Religiões, Seitas e Heresias - Aula 5

2.185 visualizações

Publicada em

2 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.185
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
2
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Religiões, Seitas e Heresias - Aula 5

  1. 1. E.B.D.- PIB.JA MODULO –RELIGIÕES, SEITAS E HERESIAS AULA – 05- MAÇONARIA ORIGEM,CRENÇAS, RITOS E SÍMBOLOSMaçon – deriva da palavra francesa “masom” e significa Pedreiro OR I G E MUm breve resumo histórico: Alguns historiadores fazem provir a maçonaria dos antigosmistérios pagãos religiosos do velho Egito e da antiga Grécia. Outros autores atribuem as suasorigens aos antigos ritos Babilônicos. Os maçonscrêem que ela tenha se originado por ocasiãodaconstrução do templo de Jerusalém, no reinado de Salomão (1082 – 975 a.C.) e lhe dãocomo fundador, HirãoAbiú, sugerido como arquiteto do citado templo(2Cr.2:13)Em tempos mais recentes, defendem alguns autores que no século XVII, pedreiros em gruposviajavam pela Europa construindo catedrais, edifícios públicos e monumentos para os reis.Construíram também “lojas” para si mesmas, para hospedagem, reuniões e descanso. Nãoeram “lojas” como conhecemos hoje, mas prédios apropriados para fins já ditos.Não há uma precisão quanto ás verdadeiras raízes da maçonaria, mas podemos compreenderque, cada definição citada pelos autores, quanto as origens dessa sociedade, trazem umenfoque quanto aos aspectose práticas ritualísticas que se processam em suas reuniões.A maçonaria divulga ter como objetivo a busca da verdade, o estudo da moral e dasolidariedade fraternal. Diz trabalhar para o aperfeiçoamento moral, intelectual e social dahumanidade, afim de que os seus componentes sejam mais felizes ou menos sofredores,graças a uma maior compreensão entre eles, pela prática constante da fraternidade.A Luz das Escrituras Sagradas podemos analisar que a Maçonariaé uma sociedade fraterna,secreta e organizada, mas também uma religião. Ela tem templos, altares, orações, turíbulos,incenso, rituais simbólicos de purificação, reuniões regulares, cerimônia fúnebre e ministrosoficiantes. Ela afirma continuamente que não é uma religião, entretanto procede como tal.De acordo com o famoso maçon Albert Pike, a maçonaria é uma busca da luz. Ela é universalsem fronteiras geográficas, psicológicas e para a construção do templo da fraternidade elanecessita dos filhos de Deus, qualquer que seja sua raça; crenças ou sexo. Nota-se que ela éuma religião sincretista e ecumênica. CRENÇASDeus -Na maçonaria Deus é basicamente o que percebemos que Ele é; nossa idéia ouconceito de Deus torna-se o nosso Deus. Refere-se a Ele com o Grande Arquiteto do Universo.Jesus–Era apenas um homem, ele foi um dos exemplos, um dos grandes homens do passado.É comparadoa outros com Aristóteles, Platão, Pitágoras e Maomé.
  2. 2. A Bíblia –Para os maçons, não passa dos “Livros sagrados” dos homens, não sendo melhordo que o Alcorão, dos vêdas ou os livros dos filósofos chineses e gregos.Usam com “livrofonte”a Cabala, um livro de magia e misticismo, oriundo dos judeus.A Salvação– Na maçonaria não se fala da necessidade de salvação, regeneração etransformação agora. O melhoramento do ser humano vem aos poucos, através de uma vidamoral irrepreensível e de boas obras, isto é suficiente. E por fim partem daqui com a falsaesperança de felicidade no mundo além.Satanás – Não é um ser, mas uma força, criada para o bem, mas podendo ser usado para omal. É o instrumento da liberdade e do livre-arbítrio. ( Is. 14:12-15 ; Ez. 28:13-19 ) RITOS- A maçonaria é organizada em Ritos, sendo estes divididos em graus, o mais propagadomundialmente é o Rito Escocês, este tem 33 graus, os mesmo está dividido em 4 séries:Graus Simbólicos ou Loja Azul Graus Filosóficos 1. Aprendi 19. Grande Pontífice 2. Companheiro20.Grande Ad-Vitam 3. Mestre 21. Patriarca NoachitaGraus Capitulares 22. Cavaleiro do Machado 4. Mestre Secreto 23. Chefe do Tabernáculo 5. Mestre Perfeito 6. Secretário Intimo 24. Príncipe do Tabernáculo 7. Chefe e Juiz 25. Cavaleiro da Serpente de Bronze 8. Superintendente do Edifício 26. Príncipe da Misericórdia 9. Mestre Eleito dos Nove 27. Comandante do Templo 10. Ilustre Eleito dos Quinze 28. Cavaleiro do Sol 11. Sublime Mestre Eleito 29. Cavaleiro de Santo André 12. Grande Mestre Arquiteto 13. Mestre do Arco Real de Salomão Graus Superiores 14. Grande Eleito Maçon 15. Cavaleiro do Oriente ou da Espada 30. Cavaleiro Adoch 16. Príncipe de Jerusalém 31. Inspetor Inquisidor 17. Cavaleiro Leste e Oeste 32. Mestre do Segredo Real 18. Cavaleiro da Ordem Rosa Cruz 33. Grande Soberano Inspetor GeralA proposta de Filiação- Na proposta, o profano que é o iniciante, assina a mesma e éobrigado a declarar quanto ganha mensalmente, nome, profissão, estado civil, grau deinstrução, residência, procedência, etc. Haverá casos em que é exigida a apresentação deatestado de bons antecedentes fornecido pela autoridade competente.Os juramentos de sanguesob pena de mutilação e morte violenta são ministradas no final da iniciação a todos graus maçônicos,obrigando o iniciado a proteger os segredos dos graus. ( Mt. 6:24 )
  3. 3. SÍ MBOLOS O ESQUADRO E O COMPASSO O COMPASSO - O Compasso é considerado um Símbolo da espiritualidade e do conhecimento humano. Sendo visto como Símbolo da espiritualidade, sua posição sobre o Livro da Lei varia conforme o Grau. No Grau de Aprendiz, ele está embaixo do esquadro, indicando que existe, por enquanto, a predominância da matéria sobre o espírito .O ESQUADRO -Seu desenho nos permite traçar o ângulo reto e, por tanto, esquadrejartodas as formas. Deste modo, é visto como Símbolo, por excelência, da retidão. É também aprimeira das chamadas Jóias Móveis de uma Loja, constituindo-se na Jóia do Venerável, pois,dentre todos, este deve ser o mais justo e eqüitativo dos Maçons. O Esquadro, ao contráriodo Compasso, representa a matéria; por isso é que, em Loja de Aprendiz, ele se apresentasobre o Compasso. Predominância da Matéria sobre o espírito.A LETRA "G: É o símbolo de Deus, o Divino Geômetra. Uma das razoes de sertomada como símbolo sagrado da Divindade, é que, com ela, a palavra Deus, seinicia em vários idiomas. GAS, em Siríaco; GADA, em persa; GUD, em sueco;GOTT, em alemão; GOD, em inglês, etc O DELTA LUMINOSO Também chamado de Triângulo Fulgurante, representa na Maçonaria o Supremo Criador de todas as coisas, cujo olho luminoso é o Olho da Sabedoria e da Providência, que observa tudo que vê e provê. Ele simboliza também, os atributos da Divindade: Onipresença, Onividência e Onisciência, que o verdadeiro maçon tem como lembrete divino de sua suprema relevância para sua vida. Espiritualistas por princípio, sabem os maçons, na interpretação do Triangulo Fulgurante, que há um Deus que tudo vê e por esta razão entendem que uma oportunidade de fazer o bem que deixam escapar , é uma eternidade que se lhes espera. OBS:Dentre esses instrumentos de significados aparentemente otimistas, dentro da simbologia maçônica, mas que por trás se esconde um mundo de esoterismo e ocultismo. Há muitos outros símbolos na Maçonaria. Apresentamos aqui somente os mais difundidos e conhecidos do povo em geral. Finalizamos dizendo que O Segredo é a essência da maçonaria, necessário para sua própria existência

×