Fundamentos de linux

2.566 visualizações

Publicada em

Minicurso realizado na Universidade Federal de Sergipe

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.566
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
158
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fundamentos de linux

  1. 1. Fundamentos de LinuxGabriel Ferreira e Pedro José
  2. 2. Fundamentos de Linux Linux – História, Overview & Filosofia Usuários & Permissões Arquivos Diretórios Discos & Partições Instalação & Desinstalação Redes Mais comandos básicos & Coringas Gabriel Ferreira e Pedro José gabrielfeear@gmail.com; pjneto@gmail.com
  3. 3. Quem Somos Gabriel Ferreira - Técnico em Desenvolvimento de sistemas pelo IFS, graduando em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Sergipe. Pedro José – Técnico em Desenvolvimento de sistemas pelo IFS, graduando em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Sergipe, Analista/Desenvolvedor de sistemas da na empresa Moobi. Utiliza linux para o desenvolvimento de aplicações utilizando PHP e Python.
  4. 4. ”História do Linux”
  5. 5. História do Linux Sistema Operacional  Conjunto de programas que fazem interface com usuário e seus aplicativos com o computador Usuário e Computador Sistema Operacional aplicativos (Hardware)
  6. 6. História do Linux Sistema Operacional  Kernel - Núcleo do sistema operacional Usuário e Computador Sistema Operacional aplicativos (Hardware) P1 P2 P3 ... Pn KERNEL(Núcleo)
  7. 7. História do Linux Unix  Criado no final da década de 1960 e inicio da década de 1970  Computadores grandes e caros.  Sistemas que não satisfaziam as necessidades da maioria de profissionais e pesquisadores  Necessidade: sistema operacional multiusuário e multitarefa
  8. 8. História do Linux Unix  Em 1965, AT&T(Laboratórios Bell), General Eletric(GE) e o MIT(Massachussets Institute of Technology) iniciaram o projeto de um SO chamado Multics.  Em 1969 o projeto foi abondonado  Ken Thompson reescreveu o Multics, chamando de Unics  Mais tarde Brian Kernighan rebatizou de Unix
  9. 9. História do Linux Unix  Em 1973, Dennis Ritchie e Ken Thompson reescreveram o Unix, usando a linguagem C  Aplamente utilizado e difundido posteriormente pelas universidades  1977 começou a ser comercializado pela AT&T  Inconveniente: comercializado e de código fechado
  10. 10. História do Linux Projeto GNU  Em 1984, Richard Stallman deu ínicio ao projeto GNU  Sistema operacional compatível com Unix  Totalmente livre. Qualquer pessoa tem direito de usar, modificar e redistribuir o programa e seu código fonte  GNU: GNU is not Unix
  11. 11. História do Linux Projeto GNU  No final da década de 80 o projeto estava dito por ”fracassado”  Desenvolveram partes importantes de um sistema operacional como utilitários de programação e os comandos  Faltava o principal: o KERNEL  GNU Hurd
  12. 12. História do Linux Linux  Por volta de 1987 Andrew S. Tanenbaum criou o Minix, baseado no Unix (Unix-like) para instrumento de ensino  Linus Torvalds, aluno de graduação da Universidade de Helsinque, na Finlândia  Objetivo de melhorar o Minix  Posteriormente pediu ajuda a interessados no projeto
  13. 13. História do Linux Linux  ”Você suspira pelos bons tempos do Minix-1.1, quando os homens eram homens e escreviam seus próprios "device drivers"? Você está sem um bom projecto em mãos e deseja trabalhar num S.O. que possa modificar de acordo com as suas necessidades? Acha frustrante quando tudo funciona no Minix? Chega de noite ao computador para conseguir que os programas funcionem? Então esta mensagem pode ser exactamente para você.”...
  14. 14. História do Linux Linux ”Como eu mencionei há um mês atrás, estou trabalhando numa versão independente de um S.O. similar ao Minix para computadores AT-386. Ele está, finalmente, próximo do estado em que poderá ser utilizado (embora possa não ser o que você espera), e eu estou disposto a disponibilizar o código-fonte para ampla distribuição. Ele está na versão 0.02... contudo eu tive sucesso ao executar bash, gcc, gnu-make, gnu-sed, compressão etc. nele.”...
  15. 15. História do Linux GNU/Linux  Kernel Linux com aplicativos GNU (shell bash, compilador gcc, emacs, etc..)  Customização – Distribuições GNU/Linux  http://distrowatch.com/ Linux Distro Timeline
  16. 16. Ambiente gráfico X Window Sistema gráfico de janelas que oferece o serviço para gerar a interface gráfica  Servidor X – controla a exibição dos gráficos na tela  Gerenciador de Janelas – interface entre Servidor X e aplicação  Window Maker, After Step, Gnome, KDE, XFCE, etc startx e xinit
  17. 17. Ubuntu Sistema operacional de código aberto e baseado no Debian Lançamentos semestrais, com versões desktop, server e netbook SO código aberto mais popular do mundo Comunidade Ubuntu e patrocinado pela Canonical Ltd Deriva do conceito sul africano ubuntu , que significa "humanidade com os outros" ou "sou o que sou pelo que nós somos".
  18. 18. Ubuntu Filosofia  Software Livre - difundir os benefícios do software para todas as partes do mundo  1º - Todo usuário de computador deve ter a liberdade para fazer o download, executar, copiar, distribuir, estudar, compartilhar, mudar e melhorar o software para qualquer finalidade, sem pagar nada por isso.
  19. 19. Ubuntu 2º - Todo usuário deve ser capaz de usar seu software na língua de sua escolha. 3º – Deve ser dada a oportunidade de usar o software a todos os usuários de computadores, mesmo que este seja portador de deficiência
  20. 20. Ubuntu Versão atual: 10.04 LTS (Long Term Support) Suporte previsto até abril de 2013 Características da versão atual  Rápido e leve  Firefox  OpenOffice  Centro de Software Ubuntu  Evolution e Empathy  Redes Sociais  Music Store e Ubuntu One  Editor de vídeo Piviti
  21. 21. ”Usuários”
  22. 22. Manipulação de contas root  Conta de usuário especial, que detem de todos os privilégios possíveis no sistema (privilegios de adiministrador) adduser  Sintaxe: adduser [opções] [usuário/grupo] Após adcionar um novo usuário, será criado o diretório /home/[usuario] passwd  Sintaxe: passwd [usuário/grupo] [opções]
  23. 23. Manipulação de contas addgroup  Adiciona um novo grupo de usuário no sistema  Sintaxe: addgroup [usuário/grupo] [opções] groupdel  Remove um grupo do sistema  Sintaxe: groupdel [grupo]
  24. 24. Manipulação de contas userdel  Sintaxe: userdel [-r] [usuário]  -r : apaga também o diretório do usuário users  Lista os usuários atuais do sistema groups  Exibe os grupos que o usuário pertence
  25. 25. Manipulação de contas userdel  Sintaxe: userdel [-r] [usuário]  -r : apaga também o diretório do usuário users  Lista os usuários atuais do sistema groups  Exibe os grupos que o usuário pertence
  26. 26. ”Permissões de Acesso”
  27. 27. Permissões de acesso - rwx rwx rwx Permissoões de outros Permissoões de grupo Permissões de usuário Tipo de Arquivo
  28. 28. Permissões de acessoPermissões Tipo de Arquivos Diretórios acesso Listar o conteúdo do r Ler conteúdo do arquivo arquivo Alterar o conteúdo do Alterar o conteúdo de w arquivo diretório x Executar o aquivo Permite ser acessado
  29. 29. Permissões de acessoTipos de arquivos TIPO DESCRIÇÃO - Arquivos comuns d Diretórios b Arquivos especiais de bloco c Arquivos especiais de caracter s Sockets p Named pipe l Link simbólicos
  30. 30. Permissões de acesso chmod: Muda a permissão de acesso a um arquivo ou diretório  Sintaxe: chmod [opções] [permissões] [diretório/arquivo] chgrp: Muda o grupo de um arquivo/diretório  Sintaxe: chgrp [opções] [grupo] [arquivo/diretório] chown: Muda dono de um arquivo/diretório  Sintaxe: chown [opções] [dono.grupo] [diretório/arquivo]
  31. 31. ”Arquivos”
  32. 32. Manipulando arquivos mkdir (criar de diretório) rmdir (remove um diretório) rm (remove um arquivo) mv (move ou renomeia um arquivo) cp (copia um arquivo)
  33. 33. ”Diretórios”
  34. 34. Estrutura dos diretórios / - Diretório Raiz /home - Diretório com dados de cada usuário /bin - Diretório com os binários essenciais /etc - Diretório com configurações do sistema /var - Diretório com variáveis e logs /sbin - Diretório com binários do sistema /tmp - Diretório com arquivos temporários /dev - Diretório com arquivos dos dispositivos
  35. 35. Estrutura dos diretórios /lib - Diretório com as bibliotecas do kernel /mnt - Diretório para arquivos montados /root - Diretório padrão do ”root” /lost+found - Blocos de SA perdidos e encontrados pelo fsck /boot - Diretório com os arquivos estáticos do boot loader /proc - Diretório com informações sobre os processos do sistema
  36. 36. ”Discos e Partições”
  37. 37. Discos e partições No linux o acesso a partições é feito através de diretórios Pontos de montagem No linux, dispositivos do computador são identificados por uma arquivo no diretório /dev /dev/hda1 Número da partição do disco rígido Identificaçã do disco rígido Sigla do tipo de disco rígido(hd=ide, sd=SCSI, xt=XT, etc)
  38. 38. Discos e partições mount  Montar(acessar) uma partição de disco  Sintaxe: mount [dispositivo] [ponto de montagem] [opções] umount  Desmontar partição de disco  Sintaxe: umount [dispositivo/ponto de montagem]
  39. 39. Discos e partições fstab  O arquivo /etc/fstab contém parâmetros sobre partições  Facilita a montagem de partições  Organização: Dispositivo Ponto de Montagem Tipo Opções dump ordem /dev/hda3 /dos msdos defaults,noauto,rw 0 0
  40. 40. ”Instalação e Desinstalação”
  41. 41. ”Rede”
  42. 42. Comandos Básicos Alguns comandos: ping (envia um sinal para um host na rede) telnet (protocolo de acesso remoto em máquinas windows) ssh (protocolo para acesso remoto em servidores *nix) tracerout (traça sua rota até um determinado ativo na rede) netcat (canivete suisso para adminstradores de rede) ttp (cliente para acesso a servidores de arquivos) ifconfig (comando utilizado para configurar interfaces de rede) finger (mostra informações sobre os usuários do sistema) hostname (exibe e configura o nome dá máquina)
  43. 43. Comandos Básicos Alguns comandos: wget (permite fazer o download de arquivo em outros servidores) talk (permite comunicar-se com outros usuários do sistema) dig (mostra informações sobre o domínio) whois (comando utilizado para obter mais informações sobre uma máquina)
  44. 44. ”Comandos Básicos”
  45. 45. Comandos Básicos Estrutura dos comandos no Linux: prompt: comando [opções] [argumentos] prompt: prompt de comando comando: comando a ser executado opções: opções extras para o comando argumentos: parâmetros para o programa
  46. 46. Comandos Básicos Documentação Podemos encontrar uma documentação dos comandos tanto on-line, nos sites dos projetos quanto off-line utilizando os recursos abaixo: Man pages: Páginas de ajuda que descrevem a utilização do comando, juntamente com seus parâmetros. Info: Fornece informações sobre o comando/utilitário man [nome_do_comando] info [nome_do_comando]
  47. 47. Comandos Básicos Alguns comandos: ls (listagem de arquivos de um diretório, similar ao ”dir” DOS) cd (mudar de diretório) pwd (exibe o diretório atual) clear (limpa o console, similar ao ”cls” no MS-DOS) history (vê o histórico dos comandos digitados pelo usuário) date (exibe a data e hora do sistema) find (procura arquivos no sistema) grep (realiza uma busca textual em arquivos do sistemal) cat (exibe o conteúdo de um arquivo na tela)
  48. 48. Comandos Básicos Mais comandos: ps (exibe os processos do sistema) top (monitora os processos do sistema) kill (mata processos do sistema) md5sum (função de hash utilizada geralmente em arquivos para verificar sua integridade)
  49. 49. Editores Editores de texto para linha de comando: vi: editor de texto robusto, porém pouco intuitivo a princípio vim (variante do vi) nano: editor de texto presente em alguma distribuições, leve e de fácil utilização. pico mcedit
  50. 50. ”Coringas”
  51. 51. Redirecionamentos e Pipe > , >>  Redireciona a saída para algum dispositivo ou arquivo ao invés do dispositivo de saída padrão (tela)  Diferenças Com arquivos:  > : cria ou substitui o conteúdo do arquivo  >> : adiciona ao final do conteúdo do aarquivo
  52. 52. Redirecionamentos e Pipe <  Direciona a entrada padrão de arquivo/dispositivo para um comando. | (pipe)  Envia a saída de um comando para a entrada do próximo comando tee  Envia o resultado do programa para a saída padrão (tela) e para um arquivo ao mesmo tempo.  Sintaxe: comando | tee [arquivo]
  53. 53. ”Softwares Alternativos”
  54. 54. Softwares alternativos Microsoft Office  Open Office  Write - Editor de texto  Calc - Planilha eletrônica  Impress – Apresentação  Draw – ferramenta gráfica  Math – Equações e fórmulas  Base – Banco de dados  windows, mac, linux, unix
  55. 55. Softwares alternativos Internet Explorer  Firefox  windows, mac, linux  Iceweasel  Distribuições baseado o Debian  Chrome  Windows, linux
  56. 56. Softwares alternativos MATLAB  Octave  Windows, linux PHOTOSHOP  GIMP  Windows, linux NERO  K3b  linux
  57. 57. Softwares alternativos Zend Studio(Programação em PHP)  windows, mac, linux Netbeans(Programação em muita coisa)  windows, linux Eclipse(Programação em muita coisa também)  windows, linux Dreamweaver  QuantaPlus  linux
  58. 58. Softwares alternativos IIS (Páginas WEB)  APACHE  Windows, linux SQLSERVER  Não temos!! Mais podemos usar:  POSTGRESQL  MYSQL  ORACLE(versão express)

×