Projeto polly (1)

135 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
135
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto polly (1)

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS/CAMPUS JATAÍ, Dep. de Geografia, 75804.020, Brasil EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM GEOGRAFIA: CONSTRUÇÃO DE UMA CARTILHA EDUCATIVA SOBRE O USO CONSCIENTE DA ÁGUA POLLYANNA FARIA NOGUEIRA JATAÍ-GO Julho/2012
  2. 2. EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM GEOGRAFIA: CONSTRUÇÃO DE UMA CARTILHA EDUCATIVA SOBRE O USO CONSCIENTE DA ÁGUA Pollyanna Faria Nogueira, "educação ambiental em geografia: construção de uma cartilha educativa sobre o uso consciente da água” Curso de Geografia, Cursando 7º Período Disciplina: Elaboração de Projeto de Pesquisa Docente: Janaina Mourão
  3. 3. Introdução: A educação ambiental é um tema que vem sendo muito discutido atualmente, sendo cada vez mais trabalhado no ensino básico, pois tem o papel de tentar conscientizar os alunos acerca das questões ambientais, bem como despertar neles uma visão critica sobre suas responsabilidades como cidadãos. A poluição das águas é um assunto que vem ganhando cada vez maior destaque nos últimos tempos por conta do acelerado processo de poluição e contaminação de aqüíferos, córregos e rios, o que vem comprometendo o abastecimento das cidades com água potável. Segundo Gerber em OUTORGA DO DIREITO DE USO DA ÁGUA. O nosso Planeta visto sob as lentes de um satélite, deveria se chamar Planeta Água, com algumas formações de terras. Quando se analisa a quantidade de água existente na Terra, e percebe-se que ela cobre 2/3 da superfície do Planeta, é natural que o homem, diante de todo esse volume, veja a água como um recurso inesgotável. A água existente na superfície terrestre é estimada em 1.400 milhões de quilômetros cúbicos, dos quais cerca de 97% são águas salgadas. Dos 3% restantes, em torno de ¾, perfazem as águas congeladas, restando pouca quantidade para o consumo humano e de outras espécies animais e vegetais. Tendo em vista esta situação, o presente trabalho visa criar uma apostila tratando a educação ambiental, de modo a orientar e sensibilizar os alunos para a relevância da questão da qualidade da água, o seu consumo consciente, com ênfase na proteção dos mananciais do município de Jataí. Segundo Duarte (2002), é através da educação que se cria um dos principais meios de atuação, pelos quais nos realizamos como seres em sociedade: promovendo vivências de percepção sensível e tomando ciência das condições materiais de existência; exercitando nossa capacidade de traçarmos os melhores caminhos para a sustentabilidade da vida; e favorecendo a produção de novos conhecimentos que nos façam refletir criticamente sobre nossas ações no cotidiano.
  4. 4. A água constitui - se num recurso fundamental para a sobrevivência humana e dos outros seres vivos, como também serve de recurso para diversas funções como: produção de energia, para abastecimento de indústrias na agricultura, lazer e usos domésticos. Assim, é importante que os indivíduos compreendam o ciclo que ela segue, tanto antes como depois de passar pelo uso humano, de modo a adotar procedimentos de tratamento e preservação da qualidade da água. Segundo THAME (2000), O planeta Terra tem dois terços de sua superfície cobertos por água, porém, mais de 97,3% da água disponível é salgada e, dos 2,7% de água doce restantes, aproximadamente 77,2% estão dispostos em geleiras; 22,4% estão depositados em reservatórios subterrâneos profundos e apenas 0,4% está disponível em rios e lagos. Mesmo com o tema sendo tão abordados atualmente, muitos alunos ainda não tem um entendimento da sua importância, e nem conhecimento do ciclo realizado antes e depois do seu consumo, para onde ela vai depois de usada, o tratamento que ela passa. Objetivo Geral: Confeccionar uma cartilha educativa, que aborde o tema Educação Ambiental, focando no uso consciente e racional da água, de modo a verificar o nível de entendimento dos alunos da Escola Estadual Serafim de Carvalho. Objetivos Específicos: 1 - A confecção de uma cartilha sobre educação Ambiental, com foco no uso consciente e racional da água. 2 – Apresentar para a turma do EJA da Escola Estadual Serafim de Carvalho os problemas causados pela poluição da água e como isso pode interferir na qualidade de vida das pessoas.
  5. 5. 3 – Aplicar um questionário para os alunos com os temas abordados na cartilha, visando verificar se os alunos conseguiram assimilar os conteúdos abordados na cartilha. Justificativa: O projeto de elaboração de uma cartilha de Educação Ambiental justifica- se devido à falta deste tipo de material de apoio nas escolas, com a confecção deste material, pretende-se tratar o uso consciente da água de modo mais aprofundado, trabalhando a cartilha nas aulas de geografia. O propósito de elaboração da cartilha adquire forte relevância devido à água ser um recurso natural indispensável à vida no planeta. O projeto de criação de uma cartilha de educação ambiental é uma oportunidade interativa, pois é uma forma de trabalhar com os alunos usando um material além do livro didático, com ilustrações e uma linguagem simples, assim durante as aulas de geografia pode se usar a cartilha nos temas ambientais como material auxiliar. A geografia é uma disciplina onde os alunos apresentam pouco interesse, a busca por materiais auxiliares visa fazer com que os alunos tenham maior empenho nas aulas, a cartilha sobre educação ambiental é um material para ser usado durante as aulas de geografia para tornar a aula mais interessante. A escolha do tema justifica se ao interesse neste tema e a vontade de aprofundar e adquirir um conhecimento mais concreto sobre a educação ambiental, assim surgiu à idéia de confeccionar cartilhas sobre este tema, voltado para a água, que é um recurso imprescindível para a vida, e tão pouco preservado nos dias atuais. Revisão Bibliográfica:
  6. 6. Serão apresentados a seguir alguns trabalhos realizados sobre o tema proposto, que auxiliaram a construção deste projeto, e tem como foco o uso consciente da água, o meio ambiente, e a educação ambiental, assim através destes, este artigo foi organizado de acordo com os objetivos que se deseja alcançar para chegar a uma aprendizagem e também a uma conscientização por parte dos alunos sobre o consumo consciente dá água e a importância da sua preservação, e através da educação ambiental apresentar informações que vão desde o tratamento do lixo e o cuidado com a água. Aracruz 2006 Para a construção do artigo se faz necessário abordar estes temas, da educação ambiental, do uso consciente da água na área da Geografia, fazendo uma conexão com entre os temas e a matéria. Segundo BRASIL, 1998 PCN - Temas Transversais. A principal função do trabalho com o tema Meio Ambiente é contribuir para a formação de cidadãos conscientes, aptos a decidir e atuar na realidade socioambiental de um modo comprometido com a vida, com o bem-estar de cada um e da sociedade, local e global. Para isso é necessário que, mais do que informações e conceitos, a escola se proponha a trabalhar com atitudes, com formação de valores, com o ensino e a aprendizagem de procedimentos. E esse é um grande desafio para a educação. Comportamentos “ambientalmente corretos” serão aprendidos na prática do dia-a-dia na escola: gestos de solidariedade, hábitos de higiene pessoal e dos diversos ambientes, participação em pequenas negociações podem ser exemplos disso. Sônia Maria Marchiorato, Demonstra como o desperdício pode vir a causar um grande prejuízo para a população, sendo aplicados os temas através da educação nas escolas com exemplos de trabalhos já realizados nesta temática como a COMPANIA VALE DO RIO DOCE. O projeto também se voltou para trabalhar com exemplos dos problemas ambientais causados pelo homem e que vem se agravando, e apresenta alternativas para a Educação ambiental, trabalhar com as pessoas para que ajam de forma ética e responsável para preservar estes recursos. MARCATTO, CELSO, Educação ambiental: conceitos e princípios / Celso Marcatto - Belo Horizonte: FEAM, 2002. A educação ambiental ligada à cidadania
  7. 7. mostrando assim a relação com a qualidade de vida, e tentando difundir isso para que os professores trabalhem assim o tema e para que estes possam trabalhar a educação ambiental. MATTOS, DE SUZI. Educação ambiental: meio ambiente e hábitos alimentares Saudáveis no resgate da saúde e da cidadania. V Congresso Ibero- Americano de Educação Ambiental, Joinville-SC, 2006. Metodologia: O trabalho será realizado com uma turma da EJA (Educação de Jovens e Adultos), na Escola Estadual Serafim de Carvalho, a turma ainda será escolhida, pois é necessário enquadrar aos horários disponíveis na escola. Inicialmente serão realizadas aulas para apresentar a proposta da construção da cartilha que será construída em parceria com os alunos e com o professor de geografia. O projeto da cartilha será realizado com uma turma da EJA por serem turmas que já viemos trabalhando há algum tempo, e por ter sido notado a falta de um material de apoio pedagógico para o professor, o que causa entre os alunos um descontentamento e gera reclamações pela falta de algo que vá alem da apostila que utilizam nas aulas. Será realizada uma aula sobre a educação ambiental, para apresentar aos alunos o que conteúdo da apostila, será ministrada uma aula formal para a turma apresentando os temas tratados na cartilha e os problemas decorrentes do mau uso da água, e as conseqüências deste uso desordenado, e quais os reflexos disto nos recursos naturais Após a aula o próximo passo para a confecção da cartilha será aplicar para a turma um questionário de modo a levantar dados a respeito do conhecimento dos alunos sobre alguns conceitos que serão tratados na cartilha, como: Poluição das águas, consumo irracional e os seus reflexos no meio ambiente, e as alterações na qualidade da água. O próximo passo será iniciar a construção da cartilha levando em conta o conhecimento dos alunos através das respostas do questionário, pois a cartilha será feita com a participação dos alunos.
  8. 8. Durante o desenvolvimento da cartilha, pretende se trabalhar em com o professor de geografia, realizando um trabalho conjunto, pois a cartilha será depois usada pelo professor da escola. O próximo momento será montar a cartilha, usando os materiais e idéias apresentadas pelos alunos, ela será montada em formato digital e apresentada para o professor e alunos. A cartilha será disponibilizada em formato digital para que o professor de geografia, e também de outras turmas possam utilizar com outras turmas quando acharem necessário o uso de um material de apoio durante as aulas. REFERÊNCIAS: ARACRUZ, Cuidando do Planeta. Junho 2006 BRASIL. Lei n. 9.795 de 27 de abril de 1999. Dispõe a educação ambiental, institui a Política Nacional da Educação Ambiental e dá providencias. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 28 abril 1999, PCN - Temas Transversais (BRASIL, 1998, p.187). Carneiro, Sônia Maria Marchiorato . A dimensão ambiental da educação escolar de 1.ª-4.ª séries Do ensino fundamental na rede escolar pública da cidade de Paranaguá. DUARTE, R. Adorno/Horkheimer E a dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002. FECOMÉRCIO. Federação do Comércio do Estado de São Paulo. O Uso Racional da Água no Comércio. Abril/2009. Leda Maria Dummer Gerber Outorga do Direito de Uso da Água Revista da Escola de Direito, Pelotas, 3(1): 141-218, Jan.-Dez./2002 MARCATTO, CELSO, Educação ambiental: conceitos e princípios / Celso Marcatto - Belo Horizonte: FEAM, 2002. MATTOS, DE SUZI. Educação ambiental: meio ambiente e hábitos alimentares Saudáveis no resgate da saúde e da cidadania. V Congresso Ibero-Americano de Educação Ambiental, Joinville-SC, 2006 THAME, A.C.M.. A Cobrança pelo Uso da Água. São Paulo: Igual, 2000

×