SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
A Nova Teoria do Comércio
      Internacional
Introdução ao Tema


    Na nova teoria reconhece-se que além do tipo de
comércio existente no Modelo Heckcher-Olhin, verifica-se
também um comércio intensivo entre países com igual
dotação de recursos produtivos e a crescente troca de
produtos razoavelmente parecidos , ou seja, o chamado
comércio intra-industrial




                     PET-Economia FEAC-UFAL
Hipóteses da Nova Teoria
   Economias de escala - países idênticos com relação a
    dotação de fatores e as preferências dos consumidores
    podem ganhar com o comércio entre eles em função
    destes rendimentos crescentes de escala (concorrência
    monopolística)
   Comportamento da demanda - quanto mais parecido a
    demanda dos países (quanto mais próximo o nível de
    desenvolvimento econômico), mais fácil é o comércio
    entre estes países, pois eles tenderão a produzir bens que
    mais facilmente atendam a demanda de potenciais
    importadores (as exportações seriam assim uma extensão
    do mercado doméstico
   A concorrência se daria apenas pela diferenciação do
    produto
                        PET-Economia FEAC-UFAL
Aprofundamento da Nova Teoria
   A existência de economias de escala aumenta a
    capacidade de expansão do comércio internacional,
    mesmo entre países que produzem produtos
    semelhantes e que tenham fatores de produção
    idênticos
   um país se especializará na produção do produto o
    qual tem rendimentos de escala crescente
   as economias de escala podem ser: a) internas à
    firma; e, b) externas a firma e internas à indústria
   A situação de mercado onde prevalece a nova teoria
    é de concorrência imperfeita, como predomínio de
    estruturas oligopólicas e monopólicas

                       PET-Economia FEAC-UFAL
(cont.)


   Existem, no entanto, 2 tipos de oligopólios:
   oligopólio concentrado (produtos homogêneos e
    escassos)
   oligopólio diferenciado (produtos diferenciados
    através aspectos como design, marcas, modelos etc.)
   Se um mercado não é segmentado, aplica-se o
    Modelo de Hecksher-Olhin, o qual designa que o nível
    de produtos negociados no comércio internacional é
    determinado pela dotação de fatores




                       PET-Economia FEAC-UFAL
(cont.)




   Dois países têm idêntica dotação de fatores, com
    rendimentos de escala para um produto e crescentes
    para o outro. Se um dos países for maior que o
    outro, este terá, em autarquia, um preço menor para
    o produto com economias de escala que o outro país.




                     PET-Economia FEAC-UFAL
Conclusão Importante
A maior parte do comércio mundial atualmente
ocorre não entre países que se especializam na
produçào de produtos distintos, mas entre países que
comercializam os mesmos produtos. Ou seja, a maior
parte do comércio internacional não ocorre segundo
o modelo centro-periferia, onde o padrão do
comércio é dado pela exportação de produtos
primários ou manufaturados, de baixo nível
tecnológico, em troca de produtos industriais ou de
alto nível tecnológico, mas entre países que
exportam e importam produtos similares.


                  PET-Economia FEAC-UFAL
Outras Considerações

   Os países negociam produtos similares também pelo
    fato da percepção imaginária que têm os consumidores
    dos mesmos produtos (marca, status, modelo, etc.
   Num mercado oligopolizado a concorrência se dá
    através da diferenciação do produto
   A maior parte do comércio mundial é intra-industrial,
    principalmente entre as economias desenvolvidas




                        PET-Economia FEAC-UFAL
Finalizando
Quanto mais similares forem as dotações domésticas dos
  fatores de produção, a infra-estrutura material e social
      desses países, inclusive renda per capita e nível
  educacional, maior será a proporção de comércio intra-
               industrial entre esses países.

Quanto mais diferentes forem as dotações domésticas de
  fatores de produção, e maiores as diferenças de renda
     per capita e outros indicadores de infra-estrutura
   material e social, o comércio terá maior probabilidade
   de ser caracterizado por um modelo centro-periferia,
  onde o comércio será majoritariamente inter-industrial

                      PET-Economia FEAC-UFAL

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Power point a união europeia passo a passo
Power point a  união europeia passo a passoPower point a  união europeia passo a passo
Power point a união europeia passo a passo
geostuart7
 

Mais procurados (20)

A constr do social
A constr do socialA constr do social
A constr do social
 
Modelos de Cournot e Bertrand
Modelos de Cournot e BertrandModelos de Cournot e Bertrand
Modelos de Cournot e Bertrand
 
150 slides como operacionalizar logística de transporte e armazenagem atuali...
150 slides como operacionalizar logística de transporte e armazenagem  atuali...150 slides como operacionalizar logística de transporte e armazenagem  atuali...
150 slides como operacionalizar logística de transporte e armazenagem atuali...
 
Comércio Internacional
Comércio InternacionalComércio Internacional
Comércio Internacional
 
Relações económicas com resto do mundo.
Relações económicas com resto do mundo.Relações económicas com resto do mundo.
Relações económicas com resto do mundo.
 
Mercado
MercadoMercado
Mercado
 
Estrutura de Mercados - Oligopólio
Estrutura de Mercados - OligopólioEstrutura de Mercados - Oligopólio
Estrutura de Mercados - Oligopólio
 
Conceitos gerais de comércio exterior
Conceitos gerais de comércio exteriorConceitos gerais de comércio exterior
Conceitos gerais de comércio exterior
 
Introdução a e-commerce
Introdução a e-commerceIntrodução a e-commerce
Introdução a e-commerce
 
Power point a união europeia passo a passo
Power point a  união europeia passo a passoPower point a  união europeia passo a passo
Power point a união europeia passo a passo
 
Rural versus urbano
Rural versus urbanoRural versus urbano
Rural versus urbano
 
Marketing Internacional
Marketing InternacionalMarketing Internacional
Marketing Internacional
 
Aula inicial economia
Aula inicial economiaAula inicial economia
Aula inicial economia
 
Apresentação internacionalização
Apresentação internacionalizaçãoApresentação internacionalização
Apresentação internacionalização
 
Logística Internacional
Logística Internacional Logística Internacional
Logística Internacional
 
ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
ODS - Objetivos de Desenvolvimento SustentávelODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
 
Cadeia de Suprimentos
Cadeia de SuprimentosCadeia de Suprimentos
Cadeia de Suprimentos
 
Organizações Internacionais
Organizações InternacionaisOrganizações Internacionais
Organizações Internacionais
 
Hegemonia Europeia
Hegemonia EuropeiaHegemonia Europeia
Hegemonia Europeia
 
Componentes da cultura
Componentes da culturaComponentes da cultura
Componentes da cultura
 

Semelhante a Aula 50 a nova teoria do comércio internacional

Mercantilismo vantagens absolutas
Mercantilismo vantagens absolutasMercantilismo vantagens absolutas
Mercantilismo vantagens absolutas
Sidneygd Gomes
 
Mercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeitaMercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeita
turmainformaticadegestao
 
Aula iii estrutura de mercado
Aula iii estrutura de mercadoAula iii estrutura de mercado
Aula iii estrutura de mercado
Agassis Rodrigues
 
Comercio internacional regular 3
Comercio internacional regular 3Comercio internacional regular 3
Comercio internacional regular 3
J M
 
Slides economia e mercado módulo v
Slides economia e mercado  módulo vSlides economia e mercado  módulo v
Slides economia e mercado módulo v
Robson alex santos
 
Vicente (shin chan)
Vicente (shin chan)Vicente (shin chan)
Vicente (shin chan)
turma10ig
 
Comercio internacional regular 4
Comercio internacional regular 4Comercio internacional regular 4
Comercio internacional regular 4
J M
 

Semelhante a Aula 50 a nova teoria do comércio internacional (20)

3estruturasdemercado
3estruturasdemercado3estruturasdemercado
3estruturasdemercado
 
Resumo de smith a porter
Resumo  de smith a porterResumo  de smith a porter
Resumo de smith a porter
 
Mercantilismo vantagens absolutas
Mercantilismo vantagens absolutasMercantilismo vantagens absolutas
Mercantilismo vantagens absolutas
 
Globalização das Estratégias
Globalização das EstratégiasGlobalização das Estratégias
Globalização das Estratégias
 
Mercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeitaMercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeita
 
Aula iii estrutura de mercado
Aula iii estrutura de mercadoAula iii estrutura de mercado
Aula iii estrutura de mercado
 
Trabalho willian
Trabalho willianTrabalho willian
Trabalho willian
 
Evolucao economica
Evolucao economicaEvolucao economica
Evolucao economica
 
Estruturas de mercado-1. Economia e finanças
Estruturas de mercado-1. Economia e finançasEstruturas de mercado-1. Economia e finanças
Estruturas de mercado-1. Economia e finanças
 
Eco9
Eco9Eco9
Eco9
 
Comercio internacional regular 3
Comercio internacional regular 3Comercio internacional regular 3
Comercio internacional regular 3
 
Índice.docx
Índice.docxÍndice.docx
Índice.docx
 
Slides economia e mercado módulo v
Slides economia e mercado  módulo vSlides economia e mercado  módulo v
Slides economia e mercado módulo v
 
Mercados
MercadosMercados
Mercados
 
Aula 1 - Gerenciamento e Economia de Sistemas Logísticos
Aula 1 - Gerenciamento e Economia de Sistemas LogísticosAula 1 - Gerenciamento e Economia de Sistemas Logísticos
Aula 1 - Gerenciamento e Economia de Sistemas Logísticos
 
4304 11204-1-pb
4304 11204-1-pb4304 11204-1-pb
4304 11204-1-pb
 
SLIDES-SEM 1_CRITICA MARSHALLIANA_24_1.pdf
SLIDES-SEM 1_CRITICA MARSHALLIANA_24_1.pdfSLIDES-SEM 1_CRITICA MARSHALLIANA_24_1.pdf
SLIDES-SEM 1_CRITICA MARSHALLIANA_24_1.pdf
 
Vicente (shin chan)
Vicente (shin chan)Vicente (shin chan)
Vicente (shin chan)
 
Questões relevantes sobre economia
Questões relevantes sobre economiaQuestões relevantes sobre economia
Questões relevantes sobre economia
 
Comercio internacional regular 4
Comercio internacional regular 4Comercio internacional regular 4
Comercio internacional regular 4
 

Mais de petecoslides

Aula 60 políticas industriais e comerciais
Aula 60   políticas industriais e comerciaisAula 60   políticas industriais e comerciais
Aula 60 políticas industriais e comerciais
petecoslides
 
Aula 59 o que foi a alca
Aula 59   o que foi a alcaAula 59   o que foi a alca
Aula 59 o que foi a alca
petecoslides
 
Aula 58 o gatt e a unctad
Aula 58   o gatt e a unctadAula 58   o gatt e a unctad
Aula 58 o gatt e a unctad
petecoslides
 
Aula 57 modelo hecksher-ohlin
Aula 57  modelo hecksher-ohlinAula 57  modelo hecksher-ohlin
Aula 57 modelo hecksher-ohlin
petecoslides
 
Aula 56 economia política da proteção internacional
Aula 56   economia política da proteção internacionalAula 56   economia política da proteção internacional
Aula 56 economia política da proteção internacional
petecoslides
 
Aula 55 economia internacional e mercantilismo
Aula 55   economia internacional e mercantilismoAula 55   economia internacional e mercantilismo
Aula 55 economia internacional e mercantilismo
petecoslides
 
Aula 54 comércio internacional e desenvolvimento
Aula 54   comércio internacional e desenvolvimentoAula 54   comércio internacional e desenvolvimento
Aula 54 comércio internacional e desenvolvimento
petecoslides
 
Aula 53 capital estrangeiro
Aula 53   capital estrangeiroAula 53   capital estrangeiro
Aula 53 capital estrangeiro
petecoslides
 
Aula 52 barreiras ao comércio internacional
Aula 52   barreiras ao comércio internacionalAula 52   barreiras ao comércio internacional
Aula 52 barreiras ao comércio internacional
petecoslides
 
Aula 51 abordagem desenvolvimentista e integração econômica
Aula 51  abordagem desenvolvimentista e integração econômicaAula 51  abordagem desenvolvimentista e integração econômica
Aula 51 abordagem desenvolvimentista e integração econômica
petecoslides
 
Aula 49 uma nova biografia de keynes
Aula 49   uma nova biografia de keynesAula 49   uma nova biografia de keynes
Aula 49 uma nova biografia de keynes
petecoslides
 
Aula 48 senior, jevons e walras - a construção da ortodoxia econômica
Aula 48   senior, jevons e walras - a construção da ortodoxia econômicaAula 48   senior, jevons e walras - a construção da ortodoxia econômica
Aula 48 senior, jevons e walras - a construção da ortodoxia econômica
petecoslides
 
Aula 47 robert heilbroner - a revolução econômica
Aula 47   robert heilbroner - a revolução econômicaAula 47   robert heilbroner - a revolução econômica
Aula 47 robert heilbroner - a revolução econômica
petecoslides
 
Aula 46 o que é neoliberalismo
Aula 46   o que é neoliberalismoAula 46   o que é neoliberalismo
Aula 46 o que é neoliberalismo
petecoslides
 
Aula 45 o método da economia economia política
Aula 45  o método da economia economia políticaAula 45  o método da economia economia política
Aula 45 o método da economia economia política
petecoslides
 
Aula 44 modelo de adam smith
Aula 44   modelo de adam smithAula 44   modelo de adam smith
Aula 44 modelo de adam smith
petecoslides
 
Aula 43 keynes - o fim do laissez-faire
Aula 43   keynes - o fim do laissez-faireAula 43   keynes - o fim do laissez-faire
Aula 43 keynes - o fim do laissez-faire
petecoslides
 
Aula 42 karl marx e a mercadoria
Aula 42    karl marx e a mercadoriaAula 42    karl marx e a mercadoria
Aula 42 karl marx e a mercadoria
petecoslides
 
Aula 41 formações econômicas pré-capitalistas
Aula 41  formações econômicas pré-capitalistasAula 41  formações econômicas pré-capitalistas
Aula 41 formações econômicas pré-capitalistas
petecoslides
 
Aula 39 dillard - a economia clássica
Aula 39  dillard - a economia clássicaAula 39  dillard - a economia clássica
Aula 39 dillard - a economia clássica
petecoslides
 

Mais de petecoslides (20)

Aula 60 políticas industriais e comerciais
Aula 60   políticas industriais e comerciaisAula 60   políticas industriais e comerciais
Aula 60 políticas industriais e comerciais
 
Aula 59 o que foi a alca
Aula 59   o que foi a alcaAula 59   o que foi a alca
Aula 59 o que foi a alca
 
Aula 58 o gatt e a unctad
Aula 58   o gatt e a unctadAula 58   o gatt e a unctad
Aula 58 o gatt e a unctad
 
Aula 57 modelo hecksher-ohlin
Aula 57  modelo hecksher-ohlinAula 57  modelo hecksher-ohlin
Aula 57 modelo hecksher-ohlin
 
Aula 56 economia política da proteção internacional
Aula 56   economia política da proteção internacionalAula 56   economia política da proteção internacional
Aula 56 economia política da proteção internacional
 
Aula 55 economia internacional e mercantilismo
Aula 55   economia internacional e mercantilismoAula 55   economia internacional e mercantilismo
Aula 55 economia internacional e mercantilismo
 
Aula 54 comércio internacional e desenvolvimento
Aula 54   comércio internacional e desenvolvimentoAula 54   comércio internacional e desenvolvimento
Aula 54 comércio internacional e desenvolvimento
 
Aula 53 capital estrangeiro
Aula 53   capital estrangeiroAula 53   capital estrangeiro
Aula 53 capital estrangeiro
 
Aula 52 barreiras ao comércio internacional
Aula 52   barreiras ao comércio internacionalAula 52   barreiras ao comércio internacional
Aula 52 barreiras ao comércio internacional
 
Aula 51 abordagem desenvolvimentista e integração econômica
Aula 51  abordagem desenvolvimentista e integração econômicaAula 51  abordagem desenvolvimentista e integração econômica
Aula 51 abordagem desenvolvimentista e integração econômica
 
Aula 49 uma nova biografia de keynes
Aula 49   uma nova biografia de keynesAula 49   uma nova biografia de keynes
Aula 49 uma nova biografia de keynes
 
Aula 48 senior, jevons e walras - a construção da ortodoxia econômica
Aula 48   senior, jevons e walras - a construção da ortodoxia econômicaAula 48   senior, jevons e walras - a construção da ortodoxia econômica
Aula 48 senior, jevons e walras - a construção da ortodoxia econômica
 
Aula 47 robert heilbroner - a revolução econômica
Aula 47   robert heilbroner - a revolução econômicaAula 47   robert heilbroner - a revolução econômica
Aula 47 robert heilbroner - a revolução econômica
 
Aula 46 o que é neoliberalismo
Aula 46   o que é neoliberalismoAula 46   o que é neoliberalismo
Aula 46 o que é neoliberalismo
 
Aula 45 o método da economia economia política
Aula 45  o método da economia economia políticaAula 45  o método da economia economia política
Aula 45 o método da economia economia política
 
Aula 44 modelo de adam smith
Aula 44   modelo de adam smithAula 44   modelo de adam smith
Aula 44 modelo de adam smith
 
Aula 43 keynes - o fim do laissez-faire
Aula 43   keynes - o fim do laissez-faireAula 43   keynes - o fim do laissez-faire
Aula 43 keynes - o fim do laissez-faire
 
Aula 42 karl marx e a mercadoria
Aula 42    karl marx e a mercadoriaAula 42    karl marx e a mercadoria
Aula 42 karl marx e a mercadoria
 
Aula 41 formações econômicas pré-capitalistas
Aula 41  formações econômicas pré-capitalistasAula 41  formações econômicas pré-capitalistas
Aula 41 formações econômicas pré-capitalistas
 
Aula 39 dillard - a economia clássica
Aula 39  dillard - a economia clássicaAula 39  dillard - a economia clássica
Aula 39 dillard - a economia clássica
 

Aula 50 a nova teoria do comércio internacional

  • 1. A Nova Teoria do Comércio Internacional
  • 2. Introdução ao Tema Na nova teoria reconhece-se que além do tipo de comércio existente no Modelo Heckcher-Olhin, verifica-se também um comércio intensivo entre países com igual dotação de recursos produtivos e a crescente troca de produtos razoavelmente parecidos , ou seja, o chamado comércio intra-industrial PET-Economia FEAC-UFAL
  • 3. Hipóteses da Nova Teoria  Economias de escala - países idênticos com relação a dotação de fatores e as preferências dos consumidores podem ganhar com o comércio entre eles em função destes rendimentos crescentes de escala (concorrência monopolística)  Comportamento da demanda - quanto mais parecido a demanda dos países (quanto mais próximo o nível de desenvolvimento econômico), mais fácil é o comércio entre estes países, pois eles tenderão a produzir bens que mais facilmente atendam a demanda de potenciais importadores (as exportações seriam assim uma extensão do mercado doméstico  A concorrência se daria apenas pela diferenciação do produto PET-Economia FEAC-UFAL
  • 4. Aprofundamento da Nova Teoria  A existência de economias de escala aumenta a capacidade de expansão do comércio internacional, mesmo entre países que produzem produtos semelhantes e que tenham fatores de produção idênticos  um país se especializará na produção do produto o qual tem rendimentos de escala crescente  as economias de escala podem ser: a) internas à firma; e, b) externas a firma e internas à indústria  A situação de mercado onde prevalece a nova teoria é de concorrência imperfeita, como predomínio de estruturas oligopólicas e monopólicas PET-Economia FEAC-UFAL
  • 5. (cont.)  Existem, no entanto, 2 tipos de oligopólios:  oligopólio concentrado (produtos homogêneos e escassos)  oligopólio diferenciado (produtos diferenciados através aspectos como design, marcas, modelos etc.)  Se um mercado não é segmentado, aplica-se o Modelo de Hecksher-Olhin, o qual designa que o nível de produtos negociados no comércio internacional é determinado pela dotação de fatores PET-Economia FEAC-UFAL
  • 6. (cont.)  Dois países têm idêntica dotação de fatores, com rendimentos de escala para um produto e crescentes para o outro. Se um dos países for maior que o outro, este terá, em autarquia, um preço menor para o produto com economias de escala que o outro país. PET-Economia FEAC-UFAL
  • 7. Conclusão Importante A maior parte do comércio mundial atualmente ocorre não entre países que se especializam na produçào de produtos distintos, mas entre países que comercializam os mesmos produtos. Ou seja, a maior parte do comércio internacional não ocorre segundo o modelo centro-periferia, onde o padrão do comércio é dado pela exportação de produtos primários ou manufaturados, de baixo nível tecnológico, em troca de produtos industriais ou de alto nível tecnológico, mas entre países que exportam e importam produtos similares. PET-Economia FEAC-UFAL
  • 8. Outras Considerações  Os países negociam produtos similares também pelo fato da percepção imaginária que têm os consumidores dos mesmos produtos (marca, status, modelo, etc.  Num mercado oligopolizado a concorrência se dá através da diferenciação do produto  A maior parte do comércio mundial é intra-industrial, principalmente entre as economias desenvolvidas PET-Economia FEAC-UFAL
  • 9. Finalizando Quanto mais similares forem as dotações domésticas dos fatores de produção, a infra-estrutura material e social desses países, inclusive renda per capita e nível educacional, maior será a proporção de comércio intra- industrial entre esses países. Quanto mais diferentes forem as dotações domésticas de fatores de produção, e maiores as diferenças de renda per capita e outros indicadores de infra-estrutura material e social, o comércio terá maior probabilidade de ser caracterizado por um modelo centro-periferia, onde o comércio será majoritariamente inter-industrial PET-Economia FEAC-UFAL