PIEF T1- Oeiras<br />A DROGA<br />
PIEF T1- Oeiras<br />- O Que é a droga?<br />Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que introduzida no o...
PIEF T1- Oeiras<br /><ul><li>Tipos de Droga
Drogas Depressoras do Sistema Nervoso Central </li></ul>* Podem dificultar o processamento das mensagens que são enviadas ...
PIEF T1- Oeiras<br />Haxixe<br /> O haxixe é uma resina concentrada, produzida a partir das plantas fêmeas da cannabis. O ...
PIEF T1- Oeiras<br />Consequências da Maconha<br />Os efeitos causados pelo consumo da maconha, bem como a sua intensidade...
PIEF T1- Oeiras<br />Reabilitação<br />Exemplo:<br />O Nuno tem hoje 46 anos e é toxicodependente, encontrando-se em reabi...
PIEF T1- Oeiras<br />Para Nuno, a passagem por outras comunidades também já lhe tinha ensinado como as coisas funcionam. E...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

948 visualizações

Publicada em

PIEF OEIRAS T1

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
948
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
87
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

  1. 1. PIEF T1- Oeiras<br />A DROGA<br />
  2. 2. PIEF T1- Oeiras<br />- O Que é a droga?<br />Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que introduzida no organismo modifica as suas funções. As drogas naturais são obtidas através de determinadas plantas, de animais e de alguns minerais.<br />
  3. 3. PIEF T1- Oeiras<br /><ul><li>Tipos de Droga
  4. 4. Drogas Depressoras do Sistema Nervoso Central </li></ul>* Podem dificultar o processamento das mensagens que são enviadas ao cérebro.<br /><ul><li>Drogas psicodislépticas ou alucinógenas</li></ul>* São drogas que têm por característica principal a despersonalização em maior ou menor grau<br /><ul><li>Drogas psicoanalépticas ou estimulantes </li></ul>* Produzem aumento da actividade cerebral, diminuem a fadiga, aumentam a percepção ficando os demais sentidos activados. <br /> <br />
  5. 5. PIEF T1- Oeiras<br />Haxixe<br /> O haxixe é uma resina concentrada, produzida a partir das plantas fêmeas da cannabis. O haxixe é mais forte do que a maconha, e pode ser fumado ou mastigado. Ele varia na cor, de preto ao dourado escuro.<br />Maconha<br />Também apelidada de baseado, erva, tora, bagulho, fininho, beise, a maconha é derivada das folhas de uma planta chamada cannabis sativa, que contém a substância activa THC-Delta-9, o Tetrahidrocanabinol. É originária da Ásia Central e conhecida há mais de 200 anos. O uso constante pode levar a problemas pulmonares (seu teor de alcatrão é maior do que o do cigarro comum) e até ao câncer, porque nela existe uma substância chamada “benzopireno” um conhecido agente cancerígeno. Há estudos que apontam que a maconha diminui, no homem, a quantidade de testosterona, reduzindo o número de espermatozóides. O homem não fica impotente, mas pode ficar estéril.<br />
  6. 6. PIEF T1- Oeiras<br />Consequências da Maconha<br />Os efeitos causados pelo consumo da maconha, bem como a sua intensidade, são os mais variáveis e estão intimamente ligados à dose utilizada, concentração de THC na erva consumida e reacção do organismo do consumidor com a presença da droga. <br />Os efeitos físicos mais frequentes são: olhos vermelhos, boca seca e taquicardia (elevação dos batimentos cardíacos, que sobem de 60 - 80 para 120 - 140 batidas por minuto. <br />Em longo prazo o consumo de maconha pode reduzir a capacidade de aprendizagem e de memória, além de passar a apresentar uma falta de motivação para desempenhar as tarefas mais simples do quotidiano. <br />
  7. 7. PIEF T1- Oeiras<br />Reabilitação<br />Exemplo:<br />O Nuno tem hoje 46 anos e é toxicodependente, encontrando-se em reabilitação na Comunidade Terapêutica Quinta das Lapas, que pertence à Associação Dia nova Portugal.<br />Há três meses na Comunidade, Nuno conta-nos que já passou por várias comunidades e que a última recaída foi determinante para a sua decisão de dar início a todo o processo de entrada na Quinta das Lapas. Para além da sua motivação pessoal, contou ainda com o apoio por parte da família.<br />A entrada na Comunidade não foi para Nuno, ao contrário do que acontece com outros, algo de incómodo pelo isolamento da realidade exterior. As portas estão sempre abertas, o que também ajuda a desmistificar alguma sensação de enclausuramento. As saídas vão acontecendo gradualmente, de início em grupo e acompanhados por elementos da equipa.<br />
  8. 8. PIEF T1- Oeiras<br />Para Nuno, a passagem por outras comunidades também já lhe tinha ensinado como as coisas funcionam. Em todo o caso, e relativamente à Comunidade Terapêutica Quinta das Lapas, Nuno confessa-se agradavelmente surpreendido pelo seu modo de funcionamento.<br />«Sinto que me estou a integrar bem e que todo o processo está a correr da melhor forma. Senti de imediato uma recuperação física e, entretanto, sinto que estou a levantar a minha auto-estima, a sentir-me melhor comigo próprio. Ter horários e adquirir responsabilidades também me ajudaram. Para além disso, acho que aqui há mais acompanhamento profissional, em várias vertentes.»<br />
  9. 9. PIEF T1- Oeiras<br />A equipa é multidisciplinar integrando uma directora da área terapêutica, uma directora técnica, um psiquiatra, uma médica de Clínica Geral, uma psicóloga clínica, uma assistente social, uma técnica de Reinserção Social, um psicopedagogo, monitores, animadores socioculturais, um administrativo e um motorista, para além do apoio jurídico e de recursos humanos.<br />De futuro, Nuno espera retomar a sua profissão de jornalista e manter-se abstinente em relação às drogas. No fundo, é recupe­rar uma vida que esteve perdida ou no limbo durante 10 anos. «Gostava de voltar a estudar e quero recuperar. Sinto-me com força para isso. Acima de tudo, também não quero repetir os mesmos erros e ter recaídas que são sempre piores do que a primeira.»<br />Trabalho realizado por: Zé<br />

×