FACULDADE DE TECNOLOGIA TECBRASILCURSO SUPERIOR EM GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO                  PETERSON DANDA     ...
SumárioINTRODUÇÃO ...........................................................................................................
INTRODUÇÃO     O objetivo do trabalho é apresentar a Teoria das Relações Humanas,demonstrando suas origens e influências n...
ORIGEM DA ESCOLA DAS RELAÇÕES HUMANAS      A Escola Humanística da Administração teve sua origem no Estados Unidos apartir...
CONSEQUENCIAS DA EXPERIÊNCIA DE HAWTHORNE NAS ORGANIZAÇÕES       A partir da avaliação dos resultados obtidos na Experiênc...
Miller e Form (1951), em dua obra intitulada Industrial sociology, forneceramalgumas conclusões sobre as pesquisas realiza...
   Limitação no campo experimental e parcialidade nas conclusões levaram    gradualmente a teoria a um certo descrédito....
CONCLUSÃO      A Experiência de Hawthorne pode ser considerada como um marco para asteorias atuais da administração, pois ...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASCHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. São Paulo:Campus, 2004. 7ª Ed...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revisão bibliográfica: Teoria das Relações Humanas

5.299 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revisão bibliográfica: Teoria das Relações Humanas

  1. 1. FACULDADE DE TECNOLOGIA TECBRASILCURSO SUPERIOR EM GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PETERSON DANDA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA: TEORIA DAS RELAÇÕES HUMANAS Caxias do Sul 2012
  2. 2. SumárioINTRODUÇÃO ............................................................................................................ 3ORIGEM DA ESCOLA DAS RELAÇÕES HUMANAS ................................................. 4CONSEQUENCIAS DA EXPERIÊNCIA DE HAWTHORNE NAS ORGANIZAÇÕES . 5CRÍTICAS À TEORIA DAS RELAÇÕES HUMANAS .................................................. 6CONCLUSÃO.............................................................................................................. 8REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ............................................................................ 9 2
  3. 3. INTRODUÇÃO O objetivo do trabalho é apresentar a Teoria das Relações Humanas,demonstrando suas origens e influências na administração até os dias de hoje. A base dos estudos sobre essa teoria alicerça-se no estudo chamado“Experiência de Hawthorne”. 3
  4. 4. ORIGEM DA ESCOLA DAS RELAÇÕES HUMANAS A Escola Humanística da Administração teve sua origem no Estados Unidos apartir de uma experiência realizada pelo Conselho Nacional de Pesquisas daquelepaís e conduzida por Elton Mayo. Essa experiência, conhecida como “Experiênciade Hawthorne”, foi realizada em uma fábrica da empresa Western Electric Companyna cidade de Chicago, no bairro Hawthorne, que deu origem ao experimento. Oobjetivo dessa experiência era avaliar a correlação entre iluminação e eficiência dosoperários, medida através de sua produção. Além disso, a pesquisa também avalioua fadiga, acidentes no trabalho, rotatividade de pessoal (turnover) e ao efeito dascondições de trabalho sobre a produtividade de cada trabalhador. Outros fatores que influenciaram o nascimento da Teoria das RelaçõesHumanas, segundo CHIAVENATO, foram: a. A necessidade de humanizar e democratizar a Administração, libertando-a dos conceitos rígidos e mecanicistas da Teoria Clássica e adequando-a aos novos padrões de vida do povo americano. b. O desenvolvimento das ciências humanas, principalmente a psicologia, bem como sua crescente influência intelectual e suas primeiras aplicações à organização industrial. c. As ideias da filosofia pragmática de John Dewey e da Psicologia Dinâmica de Kurt Lewin, fundamentais para o humanismo da Administração. Segundo MOTTA & VASCONCELOS, os resultados da Experiência de Hawthorne foram interpretados da seguinte maneira:  A produtividade dos trabalhadores era determinada por padrões e comportamentos informais estabelecidos pelo grupo de trabalho  Os padrões e as normas informais dos grupos de trabalhadores são influenciados por elementos que eles trazem em sua cultura e hábitos próprios, que refletem características de sua socialização.  Quando existe um conflito entre as regras de trabalho e os padrões informais estabelecidos pelo grupo, a tendência deste era diminuir a produtividade. 4
  5. 5. CONSEQUENCIAS DA EXPERIÊNCIA DE HAWTHORNE NAS ORGANIZAÇÕES A partir da avaliação dos resultados obtidos na Experiência de Hawthornesurgiram diversas críticas ao então modelo de natureza homo economicus aplicadona época, cuja Escola de Relações Humanas forçou a substituição para o modelo dohomo socialis. (MOTTA & VASCONCELOS, 2006). Ainda segundo MOTTA & VASCONCELOS, esse modelo de homo socialispossui 3 características principais:  o homem é apresentado como um ser cujo comportamento não pode ser reduzido a esquemas simples e mecanicistas;  o homem é, a um só tempo, condicionado pelo sistema social e pelas demandas de ordem biológica;  em que pese as diferenças individuais, todo homem possui necessidade de segurança, afeto, aprovação social, prestígio e auto realização . Condicionado pelo Necessidade de sistema social e afiliação pela biologia Grupos Informais SER HUMANO Comportamento Afetividade e complexo sociabilidade Figura 1: O homo socialis segundo MOTTA & VASCONCELOS 5
  6. 6. Miller e Form (1951), em dua obra intitulada Industrial sociology, forneceramalgumas conclusões sobre as pesquisas realizadas por Mayo, que constituem ocentro da Escola das Relações Humanas. Tais conclusões parecem ter sidoextremamente importantes para o desenvolvimento da administração:  O trabalho é uma atividade grupal.  O mundo social do adulto é primeiramente padronizado em relação a sua atividade no trabalho.  A necessidade de reconhecimento e segurança e o senso de pertencer a algo são mais importantes na determinação do moral do trabalhador e da produtividade que as condições físicas sob as quais trabalha.  Uma reclamação não é necessariamente o enunciado objetivo de um fato; comumente é o sintoma de um distúrbio relacionado com o status do indivíduo.  O trabalhador é uma pessoa cujas atitudes e eficiência são condicionadas pelas demandas sociais, tanto dentro como fora da fábrica.  Grupos informais dentro da fábrica exercem grande controle sobre os hábitos no trabalho e as atitudes do trabalhador.  A colaboração grupal não ocorre por acidente; ao contrário, deve ser planejada e desenvolvida. Se tal colaboração for alcançada, as relações no trabalho podem chegar a uma coesão que resista aos efeitos do desmembramento de uma sociedade em adaptação.CRÍTICAS À TEORIA DAS RELAÇÕES HUMANAS  Ela apresenta uma visão inadequada dos problemas de relações industriais – em alguns aspectos a experiência de Hawthorne foi insegura e artificial e mesmo tendenciosa. alguns estudiosos acreditam que a origem esteja no fato de ser a teoria das relações humanas em produto da ética e do princípio democrático então existente nos Estados Unidos.  Oposição cerrada à teoria clássica - Tudo aquilo que esta preconizava, a teoria das relações humanas negava. 6
  7. 7.  Limitação no campo experimental e parcialidade nas conclusões levaram gradualmente a teoria a um certo descrédito. A concepção ingênua e romântica do operário - as pessoas que seguiram demonstraram que nem sempre isto ocorreu. A ênfase exagerada nos grupos informais colaboraram rapidamente para que esta teoria fosse repensada. O seu enfoque manipulativo e certamente demagogo não deixou de ser descoberto e identificado pelos operários e seus sindicatos. 7
  8. 8. CONCLUSÃO A Experiência de Hawthorne pode ser considerada como um marco para asteorias atuais da administração, pois a partir dela passou-se a visualizar ostrabalhadores não apenas como peças de uma grande engrenagem, mas tambémcomo seres que pensam e sentem. O resultado da experiência alertou osadministradores para fatores ambientais da organização, como o trabalho em grupo,que influencia diretamente no desempenho e satisfação de seus funcionários. 8
  9. 9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASCHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. São Paulo:Campus, 2004. 7ª Edição.MOTTA & VASCONCELOS, Fernando C. Prestes e Isabella F. Gouveia de. TeoriaGeral da Administração. São Paulo: Cengage Learning, 2009. 3ª Edição.APOSTILA, Disciplina Modelos de Gestão. 9

×