13 - Tipos de Processos x Arranjo Físico

51.987 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
14 comentários
35 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
51.987
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
400
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
160
Comentários
14
Gostaram
35
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

13 - Tipos de Processos x Arranjo Físico

  1. 1. Arranjo Físico - Layout Universidade Federal da Paraíba Campus I – Centro de Tecnologia Curso de Graduação em Engenharia de Produção Prof. MSc. Marcel de Gois Pinto Profª. MSc. Mariana Moura Nóbrega
  2. 2. Na aula anterior vimos...
  3. 3. Na aula anterior vimos...  Os sistemas de produção podem ser classificados segundo vários aspectos, inclusive segundo o tipo de processo
  4. 4. Na aula anterior vimos...  Os sistemas de produção podem ser classificados segundo vários aspectos, inclusive segundo o tipo de processo Projeto Sob encomenda Jobbing Discreto (Intermitente) Batch Repetitivo Massa Contínuo Contínuo
  5. 5. Na aula anterior vimos...  Principais características dos tipos de processo
  6. 6. Na aula anterior vimos...  Principais características dos tipos de processo Projeto Jobbing Batch Massa Contínuo Tempo set up / tempo operação Volume Variedade Grau de padroni- zação do produto Ciclo de vida do produto Flexibilidade dos recursos Dedicação dos recursos
  7. 7. Na aula anterior vimos...  Principais características dos tipos de processo Projeto Jobbing Batch Massa Contínuo Tempo set up / Alto Baixo tempo operação Volume Variedade Grau de padroni- zação do produto Ciclo de vida do produto Flexibilidade dos recursos Dedicação dos recursos
  8. 8. Na aula anterior vimos...  Principais características dos tipos de processo Projeto Jobbing Batch Massa Contínuo Tempo set up / Alto Baixo tempo operação Volume Baixo Alto Variedade Grau de padroni- zação do produto Ciclo de vida do produto Flexibilidade dos recursos Dedicação dos recursos
  9. 9. Na aula anterior vimos...  Principais características dos tipos de processo Projeto Jobbing Batch Massa Contínuo Tempo set up / Alto Baixo tempo operação Volume Baixo Alto Variedade Alta Baixa Grau de padroni- zação do produto Ciclo de vida do produto Flexibilidade dos recursos Dedicação dos recursos
  10. 10. Na aula anterior vimos...  Principais características dos tipos de processo Projeto Jobbing Batch Massa Contínuo Tempo set up / Alto Baixo tempo operação Volume Baixo Alto Variedade Alta Baixa Grau de padroni- Baixo Alto zação do produto Ciclo de vida do produto Flexibilidade dos recursos Dedicação dos recursos
  11. 11. Na aula anterior vimos...  Principais características dos tipos de processo Projeto Jobbing Batch Massa Contínuo Tempo set up / Alto Baixo tempo operação Volume Baixo Alto Variedade Alta Baixa Grau de padroni- Baixo Alto zação do produto Ciclo de vida do Curto Longo produto Flexibilidade dos recursos Dedicação dos recursos
  12. 12. Na aula anterior vimos...  Principais características dos tipos de processo Projeto Jobbing Batch Massa Contínuo Tempo set up / Alto Baixo tempo operação Volume Baixo Alto Variedade Alta Baixa Grau de padroni- Baixo Alto zação do produto Ciclo de vida do Curto Longo produto Flexibilidade dos Alta Baixa recursos Dedicação dos recursos
  13. 13. Na aula anterior vimos...  Principais características dos tipos de processo Projeto Jobbing Batch Massa Contínuo Tempo set up / Alto Baixo tempo operação Volume Baixo Alto Variedade Alta Baixa Grau de padroni- Baixo Alto zação do produto Ciclo de vida do Curto Longo produto Flexibilidade dos Alta Baixa recursos Dedicação dos Alta Baixa Alta recursos
  14. 14. 1 Introdução
  15. 15. 1 Introdução  As características dos processos produtivos influenciam diretamente seu arranjo físico
  16. 16. 1 Introdução  As características dos processos produtivos influenciam diretamente seu arranjo físico  O arranjo físico, ou layout, é a disposição no espaço dos recursos físicos da operação  Recursos transformadores  Recursos transformados
  17. 17. 1 Introdução  As características dos processos produtivos influenciam diretamente seu arranjo físico  O arranjo físico, ou layout, é a disposição no espaço dos recursos físicos da operação  Recursos transformadores  Recursos transformados  O layout determina a forma e a aparência da operação, sendo uma de suas características mais evidentes
  18. 18. 2 Tipos de processos X Tipos básicos de layout
  19. 19. 2 Tipos de processos X Tipos básicos de layout  Tipologia de processos de manufatura
  20. 20. 2 Tipos de processos X Tipos básicos de layout  Tipologia de processos de manufatura Variedade Projeto Jobbing Batch Massa Contínuo Volume
  21. 21. 2 Tipos de processos X Tipos básicos de layout  Tipologia de processos de manufatura Variedade Variedade Projeto Posicional Jobbing Funcional Batch Celular Massa Linear Contínuo Volume Volume  Cada tipo de processo pode adotar diferentes tipos, ou combinações de tipos de layout
  22. 22. 2 Tipos de processos X Tipos básicos de layout  Tipologia de processos de serviço
  23. 23. 2 Tipos de processos X Tipos básicos de layout  Tipologia de processos de serviço Variedade Serviço profissional Loja de Serviços Serviços de massa Volume
  24. 24. 2 Tipos de processos X Tipos básicos de layout  Tipologia de processos de serviço Variedade Variedade Posicional Serviço profissional Funcional Loja de Serviços Celular Serviços de massa Linear Volume Volume  Cada tipo de processo pode adotar diferentes tipos, ou combinações de tipos de layout
  25. 25. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos
  26. 26. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  27. 27. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Posicional ou de Posição Fixa Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  28. 28. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Posicional ou de Posição Fixa Variedade  Adotado em processos dos tipos: Posicional  Manufatura: Projeto e Jobbing Funcional  Serviço: Serviço Profissional Celular Linear Volume
  29. 29. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Posicional ou de Posição Fixa Variedade  Recursos transformadores se movem Posicional na cena do processo Funcional  Recursos transformados permanecem Celular estacionários devido a Linear  Dimensões ou  Estado delicado ou Volume  Indisposição
  30. 30. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Posicional ou de Posição Fixa Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  31. 31. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Posicional ou de Posição Fixa Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  32. 32. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Posicional ou de Posição Fixa Variedade  O arranjo deve possibilitar aos recursos Posicional a sua maior contribuição ao processo Funcional  Melhor prestação de “serviço” Celular possível Linear Volume
  33. 33. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Posicional ou de Posição Fixa Variedade  Vantagens Posicional  Alta flexibilidade de mix e de Funcional produto Celular  Cliente ou produto não movido ou Linear perturbado  Alta variedade de tarefas para a Volume mão-de-obra
  34. 34. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Posicional ou de Posição Fixa Variedade  Desvantagens Posicional  Custos unitários muito altos Funcional  Layout complexo Celular  Muita movimentação de Linear equipamentos e mão-de-obra Volume  Baixa velocidade de atravessamento
  35. 35. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Funcional ou Departamental ou por Processo Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  36. 36. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Funcional ou Departamental ou por Processo Variedade Posicional Adotado em processos dos tipos: Funcional Manufatura: Jobbing e Batch Celular Serviço: Serviço Profissional e Loja de Serviço Linear Volume
  37. 37. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Funcional ou Departamental ou por Processo Variedade Posicional  Processos similares são colocados lado a lado (departamentos ou setores) Funcional  Os recursos transformadores dominam Celular a disposição do arranjo  Os recursos transformados percorrem Linear diferentes roteiros através da operação Volume  Fluxo complexo
  38. 38. 3 Tipos básicos de layout
  39. 39. 3 Tipos básicos de layout
  40. 40. 3 Tipos básicos de layout
  41. 41. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Funcional ou Departamental ou por Processo Variedade Posicional  Processos similares são colocados lado a lado (departamentos ou setores) Funcional  Os recursos transformadores dominam Celular a disposição do arranjo  Os recursos transformados percorrem Linear diferentes roteiros através da operação Volume  Fluxo complexo
  42. 42. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Funcional ou Departamental ou por Processo Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  43. 43. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Funcional ou Departamental ou por Processo Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  44. 44. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Funcional ou Departamental ou por Processo Variedade Posicional  Vantagens Funcional  Alta flexibilidade de mix e produto Celular  Suporta interrupções de uma etapa por algum tempo Linear  Supervisão de equipamentos e Volume instalações relativamente fácil
  45. 45. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Funcional ou Departamental ou por Processo Variedade Posicional  Desvantagens Funcional  Baixa utilização de recursos Celular  Alto estoque em processo ou fila de clientes Linear  Difícil controle de fluxo de Volume processo
  46. 46. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Celular Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  47. 47. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Celular Variedade Adotado em processos dos tipos: Posicional Manufatura: Batch e Massa Funcional Serviço: Loja de Serviço e Serviço de Celular Massa Linear Volume
  48. 48. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Celular Variedade  Procura aliar a flexibilidade do layout Posicional Funcional à simplicidade do layout Funcional linear Celular  Agrupamento de recursos transformadores projetado para Linear produzir uma família de produtos  As células podem ser organizadas Volume internamente segundo um layout funcional ou linear
  49. 49. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Celular Variedade  O trabalho é organizado em grupos Posicional de trabalhadores polivalentes Funcional Celular Linear Volume
  50. 50. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Celular Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  51. 51. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Celular Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  52. 52. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Celular Variedade  Vantagens: misto do departamental Posicional (flexibilidade) e do linear (custo) Funcional  Redução de lead-time  Trabalho em grupo Celular  Lotes de produção pequenos Linear  Fluxo interno bem definido  Movimentação e manuseio Volume internos reduzidos  Pouco estoque em processo
  53. 53. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Celular Variedade  Desvantagens Posicional  Investimento em reconfiguração Funcional do arranjo  Pode requerer capacidade Celular adicional Linear  Pode gerar ociosidade dos recursos Volume
  54. 54. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Linear ou por Produto ou em Fluxo Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  55. 55. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Linear ou por Produto ou em Fluxo Variedade Posicional Adotado em processos dos tipos: Funcional Manufatura: Massa e Contínuo Celular Serviço: Serviço de Massa Linear Volume
  56. 56. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Linear ou por Produto ou em Fluxo Variedade Posicional  Os recursos transformadores são localizados segundo a conveniência dos Funcional recursos transformados Celular  Recursos transformadores são dispostos na seqüência de atividades Linear requeridas à transformação Volume  Fluxo claro e previsível
  57. 57. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Linear ou por Produto ou em Fluxo Variedade Armazenagem e dosagem de matéria-prima Posicional Extrusão Funcional Estiramento longitudinal Celular Formação e Puxada, corte de orelhas resfriamento e tratamento superficial Linear Enrolamento Estiramento transversal Volume Estoque intermediário Corte primário e expedição
  58. 58. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Linear ou por Produto ou em Fluxo Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  59. 59. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Linear ou por Produto ou em Fluxo Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  60. 60. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Linear ou por Produto ou em Fluxo Variedade Posicional Funcional Celular Linear Volume
  61. 61. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Linear ou por Produto ou em Fluxo Variedade Posicional  Vantagens Funcional  Baixos custos unitários para baixos volumes Celular  Especialização dos equipamentos Linear  Movimento de materiais ou Volume clientes bastante conveniente
  62. 62. 3 Tipos básicos de layout  O layout define o padrão de fluxo dos recursos Layout Linear ou por Produto ou em Fluxo Variedade Posicional  Desvantagens Funcional  Baixa flexibilidade de mix de produtos Celular  Pouca robustez contra Linear interrupções Volume  Trabalho pode se tornar repetitivo
  63. 63. 3 Resumindo
  64. 64. 3 Resumindo  Relação entre tipos de processo e layout Variedade Variedade Projeto Posicional Posicional Jobbing Serviço profissional Funcional Funcional Batch Loja de Serviços Celular Celular Massa Serviços de massa Linear Linear Contínuo Volume
  65. 65. 3 Resumindo  Principais características dos tipos de layout Posicional Funcional Celular Linear Volume Baixo Alto Variedade Alta Baixa Grau de complexida- Alto Baixo de dos fluxos Flexibilidade dos Alta Baixa recursos Dedicação dos Alta Baixa Alta recursos
  66. 66. Arranjo Físico - Layout Universidade Federal da Paraíba Campus I – Centro de Tecnologia Curso de Graduação em Engenharia de Produção Prof. MSc. Marcel de Gois Pinto Profª. MSc. Mariana Moura Nóbrega

×