O cerimonial da magia prática

4.762 visualizações

Publicada em

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.762
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
556
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O cerimonial da magia prática

  1. 1. O Cerimonial da Magia Prática
  2. 2. Magia: antigamente chamada de Grande CiênciaSagrada pelos Magos, é uma ciência oculta que estuda os segredosda natureza e a sua relação com o homem, criando assim um conjuntode teorias e práticas que visam ao desenvolvimento integral dasfaculdades internas espirituais e ocultas do Homem, até que estetenha o domínio total sobre si mesmo e sobre a natureza. A magia temcaracterísticas ritualísticas e cerimoniais que visam entrar em contatocom os aspectos ocultos do Universo e da Divindade. A etimologia dapalavra Magia provém da Língua Persa, magus ou magi, quesignifica sábio. Da palavra "magi" também surgiram outras tais como"magista", "magistério", "magistral", "magno", etc.Preparação:Intenção e vontade bem definidas... bem como o conhecimento dasforças e consciências que serão manipuladas.Um caminho filosófico- espiritual- consciente... que deve serpotencializado através de seu ‘’instrumental’’ antes da cerimôniaInstrumentos:- Local adequado- Tetragrammaton com o círculo – correto no chão norteado- Espada - Báculo ( bagueta )- Espelho mágico consagrado ( imantado )- Aparelho de som com as 7 notas- Lanterna Mágica- Caldeirão com o carvão para queima da erva correta- Tetragrammaton:Pentagrama como 5ª força / consciência – Pode conter símbolospessoais do que ‘’almeja’’ como objetivo. 2
  3. 3. 3
  4. 4. - Proteção:- O Talismã ‘’Abracadabra’’ – como força do tetragrammaton para‘’afastar’’ energias desarmônicas- Tridente como força conjunta a ‘’espada’’ que será o principal- Nome do Anjo ( Sêlo ) do dia que será passado adiante- Principal: Espada, espadim, atame.- Paracelso utilizava um Tridente com símbolos alquímicos 4
  5. 5. - Conhecimento do Dia e a influência Planetária correspondente:Domingo – Sol, Segunda - Lua, Terça - Marte, Quarta - Mercúrio,Quinta - Júpiter, Sexta - Vênus e Sábado - Saturno. 5
  6. 6. 6
  7. 7. Assinaturas Angélicas Cabalísticas 7
  8. 8. 8
  9. 9. Pedra, Planta e Animal de Poder ( Totem )Sol – Carbúnculo – Sândalo ( Erva a ser queimada ) – Siriema.Lua– Ametista – Jasmim( Erva a ser queimada ) – LoboMarte – Rubi – Estoraque ( Erva a ser queimada ) – CascavelMercúrio – Topázio – Mastique ( Erva a ser queimada ) – CervoJúpiter – Rubelita – Açafrão( Erva a ser queimada ) – Raposa -Vênus – Safira – Mirra ( Erva a ser queimada ) – JaguarSaturno –Esmeralda – Alecrim ( Erva a ser queimada ) – Anta- As Cores e os SonsSol – Laranja - RéLua– Violeta- SiMarte – Vermelho- DóMercúrio – Amarelo- MiJúpiter – Púrpura- SolVênus – Índigo- LáSaturno –Verde- Fá 9
  10. 10. Cerimonial- Prática 10
  11. 11. - Conhecimento dos 7 Sub Planos Astrais e seus 49 níveis- Escolha do Dia e hora corretos de acordo com o objetivo- Observação do movimento do Planeta do Dia- ‘’Não Maleficiado’’- Local adequado com os símbolos de imantação- proteção ... assimcomo a pedra e o totem ligado ao planeta- Instrumentos corretos: Espada ( espadim, tridente, adaga ... ) Báculo – Ponta de Cristal e 7 anéis com os metais sagrados Espelho Mágico- consagrado ( imantado ) com as 4 fases da Lua Lanterna Mágica- Emissor de Luz na Cor correspondente ao Planeta Caldeirão para queima da erva correta Aparelho de som para tocar o som correto- De acordo com o seu caminho espiritual ‘’efetuar’’ as saudações que tenhamconvergência com seu ‘’interior’’.- Iniciar sempre com a espada ou instrumento de defesa ... pois antes da luzsempre virá à sombra que deve ser ‘’cortada- furada’’ com a espada- A sensibilidade e a percepção do magista devem existir no momento que asenergias densas astrais ‘’cessam’’ ... e inicia a abertura da ‘’convergente luzastral’’... ‘’momento de trocar a espada pelo báculo’’... a espada fica com aponta voltada para a ‘’cabeça’’ do pentagrama e o bastão em riste paraaglutinar a energia astral convergente.- Neste momento a energia que é aglutinada pela bagueta deve ser conduzidapara onde deve ser imantada... talismã... foto... pessoa... etc.- Mesmo que não ocorra a visão astral... a energia vibrada no cerimonialocasiona a captação da força planetária... a fumaça levantada pelo caldeirãopossui grande força volitiva com ‘’incenso’’... que pode ser imantada emqualquer local/ pessoa/ objeto. Blog Nilton Schutz - http://niltonschutz.blogspot.com.br/ 11

×