Eurocloud Day 2012 em Portugal

850 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
850
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eurocloud Day 2012 em Portugal

  1. 1. Apresentação para EUROCLOUD POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO DAS SOFTWARE HOUSES PORTUGUESAS PRODUTORAS DE ERP, SEGMENTOS ESTRATÉGICOS SOA E SAAS. AUTOR: Paulo Machado Fernandes ORIENTADOR: Prof. Dr. Nuno Farinha 23 de Maio de 2012 IPAM Lisboawww.ipam.pt
  2. 2. versão SOA vs. SaaS PRODUTOR DE SOLUÇÃO ERP em SaaS. DATA CENTER Pagamento pelo uso, em vez de Pagamento pela posse do Software Desenvolvimento E Manutenção do Software ERP em SaaS e Portal Servidor Estações de trabalho Dados Recepção de Encomendas Conteúdos e Software de Gestão ERP em SaaS Cliente Final Nuvem - WEB Empresa Virtual Pagamentos Cloud Computing ao Estado Encomenda Pagamento do Licenciamento: ao Produtor Activação e assinatura mensal e implementação no cliente Via Web Gestão e Periférico Documentação Gestão da empresa, utilização do Software Via Web e Distribuidor Encomenda ao Soluções de Gestão em Produtor (Opção 2) Representante SaaS pela Gestão do Cliente. Encomenda ao Produtor (Opção 1) Encomenda e Periférico Contrato de suporte SLA com cliente Implementação e Parametrização De Soluções SaaS Consultor de Gestãowww.ipam.pt
  3. 3. Introdução ao TemaMercado Português deverá investir 17,6 Milhões de Euros na utilização desoftware como serviço em 2010. IDC Notícias (2010)Nas 10 principais tendências para o mercado ibérico das TIC em 2010, prevêque “em 2010 os serviços cloud começarão a ser adotados pelo segmento deempresas mais inovadoras… IDC PORTUGAL (2010)Existe um dilema de transitar para o modelo SaaS porque altera a dinâmicacompetitiva atual e a sua penetração no mercado ERP … FORNES (2010)Então …Pretende-se conhecer o que move os gestores e decisores das empresas desoftware em Portugal, para o facto de não acompanharem a “evolução”desta tendênciawww.ipam.pt
  4. 4. Problema principal identificadoPorque é que as principais Software Houses Portuguesas produtoras deERP, continuam a apostar forte na distribuição tradicional em detrimentoda distribuição em SaaS ? Questões SecundáriasIdentificar os atributos de posicionamento das empresas Software Houseprodutoras de ERP, nos segmentos SOA e SaaS.Avaliar as opções estratégicas tomadas nesses dois segmentos.Compreender quais as razões que justificam as opções estratégicastomadas. www.ipam.pt
  5. 5. Estratégia9 Hipóteses de posicionamento estratégico(Campo da Teoria como ferramenta de trabalho)Para caracterizar a dinâmica dos segmentos: SEGMENTAÇÃO ESTRATÉGICA•quem compra (natureza dos compradores)•o quê (produtos /serviços comprados) Segmento SOA Segmento SaaS•para quem (natureza dos utilizadores)•quando (ocasião de compra) 9 HIPÓTESES•onde (local de compra) Segmentação Valor do Investimento. ERP em•porquê (razão de compra) Implementação. Disponibilidade. Preço. PORTUGAL. Porquê o SOA em•como (modo de compra) PROBLEMA detrimento do Actualizações. SaaS? Conectividade e compatibilidade. Formação. Utilizadores adicionais. Ambiente da Instalação POSICIONAMENTO www.ipam.pt
  6. 6. Tratamento e análise de dados das entrevistas, à luz de cada uma das hipóteses gerou novos inputs.As entrevistas de profundidade foram realizadas ao nível da administraçãoem empresas produtoras de software ERP, e validou-se as hipóteses queeles corroboraram, assim como foram definidas novas hipóteses. NOVAS 9 HIPÓTESES Segmentação 1 - Valor do Investimento. 2 - Implementação. Excluídas as Hipóteses Iniciais: 3 - Disponibilidade. 4 - Preço. 7- Formação 5 - Atualizações. 8 - Utilizadores adicionais. 6 - Conectividade e compatibilidade. 9 - Ambiente da Instalação 10 - Evolução do mercado ERP 11 - Mercado Alvowww.ipam.pt
  7. 7. (Síntese e conclusões)Existem 10 razões para justificar as opções de posicionamento estratégicoatual, por parte da grande maioria dos produtores de software ERP emPortugal1.O ERP em SOA não está em decadência e a transição para o ERP em SaaS deve ser de forma prudente.2.Os “líderes de opinião” SAP®/Microsoft®, não estão a apostar forte no ERP SaaS.3.A não democratização do conceito de distribuição do ERP SaaS.4.O principal mercado alvo para já, serem as micro (startups) e pequenas empresas.5.O modelo de negócio atual tem o “risco” de passar do parceiro para o produtor ERP SaaS.6.Dificuldade em recrutar técnicos qualificados com competências multidisciplinares.7.Ter que garantir prioritariamente o suporte técnico 24 horas/dia * 7 dias por semana.8.O produtor não ter atualmente parceiros qualificados, para operar no mercado através de sinergias,outsourcing e cross-selling.9.Não ter um suporte técnico que assegure e garanta a qualidade de serviço no máximo.10.A resistência à mudança por parte dos atuais clientes de ERP em SOA.www.ipam.pt
  8. 8. Fim da apresentação. Obrigado pelo vosso tempo!Para mais informações:TM: 968285226Email: pmachado.fernandes@gmail.com

×