S. Valentim

2.440 visualizações

Publicada em

Dia 14 de Fevereiro, conhecido como dia de S. Valentim (Dia dos namorados)
Trabalho realizado por alunos da Turma PIEF T1 Oeiras 2010-2011.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.440
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

S. Valentim

  1. 1. São Valentim, (ou Valentino em latim), é um santoreconhecido pela Igreja Católica e igrejas orientais que dá nomeao Dia dos Namorados em muitos países, onde celebram o Dia deSão Valentim. O nome refere-se a pelo menos três santosmartirizados na Roma antiga. Durante o governo do imperador Cláudio II, este proibiu arealização de casamentos em seu reino, com o objectivo deformar um grande e poderoso exército. Cláudio acreditava que osjovens se não tivessem família, alistaram-se com maiorfacilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrarcasamentos, mesmo com a proibição do imperador. Seu nome eraValentim e as cerimónias eram realizados em segredo. A práticafoi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte.Enquanto estava preso, muitos jovens jogavam flores e bilhetesdizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre aspessoas que jogaram mensagens ao bispo estava uma joveminvisual, Asterias, filha do carcereiro a qual conseguiu apermissão do pai para visitar Valentim. Os dois acabaramapaixonando-se e milagrosamente a jovem recuperou a visão. Obispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com aseguinte assinatura: “de seu Valentim”, expressão ainda hojeutilizada. Valentim foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270.
  2. 2. Data especial e comemorativa na qual se celebra a uniãoamorosa entre casais sendo é comum a troca de cartões epresentes com simbolismo de mesmo intuito, tais como astradicionais caixas de bombons. No Brasil, a data é comemoradano dia 12 de Junho. Em Portugal também acontecia o mesmo atéhá poucos anos, mas actualmente é mais comum a data sercelebrada a 14 de Fevereiro. A história do Dia de São Valentim remonta a um obscurodia de jejum já tido em homenagem a São Valentim. A associaçãocom o amor romântico chega depois do final da Idade Média,durante o qual o conceito de amor romântico foi formulado. O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperadorCláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerrasacreditando que os solteiros eram melhores combatentes. Além de continuar celebrando casamentos, ele se casousecretamente, apesar da proibição do imperador. A prática foidescoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquantoestava preso, muitos jovens davam flores e bilhetes dizendo queos jovens ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava naprisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filhacega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão.
  3. 3. Antes de partir, Valentim escreveu uma mensagem de adeus paraela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”. Considerado mártir pela Igreja Católica, a data de suamorte - 14 de Fevereiro - também marca a véspera de lupercais,festas anuais celebradas na Roma antiga em honra de Junho(deusa da mulher e do matrimónio) e de Pana (deus da natureza).Um dos rituais desse festival era a passeata da fertilidade, emque os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas asmulheres com correias de couro de cabra para assegurar afecundidade. Outra versão diz que no século XVII, ingleses e francesespassaram a celebrar o Dia de São Valentim como a união do Diados Namorados. A data foi adoptada um século depois nosEstados Unidos, tornando-se o Valentines Day. E na IdadeMédia, dizia-se que o dia 14 de Fevereiro era o primeiro dia deacasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da IdadeMédia usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor nasoleira da porta da amada. O dia é hoje muito associado com a troca mútua derecados de amor em forma de objectos simbólicos. Símbolosmodernos incluem a silhueta de um coração e a figura de umCupido com asas. Iniciada no século XIX, a prática de recadosmanuscritos deu lugar à troca de cartões de felicitaçãoproduzidos em massa. Estima-se que, mundo afora,
  4. 4. aproximadamente um bilhão de cartões com mensagensromânticas são mandados a cada ano, tornando esse dia um dosmais lucrativos do ano. Também se estima que as mulherescomprem aproximadamente 85% de todos os presentes no Brasil. O dia de São Valentim era até há algumas décadas umafesta comemorada principalmente em países anglo-saxões, mas aolongo do século XX o hábito estendeu-se a muitos outros países.Antes de amar-te, amor, nada era meuNada contava nem tinha nome:Vacilei pelas ruas e as coisas:O mundo era do ar que esperava.E conheci salões cinzentos,Túneis habitados pela lua,Hangares cruéis que se despediam,Perguntas que insistiam na areia.Tudo estava vazio, morto e mudo,Caído, abandonado e decaído,Tudo era inalienavelmente alheio,Tudo era dos outros e de ninguém, Trabalho realizado por:Até que tua beleza e tua pobreza Jardel Agostinho Madjó DjaloDe dádivas encheram o outono.

×