“Recorrendo ao QIM…<br />para comunicar e interpretar ideias matemáticas”<br />14-07-2010<br />Prof. Ângela Batista e Hele...
Quadro Interactivo Multimédia.<br />É urgente adaptarmo-nos a novas realidades e a novas situações. <br />Estamos a viver ...
<ul><li>O QIM apresenta potencialidades:
a natureza da informação trabalhada na aula,
os tempos e espaços de aprendizagem,
as dinâmicas da sala de aula,
facilitador de experiências que permitem a visualização dos acontecimentos,
aproximação do aluno ao contexto real.</li></ul>Quadro Interactivo Multimédia.<br />
<ul><li>Com o QIM e a NET:
a mobilidade,
a interactividade,
a interdisciplinaridade,
a dinâmica,
a viagem,
a interacção social,
…</li></ul>“…um certo tipo de experiências inalcançáveis de outro modo mas imprescindíveis para construção plena e coerent...
Vantagens e limitações<br />Vantagens<br />1) Melhoria da visualização na sala de aula;<br />2) Aumento das possibilidades...
Vantagens e limitações<br />Vantagens<br />5) A motivação nos alunos aumenta; <br />6) A partilha de recursos entreprofess...
Vantagens e limitações<br /><ul><li>Limitações
1) Dificuldades no posicionamento em relação à altura parautilização;
2) Os QIM móveis apresentam dificuldadesem termos de movimentação, calibragem e manutenção;
3) Inicialmente a preparação das aulas émais demorada.</li></ul>(In: Revista EFT: http://eft.educom.pt)<br />
Vídeo<br />
Para reflectir…<br />Como é que o QIM potencializou esta tarefa?<br />De que forma é que o QIM promoveu a discussão?<br />...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Recorrendo ao QUIM para comunicar e interpretar ideias matemáticas - Helena Monteiro, Ângela Batista - Colégio "O cantinho dos amigos"

1.486 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.486
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
223
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Recorrendo ao QUIM para comunicar e interpretar ideias matemáticas - Helena Monteiro, Ângela Batista - Colégio "O cantinho dos amigos"

  1. 1. “Recorrendo ao QIM…<br />para comunicar e interpretar ideias matemáticas”<br />14-07-2010<br />Prof. Ângela Batista e Helena Monteiro<br />Colégio “O Cantinho dos Amigos”<br />
  2. 2. Quadro Interactivo Multimédia.<br />É urgente adaptarmo-nos a novas realidades e a novas situações. <br />Estamos a viver um novo processo…<br />… a passagem do quadro de giz para o Quadro Interactivo.<br />As diferenças e potencialidades são notórias. <br />
  3. 3. <ul><li>O QIM apresenta potencialidades:
  4. 4. a natureza da informação trabalhada na aula,
  5. 5. os tempos e espaços de aprendizagem,
  6. 6. as dinâmicas da sala de aula,
  7. 7. facilitador de experiências que permitem a visualização dos acontecimentos,
  8. 8. aproximação do aluno ao contexto real.</li></ul>Quadro Interactivo Multimédia.<br />
  9. 9. <ul><li>Com o QIM e a NET:
  10. 10. a mobilidade,
  11. 11. a interactividade,
  12. 12. a interdisciplinaridade,
  13. 13. a dinâmica,
  14. 14. a viagem,
  15. 15. a interacção social,
  16. 16. …</li></ul>“…um certo tipo de experiências inalcançáveis de outro modo mas imprescindíveis para construção plena e coerente do saber.” <br />(In: http://www.scribd.com/doc/15237774/Projecto-Investigacao-QIIM)<br />Quadro Interactivo Multimédia.<br />
  17. 17. Vantagens e limitações<br />Vantagens<br />1) Melhoria da visualização na sala de aula;<br />2) Aumento das possibilidades de demonstrações;<br />3) Facilita a gestão da sala de aula;<br />4) Facilita a incorporação de recurso multimédia; <br />(In: Revista EFT: http://eft.educom.pt)<br />
  18. 18. Vantagens e limitações<br />Vantagens<br />5) A motivação nos alunos aumenta; <br />6) A partilha de recursos entreprofessores;<br />7) Efectivo ganho de tempo.<br />(In: Revista EFT: http://eft.educom.pt)<br />
  19. 19. Vantagens e limitações<br /><ul><li>Limitações
  20. 20. 1) Dificuldades no posicionamento em relação à altura parautilização;
  21. 21. 2) Os QIM móveis apresentam dificuldadesem termos de movimentação, calibragem e manutenção;
  22. 22. 3) Inicialmente a preparação das aulas émais demorada.</li></ul>(In: Revista EFT: http://eft.educom.pt)<br />
  23. 23. Vídeo<br />
  24. 24. Para reflectir…<br />Como é que o QIM potencializou esta tarefa?<br />De que forma é que o QIM promoveu a discussão?<br />Teria sido possível desenvolver a mesma tarefa sem recurso ao QIM?<br />
  25. 25. Assim sendo…<br />A Matemática em QIM pretende-se mais rigorosa, mais dinâmica e com características que potenciem a autonomia do aluno enquanto agente construtor da sua própria aprendizagem. <br />O rigor, o dinamismo e a autonomia do aluno potenciam-se no QIM também através da utilização de alguns programas específicos:<br />Programa TESS<br />Escola Virtual<br />Programa POLY<br />
  26. 26. Permite explorar e resolver tarefas em grupo turma de forma interactiva e lúdica, que desperta fortemente a atenção dos alunos e provoca a discussão matemática em grande grupo.<br />Fomenta a autonomia do aluno uma vez que cada um poderá escolher a actividade que se adeqúe mais à sua situação em particular, sendo que pode contar com a interacção dos colegas e professor. <br />
  27. 27.
  28. 28.
  29. 29.
  30. 30.
  31. 31.
  32. 32.
  33. 33. Programa Poly<br />Permite ao aluno e à turma que, através do QIM, se consigam explorar as características de muitos sólidos geométricos, conferindo-lhe rigor e ampliando significativamente as noções de geometria. <br />Permite uma manipulação dos sólidos que vai desde a sua planificação à sua concepção, permitindo uma observação clara e rigorosa deste processo.<br />
  34. 34. Programa Poly<br />http://edumatec.mat.ufrgs.br<br />
  35. 35. Programa TESS<br />Permite que, através do QIM, haja uma manipulação rigorosa, dinâmica e ampla das regras de simetria.<br />Uma vez que toda a turma observa o que vai sendo feito, as várias intervenções comunicativas contribuem para a exploração e compreensão do tema. <br />
  36. 36. Programa TESS<br />http://edumatec.mat.ufrgs.br<br />
  37. 37. Concluindo...<br />Facilita a discussão e a interacção pois permite a partilha de tarefas e actividades lúdicas e dinâmicas.<br />A Matemática em QIM é mais rigorosa e com maior carácter científico.<br />
  38. 38. A potencialidade de uma actividade Matemática em QIM, depende, sobretudo, da forma como é abordada e explorada, sendo que é o professor aquele a quem cabe a responsabilidade de questionar e encaminhar o aluno para as conclusões pretendidas!<br />
  39. 39. Obrigada pela vossa atenção!<br />Fim.<br />

×