A  visão Percepção  da cor Percepção da cor
Olá amiguinhos! Eu vou ajudar-vos a descobrir  o FANTÁSTICO   mundo da   COR !   Estão preparados?
A cor  está presente em tudo o que nos rodeia . . .
Nos vários tons  dos campos...
Nas flores...
Nas cores intensas dos peixes...
Nos azuis, cinzentos ou verdes do mar...
Repara  com atenção nas seguintes imagens…
Amanhecer
Meio-dia
Entardecer
Anoitecer
Noite
<ul><li>Concluimos então: </li></ul><ul><li>Que se observarmos os objectos em diferentes horas do dia, ou em lugares com d...
SEM LUZ NÃO  SEM LUZ NÃO EXISTE COR Às escuras não conseguimos ver as cores e as formas!
A luz branca do sol
A decomposição da luz branca Quando chove e a seguir faz sol aparece um  arco - íris .  Este forma-se quando a  luz solar ...
 
Sabias que o fenómeno do  arco-íris  foi estudado por vários cientistas, principalmente por  Isaac Newton  em 1704,  que f...
A experiência de Newton Num quarto muito escuro,  Newton  fez passar a luz do sol através de uma fenda estreita, de modo  ...
Newton concluiu  que a luz branca é a mistura de muitas cores e que a única coisa que o seu prisma fazia era separar essas...
A decomposição da luz branca - Experimenta! <ul><li>Precisas de: </li></ul><ul><li>copo de lados verticais; </li></ul><ul>...
Porque é que os objectos têm cores diferentes?
O meio que nos envolve é colorido!
Fonte luminosa Objecto Receptor <ul><li>Uma cor não existe apenas por si própria. </li></ul><ul><li>Para que o fenómeno co...
Quando a luz branca incide nos objectos, estes absorvem algumas  das suas  ondas luminosas (cores)  e reflectem outras.  S...
A camisola é branca   porque houve uma  reflexão de todas  as radiações luminosas.  Nenhuma cor foi absorvida. Esta camiso...
A VISÃO
São os nossos olhos que nos permitem ver e distinguir as cores, as formas, o movimento.
As principais partes do olho são: A córnea ,  o cristalino ,  a íris ,  a retina  e o nervo óptico . Os olhos recebem a lu...
<ul><li>A córnea    é a parte da frente do olho, onde vemos o branco do olho e a íris. É transparente e esférica.  </li></ul>
O cristalino   é uma lente gelatinosa , elástica e convergente que focaliza a luz que entra no olho formando imagens na re...
<ul><li>É na  retina  que se formam as imagens das coisas que </li></ul><ul><li>vemos.  </li></ul><ul><li>A imagem é proje...
<ul><li>A  fóvea  é uma região da retina rica em  cones , que são células mais sensíveis à visão das cores.  </li></ul><ul...
A íris   é a parte circular que dá cor ao olho. É opaca  mas tem uma abertura central,  a pupila , por onde entra a luz.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PercepçãO Da Cor1

1.678 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.678
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
56
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PercepçãO Da Cor1

  1. 1. A visão Percepção da cor Percepção da cor
  2. 2. Olá amiguinhos! Eu vou ajudar-vos a descobrir o FANTÁSTICO mundo da COR ! Estão preparados?
  3. 3. A cor está presente em tudo o que nos rodeia . . .
  4. 4. Nos vários tons dos campos...
  5. 5. Nas flores...
  6. 6. Nas cores intensas dos peixes...
  7. 7. Nos azuis, cinzentos ou verdes do mar...
  8. 8. Repara com atenção nas seguintes imagens…
  9. 9. Amanhecer
  10. 10. Meio-dia
  11. 11. Entardecer
  12. 12. Anoitecer
  13. 13. Noite
  14. 14. <ul><li>Concluimos então: </li></ul><ul><li>Que se observarmos os objectos em diferentes horas do dia, ou em lugares com diferentes iluminações, percebemos que a sua cor varia conforme a incidência da luz do sol; </li></ul><ul><li>Também à noite não conseguimos distinguir as cores das coisas; </li></ul><ul><li>Só a luz natural ou a luz artificial nos fazem percepcionar as cores. </li></ul>
  15. 15. SEM LUZ NÃO SEM LUZ NÃO EXISTE COR Às escuras não conseguimos ver as cores e as formas!
  16. 16. A luz branca do sol
  17. 17. A decomposição da luz branca Quando chove e a seguir faz sol aparece um arco - íris . Este forma-se quando a luz solar (que é branca ) atravessa as gotículas de água que decompõem a luz, dispersando as suas cores num espectro que é o próprio arco-íris. Este é composto por sete cores.
  18. 19. Sabias que o fenómeno do arco-íris foi estudado por vários cientistas, principalmente por Isaac Newton em 1704, que fez experiências utilizando um prisma de vidro!
  19. 20. A experiência de Newton Num quarto muito escuro, Newton fez passar a luz do sol através de uma fenda estreita, de modo a que atravessasse um prisma de vidro e se projectasse num ecrã. Viu que a luz branca se transformava numa faixa multicolorida, chamada “ espectro ”. Newton descobriu assim o segredo do arco-íris. VERMELHO LARANJA AMARELO VERDE AZUL ANIL VIOLETA
  20. 21. Newton concluiu que a luz branca é a mistura de muitas cores e que a única coisa que o seu prisma fazia era separar essas cores, tal como as gotas de água fazem com a luz solar.
  21. 22. A decomposição da luz branca - Experimenta! <ul><li>Precisas de: </li></ul><ul><li>copo de lados verticais; </li></ul><ul><li>cartão escuro com uma ranhura de 1 centímetro; </li></ul><ul><li>folha de papel branco; </li></ul><ul><li>fita cola. </li></ul><ul><li>1. Enche o copo com água e fixa o cartão como na figura. </li></ul><ul><li>2. Coloca o papel numa mesa onde bata o sol e põe o copo em cima. A luz que passa pela ranhura é decomposta pela água e produz o espectro visível no papel. </li></ul>
  22. 23. Porque é que os objectos têm cores diferentes?
  23. 24. O meio que nos envolve é colorido!
  24. 25. Fonte luminosa Objecto Receptor <ul><li>Uma cor não existe apenas por si própria. </li></ul><ul><li>Para que o fenómeno cor aconteça, é indispensável a existência de três factores: </li></ul>
  25. 26. Quando a luz branca incide nos objectos, estes absorvem algumas das suas ondas luminosas (cores) e reflectem outras. São as reflectidas pelo objecto que impressionam a nossa visão e motivam as sensações das cores!
  26. 27. A camisola é branca porque houve uma reflexão de todas as radiações luminosas. Nenhuma cor foi absorvida. Esta camisola é vermelha porque absorve todas as cores da luz solar, excepto a vermelha , que reflecte e vai impressionar os nossos olhos, sendo esta a cor que se vê. Esta camisola é preta porque houve uma absorção de todas as cores da luz. Nenhuma cor foi reflectida.
  27. 28. A VISÃO
  28. 29. São os nossos olhos que nos permitem ver e distinguir as cores, as formas, o movimento.
  29. 30. As principais partes do olho são: A córnea , o cristalino , a íris , a retina e o nervo óptico . Os olhos recebem a luz que atravessa o cristalino e é focada na retina . A retina é um conjunto de células vivas ( cones e bastonetes) que enviam mensagens ao cérebro através do nervo óptico . A imagem é projectada, invertida na retina, mas é interpretada correctamente.
  30. 31. <ul><li>A córnea é a parte da frente do olho, onde vemos o branco do olho e a íris. É transparente e esférica. </li></ul>
  31. 32. O cristalino é uma lente gelatinosa , elástica e convergente que focaliza a luz que entra no olho formando imagens na retina. A distância focal do cristalino é modificada por um anel de músculos que permitem ajustar a visão para objectos próximos ou distantes.
  32. 33. <ul><li>É na retina que se formam as imagens das coisas que </li></ul><ul><li>vemos. </li></ul><ul><li>A imagem é projectada, invertida na retina, mas é </li></ul><ul><li>interpretada correctamente pelo cérebro. </li></ul>Esta, é composta por células vivas sensíveis à luz, os cones e os bastonetes que enviam mensagens ao cérebro através do nervo óptico .
  33. 34. <ul><li>A fóvea é uma região da retina rica em cones , que são células mais sensíveis à visão das cores. </li></ul><ul><li>No resto da retina só existem bastonetes que são menos sensíveis às cores mas funcionam mesmo nas piores condições de luz. São apenas sensíveis à forma, ao claro-escuro e ao movimento. </li></ul>
  34. 35. A íris é a parte circular que dá cor ao olho. É opaca mas tem uma abertura central, a pupila , por onde entra a luz.

×