Piotr Trzesniak (piotreze@gmail.com)
Universidade Federal de Itajubá/MG
RedALyC – Comitê Científico Internacional
Brasil F...
PrePreââmbulo I: profissionalizar o Editormbulo I: profissionalizar o Editor
!! éé ““viver dissoviver disso””??
!! ouou éé...
PrePreââmbulo II: Internacionalizarmbulo II: Internacionalizar
!! Parceria com revistas e instituiParceria com revistas e ...
PrePreââmbulo III: Sustentabilidadembulo III: Sustentabilidade
!!Sociedade cientSociedade cientíífica + Universidadefica +...
Mas tudo passa pela necessidade deMas tudo passa pela necessidade de
Qualidade de conteQualidade de conteúúdo,do,
o grande...
TrTrêês desafios para a literatura cients desafios para a literatura cientííficafica
do hemisfdo hemisféério sulrio sul
(e...
TrTrêês desafios para a literatura cients desafios para a literatura cientííficafica
do hemisfdo hemisféério sulrio sul
(e...
TrTrêês desafios para a literatura cients desafios para a literatura cientííficafica
do hemisfdo hemisféério sulrio sul
(e...
Exterminadores (Exterminadores (ééticos) do conhecimentoticos) do conhecimento
(ou Procedimentos(ou Procedimentos ““cienci...
Exterminadores (Exterminadores (ééticos) do conhecimentoticos) do conhecimento
(ou Procedimentos(ou Procedimentos ““cienci...
Exterminadores do conhecimentoExterminadores do conhecimento
cujacuja ééticatica éé discutdiscutíívelvel
!! frankenscritos...
Exterminadores do conhecimentoExterminadores do conhecimento
cujacuja ééticatica éé discutdiscutíívelvel
!! as aparas apar...
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio
Florianópolis, fevereiro de 2014 13/31
Mais sobre Taketani/Osada: Trzesniak, Piotr (2009): A epistemolMais sobre Taketani/Osada: Trzesniak, Piotr (2009): A epist...
Pareceres cientPareceres cientííficos: uma taxionomiaficos: uma taxionomia
Elaboramos uma taxionomia para os requisitos da...
Vantagens de uma taxionomiaVantagens de uma taxionomia
A taxionomia, apresentada a seguir,A taxionomia, apresentada a segu...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 1: Forma/Normavel 1: Forma/Norma
As caracterAs caracteríísticas da macrosticas da macro--c...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 1: Norma/Formavel 1: Norma/Forma
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio
Flor...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 1: Norma/Formavel 1: Norma/Forma
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio
Flor...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 1: Norma/Formavel 1: Norma/Forma
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio
Flor...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais
Os itens incluOs itens incluíídos nesta c...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o gra...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o gra...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o gra...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o gra...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico
Os itens deste nOs itens deste níível:vel:
!!...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande ...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande ...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande ...
Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico
P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande ...
Piotr Trzesniak (piotreze@gmail.com)
Universidade Federal de Itajubá/MG
RedALyC – Comitê Científico Internacional
Brasil F...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Qualidade de conteúdo, o grande desafio

351 visualizações

Publicada em

Slides da palestra proferida pelo Prof. Dr. Piotr Trzesniak em 18 de fevereiro de 2014 no auditório da Biblioteca Central da UFSC. A palestra foi promovida pelo Portal de Periódicos.

A apresentação abordou as principais tendências e inovações na comunicação científica com ênfase na profissionalização, internacionalização e sustentabilidade financeira.

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
351
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Qualidade de conteúdo, o grande desafio

  1. 1. Piotr Trzesniak (piotreze@gmail.com) Universidade Federal de Itajubá/MG RedALyC – Comitê Científico Internacional Brasil Florianópolis, 18 de fevereiro de 2014 QualidadeQualidade dede conteconteúúdodo,, oo grande desafiogrande desafio ReferReferêência:ncia: Trzesniak, P., PlataTrzesniak, P., Plata--Caviedes, T. & CCaviedes, T. & Cóórdobardoba--Salgado, O. A. (2012).Salgado, O. A. (2012). Qualidade de conteQualidade de conteúúdo, o grande desafio para os editores cientdo, o grande desafio para os editores cientííficos.ficos. Revista Colombiana de PsicologRevista Colombiana de Psicologíía, 21, 57a, 21, 57--75..75.. Este trabalho é distribuído sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
  2. 2. PrePreââmbulo I: profissionalizar o Editormbulo I: profissionalizar o Editor !! éé ““viver dissoviver disso””?? !! ouou éé atuar como se deve?atuar como se deve? 1. A principal miss1. A principal missãão:o: oferecer o melhor conhecimentooferecer o melhor conhecimento 2. O processo editorial como a principal tarefa:2. O processo editorial como a principal tarefa: somente bons pareceres atendem isso!somente bons pareceres atendem isso! 3.3. ComunicaComunicaçãçãoo áágilgil com autores e pareceristascom autores e pareceristas 4.4. Cada artigo que passa pelCada artigo que passa peláá revisrevisãão por pares ocupao por pares ocupa pelo menos dois pareceristas e um editor:pelo menos dois pareceristas e um editor: ententãão seus autores devem ao menos dois bonso seus autores devem ao menos dois bons pareceres (lembrpareceres (lembráá--los disso...)los disso...) 5. Corpo Cient5. Corpo Cientíífico que atue de fato.fico que atue de fato. P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 2/31
  3. 3. PrePreââmbulo II: Internacionalizarmbulo II: Internacionalizar !! Parceria com revistas e instituiParceria com revistas e instituiçõções do estrangeiroes do estrangeiro (em 35 anos, s(em 35 anos, sóó vi uma nacionalizavi uma nacionalizaçãção desse tipo...)o desse tipo...) !! Retaguarda institucional SulRetaguarda institucional Sul--Sul!!Sul!! !! IndexaIndexaçõções (especialmente RedALyC...), DOAJes (especialmente RedALyC...), DOAJ !! Toda a visibilidade que puder (redes sociais,Toda a visibilidade que puder (redes sociais, Academia. Research Gate,...)Academia. Research Gate,...) !! Amigos de colegas, de fora do paAmigos de colegas, de fora do paíís e que atuem de fato!s e que atuem de fato! !! Corpo Representativo Internacional das Boas PrCorpo Representativo Internacional das Boas Práática...tica... P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 3/31
  4. 4. PrePreââmbulo III: Sustentabilidadembulo III: Sustentabilidade !!Sociedade cientSociedade cientíífica + Universidadefica + Universidade !! Retaguarda mRetaguarda múúltiplaltipla !! ContribuiContribuiçõções voluntes voluntááriasrias O que DelO que Delúúbio e Genobio e Genoííno tno têêm que a revista nm que a revista nãão tem?o tem? !! Page chargePage charge !! Mudar mentalidade doMudar mentalidade do ““consumidorconsumidor”” DeclaraDeclaraçãção de Floriano de Florianóópolis (ANPEPP, 2006):polis (ANPEPP, 2006): Que as pesquisadoras e os pesquisadores de todas asQue as pesquisadoras e os pesquisadores de todas as ááreasreas do conhecimento se associem a pelo menos uma Assocido conhecimento se associem a pelo menos uma Associaaçãçãoo CientCientíífica que publique um perifica que publique um perióódico de acessodico de acesso P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 4/31
  5. 5. Mas tudo passa pela necessidade deMas tudo passa pela necessidade de Qualidade de conteQualidade de conteúúdo,do, o grande desafioo grande desafio P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 5/31
  6. 6. TrTrêês desafios para a literatura cients desafios para a literatura cientííficafica do hemisfdo hemisféério sulrio sul (em quase todas as(em quase todas as ááreas)reas) Desafio 1: normalizaDesafio 1: normalizaçãçãoo superado!superado! P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 6/31
  7. 7. TrTrêês desafios para a literatura cients desafios para a literatura cientííficafica do hemisfdo hemisféério sulrio sul (em quase todas as(em quase todas as ááreas)reas) Desafio 1: normalizaDesafio 1: normalizaçãçãoo superado!superado! Desafio 2: indexaDesafio 2: indexaçãçãoo em superaem superaçãçãoo P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 7/31
  8. 8. TrTrêês desafios para a literatura cients desafios para a literatura cientííficafica do hemisfdo hemisféério sulrio sul (em quase todas as(em quase todas as ááreas)reas) Desafio 1: normalizaDesafio 1: normalizaçãçãoo superado!superado! Desafio 2: indexaDesafio 2: indexaçãçãoo em superaem superaçãçãoo Desafio 3 (emergente):Desafio 3 (emergente): qualidade de contequalidade de conteúúdodo P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 8/31
  9. 9. Exterminadores (Exterminadores (ééticos) do conhecimentoticos) do conhecimento (ou Procedimentos(ou Procedimentos ““ciencicidasciencicidas”” )) (knowledge killers or Science terminators)(knowledge killers or Science terminators) !!desprezar qualidade em avaliadesprezar qualidade em avaliaçõçõeses (prog/pesq)(prog/pesq) !! focar apenas nfocar apenas núúmeros em avaliameros em avaliaçõçõeses de revistasde revistas Porque geram:Porque geram: !! mais de 99,999% fast articlesmais de 99,999% fast articles (hamb(hambúúrgueres do conhecimento)...rgueres do conhecimento)... P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 9/31
  10. 10. Exterminadores (Exterminadores (ééticos) do conhecimentoticos) do conhecimento (ou Procedimentos(ou Procedimentos ““ciencicidasciencicidas”” )) (knowledge killers or Science terminators)(knowledge killers or Science terminators) PorPoréém,m, !! Conhecimento nConhecimento nãão se constro se constróói comi com apenas fast Science;apenas fast Science; !!Ao menos alguns dAo menos alguns déécimos por cento doscimos por cento dos artigos tem que ser de reflexartigos tem que ser de reflexãão, consolidandoo, consolidando os empos empííricos (slow Science);ricos (slow Science); (an(anáálise qualitativa, aperfeilise qualitativa, aperfeiççoamentooamento conceitual , encadeamentos, grandes sconceitual , encadeamentos, grandes síínteses)nteses) P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 10/31
  11. 11. Exterminadores do conhecimentoExterminadores do conhecimento cujacuja ééticatica éé discutdiscutíívelvel !! frankenscritos (mosaicos)frankenscritos (mosaicos) junjunçãção de fragmentos de artigos jo de fragmentos de artigos jáá publicadospublicados !! esquartejados (salames)esquartejados (salames) ““arrancararrancar““ cinco artigos de igual natureza de umacinco artigos de igual natureza de uma pesquisa que, na verdade, spesquisa que, na verdade, sóó daria umdaria um !! aventureirosaventureiros ““escrevinharescrevinhar”” qualquer coisa, sem fundamento,qualquer coisa, sem fundamento, proppropóósito ou sentido, de qualquer jeito;sito ou sentido, de qualquer jeito; nnãão passar nem mesmo pelo corretor ortogro passar nem mesmo pelo corretor ortográáfico.fico. Confundir o editor e os revisores: se colar, colou!Confundir o editor e os revisores: se colar, colou! P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 11/31
  12. 12. Exterminadores do conhecimentoExterminadores do conhecimento cujacuja ééticatica éé discutdiscutíívelvel !! as aparas aparêências enganam!ncias enganam! resultados de pesquisa tendenciosos, manipuladosresultados de pesquisa tendenciosos, manipulados ou obtidos sem qualquer rigor e seriedade;ou obtidos sem qualquer rigor e seriedade; sem processo editorial;sem processo editorial; apenas o visualapenas o visual éé profissional.profissional. !! artigos monstrosartigos monstros apenas metodoapenas metodologialogia (pernas e bra(pernas e braçços imensos);os imensos); sem epistemosem epistemologialogia (cabe(cabeçça ma míínima ou inexistente)nima ou inexistente) sem terminosem terminologialogia (conceitos confusos, sem corpo)(conceitos confusos, sem corpo) P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 12/31
  13. 13. P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 13/31
  14. 14. Mais sobre Taketani/Osada: Trzesniak, Piotr (2009): A epistemolMais sobre Taketani/Osada: Trzesniak, Piotr (2009): A epistemologia de Taketaniogia de Taketani--Osada, in: Oliveira, V. F.;Osada, in: Oliveira, V. F.; Cavenagui, V.; MCavenagui, V.; Máásculo, F. S. (org): Tsculo, F. S. (org): Tóópicos emergentes e desafios metodolpicos emergentes e desafios metodolóógicos em engenharia de produgicos em engenharia de produçãção:o: casos, expericasos, experiêências e proposincias e proposiçõções (p. 199es (p. 199--204). Rio de Janeiro/RJ: Editora da Associa204). Rio de Janeiro/RJ: Editora da Associaçãção Brasileira deo Brasileira de Engenharia de ProduEngenharia de Produçãção (ISBN 978o (ISBN 978--8585--8847888478--3838--1) (1) (clique aqui para acessarclique aqui para acessar).). P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 14/31
  15. 15. Pareceres cientPareceres cientííficos: uma taxionomiaficos: uma taxionomia Elaboramos uma taxionomia para os requisitos daElaboramos uma taxionomia para os requisitos da qualidade dos artigos cientqualidade dos artigos cientííficos, enquadrandoficos, enquadrando--os em tros em trêêss macromacro--categorias hierarquizadas, subdivididas em subcategorias hierarquizadas, subdivididas em sub-- categorias e microcategorias e micro--categorias.categorias. O trabalho convergiu a partir de duas frentes:O trabalho convergiu a partir de duas frentes: !! experiexperiêência dos autores na conduncia dos autores na conduçãção do processoo do processo editorial: macroeditorial: macro-- e das sube das sub--categorias.categorias. !! ananáálise de contelise de conteúúdo de 95 pareceres, referentes a 38do de 95 pareceres, referentes a 38 manuscritos submetidosmanuscritos submetidos àà Revista Colombiana deRevista Colombiana de Psicologia, em 2010 e 2011: microPsicologia, em 2010 e 2011: micro--categorias.categorias. !! ajustes de um e de outro lado, atajustes de um e de outro lado, atéé que todas as microque todas as micro-- categorias estivessem enquadradas em alguma das macro.categorias estivessem enquadradas em alguma das macro. P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 15/31
  16. 16. Vantagens de uma taxionomiaVantagens de uma taxionomia A taxionomia, apresentada a seguir,A taxionomia, apresentada a seguir, éé úútil para atender a pelotil para atender a pelo menos quatro necessidades:menos quatro necessidades: !! de editores cientde editores cientííficos:ficos: criacriaçãção de rotinas e deo de rotinas e de instrumentos de avaliainstrumentos de avaliaçãção de artigos;o de artigos; !! de revisores (tde revisores (téécnicos, editoriais e cientcnicos, editoriais e cientííficos):ficos): orientaorientaçãçãoo acerca do que observar em geral e em que prestar umaacerca do que observar em geral e em que prestar uma atenatençãção especial;o especial; !! de autores:de autores: auxauxíílio para efetuar uma autolio para efetuar uma auto--avaliaavaliaçãçãoo abrangente e completa dos prabrangente e completa dos próóprios textos;prios textos; !! de pesquisadores de cide pesquisadores de ciêência da informancia da informaçãção e deo e de comunicacomunicaçãção ciento cientíífica:fica: provimento de um referencial paraprovimento de um referencial para estudo e anestudo e anáálise de pareceres cientlise de pareceres cientííficos (como o de Plataficos (como o de Plata-- Caviedes et al., 2012).Caviedes et al., 2012). P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 16/31
  17. 17. Taxionomia, nTaxionomia, níível 1: Forma/Normavel 1: Forma/Norma As caracterAs caracteríísticas da macrosticas da macro--categoria Norma/Forma (Tabela 1) scategoria Norma/Forma (Tabela 1) sãão:o: !! apresentar itens a serem examinados na revisapresentar itens a serem examinados na revisãão deo de conformidade ou preliminar ou de ingressoconformidade ou preliminar ou de ingresso -- o desk review);o desk review); !! pode ser realizada por pessoal tpode ser realizada por pessoal téécnico ncnico nãão especializado nao especializado na áárearea temtemáática da publicatica da publicaçãção (revisores de texto, biblioteco (revisores de texto, bibliotecáários, arterios, arte-- finalistas grfinalistas grááficos, secretficos, secretáários editoriais);rios editoriais); !! apenas o item 1.4 exige um profissional com algumaapenas o item 1.4 exige um profissional com alguma familiaridade com afamiliaridade com a áárea, mas sem ter que ser necessariamente umrea, mas sem ter que ser necessariamente um pesquisadorpesquisador (uma rejei(uma rejeiçãção por falha em 1.4. Atendimentoo por falha em 1.4. Atendimento àà PolPolíítica editorialtica editorial éé definitiva)definitiva);; !! os manuscritos devolvidos aos autores nesta fase seros manuscritos devolvidos aos autores nesta fase serããoo computados apenas como submisscomputados apenas como submissõões brutases brutas (n(nãão ingressam no processo editorial; eventuais reapresentao ingressam no processo editorial; eventuais reapresentaçõçõeses entram como submissentram como submissõões novas).es novas). P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 17/31
  18. 18. Taxionomia, nTaxionomia, níível 1: Norma/Formavel 1: Norma/Forma P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 18/31
  19. 19. Taxionomia, nTaxionomia, níível 1: Norma/Formavel 1: Norma/Forma P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 19/31
  20. 20. Taxionomia, nTaxionomia, níível 1: Norma/Formavel 1: Norma/Forma P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 20/31
  21. 21. Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais Os itens incluOs itens incluíídos nesta categoria:dos nesta categoria: !! fazem parte da revisfazem parte da revisãão pelos pares (peer review);o pelos pares (peer review); !! em geral, podem ser corrigidos;em geral, podem ser corrigidos; !! conformidade pode ser verificada por qualquer editor (cientconformidade pode ser verificada por qualquer editor (cientíífico,fico, associado ou deassociado ou de áárea) ou qualquer integrante do Corpo Editorialrea) ou qualquer integrante do Corpo Editorial CientCientííficofico (um pesquisador da grande(um pesquisador da grande áárea temrea temáática com boa bagagemtica com boa bagagem editorial, mas cuja especialidade neditorial, mas cuja especialidade nãão necessita ser exatamente ao necessita ser exatamente a que o manuscrito foca);que o manuscrito foca); !! havendo necessidade de correhavendo necessidade de correçõções, submisses, submissãão retorna aoso retorna aos autores e autoras, mas nautores e autoras, mas nããoo éé retirada do processo editorial.retirada do processo editorial. P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 21/31
  22. 22. Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 22/31
  23. 23. Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 23/31
  24. 24. Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 24/31
  25. 25. Taxionomia, nTaxionomia, níível 2: Aspectos editoriaisvel 2: Aspectos editoriais P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 25/31
  26. 26. Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico Os itens deste nOs itens deste níível:vel: !! ssãão a esso a essêência da revisncia da revisãão por pares;o por pares; !! devem ser avaliados por um pesquisador ativo nodevem ser avaliados por um pesquisador ativo no tema espectema especíífico do artigo;fico do artigo; !! imperfeiimperfeiçõções, dependendo do item ou da extenses, dependendo do item ou da extensãão,o, podem implicar rejeipodem implicar rejeiçãção definitiva do manuscrito ouo definitiva do manuscrito ou retorno para correretorno para correçãção sem sao sem saíída do pracesso editorial.da do pracesso editorial. P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 26/31
  27. 27. Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 27/31
  28. 28. Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 28/31
  29. 29. Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 29/31
  30. 30. Taxionomia, nTaxionomia, níível 3: Mvel 3: Méérito cientrito cientííficofico P Trzesniak: Qualidade de conteúdo, o grande desafio Florianópolis, fevereiro de 2014 30/31
  31. 31. Piotr Trzesniak (piotreze@gmail.com) Universidade Federal de Itajubá/MG RedALyC – Comitê Científico Internacional Brasil Florianópolis, 18 de fevereiro de 2014 QualidadeQualidade dede conteconteúúdodo,, oo grande desafiogrande desafio MuitoMuito obrigado!!obrigado!! ReferReferêência:ncia: Trzesniak, P., PlataTrzesniak, P., Plata--Caviedes, T. & CCaviedes, T. & Cóórdobardoba--Salgado, O. A. (2012).Salgado, O. A. (2012). Qualidade de conteQualidade de conteúúdo, o grande desafio para os editores cientdo, o grande desafio para os editores cientííficos.ficos. Revista Colombiana de PsicologRevista Colombiana de Psicologíía, 21, 57a, 21, 57--75..75.. Este trabalho é distribuído sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

×