SlideShare uma empresa Scribd logo
Igreja Pra. Petula Sorocaba - SP
A importância da Igreja... Hebreus 10 19  Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus, 20  Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne, 21  E tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, 22  Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa,
23  Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu. 24  E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, 25 Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.
Um lugar especial ... Cada um de nós somos Igreja... Mas é muito importante que estejamos congregados... E Deus preparou um lugar para isso Um lugar para nos estimularmos mutuamente, nos alegrarmos, compartilharmos...
O Templo de Salomão Em I Rs 8 Salomão consagra o templo E mostra a importância de clamarmos as Senhor num lugar em comum, que leva o Seu Santo Nome
Quem está nesse lugar I Rs 9. 23 - Ó SENHOR Deus de Israel, não há Deus como tu, em cima nos céus nem em baixo na terra; que guardas a aliança e a beneficência a teus servos que andam com todo o seu coração diante de ti.
Porque Deus atenta para este lugar... Para que os teus olhos noite e dia estejam abertos sobre esta casa, sobre este lugar, do qual disseste: O meu nome estará ali; para ouvires a oração que o teu servo fizer neste lugar.
1) Para haver justiça I Rs 8.31  Quando alguém pecar contra o seu próximo, e puserem sobre ele juramento de maldição, fazendo-o jurar, e vier juramento de maldição diante do teu altar nesta casa, 32  Ouve tu, então, nos céus e age e julga a teus servos, condenando ao injusto, fazendo recair o seu proceder sobre a sua cabeça, e justificando ao justo, rendendo-lhe segundo a sua justiça.
2) Para haver perdão 33  Quando o teu povo Israel for ferido diante do inimigo, por ter pecado contra ti, e se converterem a ti, e confessarem o teu nome, e orarem e suplicarem a ti nesta casa, 34  Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado do teu povo Israel, e torna-o a levar à terra que tens dado a seus pais.
3) Para haver ensino e chuva 35  Quando os céus se fechar, e não houver chuva, por terem pecado contra ti, e orarem neste lugar, e confessarem o teu nome, e se converterem dos seus pecados, havendo-os tu afligido, 36  Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado de teus servos e do teu povo Israel, ensinando-lhes o bom caminho em que andem, e dá chuva na tua terra que deste ao teu povo em herança.
4) Para haver temor 37  Quando houver fome na terra, quando houver peste, quando houver queima de searas, ferrugem, gafanhotos ou pulgão, quando o seu inimigo o cercar na terra das suas portas, ou houver alguma praga ou doença, 38  Toda a oração, toda a súplica, que qualquer homem de todo o teu povo Israel fizer, conhecendo cada um a chaga do seu coração, e estendendo as suas mãos para esta casa, 39  Ouve tu então nos céus, assento da tua habitação, e perdoa, e age, e dá a cada um conforme a todos os seus caminhos, e segundo vires o seu coração, porque só tu conheces o coração de todos os filhos dos homens. 40  Para que te temam todos os dias que viverem na terra que deste a nossos pais.
5) Para haver testemunho e salvação 41  E também ouve ao estrangeiro, que não for do teu povo Israel, quando vier de terras remotas, por amor do teu nome 42  (Porque ouvirão do teu grande nome, e da tua forte mão, e do teu braço estendido), e vier orar voltado para esta casa, 43  Ouve tu nos céus, assento da tua habitação, e faze conforme a tudo o que o estrangeiro a ti clamar, a fim de que todos os povos da terra conheçam o teu nome, para te temerem como o teu povo Israel, e para saberem que o teu nome é invocado sobre esta casa que tenho edificado.
6) Para haver vitória 44 Quando o teu povo sair à guerra contra o seu inimigo, pelo caminho por que os enviares, e orarem ao SENHOR, para o lado desta cidade, que tu elegeste, e desta casa, que edifiquei ao teu nome, 45  Ouve, então, nos céus a sua oração e a sua súplica, e faze-lhes justiça.
7) Para haver conserto 50E perdoa ao teu povo que houver pecado contra ti, todas as transgressões que houverem cometido contra ti; e dá-lhes misericórdia perante aqueles que os têm cativos, para que deles tenham compaixão. 51 Porque são o teu povo e a tua herança que tiraste da terra do Egito, do meio do forno de ferro. 52  Para que teus olhos estejam abertos à súplica do teu servo e à súplica do teu povo Israel, a fim de os ouvires em tudo quanto clamarem a ti.
I Rs 9.3 E o SENHOR lhe disse: Ouvi a tua oração, e a súplica que fizeste perante mim; santifiquei a casa que edificaste, a fim de pôr ali o meu nome para sempre; e os meus olhos e o meu coração estarão ali todos os dias.
Lugar importante... Por tudo isso e muito mais... Lembre-se do escritor de Hebreus:  Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.
O que você precisa hoje? Estamos neste lugar abençoado! Não perca tempo!! Atente para o que pode acontecer por você estar aqui hoje...
Não seja como Jacó... Gn 28. 15  E eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei tornar a esta terra; porque não te deixarei, até que haja cumprido o que te tenho falado. 16 Acordando, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o SENHOR está neste lugar; e eu não o sabia. 17  E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus.
Palavra Profética Sl 122. 1  ALEGREI-ME quando me disseram: Vamos à casa do SENHOR. 2  Os nossos pés estão dentro das tuas portas, ó Jerusalém.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
José Lima
 
Alef
AlefAlef
Alef
alef2017
 
Amo¦üs 005
Amo¦üs   005Amo¦üs   005
Amo¦üs 005
Samuel Fernandes
 
Vivendo como Cidadão do Reino
Vivendo como Cidadão do ReinoVivendo como Cidadão do Reino
Vivendo como Cidadão do Reino
IBMemorialJC
 
Salmo 51
Salmo 51Salmo 51
Salmo 51
Elva Judy Nieri
 
Profecias sobre jesus no velho testamento
Profecias sobre jesus no velho testamentoProfecias sobre jesus no velho testamento
Profecias sobre jesus no velho testamento
Lucas Ferreira
 
CAIA FOGO
CAIA FOGOCAIA FOGO
Lição 26´As maldades da casa de Israel depois do Éxodo
Lição 26´As maldades da casa de Israel depois do ÉxodoLição 26´As maldades da casa de Israel depois do Éxodo
Lição 26´As maldades da casa de Israel depois do Éxodo
CARLOS LINUS FERREIRA
 
Caia Fogo - Fernandinho
Caia Fogo - FernandinhoCaia Fogo - Fernandinho
Caia Fogo - Fernandinho
PowerPoint Gospel
 
O sacrifício que agrada a Deus
O sacrifício que agrada a DeusO sacrifício que agrada a Deus
O sacrifício que agrada a Deus
Jeronimo Nunes
 
Palestra 06 -_a_maior_profecia_da_bíblia
Palestra 06 -_a_maior_profecia_da_bíbliaPalestra 06 -_a_maior_profecia_da_bíblia
Palestra 06 -_a_maior_profecia_da_bíblia
RobsonRangeldaSilva1
 
Apocalipse 3
Apocalipse 3Apocalipse 3
Apocalipse 3
Elva Judy Nieri
 
Orações 8 fotos
Orações 8 fotosOrações 8 fotos
Orações 8 fotos
Associação Renovar Renovar
 
Lições dos Sonhos Despedaçados
Lições dos Sonhos DespedaçadosLições dos Sonhos Despedaçados
Lições dos Sonhos Despedaçados
IBMemorialJC
 
S&h 341 vaso de benção
S&h 341 vaso de bençãoS&h 341 vaso de benção
S&h 341 vaso de benção
Rovanildo Vieira Soares
 
Isaías almeida
Isaías almeidaIsaías almeida
Isaías almeida
Rosângela Rodrigues
 
Isaías almeida
Isaías almeidaIsaías almeida
Isaías almeida
Rosângela Rodrigues
 
GÊNESIS 6
GÊNESIS 6GÊNESIS 6
GÊNESIS 6
Samuel Oliveira
 
Re-formar
Re-formarRe-formar
Desista de Abrir Mão da sua Promessa
Desista de Abrir Mão da sua PromessaDesista de Abrir Mão da sua Promessa
Desista de Abrir Mão da sua Promessa
IBMemorialJC
 

Mais procurados (20)

Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
 
Alef
AlefAlef
Alef
 
Amo¦üs 005
Amo¦üs   005Amo¦üs   005
Amo¦üs 005
 
Vivendo como Cidadão do Reino
Vivendo como Cidadão do ReinoVivendo como Cidadão do Reino
Vivendo como Cidadão do Reino
 
Salmo 51
Salmo 51Salmo 51
Salmo 51
 
Profecias sobre jesus no velho testamento
Profecias sobre jesus no velho testamentoProfecias sobre jesus no velho testamento
Profecias sobre jesus no velho testamento
 
CAIA FOGO
CAIA FOGOCAIA FOGO
CAIA FOGO
 
Lição 26´As maldades da casa de Israel depois do Éxodo
Lição 26´As maldades da casa de Israel depois do ÉxodoLição 26´As maldades da casa de Israel depois do Éxodo
Lição 26´As maldades da casa de Israel depois do Éxodo
 
Caia Fogo - Fernandinho
Caia Fogo - FernandinhoCaia Fogo - Fernandinho
Caia Fogo - Fernandinho
 
O sacrifício que agrada a Deus
O sacrifício que agrada a DeusO sacrifício que agrada a Deus
O sacrifício que agrada a Deus
 
Palestra 06 -_a_maior_profecia_da_bíblia
Palestra 06 -_a_maior_profecia_da_bíbliaPalestra 06 -_a_maior_profecia_da_bíblia
Palestra 06 -_a_maior_profecia_da_bíblia
 
Apocalipse 3
Apocalipse 3Apocalipse 3
Apocalipse 3
 
Orações 8 fotos
Orações 8 fotosOrações 8 fotos
Orações 8 fotos
 
Lições dos Sonhos Despedaçados
Lições dos Sonhos DespedaçadosLições dos Sonhos Despedaçados
Lições dos Sonhos Despedaçados
 
S&h 341 vaso de benção
S&h 341 vaso de bençãoS&h 341 vaso de benção
S&h 341 vaso de benção
 
Isaías almeida
Isaías almeidaIsaías almeida
Isaías almeida
 
Isaías almeida
Isaías almeidaIsaías almeida
Isaías almeida
 
GÊNESIS 6
GÊNESIS 6GÊNESIS 6
GÊNESIS 6
 
Re-formar
Re-formarRe-formar
Re-formar
 
Desista de Abrir Mão da sua Promessa
Desista de Abrir Mão da sua PromessaDesista de Abrir Mão da sua Promessa
Desista de Abrir Mão da sua Promessa
 

Destaque

Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
Marconi Pacheco
 
Porquê ir à Igreja
Porquê ir à IgrejaPorquê ir à Igreja
Porquê ir à Igreja
Sofia Jose
 
36.2 Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 4 Kenne...
36.2   Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 4   Kenne...36.2   Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 4   Kenne...
36.2 Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 4 Kenne...
Robson Tavares Fernandes
 
Porque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhorPorque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhor
Vilmar Nascimento
 
Por que ir a Igreja ?
Por que ir a Igreja ?Por que ir a Igreja ?
Por que ir a Igreja ?
Presentepravoce SOS
 
2015 03-01 - Licao 09 - 1 Trimestre 2015 - Juvenis - O que e a igreja
2015 03-01 - Licao 09 - 1 Trimestre 2015 - Juvenis - O que e a igreja2015 03-01 - Licao 09 - 1 Trimestre 2015 - Juvenis - O que e a igreja
2015 03-01 - Licao 09 - 1 Trimestre 2015 - Juvenis - O que e a igreja
Wemerson Bernardo
 
Bimba 07 04 2013 cansado para ir à igreja
Bimba 07 04 2013  cansado para ir à igrejaBimba 07 04 2013  cansado para ir à igreja
Bimba 07 04 2013 cansado para ir à igrejaDebora Teixeira
 
Capítulo 1 do livro por-que-voce-nao-quer-mais-ir-a-igreja
Capítulo 1 do livro   por-que-voce-nao-quer-mais-ir-a-igrejaCapítulo 1 do livro   por-que-voce-nao-quer-mais-ir-a-igreja
Capítulo 1 do livro por-que-voce-nao-quer-mais-ir-a-igreja
Pedro Quintanilha
 
Por que ir a igreja?
Por que ir a igreja?Por que ir a igreja?
Por que ir a igreja?
Euriston
 
Ir a igreja ou ser a igreja
Ir a igreja ou ser a igrejaIr a igreja ou ser a igreja
Ir a igreja ou ser a igreja
Bruno Da Montanha
 
Porque ir à igreja
Porque ir à igrejaPorque ir à igreja
Porque ir à igreja
Fátima da História
 
Romanos 8:37
Romanos 8:37Romanos 8:37
Romanos 8:37
Lanylldo Araujo
 
Judaização da igreja
Judaização da igrejaJudaização da igreja
Judaização da igreja
ASD Remanescentes
 
O Jesus Essencial - Esboços de Sermão
O Jesus Essencial - Esboços de SermãoO Jesus Essencial - Esboços de Sermão
O Jesus Essencial - Esboços de Sermão
Rev. Giovanni Guimarães
 
O preparo e a entrega de sermões john a. broadus
O preparo e a entrega de sermões john a. broadusO preparo e a entrega de sermões john a. broadus
O preparo e a entrega de sermões john a. broadus
Andrezinho rupereta
 
9 o pecado de acã e suas consequências
9 o pecado de acã e suas consequências9 o pecado de acã e suas consequências
9 o pecado de acã e suas consequências
Josenilton Pinheiro Pinheiro
 
O papel do cristão
O papel do cristão O papel do cristão
O papel do cristão
Daniel de Carvalho Luz
 
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
jonasfreitasdejesus
 
Porque voce não quer mais ir a igreja ?
Porque voce não quer mais ir a igreja ?Porque voce não quer mais ir a igreja ?
Porque voce não quer mais ir a igreja ?
Ricardo Gondim
 
Porta estreita
Porta estreitaPorta estreita
Porta estreita
Maxuel Alves
 

Destaque (20)

Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
 
Porquê ir à Igreja
Porquê ir à IgrejaPorquê ir à Igreja
Porquê ir à Igreja
 
36.2 Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 4 Kenne...
36.2   Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 4   Kenne...36.2   Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 4   Kenne...
36.2 Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 4 Kenne...
 
Porque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhorPorque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhor
 
Por que ir a Igreja ?
Por que ir a Igreja ?Por que ir a Igreja ?
Por que ir a Igreja ?
 
2015 03-01 - Licao 09 - 1 Trimestre 2015 - Juvenis - O que e a igreja
2015 03-01 - Licao 09 - 1 Trimestre 2015 - Juvenis - O que e a igreja2015 03-01 - Licao 09 - 1 Trimestre 2015 - Juvenis - O que e a igreja
2015 03-01 - Licao 09 - 1 Trimestre 2015 - Juvenis - O que e a igreja
 
Bimba 07 04 2013 cansado para ir à igreja
Bimba 07 04 2013  cansado para ir à igrejaBimba 07 04 2013  cansado para ir à igreja
Bimba 07 04 2013 cansado para ir à igreja
 
Capítulo 1 do livro por-que-voce-nao-quer-mais-ir-a-igreja
Capítulo 1 do livro   por-que-voce-nao-quer-mais-ir-a-igrejaCapítulo 1 do livro   por-que-voce-nao-quer-mais-ir-a-igreja
Capítulo 1 do livro por-que-voce-nao-quer-mais-ir-a-igreja
 
Por que ir a igreja?
Por que ir a igreja?Por que ir a igreja?
Por que ir a igreja?
 
Ir a igreja ou ser a igreja
Ir a igreja ou ser a igrejaIr a igreja ou ser a igreja
Ir a igreja ou ser a igreja
 
Porque ir à igreja
Porque ir à igrejaPorque ir à igreja
Porque ir à igreja
 
Romanos 8:37
Romanos 8:37Romanos 8:37
Romanos 8:37
 
Judaização da igreja
Judaização da igrejaJudaização da igreja
Judaização da igreja
 
O Jesus Essencial - Esboços de Sermão
O Jesus Essencial - Esboços de SermãoO Jesus Essencial - Esboços de Sermão
O Jesus Essencial - Esboços de Sermão
 
O preparo e a entrega de sermões john a. broadus
O preparo e a entrega de sermões john a. broadusO preparo e a entrega de sermões john a. broadus
O preparo e a entrega de sermões john a. broadus
 
9 o pecado de acã e suas consequências
9 o pecado de acã e suas consequências9 o pecado de acã e suas consequências
9 o pecado de acã e suas consequências
 
O papel do cristão
O papel do cristão O papel do cristão
O papel do cristão
 
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
 
Porque voce não quer mais ir a igreja ?
Porque voce não quer mais ir a igreja ?Porque voce não quer mais ir a igreja ?
Porque voce não quer mais ir a igreja ?
 
Porta estreita
Porta estreitaPorta estreita
Porta estreita
 

Semelhante a Importância De Estar Na Igreja

Portuguese - Book of Baruch.pdf
Portuguese - Book of Baruch.pdfPortuguese - Book of Baruch.pdf
Portuguese - Book of Baruch.pdf
Filipino Tracts and Literature Society Inc.
 
2520 e o Tempo do Juntamento
2520 e o Tempo do Juntamento2520 e o Tempo do Juntamento
2520 e o Tempo do Juntamento
Edilson Gomes
 
Está escrito 2
Está escrito  2Está escrito  2
Está escrito 2
Edilson Gomes
 
Riqueza do ministério de dança
Riqueza do ministério de dançaRiqueza do ministério de dança
Riqueza do ministério de dança
Petula
 
Adoração verdadeira
Adoração verdadeiraAdoração verdadeira
Adoração verdadeira
Associação Renovar Renovar
 
Evangelhosapcrifos apocalipsedebaruch-131016174051-phpapp01
Evangelhosapcrifos apocalipsedebaruch-131016174051-phpapp01Evangelhosapcrifos apocalipsedebaruch-131016174051-phpapp01
Evangelhosapcrifos apocalipsedebaruch-131016174051-phpapp01
Márcia Maria
 
A fé nas promessas de Deus
A fé nas promessas de DeusA fé nas promessas de Deus
A fé nas promessas de Deus
Liana Plentz
 
02 preparacao
02 preparacao02 preparacao
02 preparacao
Bruna Brito
 
Apócrifos - Agrapha Extra-Evangelho.doc
Apócrifos - Agrapha Extra-Evangelho.docApócrifos - Agrapha Extra-Evangelho.doc
Apócrifos - Agrapha Extra-Evangelho.doc
Rafael Monteiro Moyses
 
Contemplando o Invisível - Salmos - Livro IV
Contemplando o Invisível - Salmos - Livro IVContemplando o Invisível - Salmos - Livro IV
Contemplando o Invisível - Salmos - Livro IV
Silvio Dutra
 
Livro De Oração Diária
Livro De Oração DiáriaLivro De Oração Diária
Livro De Oração Diária
Nilson Almeida
 
Salmo 65 a 67
Salmo 65 a 67Salmo 65 a 67
Salmo 65 a 67
Mensagens Virtuais
 
Quarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano CQuarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano C
José Lima
 
Os Salmos de Celebração de Vitórias – Confiança em Deus
Os Salmos de Celebração de Vitórias – Confiança em DeusOs Salmos de Celebração de Vitórias – Confiança em Deus
Os Salmos de Celebração de Vitórias – Confiança em Deus
JUERP
 
Malaquias
MalaquiasMalaquias
Malaquias
JNR
 
Entre o céu e a terra
Entre o céu e a terraEntre o céu e a terra
Entre o céu e a terra
Bruno Da Montanha
 
Vigília da Imaculada Conceição
Vigília da Imaculada ConceiçãoVigília da Imaculada Conceição
Vigília da Imaculada Conceição
JMVSobreiro
 
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Welem C Lourenço
 
Terceira aula do stnb - A Igreja em Missão.pptx
Terceira aula do stnb - A Igreja em Missão.pptxTerceira aula do stnb - A Igreja em Missão.pptx
Terceira aula do stnb - A Igreja em Missão.pptx
ssuser54efaa
 
Orações 3
Orações 3Orações 3

Semelhante a Importância De Estar Na Igreja (20)

Portuguese - Book of Baruch.pdf
Portuguese - Book of Baruch.pdfPortuguese - Book of Baruch.pdf
Portuguese - Book of Baruch.pdf
 
2520 e o Tempo do Juntamento
2520 e o Tempo do Juntamento2520 e o Tempo do Juntamento
2520 e o Tempo do Juntamento
 
Está escrito 2
Está escrito  2Está escrito  2
Está escrito 2
 
Riqueza do ministério de dança
Riqueza do ministério de dançaRiqueza do ministério de dança
Riqueza do ministério de dança
 
Adoração verdadeira
Adoração verdadeiraAdoração verdadeira
Adoração verdadeira
 
Evangelhosapcrifos apocalipsedebaruch-131016174051-phpapp01
Evangelhosapcrifos apocalipsedebaruch-131016174051-phpapp01Evangelhosapcrifos apocalipsedebaruch-131016174051-phpapp01
Evangelhosapcrifos apocalipsedebaruch-131016174051-phpapp01
 
A fé nas promessas de Deus
A fé nas promessas de DeusA fé nas promessas de Deus
A fé nas promessas de Deus
 
02 preparacao
02 preparacao02 preparacao
02 preparacao
 
Apócrifos - Agrapha Extra-Evangelho.doc
Apócrifos - Agrapha Extra-Evangelho.docApócrifos - Agrapha Extra-Evangelho.doc
Apócrifos - Agrapha Extra-Evangelho.doc
 
Contemplando o Invisível - Salmos - Livro IV
Contemplando o Invisível - Salmos - Livro IVContemplando o Invisível - Salmos - Livro IV
Contemplando o Invisível - Salmos - Livro IV
 
Livro De Oração Diária
Livro De Oração DiáriaLivro De Oração Diária
Livro De Oração Diária
 
Salmo 65 a 67
Salmo 65 a 67Salmo 65 a 67
Salmo 65 a 67
 
Quarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano CQuarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano C
 
Os Salmos de Celebração de Vitórias – Confiança em Deus
Os Salmos de Celebração de Vitórias – Confiança em DeusOs Salmos de Celebração de Vitórias – Confiança em Deus
Os Salmos de Celebração de Vitórias – Confiança em Deus
 
Malaquias
MalaquiasMalaquias
Malaquias
 
Entre o céu e a terra
Entre o céu e a terraEntre o céu e a terra
Entre o céu e a terra
 
Vigília da Imaculada Conceição
Vigília da Imaculada ConceiçãoVigília da Imaculada Conceição
Vigília da Imaculada Conceição
 
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
 
Terceira aula do stnb - A Igreja em Missão.pptx
Terceira aula do stnb - A Igreja em Missão.pptxTerceira aula do stnb - A Igreja em Missão.pptx
Terceira aula do stnb - A Igreja em Missão.pptx
 
Orações 3
Orações 3Orações 3
Orações 3
 

Mais de Petula

Up louvorzão brig tobias
Up louvorzão brig tobiasUp louvorzão brig tobias
Up louvorzão brig tobias
Petula
 
Vaso escolhido
Vaso escolhidoVaso escolhido
Vaso escolhido
Petula
 
Cap 4 a ação transformadora de jesus
Cap 4 a ação transformadora de jesusCap 4 a ação transformadora de jesus
Cap 4 a ação transformadora de jesus
Petula
 
Cap 3 jesus apresenta o evangelho
Cap 3 jesus apresenta o evangelhoCap 3 jesus apresenta o evangelho
Cap 3 jesus apresenta o evangelho
Petula
 
Cap 2 o jesus histórico
Cap 2 o jesus históricoCap 2 o jesus histórico
Cap 2 o jesus histórico
Petula
 
Cap 1 análise da doutrina de jesus cristo
Cap 1 análise da doutrina de jesus cristoCap 1 análise da doutrina de jesus cristo
Cap 1 análise da doutrina de jesus cristo
Petula
 
Artistas de Deus
Artistas de DeusArtistas de Deus
Artistas de Deus
Petula
 
ExcelêNcia
ExcelêNciaExcelêNcia
ExcelêNcia
Petula
 
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das EscriturasCap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Petula
 
Culto De MissõEs Jd SãO Paulo 21fev2010 19 Hs
Culto De MissõEs Jd SãO Paulo 21fev2010 19 HsCulto De MissõEs Jd SãO Paulo 21fev2010 19 Hs
Culto De MissõEs Jd SãO Paulo 21fev2010 19 Hs
Petula
 
Cap 1 Psicologia E Psicologia Infantojuvenil
Cap 1 Psicologia E Psicologia InfantojuvenilCap 1 Psicologia E Psicologia Infantojuvenil
Cap 1 Psicologia E Psicologia Infantojuvenil
Petula
 
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das EscriturasCap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
Petula
 
CriançA é O Presente Da Igreja
CriançA é O Presente Da IgrejaCriançA é O Presente Da Igreja
CriançA é O Presente Da Igreja
Petula
 
Paulo – O ApóStolo
Paulo – O ApóStoloPaulo – O ApóStolo
Paulo – O ApóStolo
Petula
 
Entrega Sem Limites
Entrega Sem LimitesEntrega Sem Limites
Entrega Sem Limites
Petula
 
Acpto De Jovens S Pirapora 2005 Recebendo Um Toque Do Pai
Acpto De Jovens S Pirapora 2005 Recebendo Um Toque Do PaiAcpto De Jovens S Pirapora 2005 Recebendo Um Toque Do Pai
Acpto De Jovens S Pirapora 2005 Recebendo Um Toque Do Pai
Petula
 
SansãO O VacilãO
SansãO O VacilãOSansãO O VacilãO
SansãO O VacilãO
Petula
 

Mais de Petula (17)

Up louvorzão brig tobias
Up louvorzão brig tobiasUp louvorzão brig tobias
Up louvorzão brig tobias
 
Vaso escolhido
Vaso escolhidoVaso escolhido
Vaso escolhido
 
Cap 4 a ação transformadora de jesus
Cap 4 a ação transformadora de jesusCap 4 a ação transformadora de jesus
Cap 4 a ação transformadora de jesus
 
Cap 3 jesus apresenta o evangelho
Cap 3 jesus apresenta o evangelhoCap 3 jesus apresenta o evangelho
Cap 3 jesus apresenta o evangelho
 
Cap 2 o jesus histórico
Cap 2 o jesus históricoCap 2 o jesus histórico
Cap 2 o jesus histórico
 
Cap 1 análise da doutrina de jesus cristo
Cap 1 análise da doutrina de jesus cristoCap 1 análise da doutrina de jesus cristo
Cap 1 análise da doutrina de jesus cristo
 
Artistas de Deus
Artistas de DeusArtistas de Deus
Artistas de Deus
 
ExcelêNcia
ExcelêNciaExcelêNcia
ExcelêNcia
 
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das EscriturasCap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
 
Culto De MissõEs Jd SãO Paulo 21fev2010 19 Hs
Culto De MissõEs Jd SãO Paulo 21fev2010 19 HsCulto De MissõEs Jd SãO Paulo 21fev2010 19 Hs
Culto De MissõEs Jd SãO Paulo 21fev2010 19 Hs
 
Cap 1 Psicologia E Psicologia Infantojuvenil
Cap 1 Psicologia E Psicologia InfantojuvenilCap 1 Psicologia E Psicologia Infantojuvenil
Cap 1 Psicologia E Psicologia Infantojuvenil
 
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das EscriturasCap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
 
CriançA é O Presente Da Igreja
CriançA é O Presente Da IgrejaCriançA é O Presente Da Igreja
CriançA é O Presente Da Igreja
 
Paulo – O ApóStolo
Paulo – O ApóStoloPaulo – O ApóStolo
Paulo – O ApóStolo
 
Entrega Sem Limites
Entrega Sem LimitesEntrega Sem Limites
Entrega Sem Limites
 
Acpto De Jovens S Pirapora 2005 Recebendo Um Toque Do Pai
Acpto De Jovens S Pirapora 2005 Recebendo Um Toque Do PaiAcpto De Jovens S Pirapora 2005 Recebendo Um Toque Do Pai
Acpto De Jovens S Pirapora 2005 Recebendo Um Toque Do Pai
 
SansãO O VacilãO
SansãO O VacilãOSansãO O VacilãO
SansãO O VacilãO
 

Último

Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (18)

Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 

Importância De Estar Na Igreja

  • 1. Igreja Pra. Petula Sorocaba - SP
  • 2. A importância da Igreja... Hebreus 10 19 Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus, 20 Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne, 21 E tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, 22 Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa,
  • 3. 23 Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu. 24 E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, 25 Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.
  • 4. Um lugar especial ... Cada um de nós somos Igreja... Mas é muito importante que estejamos congregados... E Deus preparou um lugar para isso Um lugar para nos estimularmos mutuamente, nos alegrarmos, compartilharmos...
  • 5. O Templo de Salomão Em I Rs 8 Salomão consagra o templo E mostra a importância de clamarmos as Senhor num lugar em comum, que leva o Seu Santo Nome
  • 6. Quem está nesse lugar I Rs 9. 23 - Ó SENHOR Deus de Israel, não há Deus como tu, em cima nos céus nem em baixo na terra; que guardas a aliança e a beneficência a teus servos que andam com todo o seu coração diante de ti.
  • 7. Porque Deus atenta para este lugar... Para que os teus olhos noite e dia estejam abertos sobre esta casa, sobre este lugar, do qual disseste: O meu nome estará ali; para ouvires a oração que o teu servo fizer neste lugar.
  • 8. 1) Para haver justiça I Rs 8.31 Quando alguém pecar contra o seu próximo, e puserem sobre ele juramento de maldição, fazendo-o jurar, e vier juramento de maldição diante do teu altar nesta casa, 32 Ouve tu, então, nos céus e age e julga a teus servos, condenando ao injusto, fazendo recair o seu proceder sobre a sua cabeça, e justificando ao justo, rendendo-lhe segundo a sua justiça.
  • 9. 2) Para haver perdão 33 Quando o teu povo Israel for ferido diante do inimigo, por ter pecado contra ti, e se converterem a ti, e confessarem o teu nome, e orarem e suplicarem a ti nesta casa, 34 Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado do teu povo Israel, e torna-o a levar à terra que tens dado a seus pais.
  • 10. 3) Para haver ensino e chuva 35 Quando os céus se fechar, e não houver chuva, por terem pecado contra ti, e orarem neste lugar, e confessarem o teu nome, e se converterem dos seus pecados, havendo-os tu afligido, 36 Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado de teus servos e do teu povo Israel, ensinando-lhes o bom caminho em que andem, e dá chuva na tua terra que deste ao teu povo em herança.
  • 11. 4) Para haver temor 37 Quando houver fome na terra, quando houver peste, quando houver queima de searas, ferrugem, gafanhotos ou pulgão, quando o seu inimigo o cercar na terra das suas portas, ou houver alguma praga ou doença, 38 Toda a oração, toda a súplica, que qualquer homem de todo o teu povo Israel fizer, conhecendo cada um a chaga do seu coração, e estendendo as suas mãos para esta casa, 39 Ouve tu então nos céus, assento da tua habitação, e perdoa, e age, e dá a cada um conforme a todos os seus caminhos, e segundo vires o seu coração, porque só tu conheces o coração de todos os filhos dos homens. 40 Para que te temam todos os dias que viverem na terra que deste a nossos pais.
  • 12. 5) Para haver testemunho e salvação 41 E também ouve ao estrangeiro, que não for do teu povo Israel, quando vier de terras remotas, por amor do teu nome 42 (Porque ouvirão do teu grande nome, e da tua forte mão, e do teu braço estendido), e vier orar voltado para esta casa, 43 Ouve tu nos céus, assento da tua habitação, e faze conforme a tudo o que o estrangeiro a ti clamar, a fim de que todos os povos da terra conheçam o teu nome, para te temerem como o teu povo Israel, e para saberem que o teu nome é invocado sobre esta casa que tenho edificado.
  • 13. 6) Para haver vitória 44 Quando o teu povo sair à guerra contra o seu inimigo, pelo caminho por que os enviares, e orarem ao SENHOR, para o lado desta cidade, que tu elegeste, e desta casa, que edifiquei ao teu nome, 45 Ouve, então, nos céus a sua oração e a sua súplica, e faze-lhes justiça.
  • 14. 7) Para haver conserto 50E perdoa ao teu povo que houver pecado contra ti, todas as transgressões que houverem cometido contra ti; e dá-lhes misericórdia perante aqueles que os têm cativos, para que deles tenham compaixão. 51 Porque são o teu povo e a tua herança que tiraste da terra do Egito, do meio do forno de ferro. 52 Para que teus olhos estejam abertos à súplica do teu servo e à súplica do teu povo Israel, a fim de os ouvires em tudo quanto clamarem a ti.
  • 15. I Rs 9.3 E o SENHOR lhe disse: Ouvi a tua oração, e a súplica que fizeste perante mim; santifiquei a casa que edificaste, a fim de pôr ali o meu nome para sempre; e os meus olhos e o meu coração estarão ali todos os dias.
  • 16. Lugar importante... Por tudo isso e muito mais... Lembre-se do escritor de Hebreus: Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.
  • 17. O que você precisa hoje? Estamos neste lugar abençoado! Não perca tempo!! Atente para o que pode acontecer por você estar aqui hoje...
  • 18. Não seja como Jacó... Gn 28. 15 E eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei tornar a esta terra; porque não te deixarei, até que haja cumprido o que te tenho falado. 16 Acordando, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o SENHOR está neste lugar; e eu não o sabia. 17 E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus.
  • 19. Palavra Profética Sl 122. 1 ALEGREI-ME quando me disseram: Vamos à casa do SENHOR. 2 Os nossos pés estão dentro das tuas portas, ó Jerusalém.