SlideShare uma empresa Scribd logo
Mercado do Amor 14 de Fevereiro PIEF (3º Ciclo)
A história de S. Valentim remonta a um obscuro dia de jejum da igreja católica, em homenagem a S. Valentim. A associação com o amor romântico chega depois do final da Idade média, durante o qual o conceito de amor foi reformulado. O dia é hoje muito associado com a troca mútua de recados de amor em forma de objectos simbólicos. Símbolos modernos incluem as figuras de um coração e de um cupido com asas. Iniciada no séc. XIX, a prática de recados manuscritos deu lugar à troca de cartões de felicitação produzidos em massa. Estima-se que aproximadamente um bilião de cartões com mensagens românticas são enviados por todo o mundo, tornado esse dia um dos mais lucrativos do ano. Calcula-se que as mulheres comprem aproximadamente 85% de todos os presentes. Para os solteiros é um dos dias mais deprimentes do ano.
O amor não se vê com os olhos mas com o coração –  william Shakespeare
O amor vive do pormenor e procede microscopicamente – José Ortega y  Gasset
 
Só existe uma lei no amor: tornar feliz a quem se ama - Stendhal
SÃO VALENTIM Cada ve z que me  lembro  de ti fazes- -me  sorrir…
Amar é ultrapassarmo-nos - Oscar Wilde
Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?- Fernando Pessoa
 
Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direcção –  Antoine de St Exupéry
  A amizade é o amor sem asas - George Byron
O verdadeiro amor é o fruto maduro de toda uma vida –  Lamartine
O amor é a única flor que brota e cresce sem a ajuda das estações – Gibran Khalil o  o
Fácil é dar um beijo. Difícil é entregar a alma, sinceramente, por inteiro - Carlos Drummond de Andrade
Os olhos são os intérpretes do coração, mas só os  interessados entendem essa linguagem – Blaise Pascal
Só se vê com o coração. O essencial é invisível aos olhos  - Antoine de Saint- Exupéry
O amor não se define, sente-se - Séneca
O amor é fogo que arde sem se ver é ferida que dói e não se sente – Camões
O amor é a poesia dos sentidos – Honoré de Balzac

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Power-Point elaborado pela Turma do 3º Ciclo (10)

Dia Dos Namorados
Dia Dos NamoradosDia Dos Namorados
Dia Dos Namorados
 
Dia Dos Namorados
Dia Dos NamoradosDia Dos Namorados
Dia Dos Namorados
 
Nossas inspirações quadrinhas do 1º ano a
Nossas inspirações  quadrinhas do 1º ano aNossas inspirações  quadrinhas do 1º ano a
Nossas inspirações quadrinhas do 1º ano a
 
Portfolio Português 2010.2011
Portfolio Português 2010.2011Portfolio Português 2010.2011
Portfolio Português 2010.2011
 
No Vale Verde...
No Vale Verde...No Vale Verde...
No Vale Verde...
 
S. valentine's
S. valentine'sS. valentine's
S. valentine's
 
Calendário junho 2010_rosely
Calendário junho 2010_roselyCalendário junho 2010_rosely
Calendário junho 2010_rosely
 
Pnaic xerox-3ª formação-parte i
Pnaic xerox-3ª formação-parte iPnaic xerox-3ª formação-parte i
Pnaic xerox-3ª formação-parte i
 
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019
BOLETIM GRALHA AZUL NO. 82 - FEVEREIRO 2019
 
Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019
Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019
Gralha azul no.82 Fevereiro - 2019
 

Mais de piefmania

Matilde Rosa Araújo
Matilde Rosa AraújoMatilde Rosa Araújo
Matilde Rosa Araújo
piefmania
 
mostra escolar
mostra escolarmostra escolar
mostra escolar
piefmania
 
Projecto reciclOhArte pief 3º ciclo- alcácer do sal
Projecto reciclOhArte pief 3º ciclo- alcácer do salProjecto reciclOhArte pief 3º ciclo- alcácer do sal
Projecto reciclOhArte pief 3º ciclo- alcácer do sal
piefmania
 
Cheirinho da primavera
Cheirinho da primaveraCheirinho da primavera
Cheirinho da primavera
piefmania
 
Sólidos geométricos
Sólidos geométricos Sólidos geométricos
Sólidos geométricos
piefmania
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticasErvas aromáticas
Ervas aromáticas
piefmania
 
Spring scents
Spring scents Spring scents
Spring scents
piefmania
 
spring scents
spring scentsspring scents
spring scents
piefmania
 

Mais de piefmania (10)

Matilde Rosa Araújo
Matilde Rosa AraújoMatilde Rosa Araújo
Matilde Rosa Araújo
 
mostra escolar
mostra escolarmostra escolar
mostra escolar
 
Projecto reciclOhArte pief 3º ciclo- alcácer do sal
Projecto reciclOhArte pief 3º ciclo- alcácer do salProjecto reciclOhArte pief 3º ciclo- alcácer do sal
Projecto reciclOhArte pief 3º ciclo- alcácer do sal
 
Cheirinho da primavera
Cheirinho da primaveraCheirinho da primavera
Cheirinho da primavera
 
Sólidos geométricos
Sólidos geométricos Sólidos geométricos
Sólidos geométricos
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticasErvas aromáticas
Ervas aromáticas
 
SHST
SHSTSHST
SHST
 
Spring scents
Spring scents Spring scents
Spring scents
 
spring scents
spring scentsspring scents
spring scents
 
Fotos pief 2º ciclo 1º p
Fotos pief 2º ciclo  1º pFotos pief 2º ciclo  1º p
Fotos pief 2º ciclo 1º p
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
rarakey779
 

Último (20)

Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 

Power-Point elaborado pela Turma do 3º Ciclo

  • 1. Mercado do Amor 14 de Fevereiro PIEF (3º Ciclo)
  • 2. A história de S. Valentim remonta a um obscuro dia de jejum da igreja católica, em homenagem a S. Valentim. A associação com o amor romântico chega depois do final da Idade média, durante o qual o conceito de amor foi reformulado. O dia é hoje muito associado com a troca mútua de recados de amor em forma de objectos simbólicos. Símbolos modernos incluem as figuras de um coração e de um cupido com asas. Iniciada no séc. XIX, a prática de recados manuscritos deu lugar à troca de cartões de felicitação produzidos em massa. Estima-se que aproximadamente um bilião de cartões com mensagens românticas são enviados por todo o mundo, tornado esse dia um dos mais lucrativos do ano. Calcula-se que as mulheres comprem aproximadamente 85% de todos os presentes. Para os solteiros é um dos dias mais deprimentes do ano.
  • 3. O amor não se vê com os olhos mas com o coração – william Shakespeare
  • 4. O amor vive do pormenor e procede microscopicamente – José Ortega y Gasset
  • 5.  
  • 6. Só existe uma lei no amor: tornar feliz a quem se ama - Stendhal
  • 7. SÃO VALENTIM Cada ve z que me lembro de ti fazes- -me sorrir…
  • 9. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?- Fernando Pessoa
  • 10.  
  • 11. Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direcção – Antoine de St Exupéry
  • 12. A amizade é o amor sem asas - George Byron
  • 13. O verdadeiro amor é o fruto maduro de toda uma vida – Lamartine
  • 14. O amor é a única flor que brota e cresce sem a ajuda das estações – Gibran Khalil o o
  • 15. Fácil é dar um beijo. Difícil é entregar a alma, sinceramente, por inteiro - Carlos Drummond de Andrade
  • 16. Os olhos são os intérpretes do coração, mas só os interessados entendem essa linguagem – Blaise Pascal
  • 17. Só se vê com o coração. O essencial é invisível aos olhos - Antoine de Saint- Exupéry
  • 18. O amor não se define, sente-se - Séneca
  • 19. O amor é fogo que arde sem se ver é ferida que dói e não se sente – Camões
  • 20. O amor é a poesia dos sentidos – Honoré de Balzac