Uma fonte de Água Viva Que jorra para a Vida Eterna O Espírito Santo Renova a Nossa Vida
O coração é o centro da nossa identidade, lá  realmente somos nós mesmos, mas temos medo de descer a esta profundeza, talv...
O coração é o centro do nosso ser. É lá que achamos os nossos pensamentos mais profundos, as intuições, emoções e decisões...
Descendo da mente para o coração entramos no santuário onde acontece a revelação de Deus. Eis o centro da vida espiritual....
Qualquer actividade é ineficaz e qualquer relacionamento humano é tormentoso sem a intimidade do coração.  uma vida nova a...
Estou  espantado por continuar a receber os dons de Deus, a saúde, os dons intelectuais e afectivos, e continuar a utilizá...
<ul><li>Sempre fui obediente, cuidei da casa, dos filhos, não perdi tempo em coisas inúteis, nem desperdicei dinheiro … fu...
Relacionamentos conflituosos, litígios, acusações, recriminações,  cólera manifestada ou reprimida, ciúmes confessados ou ...
O relacionamento humano torna-se sufocante, quando não acaba na violência, psicológica ou até física. Uma violência destru...
Procurei longe, afastei-me e perdi. Quero voltar para casa, confiar na voz do Pai que me chama «amado».  «Em casa encontra...
O verdadeiro relacionamento humano implica a capacidade de estar sós, de proteger o nosso íntimo mistério.  Não há verdade...
É uma honestidade falsa e enganadora pensar que a verdadeira amizade não deve ter secretos, que tudo deve ser comunicado. ...
Quanto acontece no profundo do coração tem a dimensão da delicadeza, da vulnerabilidade e poética beleza, não temos palavr...
As pessoas vivem fechadas em si mesmas, desiludidas, com uma sensação de desconfiança, pois as relações de trabalho - e, t...
A amizade e o amor não nascem de um coração ansioso de apagar os seus desejos insatisfeitos. Deixa que Espírito Santo ench...
Não há comunidade sem uma saudável solidão. Não pode haver uma verdadeira abertura aos outros sem interioridade.  Qualquer...
Lá, no coração podemos estar presentes a nós mesmos, escutar atentamente as vozes que nos habitam, pois quanto lá acontece...
Sim, lá no coração nasce a verdadeira comunidade, pois a presença de Deus nos liberta de todo o apego, nos preenche de amo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Receber O Dom De Deus

3.932 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.932
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Receber O Dom De Deus

  1. 1. Uma fonte de Água Viva Que jorra para a Vida Eterna O Espírito Santo Renova a Nossa Vida
  2. 2. O coração é o centro da nossa identidade, lá realmente somos nós mesmos, mas temos medo de descer a esta profundeza, talvez, para evitar uma verdade amarga: ainda somos estranhos a nós mesmos. Essa é a parte mais dolorosa da nossa humanidade. Conhecer-te ...
  3. 3. O coração é o centro do nosso ser. É lá que achamos os nossos pensamentos mais profundos, as intuições, emoções e decisões. Mas também é lá que ficamos mais alienados de nós mesmos. Entra em teu coração
  4. 4. Descendo da mente para o coração entramos no santuário onde acontece a revelação de Deus. Eis o centro da vida espiritual. É no interior, no coração, que Jesus se faz conhecer, em segredo. Encontrá-te com Jesus
  5. 5. Qualquer actividade é ineficaz e qualquer relacionamento humano é tormentoso sem a intimidade do coração. uma vida nova a partir do coração Prepara-te a receber
  6. 6. Estou espantado por continuar a receber os dons de Deus, a saúde, os dons intelectuais e afectivos, e continuar a utilizá-los egoisticamente, para impressionar os outros, para me afirmar, … em vez de os utilizar para a glória de Deus. Vivo neste mundo sem Deus, convicto que posso viver sozinho, sem precisar de ninguém, pensando só em mim, e sendo totalmente independente. Abandona o homem velho
  7. 7. <ul><li>Sempre fui obediente, cuidei da casa, dos filhos, não perdi tempo em coisas inúteis, nem desperdicei dinheiro … fui responsável, tradicional, caseiro … </li></ul><ul><li>mas sinto-me ciumento, não aceito que alguém me ultrapasse, sinto a minha ira, a minha susceptibilidade, até a minha obstinação e ressentimento, não consigo perdoar … </li></ul><ul><li>Em vez de sentir gratidão pelos dons recebidos, quero ainda mais, e fico sempre insatisfeito … quando encontrarei paz em meu coração? </li></ul><ul><li>Não aceito que os outros sejam louvados, reconhecidos, sinto-me posto ao lado, desvalorizado, perco a confiança em mim mesmo, perco a auto-estima … </li></ul>Não consigo aceitar-me
  8. 8. Relacionamentos conflituosos, litígios, acusações, recriminações, cólera manifestada ou reprimida, ciúmes confessados ou não… estou cansado ... Devo compreender que não pode haver relacionamento humano equilibrado, libertador e cheio de vida, se pretender que o outro deve libertar-me da minha solidão interior. Esta é uma pura ilusão, não há ser humana que me possa preencher! Estou a exigir do outro uma plenitude de vida, que só Deus pode dar.
  9. 9. O relacionamento humano torna-se sufocante, quando não acaba na violência, psicológica ou até física. Uma violência destrutiva que me faz cair num círculo vicioso, segundo o qual, quanto menos recebo, tanto mais quero. Hoje, muitas pessoas caem no esgotamento, pois o sofrimento interior atingiu os níveis mais profundos Vem, Espírito Santo ... liberta-me!
  10. 10. Procurei longe, afastei-me e perdi. Quero voltar para casa, confiar na voz do Pai que me chama «amado». «Em casa encontrarás um abrigo seguro, lá receberás o Meu Amor que preenche teu coração; lá, em casa, finalmente encontrará descanso o teu coração inquieto!» Deixa-te amar por Deus confia nEle
  11. 11. O verdadeiro relacionamento humano implica a capacidade de estar sós, de proteger o nosso íntimo mistério. Não há verdadeira comunicação sem a capacidade de viver em solidão. Escuta o coração
  12. 12. É uma honestidade falsa e enganadora pensar que a verdadeira amizade não deve ter secretos, que tudo deve ser comunicado. Nem a vida conjugal o exige. Esta pretensão, além de ser danosa, torna o relacionamento superficial, tormentoso, vazio de conteúdo, cansativo … É uma ilusão pretender vencer a solidão existencial com o relacionamento humano: só Deus pode entrar nesta intimidade e ser nosso companheiro … Muitas pessoas acham difícil apreciar uma certa limitação na abertura na vida conjugal (ou na amizade), pois não sabem criar confins que permitam uma descoberta nova e surpreendente da outra pessoa. deixa a luz de Deus entrar
  13. 13. Quanto acontece no profundo do coração tem a dimensão da delicadeza, da vulnerabilidade e poética beleza, não temos palavras suficientes para a explicar e, por isso, não pode suportar uma exposição pública descuidada. Cantai e dançai juntos, sejais felizes, mas deixais que cada um voe sozinho. As cordas da viola vibram sozinhas, mesmo quando tocam a mesma música. Estai juntos, mas nunca perto demais, pois também os pilares do templo são separados … (Gilbran) A vida íntima é algo que merece respeito e protecção, torná-la pública significa banalizá-la escuta o coração
  14. 14. As pessoas vivem fechadas em si mesmas, desiludidas, com uma sensação de desconfiança, pois as relações de trabalho - e, tantas vezes, as relações mais íntimas - são vítimas de competição e rivalidade. O relacionamento humano, tantas vezes, nos deixa vazios, porque, de facto, o sofrimento toca os níveis mais profundos do nosso ser, onde os outros não podem entrar. Quando procuramos os outros, com a secreta esperança que iremos, finalmente, encontrar alguém capaz de nos libertar do nosso vazio interior, nos aventuramos em relacionamentos tormentosos e sufocantes. uma competição escravizante
  15. 15. A amizade e o amor não nascem de um coração ansioso de apagar os seus desejos insatisfeitos. Deixa que Espírito Santo encha teu coração de Amor e de Paz … Vem, Espírito Santo
  16. 16. Não há comunidade sem uma saudável solidão. Não pode haver uma verdadeira abertura aos outros sem interioridade. Qualquer relacionamento humano inclui a necessidade de proteger e cuidar da vida interior, exige humildade e coragem para deixar que o Senhor entre e nos liberte de todo o apego. Liberta-me
  17. 17. Lá, no coração podemos estar presentes a nós mesmos, escutar atentamente as vozes que nos habitam, pois quanto lá acontece é digno de tudo o nosso amor. Lá, no coração, podemos, distinguir, entre as outras vozes, o Espírito Santo que clama «Abbá, Pai»; é a vós do Pai, que nos chama «filhos amados». enche-me de Amor
  18. 18. Sim, lá no coração nasce a verdadeira comunidade, pois a presença de Deus nos liberta de todo o apego, nos preenche de amor e de paz, é a vida nova do Espírito … assim já não procuramos os outros com avidez, sedentos de afecto, mas desejosos de lhe oferecer um amor incondicional. Está aberta assim a possibilidade de uma verdadeira amizade. A comunidade é uma realidade interior … enche-me da Tua Luz

×