Abrir O CoraçãO A Deus

8.491 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.491
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
129
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abrir O CoraçãO A Deus

  1. 1. CONHECER-ME EM DEUS ABRIR O CORAÇÃO A DEUS
  2. 2. O Espírito Santo liberta-nos de todos os medos que nos paralisam e revela-nos a nossa verdadeira identidade: «Tu és um filho de Deus amado, muito amado» Sim, amado com um Amor eterno, desde sempre e para sempre! O mistério da vida espiritual é que Jesus deseja conhecer cada pessoa na reclusão do seu próprio coração. Jesus, Palavra de Vida
  3. 3. O Espírito Santo faz-nos conhecer toda a Verdade porque nos revela Jesus, Caminho, Verdade e Vida Existe uma relação interactiva entre o amor de Deus que se revela e um crescimento constante do nosso auto-conhecimento. Quero amar-me como o Pai me ama
  4. 4. Se tivermos a humildade e a coragem de não fugir e enfrentar as lutas do nosso coração inquieto … podemos experimentar como este deserto se transforma numa nascente de água viva. É difícil acreditar nesse milagre, mas é o que de facto acontece! Uma fonte de Água Viva em teu coração
  5. 5. Cada vez que deixamos esse Amor penetrar mais fundo no nosso coração, perdemos um pouco da nossa ansiedade e aprendemos a nos conhecer melhor e a desejar, cada vez mais, ser conhecidos por este Deus de amor. Senhor, dá-me sempre desta água
  6. 6. Abre, de par em par, o coração a Deus, deixa que derrame Seu Espírito de Amor … Ele conduz-nos a amar-nos a nós mesmos como Deus nos ama, e que nos torna capazes de oferecer aos outros, um amor sincero, livre, incondicional … Agora podemos compreender melhor o sentido do grande mandamento "Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento, ( ... ) e teu próximo como a ti mesmo". Abre a porta do coração
  7. 7. Na reclusão dos nossos corações aprendemos a conhecer a presença oculta de Deus; e com esse conhecimento espiritual podemos levar uma vida cheia de amor. Uma vida cheia de Amor e de Paz Agradecimento e louvor ao Deus da Vida
  8. 8. A disciplina do coração Esta disciplina do coração é um retirar-se para encontrar-se com Deus, A intimidade com Deus, não nos afasta dos irmãos, antes torna possível uma verdadeira amizade.
  9. 9. Hoje em dia as pessoas são pressionadas. É como se elas corressem de uma emergência a outra. Nunca sozinhas, nunca em repouso, nunca realmente livres, sempre ocupadas com algo que não pode esperar. No meio dessa frenética correria perdemos o contacto com a vida. Temos a experiência de estar ocupados, enquanto nada parece realmente acontecer. As pessoas não têm tempo, nem tranquilidade interior: querem uma resposta, e já, não sabem aguardar. Não dão atenção ao coração
  10. 10. Quanto mais corremos, ocupados em mil coisas, tanto mais as nossas vidas se tornam compactas e torna-se cada vez mais difícil manter um espaço livre onde Deus possa actuar e acontecer algo verdadeiramente novo. Infelizmente, somos tão inseguros, que temos muita dificuldade em deixar um espaço vazio, sem ser ocupado por algo. Gostamos de preencher tudo com ideias, planos, deveres, tarefas e actividades.
  11. 11. A disciplina do coração ajuda-nos a deixar Deus entrar em nossos corações e a tornar-se conhecido por nós, nos espaços mais profundos de nosso próprio ser. Isso não é tão fácil; gostamos de ser senhores em nossa própria casa e não admitimos que ela se torne também morada de Deus. Mas a presença de Deus não pode ser marginalizada, pois Ele quer estar connosco onde realmente vivemos.
  12. 12. Deus quer entrar, lá no teu coração e lá, derramar o seu Espírito de Amor. Lá, no coração, onde se realiza a luta entre o bem e o mal, a luta para uma existência autentica. Quer dar-te a verdadeira liberdade que vai tornar-te plenamente humano. Vem, Espírito Santo ...
  13. 13. O amor de Deus é um amor exigente, até mesmo ciumento; e, quando O deixamos falar dentro de nós, somos conduzidos a lugares onde, se pudéssemos escolher, não iríamos. Não é com facilidade que concedemos a Deus a condução da nossa vida, isso até nos mete medo … Eis a grandeza dos santos, eis a verdadeira valentia!
  14. 14. Renascer É por isso que digo: «Abre o teu coração para Deus, deixa que Ele te ame.» Lá, na intimidade do coração, tu poderás ficar a sós com Deus. É lá, no coração que Deu quer falar-te, é lá, nessa santa reclusão, que nasce o «homem novo». Quando Deus fala ao teu coração, a partir daí tudo se renova. Jesus disse a Nicodemos: "Em verdade, em verdade, te digo: quem não nascer do alto não poderá ver o Reino de Deus" . Esse renascimento se torna possível, quando ousamos estar a sós com Deus. Isso acontece em segredo, na profundeza do coração, mas os seus efeitos alcançam os confins da terra.
  15. 15. Se os homens permitirem que o amor de Deus entre em seus corações não só se tornariam seres humanos melhores, mais humanos, mas também contribuiriam significativamente para a construção de um mundo melhor. As vidas dos santos nos mostram isso. A vida é dom, é uma missão, não é uma propriedade. Não pertencemos ao mundo, fomos enviados ao mundo. O Pai espera que voltemos a Ele para lhe contarmos as coisas lindas que aprendemos …

×