Os paradigmas da publicação científica ...
Benedito Barraviera
Professor Titular de Infectologia
UNESP
Os paradigmas da publicação científica ...
Paradigma é um termo de origem grega “paradeigma” que
significa modelo, padrão....
No âmbito das publicações científicas o primeiro paradigma que
se perpetua há 350 anos é o padrão de um artigo científico....
QUALIDADE
Qualidade é o grau de utilidade esperado ou adquirido de
qualquer coisa, verificável através da forma e dos elem...
Em 2014 a internacionalização dos periódicos
foi tema central da IV Reunião Anual do
SciELO
http://blog.scielo.org/blog/20...
O Diretor Científico da FAPESP, Carlos Henrique de Brito Cruz, analisou
a emergência e evolução desta situação nos últimos...
WebQualis da CAPES – 2015 – Medicina I e II
Meritocracia pelo Fator de Impacto da Web of Science (WoS)
Evolução do Fator de Impacto das principais revistas brasileiras - Memórias do Instituto
Oswaldo Cruz, Brazilian Journal o...
QUANTIDADE
Quantidade é uma propriedade que existe em magnitude e acumulação e
que designa tudo aquilo que pode ser medido...
http://blog.scielo.org/blog/2014/12/16/a-internacionalizacao-dos-periodicos-foi-tema-centra
Figuras -  Quantidade de artig...
http://scholarlykitchen.sspnet.org/2013/06/20/the-rise-and-fall-of-plos-ones-impact-factor-2012-3-730/
The rise and fall o...
63 thoughts on “The Rise and Fall of PLOS ONE’s Impact Factor
(2012 = 3.730)”
Generally articles in the 1st year after pub...
http://www.scielo.br/avaliacao/20141003NovosCriterios_SciELO_Brasil.pdf
SciELO anuncia medidas para internacionalização 
de periódicos científicos. 05 de dezembro de 2014
Além  dos  editoriais, ...
http://www.scielo.br/avaliacao/20141003NovosCriterios_SciELO_Brasil.pdf
VISIBILIDADE
-Idioma-
VISIBILIDADE
-Indexação-
VISIBILIDADE
-Redes sociais-
VISIBILIDADE
-Higly accessed-
VELOCIDADE
-de produção-
Esta análise permite concluir que a velocidade da publicação aumentou
significativamente nos últi...
VELOCIDADE
-de publicação-
impressas
-Anual
-Semestral
-Quadrimestral
-Trimestral
-Bimensal
-Mensal
-Quinzenal
-Semanal
Fl...
-Anual
-Semestral
-Quadrimestral
-Trimestral
-Bimensal
-Mensal
-Quinzenal
-Semanal
Fluxo contínuo
VELOCIDADE
-de publicaçã...
ACESSIBILIDADE
Revista ideal: eletrônica, com domínio
próprio, artigos com DOI number, de
acesso aberto e disponível para
...
SUSTENTABILIDADE
Agências oficiais de fomento
FAPs (FAPESP, RJ, MIG, etc)
CAPES
CNPq
FINEP
APC - Article-processing charge...
GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática....
De acordo com o Comitê Internacional de Editores de Revistas
Médicas ...
GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática....
Da chegada à publicação – ETAPAS A VENCER!
GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática....
Da chegada à publicação – ETAPAS A VENCER!
GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática....
Da chegada à publicação – ETAPAS A VENCER!
GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática....
Da chegada à publicação – ETAPAS A VENCER!
GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática....
Editor chefe Deve:
Ser ético, crítico e discreto
Saber guardar segred...
A execução adequada dos “Paradigmas da Publicação
científica” desemboca num funil denominado CITAÇÃO!
O que é CITAÇÃO?
Cit...
O CICLO NORMAL DE
CRESCIMENTO DE UM PERIÓDICO
Equilibre os paradigmas
-Qualidade
-Quantidade
-Visibilidade
-Velocidade
-Ac...
.... E a vida continua.....
Benedito Barraviera
Professor Titular de Infectologia - UNESP
bbviera@gnosis.com.br
bbviera@jvat.org.br
Pela atenção,
Muit...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os paradigmas da publicação científica

347 visualizações

Publicada em

Apresentação feita pelo Prof. Dr. Benedito Barraviera no IV Ciclo de Debates Periódicos UFSC realizado no dia 05 de maio de 2015 na Biblioteca Central da UFSC.

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os paradigmas da publicação científica

  1. 1. Os paradigmas da publicação científica ... Benedito Barraviera Professor Titular de Infectologia UNESP
  2. 2. Os paradigmas da publicação científica ... Paradigma é um termo de origem grega “paradeigma” que significa modelo, padrão. No sentido amplo corresponde a algo que vai servir de modelo ou exemplo a ser seguido em determinada situação. São as normas orientadoras de um grupo que estabelecem limites e que determinam como um indivíduo deve agir dentro desses limites. O norte-americano Thomas Samuel Kuhn (1922-1996), físico e filósofo da ciência, no seu livro “A Estrutura das Revoluções Científicas” designou como paradigma as “realizações científicas que geram modelos que, por período mais ou menos longo e de modo mais ou menos explícito, orientam o desenvolvimento posterior das pesquisas exclusivamente na busca da solução para os problemas por elas suscitados.”
  3. 3. No âmbito das publicações científicas o primeiro paradigma que se perpetua há 350 anos é o padrão de um artigo científico. Assim, a introdução, os métodos, os resultados e a discussão, modelo proposto pelos franceses e ingleses em 1665 (Journal des Savants e o Philosophical Transactions of the Royal Society), permanece imutável ao longo do tempo. Respeitando este, os demais, ou seja, qualidade, quantidade, visibilidade, velocidade, acessibilidade, sustentabilidade, entre outros, são variáveis mutáveis e implementadas de acordo com a época, a pró-atividade, a iniciativa e o modus faciendi de cada Editor-chefe. Este sim, gestor e principal ator deste enorme DESAFIO, e porque não dizer FAÇANHA, que se chama Publicação Científica, é que fará a DIFERENÇA. Os paradigmas da publicação científica ... http://www.theguardian.com/science/political-science/2015/apr/04/after-350-years-of-academic-journals-its-time-to-shake
  4. 4. QUALIDADE Qualidade é o grau de utilidade esperado ou adquirido de qualquer coisa, verificável através da forma e dos elementos constitutivos do mesmo e pelo resultado do seu uso.
  5. 5. Em 2014 a internacionalização dos periódicos foi tema central da IV Reunião Anual do SciELO http://blog.scielo.org/blog/2014/12/16/a-internacionalizacao-dos-periodicos-foi-tema-centra Figuras - Impacto dos artigos de autores de São Paulo e do Brasil em Periódicos do Brasil e do Exterior
  6. 6. O Diretor Científico da FAPESP, Carlos Henrique de Brito Cruz, analisou a emergência e evolução desta situação nos últimos anos com uma série de gráficos ilustrativos do crescimento e impacto da pesquisa do Brasil indexada no Web of Science (WoS) desde os anos 80. Entre eles, destacam-se os gráficos que evidenciam a diferença de desempenho por citações entre os artigos de autoria brasileira publicados nos periódicos do Brasil e do exterior. Embora reconhecendo que não se publica periódicos de qualidade com o objetivo exclusivo de obter citações, Brito Cruz ressaltou a importância dos periódicos nacionais para aumentar o impacto da ciência brasileira. Lembrou também que o aumento da visibilidade internacional dos periódicos do Brasil é um objetivo do SciELO desde suas origens. Figuras - Impacto dos artigos de autores de São Paulo e do Brasil em Periódicos do Brasil e do Exterior Em 2014 a internacionalização dos periódicos foi tema central da IV Reunião Anual do SciELO
  7. 7. WebQualis da CAPES – 2015 – Medicina I e II Meritocracia pelo Fator de Impacto da Web of Science (WoS)
  8. 8. Evolução do Fator de Impacto das principais revistas brasileiras - Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, Brazilian Journal of Medical and Biological Research, Revista Brasileira de Psiquiatria, Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e Journal of the Brazilian Chemical Society Fonte: JCR® (Journal Citation Reports ®– Thomson Reuters) http://thomsonreuters.com/en.html
  9. 9. QUANTIDADE Quantidade é uma propriedade que existe em magnitude e acumulação e que designa tudo aquilo que pode ser medido ou contado (números), que é susceptível de aumentar ou diminuir e que possui uma substância e forma.
  10. 10. http://blog.scielo.org/blog/2014/12/16/a-internacionalizacao-dos-periodicos-foi-tema-centra Figuras -  Quantidade de artigos de autores de São Paulo e do Brasil em Periódicos do Brasil e do Exterior Em 2014 a internacionalização dos periódicos foi tema central da IV Reunião Anual do SciELO
  11. 11. http://scholarlykitchen.sspnet.org/2013/06/20/the-rise-and-fall-of-plos-ones-impact-factor-2012-3-730/ The rise and fall of PLOS ONE’s Impact Factor (2012 = 3.730)
  12. 12. 63 thoughts on “The Rise and Fall of PLOS ONE’s Impact Factor (2012 = 3.730)” Generally articles in the 1st year after publication receive fewer citations than in  the 2nd year after publication. Given the PLOS more than doubled in size from  6.722 articles in 2010 to 13.781 articles in 2011 I would expect the Impact factor  to fall independently of any change in the longer run citation rates of the articles  published. This effect is compounded when looking at the monthly growth  figures, with the massive increase in growth throughout 2011 meaning the bulk  of 2011 articles are published in the latter half of the year, giving less time to  accrue citations for the 2012 Impact Factor.   Although you mention this effect briefly I would be interested know how much of  the decline you think can be explained by the growth and how much relates to  the other factors you mention. Posted by James Hardcastle (@JamesHTweets) | Jun 20, 2013, 6:04 am The Rise and Fall of PLOS ONE’s Impact Factor (2012 = 3.730) Posted by Phil Davis   Jun 20, 2013   ⋅ ⋅ 63 Comments
  13. 13. http://www.scielo.br/avaliacao/20141003NovosCriterios_SciELO_Brasil.pdf
  14. 14. SciELO anuncia medidas para internacionalização  de periódicos científicos. 05 de dezembro de 2014 Além  dos  editoriais,  serão  indexados,  publicados  e  incluídos  nas  métricas de  desempenho  da  SciELO  documentos  como  adendos,  artigos  de  pesquisa,  artigos  de  revisão,  cartas,  coleções,  comentários  de  artigo,  comunicações  breves,  discursos,  discussões,  erratas,  introduções, normas, relatos de caso, resenhas críticas de  livro, respostas e retratações, entre outros. Não  serão  considerados  anúncios,  calendários,  chamadas,  livros  recebidos,  notícias,  obituários,  reimpressões, relatórios de reunião, resumos, revisões de  produto, teses e traduções. http://agencia.fapesp.br/scielo_anuncia_medidas_para_internacionalizacao_de_periodic os_cientificos/20356/
  15. 15. http://www.scielo.br/avaliacao/20141003NovosCriterios_SciELO_Brasil.pdf VISIBILIDADE -Idioma-
  16. 16. VISIBILIDADE -Indexação-
  17. 17. VISIBILIDADE -Redes sociais-
  18. 18. VISIBILIDADE -Higly accessed-
  19. 19. VELOCIDADE -de produção- Esta análise permite concluir que a velocidade da publicação aumentou significativamente nos últimos anos, haja vista que atualmente o tempo decorrido entre a submissão e a publicação é semelhante aos periódicos de maior impacto mundial, ou seja, de apenas 129 dias.
  20. 20. VELOCIDADE -de publicação- impressas -Anual -Semestral -Quadrimestral -Trimestral -Bimensal -Mensal -Quinzenal -Semanal Fluxo contínuo
  21. 21. -Anual -Semestral -Quadrimestral -Trimestral -Bimensal -Mensal -Quinzenal -Semanal Fluxo contínuo VELOCIDADE -de publicação- eletrônicas
  22. 22. ACESSIBILIDADE Revista ideal: eletrônica, com domínio próprio, artigos com DOI number, de acesso aberto e disponível para notebooks, tablets e smartphones.
  23. 23. SUSTENTABILIDADE Agências oficiais de fomento FAPs (FAPESP, RJ, MIG, etc) CAPES CNPq FINEP APC - Article-processing charge (cobra-se do autor para tornar a publicação open access) An article processing charge (APC), also known as a publication fee, is a fee which is sometimes charged to authors in order to publish an article in an academic journal. Instituições mantenedoras Universidades Associações científicas Centros de pesquisa Fundações, etc.
  24. 24. GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática.... De acordo com o Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas - The Vancouver Group - The International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE) www.icmje.org “O Editor-chefe de um periódico científico é o indivíduo responsável pelo seu conteúdo integral” Liberdade Editorial O Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas (CIERM) adota a definição de Liberdade Editorial da Associação Mundial de Editores Médicos (http://www.wame.org/wamestmt.htm). Tal definição afirma que: “A Liberdade ou independência editorial é o conceito de que Editores-chefes devem ter total autoridade sobre o conteúdo editorial de suas revistas”.
  25. 25. GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática.... Da chegada à publicação – ETAPAS A VENCER!
  26. 26. GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática.... Da chegada à publicação – ETAPAS A VENCER!
  27. 27. GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática.... Da chegada à publicação – ETAPAS A VENCER!
  28. 28. GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática.... Da chegada à publicação – ETAPAS A VENCER!
  29. 29. GESTÃO ... ou colocando os paradigmas em prática.... Editor chefe Deve: Ser ético, crítico e discreto Saber guardar segredo Ser responsável e ter poder de decisão Ter competência administrativa Ser pesquisador (saber preparar, submeter e vencer editais de pesquisa) Ter iniciativa, ser pró-ativo e organizado Ter tempo para se dedicar ao periódico Trabalhar em equipe, estimular a citação do periódico Participar de eventos relacionados com Editoração Fazer cursos de educação continuada em Editoração Publicar os seus trabalhos em revistas arbitradas de elevado fator de impacto Preparar o seu substituto !!! “Deve dormir e acordar pensando nela (revista)” e... “Saber onde quer chegar”!
  30. 30. A execução adequada dos “Paradigmas da Publicação científica” desemboca num funil denominado CITAÇÃO! O que é CITAÇÃO? Citação, substantivo feminino, indica o ato ou efeito de citar ou fazer referência a alguma coisa. É o ato da credibilidade e do respeito! CITAR significa: referenciar, basear, ter como modelo, crer, adorar... A CITAÇÃO é o numerador do Fator de Impacto. Este dará prestígio acadêmico a revista (prestígio entre os pares)!
  31. 31. O CICLO NORMAL DE CRESCIMENTO DE UM PERIÓDICO Equilibre os paradigmas -Qualidade -Quantidade -Visibilidade -Velocidade -Acessibilidade -Sustentabilidade ... e o seu Periódico certamente irá crescer, ser prestigiado, ser citado e aumentar o seu Fator de Impacto ...
  32. 32. .... E a vida continua.....
  33. 33. Benedito Barraviera Professor Titular de Infectologia - UNESP bbviera@gnosis.com.br bbviera@jvat.org.br Pela atenção, Muito obrigado !!! Este documento está disponível para todos os interessados ...

×