva• Sensibilidade Pessoal
  6. 6. A qualidade da vida afetiva na infânciafaz a criança chegar a vida adulta commelhor ou pior saúde mental.Qualidade de vida afetiva significa:expressão física de amor (beijo,abraço, carinho), palavras deafirmação (elogios, incentivos),respeito na maneira de falar, ouvir e secomportar com o filho, tempodedicado a ele, atenção, interesseverdadeiro por ele, etc.
  7. 7. Mais importante do que nossospais fizeram com a gente é oque fazemos com o que elesfizeram.
  8. 8. PAIS RADICAISLares liberais tanto quanto ditatoriaispodem trazer problemas na vida adulta.Nos lares ditatoriais a violência envolveabuso, como o impedimento dasexpressões e sentimentos.Já nos lares liberais a violência ocorre apartir da negligência de pais permissivos.
  9. 9. A BÍBLIA DIZ...• Pais, não irriteis os vossos filhos, para que não fiquem desanimados. (Colossenses 3:21)• E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai- os na disciplina e na admoestação do Senhor. (Efésios 6:4)
  10. 10. A história da vovó ranzinza:- Eu não gosto da vovó.
  11. 11. John Bradshow afirma: “Uma criançacujos sentimentos, pensamentos edesejos estão sendo controlados emedidos aprende que só interessa aopai quando não é ela mesma”.
  12. 12. A negligência na educação dos filhos lança a basepara problemas de relacionamento futuro.“As crianças novas, deixadas a si mesmas,aprendem o mal mais depressa que o bem. Osmaus hábitos se harmonizam melhor com ocoração natural, e as coisas que elas veem ououvem na infância são profundamente incutidosem sua mente. (Ellen White, OC, p. 202)
  13. 13. O IMPACTO DAS PALAVRAS• Seja honesto, não minta nunca.• Não prometa o que não fará, somente para acalmar a criança.• Anime a criança quanto ao seu auto- controle.• Evite atos agressivos, decisões impulsivas, disciplinas exageradas.• Investigue as causas das dificuldades da criança.
  14. 14. • Ensine seu filho, com o seu exemplo, a lidar com as emoções dolorosas.• Use palavras simples, compreensíveis e confiáveis.• Evite comparações com outras crianças.• Dê tarefas adequadas a idade da criança.• Não a ataque. Focalize o erro dela.• Valorize a criança pelos esforços feitos.
  15. 15. • Não use filhos em brigas no ambiente do lar.• Não deprecie seu cônjuge ao falar com um filho.• Demonstre interesse pelos pensamentos, desejos e sentimentos do filho, respeitando-o.• Passe tempo com a criança.
  16. 16. • Ensine seu filho a lidar com as emoções dolorosas. Use seu exemplo.• Use palavras simples, compreensíveis e confiáveis.• Evite comparações com outras crianças.• Dê tarefas adequadas a idade da criança.• Não a ataque. Focalize o erro dela.• Valorize a criança pelos esforços feitos.
  17. 17. Seus filhos são suaherança. Como vocêestá cuidando deles?

×