SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
RELATÓRIO FINAL DOS TRABALHOS REALIZADOS NO MUNICÍPIO DE
                            REDENÇÃO-CEARÁ




      O Peteca foi implantando no Município de Redenção em janeiro de 2009 tendo total apoio da
Gestora Municipal, a Prefeita Francisca Torres Bezerra, e da Secretária de Educação Ana Paula
Fonseca Braga, que abraçou este projeto visando amenizar o quadro municipal na questão da
exploração da criança e do adolescente.
      Na perspectiva de informar, debater e detectar na sociedade os casos de exploração contra a
criança e o adolescente e, ainda, com o intuito de fazermos uma grande reflexão na busca de
promover os direitos desta clientela e da proteção ao trabalhador adolescente, utilizamos da proposta
do Peteca para formarmos uma corrente, composta por: comunidade educativa, órgãos competentes
ligados a criança e ao adolescente, Ministério Público Municipal e comunidade em geral.
      O pontapé inicial foi dado com a concretização da metodologia do Peteca: uma capacitação
para órgãos que trabalham com crianças e adolescentes e educadores – os multiplicadores em suas
salas de aulas e junto às família de seus alunos.
      As escolas trabalharam o Projeto durante todo o primeiro semestre do corrente ano,
culminando com os trabalhos que foram apresentados a Coordenação do Peteca.
      A semente foi plantada, as pessoas estão sensibilizada e o trabalho é continuado não se
resumindo em uma tarefa pontual, mas um trabalho pensado de forma coletiva para o bem estar
físico, psíquico e social das crianças e dos adolescentes.


      Para esta grande mobilização social contamos com: nossos parceiros e membros que estão à
frente da Secretarias da Saúde e Assistência social - Iolanda Bizerra e Fátima Carvalho, o Procurador
do MPT - Antonio Oliveira Lima, o Defensor Público do Município - Dr. Bruno Fiore Palhano, o
Promotor que respondia pela Comarca de Redenção - Dr. Nestor Alexandre, a representante da
CREDE 08 e gerente regional o PAIC - Edineide Silvino Rodrigues, e outros parceiros pertencente a
sociedade de Redenção

      RELAÇÃO DOS PARCEIROS DO PETECA PARTICIPANTES DA FORMAÇÃO

  Nº de                      Parceiros                               Órgão do qual faz parte
  ordem
01           Elionaria Cunha de Lima                         Assistente Social do Município/CMDCA
02           Maria Margarida Firmino Costa                   Membro da CMDCA e da Pastoral da
                                                             Criança.
03           Janaina Bonfim Rodrigues                        PETI
04           Aline Alves Costa                               PETI
05          Maria Elisiania Avelino Barros da Silva      PETI
06          Maria Celiene P. da Silva                    PETI
07          Eliane Costa de Lima                         Conselho Tutelar
08          Francisco Amilton Gonçalves                  Conselho Tutelar
09          Cícero Teotônio da Silva                     Pro-jovem
10          Roserlanda Fernandes B. Lima.                Pro-jovem
11          Ângela Cristina Filgueira Rios               Coordenadora dos Agentes de Saúde (Sec. de
                                                         Saúde)
12          Francisco Edvânio Pereira                    Presidente da Associação dos Agentes de
                                                         Saúde
13          Luzia Bezerra Nogueira de Sousa              CMDCA/Orientadora Educacional
14          Saskya Souza Bezerra                         Professora do Espaço Kids (Jovem) - Igreja
                                                         Evangélica
15          João Mauricio S. Russo                       Professor de adolescente (Artes Marciais)
16          Joanir Rodrigues da Silva                    Professor de Capoeira
17          Luiza de Lourdes B. Mota                     Assistente Social do Município



TEMÁTICAS, CONTEÚDOS E METODOLOGIAS TRABALHADAS NA OFICINA

     Na oficina objetivamos promover um debate reflexivo com coordenadores, professores e
pessoas da comunidade que trabalham com crianças e adolescentes, oportunizando o conhecimento
da vivência desta clientela na comunidade, das leis que os protegem com a finalidade de amenizar o
trabalho infantil e a proteção do trabalhador adolescente.

   Pensando em esclarecer e informar a população trabalhamos dentro da realidade do nosso
Município as seguintes temáticas:

- A importância de vivenciar a infância.
- Princípios legais para a proteção da criança e do adolescente.
- Trabalho infantil no mundo, Brasil e Ceará.
- Piores formas de trabalho infantil / Mitos sobre trabalho infantil.
- Prejuízo do trabalho infantil para educação e para a saúde.
- Sistema de garantir direitos.
- Atuação dos órgãos do Eixo da defesa da Criança e do adolescente, CMDCA, Conselhos Tutelares,
Promotor de Justiça e Varas da Infância.
- Atuação do PETI e outros programas de amparo e proteção da criança e do adolescente.
- Abordagem em sala de aula do tema “Trabalho Infantil: O uso da cartilha e do DVD”.

- Exibições de vídeos: Você viu a Rosinha, Vida Maria e clipes relacionados às temáticas
trabalhadas.




       Com a efetivação do Programa Peteca, a população redencionista começou a “enxergar” o
fluxo do trabalho infantil dentro do Município e as influências negativas bem como os malefícios
que podem trazer para a comunidade com a implantação deste Programa, as informação e o trabalho
intensificado do Peteca, foi percebido os agravos sofridos por esta clientela.
O Programa através dos diferentes mecanismos promove a internalização e esclarecem a
população em relação à exploração da criança e a proteção do trabalhador adolescente.
     Diante do quadro municipal percebido, a Secretaria de Educação, em parceria com toda
comunidade educativa e outros órgãos ligados à criança e ao adolescente, passou a implantar vários
projetos sobre essa temática, bem como a fortalecer inúmeros outros já existentes partindo da
necessidade de integrar nossas crianças em projetos que os tirassem da rua evitando que ficassem ao
acaso.


         Fortalecemos e apoiamos o Projeto Segundo Tempo – atividades esportivas realizados no
          contra turno e aos sábados, este projeto atende a 200 (duzentas) crianças do nosso município.
         Projeto JBV (Jovem Bombeiro Voluntário) que atende 350 (trezentas e cinqüenta) crianças e
          adolescentes aos sábados durante 06 (seis) meses trabalhando várias temáticas como:
          primeiros socorros, histórico dos hinos, disciplina, música.
         Acompanhamento junto às famílias em parceria com o Defensor Público Dr. Bruno Fiori e
          com o apoio dos Diretores e Coordenadores das escolas municipais a questão registro de
          nascimento fora do prazo (esclarecimento), pensão alimentícia, investigação de paternidade e
          outros esclarecimentos, bem como a atuação pertinente a esses assuntos.
         Oficinas mensais alternando o público alvo (pais, alunos e professores), de forma lúdica e
          reflexiva, buscando estimular o prazer de estar na escola melhorando a auto-estima;
         Promoção de dinâmicas lúdicas e reflexivas nos planejamentos estratégicos, na perspectiva de
          fortalecer os vínculos entre instituição, professores, pais e alunos com necessidades
          educativas especiais.


    Nas escolas foram realizadas palestras e culminâncias de exposição das atividades trabalhadas,
com a participação da Assistente Social Luiza Mota e Conselheiros Tutelares abordando as temáticas
relacionadas à importância da criança na escola e o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente.
    No geral o Peteca possibilitou a visualização de pequenas ações e posturas de pessoas da nossa
comunidade que estavam praticando atos de exploração. A partir de então pôde-se perceber que são
ações tão banalizadas pelas pessoas que não eram vistas como um prejuízo infanto-juvenil.
     Analisando o nosso Município dentro desse contexto, vimos que ainda temos muito a fazer e o
Peteca será um trabalho continuado.


Comentários – Diretora da escola Cel. Vicente Ferreira do Vale- Boa- Fé

“Falar sobre o trabalho infantil nas salas de aula da minha comunidade é um grande desafio, mas
nos professores temos o direito de fazer com que essas crianças e adolescentes acreditem, sonhem e
vivenciem o direito de serem crianças e adolescentes”.
                                                                                     Ednir Sampaio
Professora da Escola Vicente Ferreira do Vale- Boa- Fé
“O conhecimento dos alunos em relação a temática trabalhada, eu considero satisfatória, pois já
podemos perceber a mudança de pensamento e postura dessas crianças e adolescentes”.

                                                                                Eliana Cruz



Dados do Município

      Quanto aos números municipais, foram 17 escolas participantes, 24 professores, 17
coordenadores e 1.764 alunos envolvidos.


O publico onde foram efetivadas as atividades foram estes, mas o Programa atingiu em algumas
escolas o Ensino Fundamental I.



(NÃO ESPECIFICOU A QTDE DE TRABALHOS DESENVOLVIDOS)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guia completo do ct abrinq
Guia completo do ct   abrinqGuia completo do ct   abrinq
Guia completo do ct abrinqImpactto Cursos
 
Ofício responde sindibelo sobre monitoras de creche
Ofício responde sindibelo sobre monitoras de crecheOfício responde sindibelo sobre monitoras de creche
Ofício responde sindibelo sobre monitoras de crecheDinomar Miranda
 
Projeto político pedagógico 2013
Projeto político pedagógico   2013Projeto político pedagógico   2013
Projeto político pedagógico 2013Roseleia Muller
 
Apresentação da instituição
Apresentação da instituiçãoApresentação da instituição
Apresentação da instituiçãoComunidades Vivas
 
Projecto educativo catl_2017_2020
Projecto educativo catl_2017_2020Projecto educativo catl_2017_2020
Projecto educativo catl_2017_2020aszf fontainhas
 
Apresentação Prêmio Salvador Celia - 2016
Apresentação Prêmio Salvador Celia - 2016Apresentação Prêmio Salvador Celia - 2016
Apresentação Prêmio Salvador Celia - 2016Pim Das Ses
 
Breve histórico apee
Breve histórico apeeBreve histórico apee
Breve histórico apeezecaafonso
 
Meu Bairro Zona Leste - Maio
Meu Bairro Zona Leste - MaioMeu Bairro Zona Leste - Maio
Meu Bairro Zona Leste - MaioACIDADE ON
 
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESCPROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESCGeh Braga
 
Componente de apoio à família
Componente de apoio à famíliaComponente de apoio à família
Componente de apoio à famíliaMaria Leonor
 
Apostila Elaboração de Projetos
Apostila Elaboração de ProjetosApostila Elaboração de Projetos
Apostila Elaboração de Projetosleozump
 
Plano Municipal para Infância e Adolescência
Plano Municipal para Infância e AdolescênciaPlano Municipal para Infância e Adolescência
Plano Municipal para Infância e AdolescênciaFundação Abrinq
 

Mais procurados (19)

Guia completo do ct abrinq
Guia completo do ct   abrinqGuia completo do ct   abrinq
Guia completo do ct abrinq
 
Ofício responde sindibelo sobre monitoras de creche
Ofício responde sindibelo sobre monitoras de crecheOfício responde sindibelo sobre monitoras de creche
Ofício responde sindibelo sobre monitoras de creche
 
Projeto político pedagógico 2013
Projeto político pedagógico   2013Projeto político pedagógico   2013
Projeto político pedagógico 2013
 
Apresentação da instituição
Apresentação da instituiçãoApresentação da instituição
Apresentação da instituição
 
Pe 2013 2016 creche1
Pe 2013 2016 creche1Pe 2013 2016 creche1
Pe 2013 2016 creche1
 
Projecto educativo catl_2017_2020
Projecto educativo catl_2017_2020Projecto educativo catl_2017_2020
Projecto educativo catl_2017_2020
 
Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche
 
Catálogo IDE
Catálogo IDECatálogo IDE
Catálogo IDE
 
Apresentação Prêmio Salvador Celia - 2016
Apresentação Prêmio Salvador Celia - 2016Apresentação Prêmio Salvador Celia - 2016
Apresentação Prêmio Salvador Celia - 2016
 
Programação apresentação Projeto Sinaleira
Programação apresentação Projeto SinaleiraProgramação apresentação Projeto Sinaleira
Programação apresentação Projeto Sinaleira
 
Santa quitéria2009
Santa quitéria2009Santa quitéria2009
Santa quitéria2009
 
Proposta pedagógica 2013
Proposta pedagógica 2013Proposta pedagógica 2013
Proposta pedagógica 2013
 
Breve histórico apee
Breve histórico apeeBreve histórico apee
Breve histórico apee
 
Meu Bairro Zona Leste - Maio
Meu Bairro Zona Leste - MaioMeu Bairro Zona Leste - Maio
Meu Bairro Zona Leste - Maio
 
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESCPROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
 
Componente de apoio à família
Componente de apoio à famíliaComponente de apoio à família
Componente de apoio à família
 
Projeto Político Pedagógico 2018
Projeto Político Pedagógico 2018Projeto Político Pedagógico 2018
Projeto Político Pedagógico 2018
 
Apostila Elaboração de Projetos
Apostila Elaboração de ProjetosApostila Elaboração de Projetos
Apostila Elaboração de Projetos
 
Plano Municipal para Infância e Adolescência
Plano Municipal para Infância e AdolescênciaPlano Municipal para Infância e Adolescência
Plano Municipal para Infância e Adolescência
 

Semelhante a Redenção2009

11º SEMANA NACIONA DA EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
11º SEMANA NACIONA DA EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf11º SEMANA NACIONA DA EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
11º SEMANA NACIONA DA EDUCAÇÃO INFANTIL.pdfvaniarosa10
 
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
O trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúdeO trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúdeCamila Rodrigues
 
JUVENTUDE, PARTICIPAÇÃO E DIREITOS (TCC)
JUVENTUDE, PARTICIPAÇÃO E DIREITOS (TCC)JUVENTUDE, PARTICIPAÇÃO E DIREITOS (TCC)
JUVENTUDE, PARTICIPAÇÃO E DIREITOS (TCC)GlauciaAS
 
Conselho tutelar e educação versão final-revista página
Conselho tutelar e educação versão final-revista páginaConselho tutelar e educação versão final-revista página
Conselho tutelar e educação versão final-revista páginaJhosyrene Oliveira
 
Proteção Social X Desproteção Familiar: O Papel da Família da Sociedade e do ...
Proteção Social X Desproteção Familiar: O Papel da Família da Sociedade e do ...Proteção Social X Desproteção Familiar: O Papel da Família da Sociedade e do ...
Proteção Social X Desproteção Familiar: O Papel da Família da Sociedade e do ...Eleni Cotinguiba
 
Emely - 30mai14 1º Congresso A&R SUS
Emely - 30mai14 1º Congresso A&R SUSEmely - 30mai14 1º Congresso A&R SUS
Emely - 30mai14 1º Congresso A&R SUSAutismo & Realidade
 

Semelhante a Redenção2009 (20)

11º SEMANA NACIONA DA EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
11º SEMANA NACIONA DA EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf11º SEMANA NACIONA DA EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
11º SEMANA NACIONA DA EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
 
Jessica jucilene nair
Jessica jucilene nairJessica jucilene nair
Jessica jucilene nair
 
Relatório Peteca Farias Brito Final 2011
Relatório Peteca Farias Brito Final 2011Relatório Peteca Farias Brito Final 2011
Relatório Peteca Farias Brito Final 2011
 
Santana do cariri2009
Santana do cariri2009Santana do cariri2009
Santana do cariri2009
 
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
 
O trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúdeO trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúde
 
Juazeiro do norte2009
Juazeiro do norte2009Juazeiro do norte2009
Juazeiro do norte2009
 
JUVENTUDE, PARTICIPAÇÃO E DIREITOS (TCC)
JUVENTUDE, PARTICIPAÇÃO E DIREITOS (TCC)JUVENTUDE, PARTICIPAÇÃO E DIREITOS (TCC)
JUVENTUDE, PARTICIPAÇÃO E DIREITOS (TCC)
 
Relatório Peteca Assaré 2011
Relatório Peteca Assaré 2011Relatório Peteca Assaré 2011
Relatório Peteca Assaré 2011
 
Tauá2009
Tauá2009Tauá2009
Tauá2009
 
Conselho tutelar e educação versão final-revista página
Conselho tutelar e educação versão final-revista páginaConselho tutelar e educação versão final-revista página
Conselho tutelar e educação versão final-revista página
 
Cartilha do Programa Mais Infância Ceará
Cartilha do Programa Mais Infância CearáCartilha do Programa Mais Infância Ceará
Cartilha do Programa Mais Infância Ceará
 
Meninos de Oiro
Meninos de OiroMeninos de Oiro
Meninos de Oiro
 
Canindé2009
Canindé2009Canindé2009
Canindé2009
 
Proteção Social X Desproteção Familiar: O Papel da Família da Sociedade e do ...
Proteção Social X Desproteção Familiar: O Papel da Família da Sociedade e do ...Proteção Social X Desproteção Familiar: O Papel da Família da Sociedade e do ...
Proteção Social X Desproteção Familiar: O Papel da Família da Sociedade e do ...
 
Maracanau2009
Maracanau2009Maracanau2009
Maracanau2009
 
Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015 Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015
 
Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015
 
Emely - 30mai14 1º Congresso A&R SUS
Emely - 30mai14 1º Congresso A&R SUSEmely - 30mai14 1º Congresso A&R SUS
Emely - 30mai14 1º Congresso A&R SUS
 
Relatório Peteca Itarema 2011
Relatório Peteca Itarema 2011Relatório Peteca Itarema 2011
Relatório Peteca Itarema 2011
 

Mais de Ministério Público do Trabalho

FORMAÇÃO CIDADÃ: O CONHECIMENTO DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE POR P...
FORMAÇÃO CIDADÃ: O CONHECIMENTO DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE POR P...FORMAÇÃO CIDADÃ: O CONHECIMENTO DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE POR P...
FORMAÇÃO CIDADÃ: O CONHECIMENTO DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE POR P...Ministério Público do Trabalho
 

Mais de Ministério Público do Trabalho (20)

FORMAÇÃO CIDADÃ: O CONHECIMENTO DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE POR P...
FORMAÇÃO CIDADÃ: O CONHECIMENTO DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE POR P...FORMAÇÃO CIDADÃ: O CONHECIMENTO DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE POR P...
FORMAÇÃO CIDADÃ: O CONHECIMENTO DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE POR P...
 
RELATÓRIO DO PETECA DE BEBERIBE - 2013-03-27
RELATÓRIO DO PETECA DE BEBERIBE - 2013-03-27RELATÓRIO DO PETECA DE BEBERIBE - 2013-03-27
RELATÓRIO DO PETECA DE BEBERIBE - 2013-03-27
 
ENCONTRO DO PETECA DE GUARACIABA DO NORTE
ENCONTRO DO PETECA DE GUARACIABA DO NORTEENCONTRO DO PETECA DE GUARACIABA DO NORTE
ENCONTRO DO PETECA DE GUARACIABA DO NORTE
 
PROJETO DE TRABALHO DO PETECA EM BEBERIBE 2013
PROJETO DE TRABALHO DO PETECA EM BEBERIBE 2013PROJETO DE TRABALHO DO PETECA EM BEBERIBE 2013
PROJETO DE TRABALHO DO PETECA EM BEBERIBE 2013
 
Baturité 2010
Baturité 2010Baturité 2010
Baturité 2010
 
Barroquinha 2010
Barroquinha 2010Barroquinha 2010
Barroquinha 2010
 
Barro2010
Barro2010Barro2010
Barro2010
 
Aratuba2010
Aratuba2010Aratuba2010
Aratuba2010
 
Aracati2010
Aracati2010Aracati2010
Aracati2010
 
Aracati.2010pdf
Aracati.2010pdfAracati.2010pdf
Aracati.2010pdf
 
Aracati.2010pdf cópia
Aracati.2010pdf   cópiaAracati.2010pdf   cópia
Aracati.2010pdf cópia
 
Caucaia2010
Caucaia2010Caucaia2010
Caucaia2010
 
Horizonte2010
Horizonte2010Horizonte2010
Horizonte2010
 
Pacoti2010
Pacoti2010Pacoti2010
Pacoti2010
 
Saboeiro2010
Saboeiro2010Saboeiro2010
Saboeiro2010
 
Tejuçuoca2009
Tejuçuoca2009Tejuçuoca2009
Tejuçuoca2009
 
Sobral2009
Sobral2009Sobral2009
Sobral2009
 
Quixadá2009
Quixadá2009Quixadá2009
Quixadá2009
 
Quiterianópolis2009
Quiterianópolis2009Quiterianópolis2009
Quiterianópolis2009
 
Pereiro2009
Pereiro2009Pereiro2009
Pereiro2009
 

Redenção2009

  • 1. RELATÓRIO FINAL DOS TRABALHOS REALIZADOS NO MUNICÍPIO DE REDENÇÃO-CEARÁ O Peteca foi implantando no Município de Redenção em janeiro de 2009 tendo total apoio da Gestora Municipal, a Prefeita Francisca Torres Bezerra, e da Secretária de Educação Ana Paula Fonseca Braga, que abraçou este projeto visando amenizar o quadro municipal na questão da exploração da criança e do adolescente. Na perspectiva de informar, debater e detectar na sociedade os casos de exploração contra a criança e o adolescente e, ainda, com o intuito de fazermos uma grande reflexão na busca de promover os direitos desta clientela e da proteção ao trabalhador adolescente, utilizamos da proposta do Peteca para formarmos uma corrente, composta por: comunidade educativa, órgãos competentes ligados a criança e ao adolescente, Ministério Público Municipal e comunidade em geral. O pontapé inicial foi dado com a concretização da metodologia do Peteca: uma capacitação para órgãos que trabalham com crianças e adolescentes e educadores – os multiplicadores em suas salas de aulas e junto às família de seus alunos. As escolas trabalharam o Projeto durante todo o primeiro semestre do corrente ano, culminando com os trabalhos que foram apresentados a Coordenação do Peteca. A semente foi plantada, as pessoas estão sensibilizada e o trabalho é continuado não se resumindo em uma tarefa pontual, mas um trabalho pensado de forma coletiva para o bem estar físico, psíquico e social das crianças e dos adolescentes. Para esta grande mobilização social contamos com: nossos parceiros e membros que estão à frente da Secretarias da Saúde e Assistência social - Iolanda Bizerra e Fátima Carvalho, o Procurador do MPT - Antonio Oliveira Lima, o Defensor Público do Município - Dr. Bruno Fiore Palhano, o Promotor que respondia pela Comarca de Redenção - Dr. Nestor Alexandre, a representante da CREDE 08 e gerente regional o PAIC - Edineide Silvino Rodrigues, e outros parceiros pertencente a sociedade de Redenção RELAÇÃO DOS PARCEIROS DO PETECA PARTICIPANTES DA FORMAÇÃO Nº de Parceiros Órgão do qual faz parte ordem 01 Elionaria Cunha de Lima Assistente Social do Município/CMDCA 02 Maria Margarida Firmino Costa Membro da CMDCA e da Pastoral da Criança. 03 Janaina Bonfim Rodrigues PETI 04 Aline Alves Costa PETI
  • 2. 05 Maria Elisiania Avelino Barros da Silva PETI 06 Maria Celiene P. da Silva PETI 07 Eliane Costa de Lima Conselho Tutelar 08 Francisco Amilton Gonçalves Conselho Tutelar 09 Cícero Teotônio da Silva Pro-jovem 10 Roserlanda Fernandes B. Lima. Pro-jovem 11 Ângela Cristina Filgueira Rios Coordenadora dos Agentes de Saúde (Sec. de Saúde) 12 Francisco Edvânio Pereira Presidente da Associação dos Agentes de Saúde 13 Luzia Bezerra Nogueira de Sousa CMDCA/Orientadora Educacional 14 Saskya Souza Bezerra Professora do Espaço Kids (Jovem) - Igreja Evangélica 15 João Mauricio S. Russo Professor de adolescente (Artes Marciais) 16 Joanir Rodrigues da Silva Professor de Capoeira 17 Luiza de Lourdes B. Mota Assistente Social do Município TEMÁTICAS, CONTEÚDOS E METODOLOGIAS TRABALHADAS NA OFICINA Na oficina objetivamos promover um debate reflexivo com coordenadores, professores e pessoas da comunidade que trabalham com crianças e adolescentes, oportunizando o conhecimento da vivência desta clientela na comunidade, das leis que os protegem com a finalidade de amenizar o trabalho infantil e a proteção do trabalhador adolescente. Pensando em esclarecer e informar a população trabalhamos dentro da realidade do nosso Município as seguintes temáticas: - A importância de vivenciar a infância. - Princípios legais para a proteção da criança e do adolescente. - Trabalho infantil no mundo, Brasil e Ceará. - Piores formas de trabalho infantil / Mitos sobre trabalho infantil. - Prejuízo do trabalho infantil para educação e para a saúde. - Sistema de garantir direitos. - Atuação dos órgãos do Eixo da defesa da Criança e do adolescente, CMDCA, Conselhos Tutelares, Promotor de Justiça e Varas da Infância. - Atuação do PETI e outros programas de amparo e proteção da criança e do adolescente. - Abordagem em sala de aula do tema “Trabalho Infantil: O uso da cartilha e do DVD”. - Exibições de vídeos: Você viu a Rosinha, Vida Maria e clipes relacionados às temáticas trabalhadas. Com a efetivação do Programa Peteca, a população redencionista começou a “enxergar” o fluxo do trabalho infantil dentro do Município e as influências negativas bem como os malefícios que podem trazer para a comunidade com a implantação deste Programa, as informação e o trabalho intensificado do Peteca, foi percebido os agravos sofridos por esta clientela.
  • 3. O Programa através dos diferentes mecanismos promove a internalização e esclarecem a população em relação à exploração da criança e a proteção do trabalhador adolescente. Diante do quadro municipal percebido, a Secretaria de Educação, em parceria com toda comunidade educativa e outros órgãos ligados à criança e ao adolescente, passou a implantar vários projetos sobre essa temática, bem como a fortalecer inúmeros outros já existentes partindo da necessidade de integrar nossas crianças em projetos que os tirassem da rua evitando que ficassem ao acaso. Fortalecemos e apoiamos o Projeto Segundo Tempo – atividades esportivas realizados no contra turno e aos sábados, este projeto atende a 200 (duzentas) crianças do nosso município. Projeto JBV (Jovem Bombeiro Voluntário) que atende 350 (trezentas e cinqüenta) crianças e adolescentes aos sábados durante 06 (seis) meses trabalhando várias temáticas como: primeiros socorros, histórico dos hinos, disciplina, música. Acompanhamento junto às famílias em parceria com o Defensor Público Dr. Bruno Fiori e com o apoio dos Diretores e Coordenadores das escolas municipais a questão registro de nascimento fora do prazo (esclarecimento), pensão alimentícia, investigação de paternidade e outros esclarecimentos, bem como a atuação pertinente a esses assuntos. Oficinas mensais alternando o público alvo (pais, alunos e professores), de forma lúdica e reflexiva, buscando estimular o prazer de estar na escola melhorando a auto-estima; Promoção de dinâmicas lúdicas e reflexivas nos planejamentos estratégicos, na perspectiva de fortalecer os vínculos entre instituição, professores, pais e alunos com necessidades educativas especiais. Nas escolas foram realizadas palestras e culminâncias de exposição das atividades trabalhadas, com a participação da Assistente Social Luiza Mota e Conselheiros Tutelares abordando as temáticas relacionadas à importância da criança na escola e o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente. No geral o Peteca possibilitou a visualização de pequenas ações e posturas de pessoas da nossa comunidade que estavam praticando atos de exploração. A partir de então pôde-se perceber que são ações tão banalizadas pelas pessoas que não eram vistas como um prejuízo infanto-juvenil. Analisando o nosso Município dentro desse contexto, vimos que ainda temos muito a fazer e o Peteca será um trabalho continuado. Comentários – Diretora da escola Cel. Vicente Ferreira do Vale- Boa- Fé “Falar sobre o trabalho infantil nas salas de aula da minha comunidade é um grande desafio, mas nos professores temos o direito de fazer com que essas crianças e adolescentes acreditem, sonhem e vivenciem o direito de serem crianças e adolescentes”. Ednir Sampaio
  • 4. Professora da Escola Vicente Ferreira do Vale- Boa- Fé “O conhecimento dos alunos em relação a temática trabalhada, eu considero satisfatória, pois já podemos perceber a mudança de pensamento e postura dessas crianças e adolescentes”. Eliana Cruz Dados do Município Quanto aos números municipais, foram 17 escolas participantes, 24 professores, 17 coordenadores e 1.764 alunos envolvidos. O publico onde foram efetivadas as atividades foram estes, mas o Programa atingiu em algumas escolas o Ensino Fundamental I. (NÃO ESPECIFICOU A QTDE DE TRABALHOS DESENVOLVIDOS)