CEMTI MODERNA
PROFESSORA
LIZIÊR OLIVEIRA
CEMTI MODERNA
PROFESSORA
LIZIÊR OLIVEIRA
POPULAÇÃO
BRASILEIRA:
dinâmica e
desenvo...
CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO
A população de um país se altera
mediante dois processos:
 a diferença entre o número de pessoas ...
No Brasil, apenas o último processo é
de grande importância, pois a imigração só
teve influência significativa no crescime...
Fonte: IBGE. Censo Demográfico 2000 e Contagem da População, 2007.Fonte: IBGE. Censo Demográfico 2000 e Contagem da Popula...
CRESCIMENTO NATURAL
OU VEGETATIVO
No Brasil, o crescimento
natural, ou vegetativo, da
população constitui o elemento
princ...
Por que diminuíram
as taxas de
mortalidade no
brasil?
Por que diminuíram
as taxas de
mortalidade no
brasil?
A queda nas taxas de
mortalidade no Brasil e
suas razões podem ser
resumidas em alguns
pontos:
 Desde o final do século XIX, os índices de
mortalidade no Brasil vêm diminuindo graças às
melhorias nas condições sanitá...
 Houve uma alteração nas principais causas
das mortes no início do século XX, as doenças
que causavam maior mortalidade e...
A diminuição das
taxas de natalidade
no Brasil
As taxas de
natalidade também
vêm diminuindo no
país. E esse declínio
está associado a
dois fatores:
 Queda das
taxas de
mortalidade
Processo de
urbanização
DESENVOLVIMENTO
HUMANO
DESENVOLVIMENTO HUMANO
Melhoria no padrão de vida da
maioria da população com
menores taxas de mortalidade
geral e infanti...
ESPERANÇA DE VIDA
Segundo a Tábua de Vida de 2007, do IBGE,
a esperança ou expectativa de vida do brasileiro é
de 72,6 ano...
MORTALIDADE INFANTIL
Refere-se ao número de crianças que
morrem antes de completar 1 ano de idade e
costuma ser expresso p...
ESCOLARIZAÇÃO
A população brasileira ocupa posição
inferior à dos países desenvolvidos e mesmo
à de inúmeros subdesenvolvi...
NUTRIÇÃO
Pesquisas mais recentes do
IBGE mostram que a média de
consumo de alimentos no país está
dentro do mínimo conside...
O IDH no Brasil
Existem diferenças
regionais no Brasil:
algumas áreas ou regiões
apresentam IDH maior e
outras, menor.
IDH
"Há três métodos para
ganhar sabedoria: primeiro,
por reflexão, que é o mais
nobre; segundo, por
imitação, que é o mais fá...
População brasileira dinâmica e desenvolvimento humano
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

População brasileira dinâmica e desenvolvimento humano

9.648 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

População brasileira dinâmica e desenvolvimento humano

  1. 1. CEMTI MODERNA PROFESSORA LIZIÊR OLIVEIRA CEMTI MODERNA PROFESSORA LIZIÊR OLIVEIRA POPULAÇÃO BRASILEIRA: dinâmica e desenvolvimento humano POPULAÇÃO BRASILEIRA: dinâmica e desenvolvimento humano
  2. 2. CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO A população de um país se altera mediante dois processos:  a diferença entre o número de pessoas que entraram no país (imigrantes) e o número das que saíram (emigrantes); e,  o saldo entre os nascimentos e óbitos. CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO A população de um país se altera mediante dois processos:  a diferença entre o número de pessoas que entraram no país (imigrantes) e o número das que saíram (emigrantes); e,  o saldo entre os nascimentos e óbitos.
  3. 3. No Brasil, apenas o último processo é de grande importância, pois a imigração só teve influência significativa no crescimento populacional entre o fim do século XIX e 1934. No Brasil, apenas o último processo é de grande importância, pois a imigração só teve influência significativa no crescimento populacional entre o fim do século XIX e 1934.
  4. 4. Fonte: IBGE. Censo Demográfico 2000 e Contagem da População, 2007.Fonte: IBGE. Censo Demográfico 2000 e Contagem da População, 2007. EVOLUÇÃO DEMOGRÁFICA DO BRASIL (1950-2007) ANO POPULAÇÃO TAXAS MÉDIAS ANUAIS 1950 51.944.397 2,39% (1940-1950) 1960 70.070.457 2,99% (1950-1960) 1970 93.139.037 2,89% (1960-1970) 1980 119.002.706 2,49% (1970-1980) 1991 146.825.475 1,89% (1980-1991) 2000 169.799.170 1,60% (1991-2000) 2007 183.987.291 1,20% (2000-2007)
  5. 5. CRESCIMENTO NATURAL OU VEGETATIVO No Brasil, o crescimento natural, ou vegetativo, da população constitui o elemento principal do incremento demográfico. As taxas desses dois processos são quase coincidentes.
  6. 6. Por que diminuíram as taxas de mortalidade no brasil? Por que diminuíram as taxas de mortalidade no brasil?
  7. 7. A queda nas taxas de mortalidade no Brasil e suas razões podem ser resumidas em alguns pontos:
  8. 8.  Desde o final do século XIX, os índices de mortalidade no Brasil vêm diminuindo graças às melhorias nas condições sanitárias e higiênicas, com o saneamento de lagoas e pântanos, a dedetização de locais de trabalho e de moradia, a expansão das redes de esgoto e água encanada, a vacinação em massa da população, distribuição gratuita de medicamentos e inseticidas.  Desde o final do século XIX, os índices de mortalidade no Brasil vêm diminuindo graças às melhorias nas condições sanitárias e higiênicas, com o saneamento de lagoas e pântanos, a dedetização de locais de trabalho e de moradia, a expansão das redes de esgoto e água encanada, a vacinação em massa da população, distribuição gratuita de medicamentos e inseticidas.
  9. 9.  Houve uma alteração nas principais causas das mortes no início do século XX, as doenças que causavam maior mortalidade eram as infecciosas e parasitárias e as do sistema respiratório e digestório; nos últimos anos, observou-se diminuição dessas doenças e aumento de outras, como distúrbios dos sistemas cardiovascular e nervoso e maior incidência de casos de câncer.  Houve uma alteração nas principais causas das mortes no início do século XX, as doenças que causavam maior mortalidade eram as infecciosas e parasitárias e as do sistema respiratório e digestório; nos últimos anos, observou-se diminuição dessas doenças e aumento de outras, como distúrbios dos sistemas cardiovascular e nervoso e maior incidência de casos de câncer.
  10. 10. A diminuição das taxas de natalidade no Brasil
  11. 11. As taxas de natalidade também vêm diminuindo no país. E esse declínio está associado a dois fatores:
  12. 12.  Queda das taxas de mortalidade Processo de urbanização
  13. 13. DESENVOLVIMENTO HUMANO
  14. 14. DESENVOLVIMENTO HUMANO Melhoria no padrão de vida da maioria da população com menores taxas de mortalidade geral e infantil, melhor nutrição, maior escolaridade, etc.
  15. 15. ESPERANÇA DE VIDA Segundo a Tábua de Vida de 2007, do IBGE, a esperança ou expectativa de vida do brasileiro é de 72,6 anos em média (68,8 para os homens e 76,4 para as mulheres.
  16. 16. MORTALIDADE INFANTIL Refere-se ao número de crianças que morrem antes de completar 1 ano de idade e costuma ser expresso por mil. No Brasil o índice médio de mortalidade infantil ainda é muito alto: 24,3%. MORTALIDADE INFANTIL Refere-se ao número de crianças que morrem antes de completar 1 ano de idade e costuma ser expresso por mil. No Brasil o índice médio de mortalidade infantil ainda é muito alto: 24,3%.
  17. 17. ESCOLARIZAÇÃO A população brasileira ocupa posição inferior à dos países desenvolvidos e mesmo à de inúmeros subdesenvolvidos. ESCOLARIZAÇÃO A população brasileira ocupa posição inferior à dos países desenvolvidos e mesmo à de inúmeros subdesenvolvidos.
  18. 18. NUTRIÇÃO Pesquisas mais recentes do IBGE mostram que a média de consumo de alimentos no país está dentro do mínimo considerado recomendável. NUTRIÇÃO Pesquisas mais recentes do IBGE mostram que a média de consumo de alimentos no país está dentro do mínimo considerado recomendável.
  19. 19. O IDH no Brasil Existem diferenças regionais no Brasil: algumas áreas ou regiões apresentam IDH maior e outras, menor. IDH
  20. 20. "Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo." (Confúcio)

×